ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 3 de 3 resultado(s)

Busca por : Dequitier Carvalho Machado

Tratamento da hiperidrose axilar com lipoaspiração

Marilho Tadeu Dornelas; Dequitier Carvalho Machado; Ana Luisa Carneiro Pereira Gonçalves; Gilson Lorena Mauês; Marília de Padua Dornelas Correa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(3):145-148 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A hiperidrose axilar primária e a bromohidrose são problemas comuns que levam vários pacientes a procurar atendimento médico. A remoção das glândulas sudoríparas écrinas e apócrinas da região axilar por meio de lipoaspiração superficial sob anestesia intumescente é um procedimento de pequeno porte, simples e com poucas complicações, o que pode ser observado em nosso estudo. O objetivo deste trabalho é a difusão desta técnica. Método: Vinte e cinco pacientes foram submetidos a lipoaspiração superficial da axila sob anestesia local e sedação. Resultados: Após um ano de acompanhamento pós-operatório, três pacientes apresentaram respostas regulares e dois apresentaram resultados insatisfatórios. Dentre os pacientes analisados, quatorze apresentavam bromohidrose associada e obtiveram respostas satisfatórias com redução significativa ou até mesmo desaparecimento do odor característico. Conclusão: Concluímos que o procedimento é eficaz e seguro para o tratamento de hiperidrose axilar primária e bromohidrose.

Palavras-chave: Lipectomia. Hiperidrose/cirurgia. Odores/prevenção & controle. Axila/cirurgia.

 

ABSTRACT

Introduction: Axillary hyperhidrosis and bromohidrosis are common problems for which many patients seek medical treatment. The removal of axillary sweat glands using liposuction with tumescent anesthesia in an out patient setting is a relatively short and simple procedure with few complications, as seen in this case series. The purpose of is study is to contribute for the spread of this technique. Methods: Twenty five patients were treated with axillary liposuction under tumescent anesthesia. Results: One year after the procedure, three patients had regular results and two required additional liposuction to the same area. Those who had bromohidrosis associated presented good results with significant reduction of the odor. Conclusion: This procedure is efficient and safe when used to treat primary axillary hiperhidrosis and bromohidrosis.

Keywords: Lipectomy. Hyperhidrosis/surgery. Odors/prevention & control. Axilla/surgery.

 

Tratamento cirúrgico da ginecomastia: uma análise criteriosa

Marilho Tadeu Dornelas; Dequitier Carvalho Machado; Ana Luisa Carneiro Pereira Gonçalves; Marcília de Cássia Dornelas; Marilia de Pádua Dornelas Correa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):470-473 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: A ginecomastia é o aumento no tamanho da glândula mamária masculina, que pode ser fisiológico ou patológico, sendo condição passível de correção. Objetivo: Analisar o tratamento cirúrgico da ginecomastia, apontando suas principais complicações. Método: Duzentos e oitenta e quatro pacientes foram submetidos a cirurgia para correção da ginecomastia entre janeiro de 1998 e setembro de 2008, sendo 94,37% dos pacientes graus I e II e 5,63%, grau III. Resultados: Em relação ao total de pacientes, 3,87% apresentaram seroma e 2,11%, hematoma (p<0,001). A análise dos pacientes graus I e II revela que 0,74% apresentaram cicatrizes hipertróficas nas incisões de lipoaspiração (p<0,001). Dentre os pacientes submetidos à técnica de Davidson, 18,75% apresentaram alargamento do complexo aréolo-mamilar (p=0,108) e foram submetidos a cirurgia para correção. Conclusão: As técnicas utilizadas para correção de ginecomastia se mostraram eficazes e seguras.

Palavras-chave: Ginecomastia/cirurgia. Mama/cirurgia. Masculino.

 

ABSTRACT

Introduction: The gynecomastia is an increase in male breast and an important impact on quality of life. However, it is a condition likely to be modified. Objective: To analyze the surgical treatment of gynecomastia pointing the major complications. Methods: Two hundred and eighty-four patients underwent surgery to correct gynecomastia from January 1998 to September 2008, 94.37% of patients were grade I and II and 5.63%, grade III. Results: 3.87% patients had seromas and 2.11%, hematoma (p<0.001). Patients grade I and II had keloids in incision of liposuction (0.74%) and patients grade III presented areolar enlargement. Conclusion: The techniques used for treatment of gynecomastia were considered safe and effective with low complication rate.

Keywords: Gynecomastia/surgery. Breast/surgery. Male.

 

Reconstrução vaginal pelo retalho neurovascular pudendo crural na síndrome de Rokitansky

Marilho Tadeu Dornelas; Fabrizio Romagnoli de Arruda; Ludmila Leite Sant'Anna; Gabriel de Mendonça Netto; Rodrigo Gomes de Souza; Dequitier Carvalho Machado; Marilia de Pádua Dornelas Correa; Marcília de Cássia Dornelas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):525-531 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: Agenesia vaginal relacionada à síndrome de Mayer-Rokitansky-Kuster- Hauser (MRKH) ocorre na proporção de 1 para cada 4000 ou 5000 nascimentos femininos, causando grande limitação à vida afetiva da paciente. O manejo da agenesia vaginal inclui acompanhamento psicológico e reconstrução vaginal. Objetivo: Mostrar a experiência do Serviço com a técnica do retalho neurovascular pudendo crural para reconstrução vaginal no tratamento de 8 pacientes com síndrome de Rokitansky. Método: Apresentam-se oito casos de síndrome de Rokitansky em que a reconstrução vaginal foi realizada pelo retalho neurovascular pudendo crural, chamado retalho de Cingapura. O período de acompanhamento pós-operatório variou de 6 meses e 3 anos. Resultados: Uma neovagina funcional de, no mínimo, 10 cm de profundidade e 5 cm de diâmetro foi criada em todos os casos. Apesar da queixa de dor local de moderada intensidade no pós-operatório imediato, as pacientes apresentaram-se satisfeitas com os resultados. As relações sexuais foram liberadas no 40º dia de pós-operatório, sem relatos de sangramento ou dor. Três pacientes apresentaram crescimento de pêlo no intróito vaginal. Conclusão: A técnica do retalho de Cingapura permitiu a reconstrução vaginal sem a necessidade de dilatação pós-operatória, mantendo a inervação do períneo e com cicatrizes pouco perceptíveis.

Palavras-chave: Vagina/anormalidades. Vagina/cirurgia. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

Background: Congenital vaginal agenesis, with a prevalence of 1 in 4000 or 5000 females, occurs mainly as a feature of the Mayer-Rokitansky-Kuster-Hauser (MRKH) syndrome. The management of this patient includes psychological support and the creation of a neovagina. Objective: To present and evaluate the pudendal thigh flap for the creation of a neovagina in eight young women with MRKH syndrome. Methods: Eight young women with MRKH syndrome had a neovagina created by using the bilateral pudendal thigh fasciocutaneous flap procedure, Singapore flap. The patients' follow-up ranged between 6 months and 3 years. Results: A functional vagina of at least 10cm in depth and 5cm in width was created in al cases. Although the patients reported moderated local pain after the procedure, they were satisfied with the results. In addition, normal sexual life was possible after 40 days and none of them reported bleeding or pain during sexual relation. Three patients presented hair in the vaginal lining. Conclusion: Bilateral fasciocutaneous pudendal thigh flap permits vaginal reconstruction with some advantages such as postoperative dilatation is not necessary, sensation is maintained and the resulting scars are inconspicuous.

Keywords: Vagina/abnormalities. Vagina/surgery. Surgical flaps.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons