ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 4 de 4 resultado(s)

Busca por : Dayana Garcia Alves

Análise comparativa entre indicações de implantes anatômicos ou redondos em mamoplastia de aumento

Dayana Garcia Alves; Cleber Antônio Nogueira Santos; Mariana Magaly Rubio Vilca; Suellen Cássia Gusmão Arruda; Maira Penna Carneiro Medeiros; Filipe Lopes Decusati
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.2):5-6 - 33ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: Ao longo da evolução dos implantes, fabricantes de implantes mamários lançaram diferentes formatos dos mesmos, o que trouxe uma divergência de opinião sobre suas indicações entre os cirurgiões plásticos.
Objetivo: Comparar o resultado estético entre a inclusão de implantes de formato "Silimed natural®" (base redonda e frente anatômica) ou redondo em mamoplastias de aumento.
Método: Estudo retrospectivo duplo cego, o qual avaliou 14 pacientes submetidas à mamoplastia de aumento entre 2011 e 2016. As pacientes selecionadas têm idades entre 20 a 40 anos, Índice de Massa Corporal de 18 a 23 e mamas classificadas como hipomastia moderada ou severa.
Resultados: A taxa de concordância entre cirurgiões plásticos na avaliação de implantes Silimed natural® foi de 76,2% (77 de 101) e para implantes redondos foi de 64,8% (116 de 179) (p<0,047).
Conclusão: A utilização de implantes anatômicos (Silimed natural®) pode conferir um formato mais natural quando indicados a pacientes com hipomastia moderada a severa e se utilizado o plano subglandular.

Palavras-chave: Mamoplastia; Implantes de mama; Mama; Estética.

 

ABSTRACT

Introduction: Throughout implants evolution, breast implants manufacturers have launched different formats of implants, which has led to a divergence of opinion among plastic surgeons about their indications.
Objective: To compare the aesthetic result between the inclusion of "Silimed natural®" (round base and anatomical front) or round implants in breast augmentation mammoplasty.
Methods: Double blind retrospective study, which evaluated 14 patients undergoing breast augmentation between 2011 and 2016. Patients selected were between 20 and 40 years of age, BMI 18 to 23 and breasts classified as moderate or severe hypomastia.
Results: Agreement rate among plastic surgeons on Silimed natural® implants evaluation was 76.2% (77 of 101) and for round implants it was 64.8% (116 of 179) (p<0.047).
Conclusion: The use of anatomical implants (Silimed natural®) can give a more natural shape when indicated to patients with moderate to severe hypomastia and if used in the subglandular plane.

Keywords: Mammaplasty; Breast implants; Breast; Esthetics.

 

Plicatura e reinserção da aponeurose do músculo levantador da pálpebra superior com sutura contínua na correção cirúrgica da ptose palpebral leve e moderada-experiência pessoal

Dayana Garcia Alves
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(1):39-43 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A blefaroptose ou ptose palpebral caracteriza-se pelo posicionamento anômalo da pálpebra superior em relação à sua posição normal, que é de 1 a 2 mm abaixo do limbo superior da íris; pode variar, apresentando desde uma queda discreta, até a oclusão total da fenda palpebral. Em geral, trata-se de deficiência muscular ou nervosa, de etiologia congênita ou adquirida, que resulta na impossibilidade de elevação completa da pálpebra superior, podendo também ocorrer por desinserção aponeurótica. Apresenta-se neste trabalho a tática da sutura contínua da aponeurose do músculo levantador ao tarso, ou mesmo na sua plicatura, para o tratamento da ptose leve ou moderada. MÉTODOS: No período de 2006 a 2012, foram realizadas 26 cirurgias, abordando a aponeurose do músculo levantador com encurtamento na relação 4:1, usando sutura contínua em duplo sentido, finalizando-a com ponto em formato de oito. RESULTADOS: Em 88,32% dos casos, os resultados foram bons e, em 11,68%, regulares. Apenas um caso evoluiu com retração na pálpebra superior, elevando o sulco palpebral. Observou-se correção incompleta, com ptose residual de 2 a 4 mm em 2 casos, os quais foram submetidos a revisão cirúrgica após 6 meses.

Palavras-chave: Blefaroplastia; Blefaroptose; Ptose congênita; Tipo de sutura contínua.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Blefaroptose or eyelid ptosis is characterized by the anomalous positioning of the upper eyelid in relation to its normal position, which is 1 to 2 mm below the upper margin of the iris. It can vary from a slight descent to a total occlusion of the eyelid slit. In general, whether caused by a muscular or nerve deficiency, congenital or acquired, it results in the impossibility to use the muscle to raise the eyelid. It can also occur due to the detachment of the aponeurosis. Presented in this study is the tactic of continuous suture of the aponeurosis of the lifting muscle at the tarsus or at its foldings, for the treatment of light or moderate ptosis. METHODS: In the period from 2006 to 2012, we analyzed 26 eyelids submitted to surgical treatment. 24 were operated upon, addressing the aponeurosis of the raising muscle with a shortening in the relation of 4:1 and, in 2 cases, with the reinsertion of the aponeurosis in the raising muscle of the eyelid, using continuous two-way suture completing the same with a stitch in a figure eight. RESULTS: In 88.32% of the cases, the results were considered good, and in 11.68% satisfactory.

Keywords: Blepharoplasty; Eyelid ptosis; Congenital ptosis; Type suture continues.

 

Meralgia parestésica por compressão de cinta modeladora

Dayana Garcia Alves; Filipe Frainer Fuzinatto; Carlos Sérgio Praça Consalter; Antônio Egídio Rinaldi; Mariana Magaly Rubio Vilca; Lucas Alvarez Rinaldi
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(1):133-135 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Meralgia parestésica é caracterizada por dor, parestesia ou queimação e diminuição da sensibilidade tátil e dolorosa na face anterolateral da coxa. Isto ocorre por uma neuropatia do nervo cutâneo femoral lateral (NCFL). O tratamento conservador é frequentemente bem-sucedido, aliviando os sintomas na maioria dos pacientes. Descrevemos o caso de uma paciente de 44 anos de idade que apresentou os sintomas descritos após uso pós-operatório de malha modeladora por cirurgia estética.

Palavras-chave: Parestesia; Malha cirúrgica; Dor; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Coxas; Neuropatia femoral.

 

ABSTRACT

Meralgia paresthetica is characterized by pain, paresthesia or burning sensation, and reduction of tactile and pain sensitivity in the anterolateral surface of the thigh. This disability is caused by a neuropathy of the lateral femoral cutaneous nerve (LFCN). Conservative treatment is often successful at relieving the symptoms in the majority of patients. We describe the case of a 44-year-old patient who presented with these symptoms caused by postoperative use of a surgical girdle after aesthetic surgery.

Keywords: Paresthesia; Surgical girdle; Pain; Reconstructive surgical procedures; Thighs; Femoral neuropathy.

 

Pioderma gangrenoso pós-mamoplastia redutora: relato de caso e discussão

Júlia Moraes Soares; Antônio Egídio Rinaldi; Edison Taffo; Dayana Garcia Alves; Roberta de Cássia Camargo Cutait; Eduardo de Oliveira Duque Estrada
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):511-514 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Neste artigo relata-se o caso de uma jovem de 31 anos de idade, submetida a mamoplastia e abdominoplastia, que evoluiu com uma doença cutânea rara, recorrente e de causa desconhecida: pioderma gangrenoso. O diagnóstico é clínico e o tratamento permanece empírico. Tem-se encontrado relação entre essa afecção e outras doenças sistêmicas, além de evidências do fenômeno de patergia (desenvolvimento de uma nova lesão inflamatória na área do trauma) e de alterações da imunidade celular. A paciente foi tratada empiricamente com antibióticos, sulfona e corticoide, e com tratamento tópico, evoluindo para o fechamento completo das lesões sem apresentar recorrência.

Palavras-chave: Pioderma gangrenoso. Doença cutânea rara. Imunossupressão.

 

ABSTRACT

We report the case of a 31-year-old woman who underwent mammoplasty and abdominoplasty and developed a rare and recurrent skin disease, of unknown etiology that was diagnosed as pyoderma gangrenosum. While the diagnosis was clinical, the treatment was empirical. An association between this disease and other systemic diseases was observed, in addition to pathergy (development of a new inflammatory lesion in areas of trauma) and changes in cellular immunity. The patient was empirically treated with antibiotics, sulfone, corticosteroids, and topical agents and experienced complete wound healing with no recurrence.

Keywords: Pyoderma gangrenosum. Rare skin disease. Immunosuppression.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons