ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 6 from 6 result(s)

Search for : DAYANE RAQUEL DE PAULA

Mamoplastia de aumento - dicas para melhor adaptação da prótese na loja subfascial

Andre Gustavo Maschio; Ruth Maria Graf; Renata Fernanda Ramos Mascante; Dayane Raquel de Paula; Flavia David João de Masi; Bruna Ferreira Bernert Varaschin
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):18-19 - Contorno Corporal

PDF Portuguese

RESUMO

INTRODUÇÃO: A mamoplastia de aumento transaxilar tem oferecido como benefício principal a ausência de cicatrizes na unidade estética da mama devido à incisão localizada na região axilar. Este método, associado à inserção da prótese no plano subfascial, permite grau de satisfação pessoal alto entre as pacientes. OBJETIVO: Descrever uma variação na técnica de mamoplastia de aumento subfascial, realizada neste serviço, com intuito de melhora do aspecto mamário e melhor adaptação da prótese. MÉTODOS: Revisão de literatura em bases de dados e descrição da técnica tradicional e de variante da técnica utilizada neste serviço. RESULTADOS: Realização de incisões de relaxamento no músculo peitoral maior, resultando em melhora da adaptação da prótese na loja subfascial e do aspecto mamário. CONCLUSÃO: A experiência com a realização das incisões de relaxamento mostra melhor aspecto da mama e menor tensão na loja da prótese, além de conferir uma cobertura extra de músculo em região superomedial.

Palavras-chave: Mamoplastia; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Implante mamário; Silicones.

 

Lipoaspiração abdominal: Recomendações técnicas para maior segurança

Andre Gustavo Maschio; Ruth Graf; Renata Fernanda Ramos Mascante; Bruna Ferreira Bernert; Dayane Raquel de Paula; Fabíola Grigoletto Lupion
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.2):38-40 - 33ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Liposuction, described in 1979, was the largest recent plastic surgery finding, and the most common surgical procedure in this specialty. Safety criteria of this procedure have been previously described, however, we conducted a literature review and a specific technique description to increase the safety of liposuction in abdominal region, in order to inform specialists and medical class about the main technical safety maneuvers during the procedure in this area.

Keywords: Plastic surgery; Liposuction; Security; Abdominal liposuction.

 

RESUMO

A Lipoaspiração, descrita em 1979, foi a maior descoberta recente da cirurgia plástica, sendo o procedimento cirúrgico mais realizado nesta especialidade. Os critérios de segurança deste procedimento em geral já foram anteriormente descritos, contudo realizamos uma revisão da literatura e descrição de técnica específica para aumento da segurança da lipoaspiração da região abdominal, com o objetivo de informar os especialistas e a classe médica sobre as principais manobras técnicas de segurança durante o procedimento nesta área.

Palavras-chave: Cirurgia plástica; Lipoaspiração; Segurança; Lipoaspiração abdominal.

 

Determining factors in choosing a plastic surgeon

LUIZ ROBERTO REIS ARAUJO; DAYANE RAQUEL DE PAULA; RENATO SILVA FREITAS; LUCIANO SAMPAIO BUSATO; ALFREDO DUARTE SILVA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(4):541-552 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: This study aims to understand the factors that determine the choice of a plastic surgeon from the patient's perspective. This is a pilot project, which should be broadened and deepened by other studies.
Method: A survey was devised in the form of a questionnaire with 22 multiple choice questions. The average response time was 8 minutes. The questions addressed various aspects, such as the recommendation, training, and accreditation of the surgeon; perception of the first consultation; and the clinic. There was no possibility of identifying the patient or surgeon; hence, anonymity was guaranteed.
Results: The response rate was 86.66%. The majority (92.22%) of the respondents were female, with a mean age of 35 years. Most had completed secondary and higher education, with an average monthly family income of R$ 2,000 to 10,000. Almost 40% did not know the accreditation of the surgeon chosen and 33.7% did not know the length of training the surgeon had undergone. The majority (81.6%) believed they had paid an average amount for their surgery and half did not research the surgeon's online profile. The majority (67%) had not undergone any previous plastic surgery. A list of 10 items in descending order of importance was presented.
Conclusions: The determining factors for the choice of the plastic surgeon in this sample, in descending order were: 1) Recommendation, 2) Accreditation, and 3) First consultation. Price was not the most important factor and online presence was one of the last items cited. A significant proportion of respondents did not know either the accreditation level or the length of training of their surgeon.

Keywords: Plastic surgery; Choice behavior; Labor market; Marketing of health services; Brazil; Economy

 

RESUMO

Introdução: Esta pesquisa tem como objetivo entender os fatores que determinam a escolha de um cirurgião plástico, na visão dos pacientes. É um projeto piloto que deve ser ampliado e aprofundado em outros estudos.
Método: Foi idealizada uma pesquisa com 22 perguntas de múltipla escolha na forma de questionário. O tempo médio de resposta era de 8 minutos. As perguntas abordavam vários aspectos como a indicação/formação/titulação do cirurgião, percepção da primeira consulta e do consultório. Não havia possibilidade de identificação da paciente ou do cirurgião. O anonimato era garantido.
Resultados: O índice de resposta foi de 86,66%. A maioria (92,22%) era do sexo feminino, com idade média de 35 anos. A maior parte tinha ensino médio e superior completos, com ganho familiar médio mensal de R$ 2 a 10 mil. Quase 40% não sabiam da titulação do cirurgião escolhido e 33,7% não sabia o tempo de formação do mesmo. A maioria (81,6%) acredita ter pago um valor na média pela sua cirurgia e metade não pesquisou a apresentação online do cirurgião. A maioria (67%) não tinha feito nenhuma cirurgia plástica previamente. Foi apresentada uma lista de 10 itens em ordem decrescente de importância.
Conclusões: Os fatores determinantes para a escolha do cirurgião plástico nesta amostra, em ordem decrescente são: 1-Indicação, 2-Titulação e 3-Primeira consulta. Preço não está entre os primeiros atributos e apresentação
online foi um dos últimos itens citados. Uma parte significativa dos pesquisados não conhece a titulação e nem o tempo de formação do seu cirurgião.

Palavras-chave: Cirurgia plástica; Comportamento de escolha; Mercado de trabalho; Marketing de serviços de saúde; Brasil; Economia

 

Retalho músculo cutâneo de pálpebra superior para inferior com pedículo medial para correção de ectrópio

Dayane Raquel de Paula; Maria Cecília Closs Ono; Anne Karoline Groth; Alfredo Benjamim Duarte da Silva; Fabíola Grigoletto Lupion; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):101-103 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

INTRODUÇÃO: O ectrópio se caracteriza por uma eversão da margem palpebral, e é mais comum na pálpebra inferior. O processo de exposição ocular associado a esse quadro pode levar a sequelas graves, como a perda ocular. Muitos retalhos foram propostos para tratar esse quadro. Contudo, a taxa de recorrência pode ser alta, e quando o defeito se localiza na porção medial da pálpebra, ele se torna muito mais desafiador. Por isso, é fundamental que o cirurgião disponha de uma variedade de estratégias cirúrgicas para tratar adequadamente esses casos, definindo, em cada circunstância, qual a melhor técnica a ser adotada, entre as possibilidades disponíveis. O objetivo é apresentar o emprego do retalho miocutâneo de pálpebra superior para inferior, pediculado medialmente, como alternativa no tratamento de três casos de ectrópio MÉTODOS: Tratamento de pálpebra inferior com retalho miocutâneo de pálpebra superior para inferior, pediculado medialmente. Três casos pós-ressecção de lesão oncológica que evoluíram com ectrópio de pálpebra inferior (um deles já recidivado) e que foram trados com retalho miocutâneo de pálpebra superior para inferior, pediculado medialmente; nenhum dos 3 casos apresentou recidiva após essa abordagem proposta. CONCLUSÃO: O retalho miocutâneo de pálpebra superior para inferior com pedículo medial demonstrou-se uma opção viável, com resultado funcional e estético satisfatório, sem trazer grande prejuízo à área doadora e apresentando pele de cor, espessura e textura adequada à reconstrução da pálpebra inferior.

Palavras-chave: Ectrópio; Retalhos cirúrgicos; Pálpebras; Carcinoma; Reabilitação.

 

Perfil dos casos de ectrópio em um centro de referência de tratamento oncológico

Dayane Raquel de Paula; Maria Cecília Closs Ono; Anne Karoline Groth; Alfredo Benjamim Duarte da Silva; William Itikawa; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):122-124 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

INTRODUÇÃO: O ectrópio é a alteração de mal posicionamento da pálpebra mais comum. A pálpebra e a região periocular são as áreas mais comumente afetadas pelos cânceres de pele - entre 5 e 10% dos cânceres de pele ocorrem nessa topografia. O ectrópio ocorre em 2,5 a 7% dos casos de remoção de lesões da pálpebra. Frequentemente, o tratamento do ectrópio vai requerer uma intervenção cirúrgica, e, infelizmente, a taxa de recorrência pode ser alta. Objetivo: Relatar a experiência de um centro de referência no atendimento de pacientes oncológicos no tratamento de casos de ectrópio. MATERIAIS E MÉTODO: Avaliação retrospectiva dos casos de ectrópio atendidos no nosso Serviço de Cirurgia Plástica e Reparadora do Hospital Erasto Gaertner, no período entre junho de 2012 e dezembro de 2017. RESULTADOS: Quarenta e sete casos de ectrópios foram levantados nessa pesquisa. A idade média dos pacientes foi de 67,65 anos. Vinte e oito pacientes do sexo feminino e 19 do sexo masculino. O tempo médio transcorrido entre a ressecção inicial e a cirurgia de correção do ectrópio foi de 27 meses. Sobre as neoplasias, 24 casos eram carcinoma basocelular, 16 casos de carcinoma espinocelular, 4 casos de melanoma e 1 caso de carcinoma de células de Merckel. Em 14 casos, houve necessidade de radioterapia adjuvante para o tratamento da neoplasia. Houve recidiva do ectrópio em 11 casos, sendo que em 4 deles havia história de radioterapia prévia. Entre estes mesmos 11 casos de recidiva, a reconstrução imediata foi feita pela própria equipe da Oncologia Cirúrgica em 8. CONCLUSÃO: A avaliação dos casos de ectrópio em centros de tratamento oncológico tem elementos muito relevantes que devem ser levados em consideração, como a equipe que realizará a reconstrução imediata e os casos em que será necessário complementar o tratamento com radioterapia. Esses dois elementos parecem, numa primeira análise, relacionados com aumento das taxas de recidiva.

Palavras-chave: Ectrópio; Carcinoma; Recidiva; Neoplasias palpebrais; Retalhos cirúrgicos.

 

Treatment of nasoethmoidal fractures with fixation with Kirschner wire

SILVIA HELENA MANDU; DAYANE RAQUEL DE PAULA; FABIOLA GRIGOLETTO LUPION; MARIA CECILIA CLOSS ONO; RENATO DA SILVA FREITAS; GILVANI AZOR DE OLIVEIRA E CRUZ
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):185-187 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Considering lesions of high incidence, nasal fractures, recurrently taken as minor, can bring about significant functional and aesthetic damage.
Method: Between October 2012 and October 2018, 11 patients were attended at the Hospital do Trabalhador, in Curitiba-PR, undergoing fixation of a nasal septum fracture with Kirschner wire.
Results: Of the total of 11 patients, eight male and three female, with a mean age of 24.4 years, 63% of them were victims of facial aggression. The interval between trauma and treatment ranged from 13 to 21 days. In 72% only one Kirschner wire was used for fixation and, finally, the material removal time was, on average, 39.9 days.
Conclusions: This treatment option is characterized as a simple and rapid surgical strategy, with low cost and morbidity and a satisfactory postoperative result.

Keywords: Facial trauma; Face; Aggression; Nasal bone; Nasal septum

 

RESUMO

Introdução: Consideradas lesões de elevada incidência, as fraturas nasais, recorrentemente consideradas de menor importância, podem trazer prejuízos relevantes do ponto de vista funcional e estético.
Método: Entre outubro de 2012 e outubro 2018 foram atendidos 11 pacientes no Hospital do Trabalhador, em Curitiba-PR, submetidos a fixação de fratura de septo nasal com fio de Kirschner.
Resultados: Do total de 11 pacientes, oito masculinos e três femininos, a idade média permanecendo em 24,4 anos, 63% deles foram vítimas de agressão em face. O intervalo entre o trauma e o tratamento variou entre 13 a 21 dias. Em 72% foram usados apenas um fio de Kirschner para fixação e, por fim, o tempo para retirada do material foi, em média, 39,9 dias.
Conclusão: Essa opção de tratamento se caracteriza como uma estratégia cirúrgica de execução simples e rápida, com baixo custo e morbidade e resultado satisfatório no pós-operatório.

Palavras-chave: Traumatismos faciais; Face; Agressão; Osso nasal; Septo nasal

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license