ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 4 de 4 resultado(s)

Busca por : Cleyton Dias Souza

Estudo experimental comparativo entre o emprego do enxerto de nervo com sutura epineural e neurotubo de silicone no reparo do nervo ciático em ratos Wistar

Cleyton Dias Souza; Juliano Carlos Sbalchiero; Paulo Roberto de Albuquerque Leal; Pedro Bortone Bijos; João Francisco Recalde Rocha; Carlos Gustavo Lemos Neves
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):6 - Experimental

PDF Português PDF Inglês

Reconstrução de grandes defeitos de couro cabeludo e fronte em oncologia: tática pessoal e experiência - análise de 25 casos

Cleyton Dias Souza
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):227-237 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Neoplasias malignas extensas em couro cabeludo e fronte tornam-se um desafio para o cirurgião plástico, em decorrência das particularidades anatômicas da região. Apesar da existência de muitas técnicas para o reparo dos defeitos, a reconstrução ideal depende da avaliação criteriosa de cada caso clínico e tem por finalidade alcançar o melhor resultado, tanto funcional como estético, com mínima morbidade no sítio doador. O objetivo deste estudo é avaliar uma série de pacientes submetidos a reconstrução imediata após ressecção oncológica em couro cabeludo e fronte, demonstrando tática pessoal e experiência do autor. MÉTODO: Trata-se de análise retrospectiva de 25 pacientes operados no período de junho de 2009 a junho de 2011, submetidos a reconstrução de couro cabeludo e da fronte após tratamento de câncer de pele avançado dessa região. Foram estudados os seguintes parâmetros: sexo, idade, diagnóstico, estadiamento clínico, localização e dimensão do defeito, tática de reparo, complicações e estado clínico atual. RESULTADOS: Amostra composta de 25 pacientes, sendo 60% homens, com média de idade de 64,8 anos. O estádio clínico III foi o mais frequente (88%), o diagnóstico de maior incidência foi o de carcinoma espinocelular (84%) e a região biparietal foi a localização mais atingida (20%). O tamanho dos defeitos variou de 3,8 cm x 3,5 cm a 22,9 cm x 15 cm. A técnica de reparo mais utilizada (80%) foi a confecção de retalho local. Ocorreram 2 (8%) casos de necrose parcial do retalho e 1 (4%) caso de perda parcial do enxerto. Todos os pacientes estão vivos, dos quais apenas um apresenta sinais de neoplasia maligna em atividade (recidiva tumoral e fora de possibilidade terapêutica). Quanto aos aspectos funcional e estético, tanto o autor como os pacientes consideram o resultado bom. CONCLUSÕES: Na literatura internacional, são descritas várias técnicas de reconstrução do couro cabeludo. Na maioria dos casos com grande perda de tecidos moles, os retalhos microcirúrgicos são as opções mais aceitas. A reconstrução com retalhos locais de avanço constitui opção bastante segura e apresenta resultados favoráveis, com realização técnica mais simples e taticamente ideal para aqueles casos limítrofes de operabilidade.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica. Couro cabeludo/cirurgia. Neoplasias de cabeça e pescoço. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The anatomical peculiarities of extensive malignant neoplasms of the scalp and forehead remain a challenge for plastic surgeons. Although several procedures for repair of these defects have been described, the ideal reconstruction relies on careful assessment of each clinical case and aims to achieve the best functional and aesthetic outcome with minimal morbidity of the donor area. The aim of this study is to evaluate a series of patients who underwent immediate reconstruction following scalp and forehead tumor resection, in order to demonstrate the personal technique and experience of the author. METHODS: This is a retrospective analysis of 25 patients who underwent scalp and forehead reconstruction between June 2009 and June 2011 following treatment for advanced skin cancer. The following parameters were studied: gender, age, diagnosis, clinical staging, location and size of the defect, repair strategy, complications, and current clinical status. RESULTS: Of the 25 patients, 60% were men; the average age was 64.8 years. Patients most frequently presented in clinical stage III (88%). Squamous cell carcinoma was the most common tumor (84%) and the biparietal region was the most commonly affected area (20%). The size of the defects varied from 3.8 cm × 3.5 cm to 22.9 cm × 15 cm. The reconstructive procedure used most often (80%) relies on the production of a local flap. Two (8%) cases of partial flap necrosis and 1 case (4%) of partial graft loss were noted. All patients are still alive and only one shows signs of proliferative malignant neoplasm (tumor recurrence without treatment options). With regard to functional and aesthetic aspects, both the author and the patients considered the results obtained to be satisfactory. CONCLUSIONS: In the literature, a variety of procedures for scalp reconstruction have already been described. In patients with extensive loss of soft tissues, microsurgical flaps are the most commonly used option. Reconstruction with a local advancement flap is a safe technique, provides satisfactory results, and is performed with a simple technical procedure. It therefore may be ideal for borderline-operable patients.

Keywords: Surgical flaps. Plastic surgery. Scalp/surgery. Head and neck neoplasms. Reconstructive surgical procedures.

 

Aplicabilidade do retalho anterolateral da coxa pediculado nas reconstruções complexas da parede abdominal em oncologia: relato de 2 casos

Cleyton Dias Souza; Catarina Robert; Armando Geraldo Franchini Melani; Rodrigo José Webber; Marcos Duarte Siosaki; Carlos Gustavo Lemos Neves
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(1):123-128 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Há um grande empenho na busca por soluções reconstrutivas para as áreas de perda cutânea ou muscular que exijam cobertura ou preenchimento cavitário estável. O retalho anterolateral da coxa, descrito na China por Song et al. (1984), é considerado por muitos como o retalho ideal nas grandes reconstruções. OBJETIVO: Relatar a aplicabilidade do retalho anterolateral da coxa como recurso versátil nas reconstruções da parede abdominal. MÉTODOS: Dois pacientes foram selecionados para serem submetidos à ressecção tumoral de cólon direito com invasão da parede abdominal pela equipe de cirurgia oncológica em conjunto com a equipe de cirurgia plástica, que foi a responsável pela reconstrução da parede abdominal. Em ambos os casos, utilizou-se o retalho anterolateral da coxa pediculado, que foi transposto para o defeito após a ressecção parcial da parede abdominal no mesmo tempo cirúrgico. Entre as vísceras abdominais e o retalho, foi fixada tela de PROCEEDTM para reforço da parede abdominal. Resultados: Ambos os pacientes tiveram boa evolução pós-operatória e encontram-se em acompanhamento, sem sinais de recidiva tumoral e com boa qualidade de vida. CONCLUSÃO: O retalho anterolateral da coxa mostrou-se recurso útil dentro do arsenal terapêutico reconstrutivo da parede abdominal devido a grandes ressecções tumorais em oncologia.

Palavras-chave: Oncologia; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Coxas; Parede abdominal/Cirurgia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: There is a strong commitment in pursuing reconstructive solutions for areas of skin or muscular loss that require covering or stable cavity filling. The anterolateral thigh flap, described in China by Song et al. (1984), is considered by many as the optimal flap in large reconstructions. OBJECTIVE: To report the applicability of the anterolateral thigh flap, as a versatile resource in reconstructions of the abdominal wall. METHODS: Two patients were submitted to tumoral resection of the right colon with invasion of the abdominal wall by a team of oncologic surgeons in conjunction with the plastic surgery team that was responsible for the reconstruction of the abdominal wall. In both cases, the pedicled anterolateral thigh flap was used, which was transposed to the defect after partial resection of the abdominal wall at the same surgical time. A PROCEEDTM surgical mesh was fixed between the abdominal viscera and the flap to reinforce the abdominal wall. RESULTS: Both patients had good postoperative evolution and are in follow-up, with no signs of tumor recurrence and with a good quality of life. CONCLUSION: The anterolateral thigh flap is a useful resource for the reconstruction of the abdominal wall due to large tumor resections in oncology.

Keywords: Oncology; Surgical flaps; Reconstructive surgical procedures; Thighs; Abdominal wall/Surgery.

 

Reconstrução palpebral inferior em oncologia com técnica de Hughes: análise de 11 casos

Cleyton Dias Souza; Maria Bianca Lopes Moreira Dias Souza; Robson Dias Souza; Carlos Gustavo Lemos Neves
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):38 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons