ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 18 de 18 resultado(s)

Busca por : Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral

Análise bibliométrica dos artigos publicados na revista brasileira de cirurgia plástica entre 2005 e 2012. Parte I: análise quantitativa de artigos, autores e distribuição geográfica

Rafael Denadai; Dov Goldenberg; Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(1):2-9 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os indicadores bibliométricos têm sido aplicados em diversos estudos nacionais e internacionais. No entanto, não existem informações específicas sobre a produção científica da cirurgia plástica no Brasil. Este estudo, portanto, tem o objetivo de realizar uma análise bibliométrica dos artigos publicados na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica (RBCP), periódico oficial da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. MÉTODOS: Foi realizada uma análise bibliométrica com indicadores quantitativos de todos os artigos publicados na RBCP, para caracterizar os resultados científicos de um período (2005 a 2012) marcado por grandes mudanças. Todos os artigos incluídos foram analisados individualmente, a fim de se coletarem dados referentes ao número de artigos, número de autores e distribuição geográfica. Dois períodos (2005-2008 versus 2009-2012) foram considerados para análise comparativa. RESULTADOS: Seiscentos e três artigos preencheram os critérios de inclusão. As médias de artigos publicados por ano e de autores por artigo foram 75,38±32,12 artigos/ano e 3,98±2,01 autores/artigo, respectivamente. Houve um aumento significativo (p<0,05) de artigos/ano (2005-2008<2009-2012). Não foram detectadas variações significativas (p>0,05) no número de autores/artigo (2005-2008=2009-2012). A maioria (p<0,05) dos artigos foi proveniente de instituições brasileiras (98,67%), sendo a região sudeste (63,70%) a responsável pela maioria dessas publicações (p<0,05). CONCLUSÃO: Durante o período investigado, cresceu o número de artigos científicos publicados na RBCP, não houve modificação no número de autores por artigo e existiu um predomínio de artigos oriundos da região sudeste do Brasil.

Palavras-chave: Bibliometria; Cirurgia plástica; Publicações científicas; Publicações periódicas; Revista de Cirurgia Plástica.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Bibliometric indicators have been implemented in several national and international studies. However, there is no specific information about the scientific articles discussing plastic surgery in Brazil. This study therefore aimed to carry out a bibliometric analysis of articles published in the Brazilian Journal of Plastic Surgery (RBCP), the official journal of the Brazilian Society of Plastic Surgery. METHODS: A bibliometric analysis using quantitative indicators of all articles published in the RBCP was performed to characterize the scientific results over a seven-year period (2005-2012) marked by major changes to the journal. All articles selected were analyzed individually, in order to collect data on article and author numbers, and their geographical distribution. Two periods (2005-2008 vs. 2009-2012) were considered for comparative analysis. RESULTS: A total of 603 articles met the inclusion criteria. The average number of articles published per year and the number of authors per article were 75.38 ± 32.12 articles/year and 3.98 ± 2.01 authors/article, respectively. There was a significant increase (p < 0.05) in articles/year in 2009-2012 compared to the earlier time period. No significant variations were detected (p > 0.05) in the number of authors/article (2005-2008 = 2009-2012). Most articles came from Brazilian institutions (98.67%; p < 0.05), and the Southeast region (63.70%; p < 0.05) accounted for most of these publications. CONCLUSION: During the observation period, the number of scientific articles published in the RBCP increased, there was no change in the number of authors per paper, and there was a predominance of articles coming from the Southeast Brazil.

Keywords: Bibliometrics; Plastic surgery; Scientific publications; Journals; Journal of Plastic Surgery.

 

Análise bibliométrica dos artigos publicados na revista brasileira de cirurgia plástica entre 2005 e 2012. Parte II: serviços de origem, apresentações prévias e tipos de artigos

Rafael Denadai; Dov Goldenberg; Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(1):10-17 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Embora a bibliometria tenha sido aplicada na caracterização dos resultados científicos de inúmeros periódicos nacionais e internacionais, dados bibliométricos sobre a produção científica da cirurgia plástica brasileira são escassos. Assim, o objetivo deste estudo é analisar os artigos publicados na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica (RBCP), periódico oficial da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). MÉTODOS: Trata-se de uma análise bibliométrica, quantitativa, de todos os artigos publicados entre 2005 e 2012 na RBCP. Informações referentes à apresentação em eventos científicos, aos tipos de instituição (credenciadas ou não pela SBCP) e a categoria dos artigos foram extraídas dos artigos incluídos. Dados de dois períodos (2005-2008 versus 2009-2012) foram analisados, comparativamente. RESULTADOS: Um total de 603 artigos científicos preencheram os critérios de inclusão. A imensa maioria (p<0,05 para todas as comparações) desses artigos foi proveniente de Serviços Credenciados pela SBCP (58,21%), não foi apresentada em eventos científicos (84,74%) e foi publicada na seção artigo original (78,77%) da RBCP. A análise comparativa entre os períodos revelou uma redução significativa (p<0,05) na proporção de artigos de revisão (2005-2008>2009-2012) e um aumento significativo (p<0,05) na proporção de artigos científicos que não foram apresentados previamente em eventos científicos (2005-2008<2009-2012). CONCLUSÃO: Esta investigação revelou um predomínio de artigos publicados na seção artigos originais, provenientes de Serviços Credenciados pela SBCP, e que não foram apresentados em eventos científicos.

Palavras-chave: Bibliometria; Cirurgia plástica; Publicações científicas; Publicações periódicas; Revista de Cirurgia Plástica.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Although bibliometry has been used to characterize scientific results in numerous national and international journals, bibliometric data on scientific publications related to plastic surgery are scarce. Therefore, this study analyzed articles published in the Brazilian Journal of Plastic Surgery (BJPS), the official journal of the Brazilian Society of Plastic Surgery (BSPS). METHODS: A quantitative bibliometric analysis of all articles published in the BJPS between 2005 and 2012 was performed. Information regarding presentation of the work at scientific meetings, institution type (BSPS-accredited or not), and article category were extracted from the articles included in this study. Data from two time periods (2005-2008 and 2009-2012) were analyzed and compared. RESULTS: A total of 603 scientific articles fulfilled the insertion criteria. Most articles were from accredited services institutions (58.21%), had not been presented at scientific meetings (84.74%), and were published as original articles (78.77%) in the BJPS (p<0.05 for all comparisons). Comparative analysis revealed a significant reduction in the proportion of review articles and a significant increase in the proportion of scientific articles that had not previously been presented at scientific meetings in 2005-2008 compared to 2009-2012 (p<0.05 for both). CONCLUSION: This survey revealed a prevalence of original articles published by BSPS-accredited institutions that were not presented at scientific meetings.

Keywords: Bibliometry; Plastic surgery; Scientific publications; Periodical publications; Journal of Plastic Surgery.

 

Análise bibliométrica dos artigos publicados na revista brasileira de cirurgia plástica entre 2005 e 2012. Parte III: desenhos de estudo e níveis de evidência

Rafael Denadai; Dov Goldenberg; Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(1):18-29 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os desenhos dos estudos e os níveis de evidência dos artigos publicados em diversos periódicos vêm sendo analisados bibliometricamente. Como não existem tais informações no campo da cirurgia plástica brasileira, o presente estudo tem o objetivo de avaliar os desenhos dos estudos e os níveis de evidência dos artigos publicados na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica (RBCP), o único periódico brasileiro destinado exclusivamente à cirurgia plástica. MÉTODO: Foi realizada uma análise bibliométrica, quantitativa dos desenhos dos estudos, e níveis de evidência dos artigos publicados na RBCP, entre 2005 a 2012. Dois períodos (2005-2008 versus 2009-2012) foram comparados para caracterizar a evolução da produção científica da RBCP. RESULTADOS: No período analisado, 603 artigos científicos preencheram os critérios de inclusão. A análise global revelou um predomínio significativo (p<0,05) de estudos retrospectivos e artigos com nível de evidência III. A comparação entre os períodos revelou aumentos significativos (p<0,05) nas proporções de séries de casos e artigos científicos com nível de evidência IV (2005-2008<2009-2012), e uma redução significativa (p<0,05) na proporção de artigos com nível de evidência V (2005-2008>2009-2012). CONCLUSÃO: Este estudo demonstrou que houve um predomínio de estudos retrospectivos e artigos com nível de evidência III, publicados na RBCP entre 2005 e 2012.

Palavras-chave: Bibliometria; Cirurgia plástica; Cirurgia Plástica baseada em evidências; Desenho dos estudos; Revista de Cirurgia Plástica; Nível de evidência.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Bibliometric methods have been used to analyze study designs and levels of evidence of articles published in various periodicals. Such information does not exist in the field of Brazilian plastic surgery. This study aimed to evaluate the study designs and levels of evidence of articles published in the Brazilian Journal of Plastic Surgery ("Revista Brasileira de Cirurgia Plástica," RBCP), the only Brazilian journal devoted exclusively to plastic surgery. METHOD: Study designs and levels of evidence of articles published in the RBCP between 2005 and 2012 were bibliometrically and quantitatively analyzed. The articles published in two periods (2005-2008 and 2009-2012) were compared, in order to characterize the evolution of the scientific production of the RBCP. RESULTS: During the period analyzed, 603 scientific articles met the inclusion criteria. The overall analysis revealed a significant predominance of retrospective studies and articles with level of evidence III (p < 0.05). The comparison between the periods showed a significant increase (p < 0.05) in the proportion of case series and scientific articles with level of evidence IV (2005-2008 < 2009-2012), and a significant reduction (p < 0.05) in the proportion of articles with level of evidence V (2005-2008 > 2009-2012). CONCLUSION: This study showed that a predominance of retrospective studies and articles with level of evidence III published in the RBCP between 2005 and 2012.

Keywords: Bibliometrics; Plastic surgery; Evidence-based plastic surgery; Study design; Brazilian Journal of Plastic Surgery; Level of evidence

 

Avaliação de déficit neurossensorial em pacientes com síndromes craniofaciais submetidos a avanço horizontal do mento

Geyson Souza Sarmento; Rafael Denadai; Renato Salazar Somensi; André Pecci Giancolli; José Garcia Junqueira Neto; Celso Luiz Buzzo; Cesar Augusto Raposo-do-Amaral; Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):205-211 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Embora os distúrbios neurossensoriais após genioplastias tenham sido avaliados em diferentes estudos, não existe uma padronização de como testar e classificar tais alterações. Por essa razão, a incidência de distúrbios neurossensoriais varia de 0 a 100%, dependendo da definição da lesão dos nervos, da sensibilidade do método diagnóstico e do período de seguimento. Portanto, o propósito deste estudo foi avaliar objetivamente o déficit neurossensorial permanente em pacientes submetidos a avanço horizontal do mento. MÉTODO: Foi realizado estudo retrospectivo de todos os pacientes submetidos a avanço horizontal do mento no Hospital SOBRAPAR, no período de 2009 a 2010. A avaliação neurossensorial objetiva do lábio inferior e do mento foi realizada com dois testes neurológicos (teste dos limiares de pressão de Semmes-Weinstein e teste de sensibilidade térmica). O déficit neurossensorial permanente foi definido como testes clínicos anormais com no mínimo 12 meses de pós-operatório. RESULTADOS: Foram avaliados 13 pacientes, sendo 8 deles portadores de síndromes craniofaciais. Houve predomínio de pacientes com os testes de sensibilidade tátil à pressão e térmica (quente e frio) normal (P < 0,05). A análise dos pacientes sindrômicos revelou que a maioria teve o teste de sensibilidade tátil à pressão normal (P < 0,003), não existindo diferenças no teste de sensibilidade térmica (P = 0,317). Não foram identificadas diferenças entre as regiões anatômicas com testes de sensibilidade anormais (P > 0,05). CONCLUSÕES: A maioria dos pacientes apresenta sensibilidade tátil (pressão e temperatura) do lábio inferior e mento preservada 12 meses após terem sido submetidos a avanço horizontal do mento.

Palavras-chave: Mentoplastia. Queixo/cirurgia. Procedimentos cirúrgicos ortognáticos. Nervo mandibular.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Although neurosensory disturbances after genioplasty have been evaluated in different studies, standardization for testing and grading of neurosensory injuries is lacking. For this reason, the incidence of neurosensory disturbance varies from 0% to 100%, depending on the definition of nerve damage, the sensitivity of the diagnostic test method, and the follow-up period. Therefore, the aim of this study was to perform an objective evaluation of the permanent neurosensory disturbances in patients who underwent horizontal chin advancement. METHODS: A retrospective study of all patients who underwent horizontal chin advancement at the Hospital SOBRAPAR between 2009 and 2010 was conducted. The objective neurosensory assessment of the lower lip and chin was performed using 2 neurological tests, namely the Semmes-Weinstein pressure and thermal sensitivity tests. Permanent neurosensory disturbance was defined as abnormal clinical test results obtained at least 12 months after surgery. RESULTS: Thirteen patients (8 with craniofacial syndrome) were evaluated. The prevalence of the patients who showed normal results for sensitivity to pressure/touch and thermal sensitivity (warm and cold; P < 0.05) was significantly high. The analysis of the data of the patients with craniofacial syndrome revealed that most of the patients had normal pressure sensitivity test results (P < 0.003). Results from the thermal sensitivity tests showed no significant difference between these patients (P = 0.317). No significant differences were observed between the anatomical regions with abnormal sensitivity test results (P > 0.05). CONCLUSIONS: Tactile sensitivities of the lower lip and chin to pressure and temperature were preserved in most of the patients 12 months after horizontal chin advancement.

Keywords: Genioplasty. Chin/surgery. Orthognathic surgical procedures. Mandibular nerve.

 

Estudo da recidiva após a correção do hiperteleorbitismo

Cássio Eduardo Raposo do Amaral, César Augusto Raposo do Amaral, James P. Bradley, Marcelo de Campos Guidi, Celso L. Buzzo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(4):425-431 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: Paul Tessier propôs, na década de 60, a correção das deformidades craniofaciais por abordagem intracraniana. Objetivo: Os objetivos do presente trabalho foram: 1. Comparar a distância interorbital interna (DIO) do período pré e pós-operatório de pacientes submetidos à correção de hiperteleorbitismo; 2. Aferir o índice de recidiva da posição orbital após 6 meses da cirurgia para a correção do hiperteleorbitismo. Método: Onze pacientes foram submetidos à correção do hiperteleorbitismo. A aferição da DIO foi realizada no período pré-operatório por meio da telerradiografia cefalométrica de frente. A aferição da DIO pós-operatória foi realizada no intra-operatório com paquímetro e no seguimento pós-operatório por meio da telerradiografia cefalométrica, 6 meses após a correção do hiperteleorbitismo. O teste de Wilcoxon foi utilizado para a comparação entre DIO pré e pós-operatória. O nível de significância adotado no presente estudo foi de p<0,05. Resultados: Houve diferença estatisticamente significante entre as DIO pré-operatória (média de 32,14 mm) e pós-operatória (média de 18,73 mm) (p<0,001). O índice de recidiva médio da posição orbital foi de 1,64 mm. Conclusão: A correção do hiperteleorbitismo é uma cirurgia intracraniana que possibilita a mobilização das órbitas medialmente, proporcionando resultados estéticos e funcionais satisfatórios. O índice médio de recidiva da órbita (1,64 mm) representou 12% da extensão da redução óssea média (13,41 mm).

Palavras-chave: Anormalidades craniofaciais/cirurgia. Acrocefalossindactilia. Órbita/anormalidades.

 

ABSTRACT

Introduction: When Tessier introduced his concepts of both an intra and extracranial approach to treat severe craniofacial malformations, like hypertelorbitism, the modern field of craniofacial surgery was ushered in. Objective: The aims of this study were the following: 1. To compare preoperative and postoperative interorbital distance in patients with hypertelorbitism who underwent hyperteleorbitism correction. 2. To evaluate the orbital relapse rate, 6 months after hyperteleorbitism correction. Methods: Eleven patients underwent hypertelorbitism correction. The interorbital distance was measured at frontal cephalograms preoperatively, and with a caliper intraoperatively and at 6 months after surgery using the frontal cephalograms. Orbital relapse was measured by subtracting the follow-up measurement from the intraoperative measurement. Wilcoxon test was used to compare preoperative interorbital distance and postoperative interorbital distance. A value of p <0.05 was considered to be statistically significant. Results: Statistically significant differences between preoperative interobital distance (31.14 mm) and postoperative interorbital distance was shown in this study (18.73 mm) (p < 0.001). The average orbital relapse rate was 1.64 mm. Conclusion: Hypertelorbitism correction allows the orbital mobilization trough an intracranial approach, and leads to a satisfactory aesthetic and functional outcomes. The average orbital relapse rate was 1.64 mm, corresponding to 12% of bone interorbital reduction.

Keywords: Craniofacial abnormalities/surgery. Acrocephalosyndactylia. Orbit/abnormalities.

 

Estudo antropométrico das assimetrias craniofaciais na craniossinostose coronal unilateral

Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral; Michel Patrick do Amaral Silva; Douglas Neumar Menon; Renato Salazar Somensi; Cesar Augusto Raposo-do-Amaral; Celso Luiz Buzzo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):27-31 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A craniossinostose coronal unilateral (CCU) é a ossificação prematura da sutura coronal unilateralmente e provoca uma deformidade em 3 dimensões, que pode afetar o crânio e as órbitas. O objetivo do presente trabalho foi aferir e comparar a assimetria do crânio e face dos pacientes portadores de CCU no período pré e pós-operatório. Método: Nove pacientes foram submetidos à correção da craniossinostose coronal unilateral, entre janeiro de 2007 a dezembro de 2010. Quatro pacientes foram do sexo feminino e cinco do sexo masculino. Foram aferidas medidas da região craniofacial para quantificar o índice de assimetria craniofacial no período pré-operatório e compará-lo com o período pósoperatório. O índice de assimetria craniofacial (IAC) foi determinado pela diferença entre as medidas craniofaciais diagonais obtidas com o goniômetro. Resultados: A idade média dos pacientes submetidos à correção de CCU foi de 2 anos e 1 mês. O tempo médio de cirurgia foi de 2 horas e 46 minutos. O volume médio de sangue transfundido foi de 280 ml. A média das diferenças das medidas diagonais obtidas com o goniômetro no período pré-operatório (IAC) foi de 1,045 e do pós-operatório de 1,009 (p=0,0109), indicando forte tendência à simetria craniofacial após o ato cirúrgico. Conclusão: O tratamento proposto para as CCU foi eficiente na obtenção de simetria craniofacial. Foi necessária a sobrecorreção das estruturas ósseas para obtenção de simetria óssea no período pós-operatório.

Palavras-chave: Craniossinostoses. Plagiocefalia. Anormalidades craniofaciais.

 

ABSTRACT

Introduction: Unilateral coronal craniosynostosis (UCC) is the unilateral premature ossification of the coronal suture, leading to a 3-dimensional deformity that may affect the skull and orbits. Objective: The purpose of this study was to measure and compare the craniofacial asymmetry of patients with UCC in the preoperative and postoperative periods to assess the effectiveness of surgical UCC correction. Methods: Nine patients (4 girls and 5 boys) underwent surgical correction of UCC between January 2007 and December 2010. Their craniofacial dimensions were measured with a goniometer to calculate the craniofacial asymmetry index (CAI) in the preoperative and postoperative periods, and the CAI averages of the periods were compared. The CAI was calculated as the ratio of the craniofacial diagonal measurements of the unaffected side to those of the affected side. Results: The mean patient age was 2 years 1 month. The average surgical time was 2 h 46 min. The average volume of transfused blood was 280 ml. The preoperative and postoperative CAI averages were 1.045 and 1.009, respectively (p=0.0109), indicating a strong tendency for symmetry after the surgery. Conclusion: Surgical UCC correction is effective for achieving craniofacial symmetry. Overcorrection of the bony structures is required to obtain bone symmetry postoperatively.

Keywords: Craniosynostoses. Plagiocephaly. Craniofacial abnormalities.

 

Avaliação da dor na área doadora de pacientes com fissura labiopalatina submetidos a reparo do defeito ósseo alveolar com enxerto autógeno de crista ilíaca: um estudo prospectivo randomizado comparando dois extratores ósseos

Danilo Zanardo Chammas; Rafael Denadai; Frederico Figueiredo Marque; Celso Luiz Buzzo; Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral; Cesar Augusto Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):337-345 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Enxerto ósseo autógeno é o padrão no tratamento da falha óssea alveolar. Como a morbidade na área doadora após a obtenção de enxerto ósseo continua sendo um problema relevante em pacientes fissurados, este estudo avaliou a dor na área doadora de pacientes fissurados submetidos ao tratamento de falhas ósseas alveolares com a transferência de enxerto ósseo obtido da crista ilíaca, por meio de um estudo prospectivo randomizado, comparando dois extratores ósseos. MÉTODO: Trinta e seis pacientes com fissura labiopalatina, submetidos ao reparo da falha óssea alveolar com enxerto obtido da crista ilíaca com auxílio do extrator ósseo SOBRAPAR (grupo A) ou extrator ósseo UCLA (grupo B), foram incluídos. A dor na área doadora foi avaliada no período pós-operatório com auxílio da escala numérica unidimensional de dor (0- "sem dor"; 10- "pior dor que se pode imaginar"). RESULTADOS: As médias das mensurações da dor na área doadora não revelaram diferenças significativas (p>0,05 para todas as comparações) nas comparações realizadas entre os grupos A e B, em nenhum dos momentos pós-operatórios avaliados. Houve um maior número (p<0,05) de pacientes do grupo B que não reportaram dor na área doadora, quando comparado ao grupo A. CONCLUSÕES: Este estudo apresentou um maior número de pacientes do grupo B "sem dor", quando comparado aos pacientes do grupo A, não existindo diferenças entre aqueles que reportaram quaisquer notas diferentes de zero.

Palavras-chave: Área doadora; Crista ilíaca; Dor; Enxerto ósseo alveolar; Extratores ósseos; Fissura labiopalatina.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Autogenous bone grafting is the standard treatment for alveolar bone defects. However, morbidity in the donor area after the bone graft has been obtained continues to be a significant problem in cleft patients. This prospective randomized study compared donor area pain associated with the use of 2 bone extractors in patients with cleft lip and palate, who underwent treatment of alveolar bone defects using a bone graft obtained from the iliac crest. METHOD: Thirty-six patients with cleft lip and palate underwent alveolar bone defect repair using a graft from the iliac crest, harvested with either a SOBRAPAR bone extractor (group A) or UCLA bone extractor (group B). Donor area pain was evaluated in the postoperative period with the aid of a unidimensional numerical pain scale (0, "no pain"; 10, "worst pain imaginable"). RESULTS: Comparison of the mean donor area pain score did not reveal any significant differences (p >0.05 for all comparisons) between the groups A and B, at any of the postoperative times evaluated. A significantly higher number of patients in group B reported no pain in the donor area, compared with group A (p <0.05). CONCLUSIONS: This study showed that a significantly greater number of patients in group B reported "no pain", compared with patients in group A; with regard to patients who reported any level of pain greater than zero, there were no between-group differences.

Keywords: Donor area; Iliac crest; Pain; Alveolar bone graft; Bone extractors; Cleft lip and palate.

 

Dissecção radical da musculatura do véu palatino em casos secundários de pacientes fissurados

César Augusto Raposo do Amaral, Anelise Sabbag, Lívia Albrecht Ferreira, Ana Beatriz Almeida, Celso Luiz Buzzo, Cássio Eduardo Raposo do Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(4):432-436 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Objetivo: Demonstrar a eficácia do reposicionamento do músculo elevador do véu palatino em pacientes portadores de fissura lábio-palatina anteriormente submetidos a palatoplastia por outras técnicas. Método: Foram realizadas, 16 cirurgias de repalatoplastia posterior com dissecção radical da musculatura do véu palatino. A nasofibroscopia foi o instrumento de mensuração da voz no período pré e pós-operatório, 3, 9 e 15 meses após a cirurgia. Duas fonoaudiólogas com experiência no tratamento do fissurado participaram na avaliação da voz nos períodos pré e pós-operatórios, sendo a hipernasalidade classificada em equilíbrio oronasal, hipernasalidade leve, moderada e importante. O índice de Kappa foi utilizado para avaliar o grau de concordância entre os observadores. O teste de igualdade proporcional foi utilizado com o objetivo de comparar as diferenças de voz no pré e pós-operatórios de 3, 9 e 15 meses. O valor de p < 0,05 foi adotado para a significância estatística. Resultados: Seis pacientes eram do sexo masculino, com idade média de 17,93 anos. Houve uma boa concordância entre as avaliadoras, sendo a menor de 76,6% (índice de Kappa). Com o retroposicionamento da musculatura houve melhora no índice da hipernasalidade (p < 0,05), principalmente na hipernasalidade leve e moderada. Conclusão: Houve grande melhora do quadro da insuficiência velofaríngea após a dissecção radical, o que evidencia que tal procedimento é necessário e deve ser incluído no algoritmo dos protocolos em casos secundários e preconiza-se que seja usado, também, em casos primários.

Palavras-chave: Fissura palatina/cirurgia Músculos palatinos/cirurgia. Palato mole/cirurgia.

 

ABSTRACT

Objective: To demonstrate the efficacy of the muscular set back in secondary cases. Method: 16 soft palate re-repair were performed with muscular set back. To evaluate the results of the surgeries through the voice, nasal endoscopies were done pre and post operative (3, 9 and 15 months). The results were evaluated by two speech pathologists specialized in cleft lip and palate patients. And the hypernasality was graded as equilibrium, mild, moderate and severe. The Kappa index was used to evaluate the agreement between the two observers and the equality of two proportion test gave the statistics significance, as p < 0.05. Results: Six patients were males. The mean age was 17.93 years. There was a good concordance between the two evaluators. The least was 76.6% according to the Kappa index. With the retropositioning of the muscles` bundle there was an improvement in the velopharingeal insufficiency (p < 0.05) mainly in the mild and moderate cases. Conclusion: There was a great improvement in velopharingeal incompetence after radical muscle dissection, showing that this procedure is necessary and must be part of secondary palatoplasty protocols. And also must be used during primary soft palate repair.

Keywords: Cleft palate/surgery. Palatal muscles/surgery. Palate, soft/surgery.

 

Avaliação do percentual de assimetria labial e nasal em pacientes com fissura lábio-palatina submetidos a queiloplastia primária

Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(1):38-48 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Objetivos: 1- Avaliar o percentual de assimetria do lábio e nariz de pacientes portadores de fissura lábio-palatina unilateral completa e incompleta submetidos à queiloplastia primária com a técnica de Mohler com as modificações de Cutting para a região nasal. 2- Comparar o percentual de assimetria labial pré-operatória com a pós-operatória. Método: No período de janeiro de 2007 a junho de 2009, trinta e quatro pacientes portadores de fissura lábio-palatina unilateral foram submetidos à queiloplastia primária. Obteve-se as medidas de área e distância entre 2 pontos de elementos anatômicos identificados na fotografia em 2 dimensões através do programa Adobe Photoshop CS4 Extended®. Foi utilizado o teste de Wilcoxon para comparação estatística entre os valores da assimetria labial pré-operatória e assimetria labial pós-operatória. Resultados: O índice de assimetria labial médio pré-operatório foi de 43,16 % ± 3,93 %. O índice de assimetria labial médio pós-operatório foi de 4,04 % ± 1,02 %. Observou-se diferença estatisticamente significante entre a assimetria labial pré e pós-operatória (P< 0,001). O índice médio de assimetria nasal no seguimento pós-operatório foi de 19,5 %, variou de 4 a 45 %. Conclusão: Os resultados obtidos demonstraram a eficácia da técnica de queiloplastia primária para a correção das assimetrias labiais e nasais inerentes a deformidade do paciente fissurado.

Palavras-chave: Fenda labial. Fissura palatina. Rinoplastia.

 

ABSTRACT

Objectives: The aims of this study were the following: 1- To evaluate the lip asymmetry preoperatively and postoperatively as well as nasal postoperative asymmetry in patients who underwent cleft lip repair using Cutting extended Mohler technique. 2- To compare preoperative and postoperative lip asymmetry in cleft patients. Method: Thirty four patients were operated from January 2007 to June 2009. Seven patients were discarded for not having complete documentation data. Photogrammetric analysis was performed using Photoshop CS4 Extended® software, which allows measurements of philtral columns and nasal nostrils. Wilcoxon test was used for comparison between lip preoperative asymmetry and postoperative asymmetry. A value of p<0.05 was considered to be statistically significant. Results: The average preoperative lip asymmetry was 43.16 % ± 3.93 %. The average postoperative lip asymmetry was 4.04 % ± 1.02 %. Postoperatively, the average nasal asymmetry was 19.5 % (range, 4 to 45 %). Statistically significant difference between lip preoperative asymmetry and lip postoperative asymmetry was observed (p<0.001). Conclusions: The results observed herein have shown the efficacy of Cutting extended Mohler technique for cleft lip repair. The nose still needs to be addressed more aggressively, aiming higher rate of nasal symmetry.

Keywords: Cleft lip. Cleft palate. Rhinoplasty.

 

Abordagem terapêutica da síndrome de parry-romberg baseada em um sistema de classificação de gravidade

Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral; Rafael Denadai; Celso Luiz Buzzo; Cesar Augusto Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(1):57-65 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Síndrome de Parry-Romberg (SPR) é caracterizada pela atrofia hemifacial progressiva que, muitas vezes, resulta em graves distúrbios estéticos e funcionais. Embora existam escalas de gravidade, nenhuma delas é completamente ideal para auxiliar na abordagem terapêutica destes pacientes. O objetivo deste estudo foi delinear as estratégias cirúrgicas para o tratamento da SPR baseado em um novo sistema de classificação de gravidade da doença. MÉTODO: Trata-se de uma análise retrospectiva dos pacientes com SPR operados em 2005-2011. As abordagens cirúrgicas foram individualizadas de acordo com a escala de gravidade clínica baseada na evolução da doença: tipos I (envolvimento da epiderme, derme e tecido subcutâneo); II (tipo I + envolvimento muscular); e III (tipo I + II + envolvimento ósseo). Quatro (28,57%) pacientes com SPR tipo I, 6 (42,85%) tipo II e 4 (28,57%) tipo III foram incluídos. RESULTADO: Um total de 47 procedimentos foi realizado. Gordura livre foi enxertada em todos os pacientes. Todos os pacientes do tipo II e 1 (25%) do tipo III foram submetidos a enxertos dermogordurosos. Enxertos ósseos com retalhos de fáscia têmporo-parietal foram aplicados no tratamento de todos os pacientes do tipo III. Um (25%) paciente do tipo III foi submetido à cirurgia ortognática. Houve melhora global na aparência facial em todos os pacientes, sem complicações relacionadas aos procedimentos. CONCLUSÃO: O sistema de classificação de gravidade proposto para a SPR pode facilitar a decisão terapêutica e resultados parcialmente satisfatórios podem ser alcançados com a combinação de técnicas cirúrgicas de acordo com a gravidade da doença.

Palavras-chave: Síndrome de Parry-Romberg; Atrofia facial progressiva; Tratamento cirúrgico; Sistema de classificação.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The Parry-Romberg Syndrome (PRS) is characterized by progressive hemifacial atrophy that often leads to severe esthetic and functional difficulties. Although there are systems for grading disease severity, none have proven ideal in optimizing the therapeutic approach to these patients. This study aimed to establish the surgical strategies for the treatment of PRS based on a new system for severity grading of the disease. METHODS: This retrospective study included PRS patients undergoing surgery between 2005 and 2011. The surgical strategies were adapted for each patient according to a clinical severity grading system based on disease progression: type I, affecting the epidermis, dermis, and subcutaneous tissue; type II, type I + muscle involvement; and type III, Types I+ II + bone involvement. The sample included four patients (28.57%) with PRS type I, six patients (42.85%) with PRS type II, and four patients (28.57%) with PRS type III. RESULTS: Forty-seven procedures were performed. Free-fat grafts were used in all patients. Dermal fat grafts were used in all type II patients and one type III patient (25%). Bone grafts with temporoparietal fascia flaps were performed for the treatment of all type III patients. One type III patient (25%) underwent orthognathic surgery. All patients were improved in their overall facial appearance and there were no procedure-related complications. CONCLUSION: Our proposed system for grading PRS severity can facilitate the choice of therapeutic approaches and with a combination of surgical techniques based on the severity of the disease partially satisfactory outcomes can be attained.

Keywords: Parry-Romberg syndrome; Progressive hemifacial atrophy; Surgical treatment; Grading system.

 

A cirurgia de mão como uma área de atuação dos cirurgiões plásticos

Rafael Denadai; Hugo Samartine Junior; Rodrigo Denadai; Andre Silveira Pinho; Cassio Eduardo Raposo-Do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):408-412 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Estudos prévios têm revelado que o público tem conhecimentos equivocados sobre a atuação dos cirurgiões plásticos em cirurgia da mão. No entanto, não existem dados específicos na literatura científica brasileira. O objetivo deste estudo foi avaliar as percepções do público sobre o papel dos cirurgiões plásticos no campo de cirurgia da mão no Brasil. MÉTODOS: Membros do público brasileiro escolheram um ou dois especialistas que eles acreditassem serem experts para oito cenários relacionados à cirurgia de mão. Os padrões de respostas foram distribuídos como "cirurgiões plásticos" ou "não cirurgiões plásticos". RESULTADOS: "Não cirurgiões plásticos" foram significativamente (p < 0,05 para todas as comparações) mais reconhecidos como experts que "cirurgiões plásticos" em todos os cenários relacionados à cirurgia de mão. CONCLUSÃO: Os conhecimentos e as percepções do público brasileiro sobre o trabalho realizado por cirurgiões plásticos no campo cirurgia da mão são limitados.

Palavras-chave: Brasil; Cirurgia plástica; Mãos; Percepção social; Especialização.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Previous studies have shown that the public has misconceptions about the work of plastic surgeons in hand surgery. However, no specific Brazilian data on this issue are available. The objective of this study was to evaluate the public perceptions about the role of plastic surgeons in the field of hand surgery in Brazil. METHODS: Members of the Brazilian public chose one or two specialists whom they believed to be experts in eight scenarios related to hand surgery. The patterns of the responses were distributed into "plastic surgeons" or "non-plastic surgeons." RESULTS: Non-plastic surgeons were significantly (p < 0.05 for all comparisons) more recognized as experts than plastic surgeons in all scenarios related to hand surgery. CONCLUSION: The knowledge and perceptions of the Brazilian public about the work performed by plastic surgeons in the field of hand surgery are limited.

Keywords: Brazil; Surgery, Plastic; Hands; Social perception; Specialization.

 

Cirurgiões plásticos como especialistas em cirurgia de mão: fatores determinantes da percepção do público

Rafael Denadai; Kamila Christine Araujo; Andre Silveira Pinho; Hugo Samartine Junior; Alex Denadai; Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(1):109-115 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O objetivo deste estudo foi avaliar os possíveis determinantes para o público escolher os cirurgiões plásticos como especialistas em cirurgia de mão. MÉTODOS: Membros do público (n = 701) escolheram um ou dois especialistas que eles acreditassem serem experts para 11 cenários relacionados à cirurgia de mão. Análises bivariadas e multivariadas foram aplicadas para avaliar os possíveis determinantes (dados sociodemográficos, fontes de informações e contato prévio com a cirurgia plástica) para o público escolher os cirurgiões plásticos como especialistas em cirurgia de mão. RESULTADOS: Houve uma compreensão limitada (p < 0,05 para todas as comparações) sobre o papel dos cirurgiões plásticos em infecção da mão, tumor da mão, fratura da mão, lesão tendinosa da mão, síndrome do túnel do carpo, artrite reumatoide e contratura de Dupuytren. Apenas a idade foi um (p < 0,05 para todas as comparações) determinante significativo de cirurgião plástico como um padrão de resposta. CONCLUSÃO: A idade foi um fator determinante da escolha pública de cirurgiões plásticos como especialistas em arena de cirurgia da mão.

Palavras-chave: Brasil; Cirurgia plástica; Mãos/cirurgia; Percepção social.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: To assess the possible determinants that lead public to choose plastic surgeons as hand surgery specialists. METHODS: General public members (n = 701) were asked to choose one or two specialists that they perceived to be an expert in 11 hand surgery-related scenarios. Bivariate and multivariate analyses were applied to assess the possible determinants (socio-demographic data, source of reported information, and previous plastic surgery contact) of public choice of plastic surgeons as experts in the hand surgery-related scenarios. RESULTS: A significantly (all p < 0.05) poor understanding of the role of plastic surgeons was seen in infectious hand injury, hand tumor, hand fracture, hand tendon injury, carpal tunnel syndrome, rheumatoid arthritis deformity, and dupuytren contracture. Age was a significant (all p < 0.05) determinant of plastic surgeon as a response pattern. CONCLUSION: Participants' age was a determinant of public choose plastic surgeons as experts in hand surgery area.

Keywords: Brazil; Surgery plastic; Hand/surgery; Social perception.

 

O treinamento formal em pesquisa científica aumenta a participação de residentes de Cirurgia Plástica em artigos revisados por pares

RAFAEL DENADAI; CESAR AUGUSTO RAPOSO-DO-AMARAL; ENRICO GHIZONI; CELSO LUIZ BUZZO; CASSIO EDUARDO RAPOSO-DO-AMARAL
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(4):553-561 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Os objetivos deste estudo foram: (1) delinear um programa de treinamento em habilidades de pesquisa científica, (2) avaliar o perfil da participação dos residentes de Cirurgia Plástica em artigos, e (3) analisar o impacto da implementação do programa de treinamento sobre índices bibliométricos quantitativos.
Métodos: Trata-se de uma análise bibliométrica da participação de residentes de Cirurgia Plástica de uma única instituição em artigos publicados em periódicos revisados por pares entre 2006 e 2014. Dados coletados: número de autores, posição dos residentes entre os autores, títulos, bases de indexação e fator de impacto dos periódicos, desenhos dos estudos e níveis de evidência. Dois períodos (janeiro/2006-janeiro/2010 [A] e fevereiro/2010-fevereiro/2014 [B]) foram criados para estudar o perfil evolutivo do impacto da implementação do programa de treinamento delineado neste estudo.
Resultados: Houve predomínio significativo (p < 0,05) de artigos publicados em periódicos nacionais, em língua portuguesa, nas bases de dados SciELO e LILACS, artigos sem residentes como autor correspondente, sem fator de impacto, sem hipóteses e com nível de evidência III (estudos retrospectivos). A análise comparativa interperíodos revelou um aumento significativo (p < 0,05) de artigos publicados, de residentes com publicações ao término da residência, da participação de um ou mais residentes e de artigos publicados em inglês (período A < período B).
Conclusão: A implementação do programa de treinamento em habilidades de pesquisa científica determinou um aumento da atividade de pesquisa (artigos revisados por pares) durante a residência.

Palavras-chave: Bibliometria; Internato e residência; Ensino; Pesquisa; Cirurgia plástica

 

ABSTRACT

Introduction: The objectives of this study were as follows: (1) to outline a scientific research skills training program, (2) to evaluate the profile of participation of plastic surgery residents in articles, and (3) to analyze the impact of the implementation of the training program on quantitative bibliometric indexes.
Methods: This was a bibliometric analysis of the participation of plastic surgery residents of a single institution in articles published in peer-reviewed journals between 2006 and 2014. The data collected were the number of authors, position of residents among authors, article titles, indexing databases and impact factor of the journals, study design, and levels of evidence. Two periods (January 2006 to January 2010 [A] and February 2010 to February 2014 [B]) were created to study the evolutionary profile of the impact of the implementation of the training program outlined in this study.
Results: A significant predominance (p < 0.05) was observed among articles published in national journals in the Portuguese language and in the SciELO and LILACS databases, and articles without residents as corresponding author, without impact factor, without assumptions, and with a level of evidence III (retrospective studies). The inter-period comparative analysis revealed a significant increase (p < 0.05) in the numbers of published articles and residents with publications at the end of their residency, in the involvement of one or more residents, and in the articles published in English (period A < period B).
Conclusion: The implementation of a scientific research skills training program led to an increase in research activity of (peer-reviewed articles) during the residency.

Keywords: Bibliometrics; Internship and residency; Teaching; Research; Plastic surgery

 

Qualidade de vida de crianças com fissura labiopalatina: análise crítica dos instrumentos de mensuração

Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral; Evelyn Kuczynski; Nivaldo Alonso
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(4):639-644 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A equipe multidisciplinar que trata crianças portadoras de fissura labiopalatina busca promover qualidade de vida (QV) a essa população. O objetivo do presente trabalho foi identificar, na literatura, instrumentos que possibilitem a avaliação global da QV dessa população, envolvendo aspectos estéticos, funcionais e resposta do indivíduo ao tratamento. MÉTODO: Foi realizada revisão da literatura disponível no PubMed, no período de 2001 a 2011, em busca de instrumentos específicos para avaliação de QV em crianças portadoras de fissura labiopalatina, com as seguintes palavras-chave (em língua inglesa): quality of life & oral cleft, quality of life & craniofacial deformities, quality of life & oral cleft speech, voice related quality of life. RESULTADOS: Foram identificados 457 artigos relacionados ao tema. Foram avaliados os seguintes instrumentos específicos para a faixa etária pediátrica utilizados na mensuração da QV de pacientes com fissura labiopalatina: Quality of Life Instrument - Craniofacial Surgery (YQOL-CS), Youth Quality of Life Instrument-Facial Differences (YQOL-FD), Child Oral Health Quality of Life Questionnaire (COHQOL), Child Oral Health Impact Profile (COHIP), Pediatric Voice Outcome Surgery (PVOS) e Pediatric Voice-Related Quality of Life Survey (PVRQOL). CONCLUSÕES: Não se identificou, na literatura, um instrumento que avaliasse integralmente as crianças com fissura labiopalatina, no que se refere aos aspectos estéticos, às consequências conceituais e perceptuais, bem como a todos os aspectos funcionais (aparelhos mastigatório e respiratório e ressonância vocal) que envolvem essa importante anomalia craniofacial congênita.

Palavras-chave: Qualidade de vida. Fenda palatina. Fenda labial. Anomalias craniofaciais.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Multidisciplinary teams that treat patients with cleft lips and palates seek to promote quality of life (QoL) in this population. In this study, we aim to identify instruments in the literature that can be used to assess comprehensive aspects of QoL (related to functionality, aesthetics, and outcomes) for this population. METHODS: We searched literature on PubMed published between 2001 and 2011 for specific instruments used to evaluate QoL among cleft lip and palate patients using the following keywords: quality of life & oral cleft, quality of life & craniofacial deformities, quality of life & oral cleft speech, voice related quality of life. RESULTS: We identified 457 papers related to the subject and evaluated the following specific pediatric instruments for assessing QoL among cleft lip and palate patients: Quality of Life Instrument - Craniofacial Surgery (YQOL-CS), Youth Quality of Life Instrument-Facial Differences (YQOL-FD), Child Oral Health Quality of Life Questionnaire (COHQOL), Child Oral Health Impact Profile (COHIP), Pediatric Voice Outcome Surgery (PVOS) and Pediatric Voice-Related Quality of Life Survey (PVRQOL). CONCLUSIONS: No pediatric QoL instrument exists in the current literature that comprehensively evaluates children with cleft lips and palates, including aspects related to aesthetics, conceptual and perceptual consequences, and functionality (chewing and respiratory systems, and vocal resonance) associated with this important congenital craniofacial anomaly.

Keywords: Quality of life. Cleft palate. Cleft lip. Craniofacial abnormalities.

 

Cirurgia radical versus cirurgia conservadora no tratamento da displasia fibrosa craniofacial: estratificação da abordagem cirúrgica

Frederico Figueiredo Marques; Rafael Denadai; Danilo Zanardo Chammas; Celso Luiz Buzzo; Cesar Augusto Raposo-do-Amaral; Enrico Ghizoni; Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):444-450 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Até o momento, não existe consenso sobre qual a melhor abordagem cirúrgica (conservadora ou radical) da displasia fibrosa craniofacial. O objetivo deste estudo foi apresentar a experiência de uma única instituição no tratamento cirúrgico da displasia fibrosa craniofacial. MÉTODO: Trata-se de uma análise retrospectiva dos pacientes com displasia fibrosa craniofacial, operados entre 1997 e 2012. O tratamento cirúrgico foi individualizado de acordo com idade, sítio anatômico envolvido (zonas I-IV), comprometimento estético e/ou funcional e preferências dos pacientes e da equipe cirúrgica. Os resultados cirúrgicos foram classificados com base no sistema de Whitaker. RESULTADOS: Dez pacientes com acometimento da zona I, um da zona II, um das zonas I e III, e um das zonas I e IV foram incluídos. Nove cirurgias conservadoras e nove cirurgias radicais foram realizadas para o tratamento de tumores ósseos primários. Houve uma complicação cirúrgica. Seis recidivas foram identificadas durante o seguimento pós-operatório. A média global dos resultados cirúrgicos, de acordo com a escala de Whitaker, foi de 1,69 ± 0,94. CONCLUSÕES: De acordo com a experiência e resultados cirúrgicos apresentados neste estudo, a abordagem cirúrgica da displasia fibrosa craniofacial deve ser individualizada.

Palavras-chave: Displasia fibrosa óssea. Neoplasias ósseas. Procedimentos cirúrgicos operatórios.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: To date, there is no consensus regarding the best surgical approach (conservative or radical) for craniofacial fibrous dysplasia. This study presented the experience of a single institution in the surgical treatment of craniofacial fibrous dysplasia. METHOD: This was a retrospective analysis of patients with craniofacial fibrous dysplasia who underwent surgery between 1997 and 2012. Surgical treatment was individualized according to patient age, the involved anatomical site (zones I-IV), aesthetic and/or functional impairment, and the preferences of the patients and surgical team. The surgical results were classified on the basis of the Whitaker system. RESULTS: Ten, 1, 1, and 1 patients with zone I, zone II, zone I/II, and zone I/IV involvement, respectively, were included in the study. In total, conservative surgeries and 9 radical surgeries were performed for the treatment of primary bone tumors. There was 1 surgical complication, and 6 recurrences were identified during the postoperative follow-up period. The global average of surgical outcomes, according to the Whitaker scale, was 1.69 ± 0.94. CONCLUSIONS: According to the experience and surgical results presented in this study, the surgical approach for craniofacial fibrous dysplasia should be individualized.

Keywords: Fibrous dysplasia of bone. Bone neoplasms. Surgical procedures, operative.

 

Cirurgiões plásticos como cirurgiões de mão: a visão dos residentes

Rafael Denadai; Carlos Alberto Salomão Muraro; Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):422-431 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Pesquisas prévias têm revelado que residentes têm conhecimentos equivocados sobre a atuação dos cirurgiões plásticos como especialistas em cirurgia da mão. No entanto, até o momento, não existem dados específicos abordando tal aspecto na literatura científica brasileira. Portanto, o objetivo deste estudo foi avaliar os conhecimentos e as percepções dos residentes sobre o papel dos cirurgiões plásticos no campo cirurgia da mão no Brasil. MÉTODO: Residentes brasileiros escolheram um ou dois especialistas que eles acreditassem ser experts para oito cenários relacionados à cirurgia de mão. Os padrões de respostas foram distribuídos como "cirurgiões plásticos" ou "sem cirurgiões plásticos", e "apenas cirurgiões plásticos", "cirurgiões plásticos combinados com outros especialistas" ou "cirurgiões plásticos ausentes". RESULTADO: "Sem cirurgiões plásticos" e "cirurgiões plásticos ausentes" foram mais (p<0,05, para todas as comparações) escolhidos que todos os outros padrões de respostas, em todos os cenários. Cirurgiões plásticos foram menos (p<0,05, para todas as comparações) reconhecidos que cirurgiões ortopédicos (seis cenários), cirurgiões gerais (um cenário) e neurocirurgiões (um cenário). CONCLUSÃO: Os conhecimentos e as percepções dos residentes brasileiros sobre o trabalho realizado por cirurgiões plásticos no campo cirurgia da mão são limitados.

Palavras-chave: Brasil; Campo; Cirurgia plástica; Mão; Percepções; Residentes.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Previous studies have revealed that residents have misconceptions about plastic surgeons as hand surgery specialists. Until now, however, there have been no specific data on this trend in Brazilian scientific literature. Therefore, the aim of this study was to evaluate Brazilian residents' knowledge and perceptions about the role of plastic surgeons in the field of hand surgery. METHOD: Brazilian residents chose one or two specialists they believed to be experts for eight scenarios related to hand surgery. The responses were categorized as "plastic surgeons", "without plastic surgeons", "only plastic surgeons", "plastic surgeons combined with other specialists", or "plastic surgeons absent". RESULT: Responses without plastic surgeons and with plastic surgeons absent were chosen more often than all other responses in all scenarios (p<0.05 for all comparisons). Plastic surgeons were less often recognized as experts compared to orthopedic (six scenarios), general (one scenario), and neurosurgeons (one scenario) (p<0.05 for all comparisons). CONCLUSION: Brazilian residents have limited knowledge and perceptions about hand surgery performed by plastic surgeons.

Keywords: Brazil; Field; Plastic surgery; Hand; Perceptions; Residents.

 

Comparação da qualidade de vida nos pacientes com Síndrome de Apert e Crouzon através do questionário WHOQOL-100

José Garcia Junqueira Neto; Daniely Farias Bento; Fabrício Lucena de Almeida; Celso Luiz Buzzo; César Augusto Raposo do Amaral; Cássio Eduardo Raposo do Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):22 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português PDF Inglês

Abdominoplastia circunferencial após grande perda ponderal

Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):577 - Cartas ao Editor

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons