ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 2 de 2 resultado(s)

Busca por : Carlos Alberto Mattar

Trabalho Premiado - Prêmio Raul Couto Sucena 2004: Uso do Tamoxifeno Para o Tratamento de Quelóides

Rogério de Oliveira Ruiz, Carlos Alberto Mattar, Elias E. Zakzuk Daguer, César Magno Gomes Macena, Danilo Estevam Paranhos Ávila
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(4):225-230 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: É sabido que a sobrevivência de pacientes vítimas de queimaduras tem aumentado significativamente devido aos avanços do tratamento na fase aguda. Como conseqüência, a quantidade de pacientes apresentando sequelas também aumentou. O propósito deste estudo foi avaliar a melhora na qualidade de vida de pacientes com cicatrizes hipertróficas resultantes de queimaduras ou após enxertos de pele, através da redução do estigma causado por estas cicatrizes. Várias abordagens têm sido descritas para prevenir e tratar cicatrizes patológicas, freqüentemente sem sucesso em alguns pacientes, por causa do método ou pela dificuldade em se conseguir a aderência do paciente ao tratamento. Método: Quarenta e seis pacientes, 20 homens e 26 mulheres, usaram tamoxifen tópico 0,1%, em um período de 4 a 12 meses. Avaliações semanais foram feitas no primeiro mês e, mensalmente, até o limite de um ano. Fotografias foram tiradas após seis meses e um ano. Resultados: Trinta e oito (82,6%) pacientes relataram melhora no prurido nas primeiras duas semanas de tratamento. Melhora na altura da cicatriz foi relatada por 93,48% dos pacientes. Neste estudo, usou-se citrato de tamoxifeno, uma droga antineoplásica, para redução da altura de cicatrizes hipertróficas de pacientes seqüelados de queimaduras. Conclusão: Os resultados nos encorajaram a continuar o tratamento de cicatrizes com o uso tópico domiciliar de tamoxifeno.

Palavras-chave: Queimaduras. Quelóide. Tamoxifeno. Cicatriz hipertrófica

 

ABSTRACT

Background: We all know that the survival of the burn victims has increased due to the advances of the treatment in the critical phase. Because of that, the number of patients who shows sequels also increased. The objective of the present study is to measure the improvement in the quality of the lifetime of the patients with hypertrophic scars as result of burn or graft skin reducing, that way, the stigma caused by these scars. Many approaches have been done in order to prevent and treat pathological scars, frequently without success to some patients because the method or because of the difficulty of keeping the patient attached to the treatment. Method: Forty-six patients, 20 men and 26 women, have used 0.1% topic tamoxifen for a period of 4 to 12 months. Weekly evaluations were done during the first month and afterwards monthly, until a year. Photographs were taken after 6 months and a year. Results: Thirty-eight (82.6%) patients told that the improved in the first two weeks of treatment; 93.48% of the patients told that the scar height was reduced. In this study, we used tamoxifen citrate, an antineoplasic drug, to reduce the height of hypertrophic scars of burn marked patients. Conclusion: The results encouraged us to continue the treatment of scars with topic house use of tamoxifen.

Keywords: Burns. Keloid. Tamoxifen. Cicatrix hypertrophic

 

Curativo da área doadora de enxerto de pele parcial com curativo de colágeno e alginato (Fibracol®): uma experiência de 35 pacientes

Lincoln Saito Millan; Diego Barão da Silva; Pedro Soler Coltro; Paulo Cezar Cavalcante de Almeida; Carlos Alberto Mattar; Leão Faiwichow
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):273-276 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O objetivo deste estudo é relatar a nossa experiência com curativo de colágeno e alginato (Fibracol®) para cobrir áreas doadoras de enxerto de pele de espessura parcial. MÉTODO: Estudamos, retrospectivamente, 35 prontuários de pacientes que utilizaram o Fibracol® em áreas doadoras. Nossa rotina para cobrir a área doadora é a seguinte: cobertura da área com uma ou mais unidades de Fibracol® e, em seguida, com uma película à prova de água. Depois de três ou quatro dias, remover o curativo, limpar delicadamente com soro fisiológico e gaze e, quando julgava-se necessário, cobria-se novamente. A idade média foi de 25,52 anos (1-65). RESULTADOS: A coxa foi usada como área doadora em 29 pacientes, o braço em 2, a perna em 4 e tronco em 3 (2 pacientes tiveram mais de uma área doadora). O tempo médio necessário para epitelização foi de 4,51 dias (3-8). O valor de R do coeficiente de correlação de Pearson correlacionando a idade e tempo de epitelização foi -0,0755, com p = 0,6685. Nenhum dos pacientes teve infecção na área doadora. O curativo ideal para a área doadora do enxerto de pele de espessura parcial teria muitas características, incluindo: preço baixo, bom conforto do paciente, baixa taxa de infecção, período curto de tempo para epitelização, etc. CONCLUSÃO: Os autores relatam uma boa experiência usando Fibracol® em 35 pacientes, durante um período de 22 meses. O tempo para epitelização foi de 4,51 dias, mais curta do que a maioria dos trabalhos publicados, e não tinha correlação com a idade do paciente.

Palavras-chave: Queimaduras; Enxertos; Curativos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The objective of this study was to report our findings with a collagen and alginate dressing (Fibracol®) used to cover donor areas of partial-thickness skin grafts. METHOD: We retrospectively evaluated the medical records of 35 patients in whom Fibracol® was used on donor areas. The routine used to manage the donor area is as follows: The area is covered with one or more units of Fibracol®, followed by application of a waterproof film. After three or four days, the dressing is removed and the area cleaned gently with saline and gauze; the area is dressed again if necessary. The mean patient age was 25.52 years (range, 1-65 years). RESULTS: The thigh was used as the donor area in 29 patients, the arm in 2, the leg in 4, and the trunk in 3. Two patients had more than one donor area. The mean time needed for epithelization was 4.51 days (range, 3-8 days). The Pearson correlation coefficient value correlating age and time of epithelization was -0.0755; p = 0.6685. None of the patients experienced an infection in the donor area. The ideal dressing for the donor area of split-thickness skin grafts would have multiple characteristics including low price, good patient comfort, low infection rate, and a short epithelization period. CONCLUSION: The authors report a positive experience with the use of Fibracol® in 35 patients over a period of 22 months. The mean epithelization period was 4.51 days, shorter than that in the majority of published studies, and had no correlation with the age of the patient.

Keywords: Burns; Grafts; Dressing.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons