ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 10 de 10 resultado(s)

Busca por : CAROLINE BATTISTI

Avaliação da redução tensional sobre a cicatriz em abdominoplastia com o uso de pontos de adesão de Baroudi

NÍVEO STEFFEN; THIAGO MELO DE SOUZA; CAROLINE BATTISTI; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(3):331-335 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

Lipoaspiração: métodos disponíveis e vantagens da técnica com seringa

CAROLINE BATTISTI; THIAGO MELO DE SOUZA; FLAVIO DE FREITAS; LEONARDO MILANESI POSSAMAI; NIVEO STEFFEN; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):86-88 - Artigos

PDF Português

RESUMO

Apesar do desenvolvimento de tecnologias associadas à lipoaspiração, os estudos não comprovaram o benefício das novas tecnologias em comparação à lipoaspiração com seringa e a lipoaspiração tradicional. Além disso, a lipoescultura com seringa parece ter algumas vantagens claras, como menor custo e maior disponibilidade. Objetivo do estudo é revisar os métodos históricos e atuais de lipoaspiração, com destaque para a técnica com seringa. Ainda não há evidência científica que comprove o benefício do uso de tecnologias na lipoescultura. Destacam-se os benefícios do custo e acessibilidade da lipoescultura com seringa, trazendo resultados satisfatórios com o treinamento e cuidados adequados.

Palavras-chave: Lipectomia; Seringas; Lasers; Gordura subcutânea; Desenvolvimento tecnológico

 

Abordagem vertical para mastopexia e redução mamária: sistematização da técnica e análise de resultados

THIAGO MELO DE SOUZA; CAROLINE BATTISTI; NÍVEO STEFFEN; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):104-105 - Artigos

PDF Português

RESUMO

Introdução: Ao longo da história da cirurgia plástica, várias técnicas de mamoplastia redutora e mastopexia foram descritas, sobre a mastopexia/mamoplastia redutora com abordagem vertical, o conceito de ressecção de pele e de tecido mamário pode ser considerado tridimensional: unidimensional se referindo à remoção de pele periareolar; bidimensional incluindo os componentes periareolar e vertical; ou tridimensional ao incluir os componentes periareolar, vertical e horizontal (cicatriz em T, J, L ou T longa).
Método: Pesquisa nas bases de dados Pubmed, Bireme, Scielo.
Conclusão: A técnica de mamoplastia redutora com abordagem vertical apresenta boa aplicabilidade, tanto em mamas de volume expressivo, bem como para correção de mamas com volumes menores. O presente estudo ressalta a importância do diagnóstico pré-operatório para a adequada indicação e abordagem cirúrgica. A manutenção do preenchimento do colo mamário por mais tempo pode ser atribuído à utilização do pedículo inferior (pedículo de Liacyr tipo I).

Palavras-chave: Mamoplastia; Mama

 

Tratamento cirúrgico da paralisia facial com ponte de nervo masseter e cantoplastia lateral: relato de caso e revisão da literatura

Flávio Maciel de Freitas Neto; Ronaldo Scholze Webster; Bruno Della Mea Gasperin; Leonardo Milanesi Possamai; Caroline Battisti; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):119-121 - Face I

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: A paralisia facial é uma afecção complexa, em que a morbidade afeta o paciente tanto clínica, com prejuízo estético e funcional, como psicologicamente. Tais alterações, quando presentes, afetam de forma profunda o cotidiano do paciente, bem com as relações interpessoais. OBJETIVO: Relatar um caso de tratamento cirúrgico de paralisia facial com ponte de nervo masseter e cantoplastia lateral, bem como o resultado clínico pós-operatório, discutindo com outras possibilidades terapêuticas cirúrgicas. MÉTODOS: Revisão de prontuário, descrição cirúrgica e registros fotográficos de um caso de paralisia facial, tratado cirurgicamente com retalho muscular de masseter ipsilateral e revisão na literatura médica de opções cirúrgicas para tratamento da patologia. Paciente feminina, parda, 36 anos, com paralisia de nervo facial a esquerda secundário a ressecção de tumor ponto cerebelar, associado a prejuízo de fechamento ocular e mímica facial. Resultados: Para correção da lagoftalmia, optou-se pela realização de uma cantoplastia lateral. No mesmo tempo cirúrgico, com vistas à correção da mímica facial, a porção distal do coto do nervo facial lesado foi reinervada com o nervo massetérico ipsilateral, ramo do nervo trigêmeo. CONCLUSÃO: A paralisia facial é uma afecção complexa, que necessita de um acompanhamento multidisciplinar entre cirurgiões, clínicos, psiquiatras, fisioterapêuticas, psicólogos e enfermeiros e tratamento individualizado, em que o paciente deve participar efetivamente das decisões em conjunto com a equipe médica, visando maior participação nas decisões e maior satisfação do paciente com o resultado final.

Palavras-chave: Paralisia Facial; Reabilitação; Microcirurgia.

 

Deiscência do complexo areolomamilar pós-mamoplastia redutora - quando e como abordar essa complicação

Caroline Battisti; Felipe Fasolin; Bruno Gasperin; Leonardo Possamai; Ronaldo Scholze Webster; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):162-163 - Tronco I

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: Necrose do complexo areolomamilar (CAM) tem sido relatada em 2% dos casos das mamoplastias redutoras e em 1% dos casos de mastopexia. Relato de um caso de reconstrução de CAM pós-deiscência de mamoplastia redutora e, com isso, revisar a literatura e discutir as causas dessa complicação e maneiras de solucioná-la. RESULTADOS: paciente foi submetida e evoluiu com deiscência importante em mama esquerda e necrose do CAM. Optou-se por reconstrução com enxerto de pele total proveniente da virilha para reconstrução da aréola e enxerto de mamilo contralateral. DISCUSSÃO: O leito receptor sadio, com uma boa circulação arterial e drenagem venosa, é essencial para o sucesso da reconstrução do CAM. CONCLUSÃO: A prevenção da necrose do CAM deve ser parte da rotina cirurgia, estando atento para sinais de isquemia ou congestão venosa o mais precoce possível, a fim de tomar as medidas necessárias para evitar essa complicação indesejada.

Palavras-chave: Complicações pós-operatórias; Mamilos; Mamoplastia; Necrose.

 

A utilização do retalho de Bernard-Webster como opção para reconstrução do lábio inferior

THIAGO MELO DE SOUZA; FLAVIO MACIEL DE FREITAS; LEONARDO MILANESI POSSAMAI; CAROLINE BATTISTI; ELISETE PEREIRA DE SOUZA; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):169-171 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: Carcinoma de células escamosas é a neoplasia maligna mais frequente dos lábios, principalmente o inferior. O tratamento de primeira linha é a excisão cirúrgica, com margem livre, utilizando excisão em cunha e fechamento direto. Após a excisão, para defeitos superiores a 50% do comprimento labial, as técnicas mais utilizadas são os retalhos de Karapandzic e de Bernard-Webster. Objetivos: Demonstrar um caso clínico de carcinoma escamoso, reconstruído com retalho de Bernard-Webster.
Método: Revisão da literatura no PubMed e Scielo, com as palavras-chave: "retalho de Bernard-Webster", "carcinoma epidermoide" e "lábio inferior".
Resultados: após 2 meses houve adequada mobilidade oral, sensibilidade sem alterações, cicatrização em bom estado e sem alterações para continência bucal.
Conclusão: o retalho de Bernard-Webster representa uma excelente alternativa para a reconstrução de defeitos de espessura total, pois pode ser realizado em tempo único e utiliza tecidos vizinhos semelhantes.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Neoplasias labiais; Carcinoma de células escamosas

 

ABSTRACT

Introduction: Squamous cell carcinoma is the most frequent malignant neoplasm of the lips, especially the lower one. The first-line treatment is surgical excision, with free margin, using wedge excision and direct closure. After excision, for defects greater than 50% of the labial length, the most used techniques are the Karapandzic and Bernard-Webster flaps. Objectives: To demonstrate a clinical case of squamous carcinoma, reconstructed with Bernard-Webster's flap.
Method: Literature review in PubMed and Scielo, with the keywords: "Bernard-Webster flap", "squamous cell carcinoma" and "lower lip".
Results: after 2 months there was adequate oral mobility, sensitivity without alterations, healing in good condition and without alterations for oral continence.
Conclusions: Bernard-Webster's flap represents an excellent alternative for the reconstruction of defects of total thickness, since it can be performed in a single time and uses similar neighboring tissues.

Keywords: Surgery flaps; Lip neoplasms; Carcinoma of squamous cells

 

Síndrome de Escobar - forma rara e atenuada da síndrome do pterígio múltiplo

CAROLINE BATTISTI; ALICE FISCHER; THIAGO MELO DE SOUZA; LEONARDO MILANESI POSSAMAI; FLAVIO MACIEL DE FREITAS; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):176-178 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

A síndrome de Escobar é a forma atenuada da síndrome do pterígio múltiplo. As características clínicas dessa síndrome incluem: retardo do crescimento ou baixa estatura, pterígio do pescoço, axila, antecubital, região poplítea e intercrural. Múltiplas contraturas articulares (artrogriposes), sindactilia e campodactilia dos dedos, escoliose e cifoescoliose, fusão de vértebras cervicais, deformidades dos pés, anomalias genitais, defeitos cardíacos congênitos, além de redução da massa muscular também já foram relatados. O manejo dessas crianças é multidisciplinar e diretamente relacionado às deformidades encontradas. Apesar da síndrome de Escobar ser rara e ainda pouco estudada na literatura, o cirurgião plástico destaca-se no manejo cirúrgico desses pacientes, podendo, por meio de seu arsenal cirúrgico, propiciar um maior desenvolvimento físico e motor desses pacientes.

Palavras-chave: Cirurgia plástica; Genética médica; Comunicação interdisciplinar

 

ABSTRACT

The Escobar syndrome is the attenuated form of multiple pterygium syndrome. The main symptoms are: delayed growth or short stature, neck pterygium, arms, legs and genital anomalies, congenital heart problems, besides decrease in muscle mass. Children support is interdisciplinary and directed to deformities found. In spite of this, the syndrome is rare and there are few studies about it; plastic surgery is the main part of the surgical treatment for this patients and can support a greater physic and motor development of this children.

'

Keywords: Plastic surgery; Medical genetics; Interdisciplinary communication

 

Tratamento da hipertrofia de pequenos lábios vaginais na adolescência - experiência atual do Hospital da Criança Santo Antônio da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

Caroline Battisti; Leonardo Milanesi Possamai; Flavio de Freitas Neto; Felipe Bilhar Fasolin; Paulo Eduardo Krauterbluth Solano Junior; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):175-177 - Tronco I

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: A hipertrofia dos pequenos lábios vaginais, na maior parte dos casos, tem etiologia congênita, porém pode se desenvolver com o envelhecimento e após o uso de hormônios ou quadros de inflamação cutânea crônica. O objetivo é descrever três casos de pacientes com hipertrofia de pequenos lábios vaginais submetidas ao tratamento cirúrgico e revisão da literatura. MÉTODO: Foi realizada a revisão dos prontuários das pacientes e a revisão bibliográfica foi efetuada na base de dados PubMed. RESULTADOS: As pacientes foram avaliadas no ambulatório de Cirurgia Plástica Pediátrica do Hospital da Criança Santo Antônio da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, sendo proposto o tratamento cirúrgico. A técnica cirúrgica utilizada foi a descrita por Gary J Alter, em 2008. CONCLUSÃO: As pacientes podem apresentar importante dano psicológico associado à baixa autoestima; assim, o tratamento cirúrgico pode ser uma boa opção terapêutica após criteriosa avaliação ambulatorial.

Palavras-chave: Adolescente; Genitália feminina; Hipertrofia.

 

Implante no plano subfascial: revisão da literatura

Flávio de Freitas Neto; Michel Pavelecini; Bruno Blaya Batista; Felipe Bilhar Fasolin; Caroline Battisti; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):178-180 - Tronco I

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: Atualmente, na literatura científica faltam evidências para comparação tanto do plano de inclusão quanto do local da incisão e do tipo de implante mamário. Sabemos que existem planos de inclusão para implante mamário, como o subglandular, submuscular, subfascial e também o duplo-plano. OBJETIVO: O objetivo deste trabalho foi analisar na literatura existente as evidências científicas que comparassem os planos subglandular e o plano subfascial para a analisar se há realmente diferença clínica e estatisticamente significativa entre eles. MÉTODOS: Foi realizada uma revisão bibliográfica usando a base de dados PubMed com o objetivo de realizar uma revisão das evidências científicas disponíveis a respeito do plano de inclusão subfascial. RESULTADOS: Analisamos os artigos disponíveis na literatura que eram compatíveis com os critérios de inclusão, foram selecionados 13 artigos que faziam menção ao plano subfascial e, desses, apenas três faziam comparação entre os planos de inclusão. Não encontramos evidências científicas que comprovem a superioridade do plano subfascial sobre os demais tanto em relação à taxa de complicações quanto ao grau de satisfação das pacientes nos artigos selecionados. CONCLUSÃO: No momento, não existe evidência científica que comprove a superioridade do plano subfascial em relação aos demais, tanto em relação à taxa de complicações quanto ao grau de satisfação das pacientes. Assim, novos estudos são necessários para adequada comparação dos planos.

Palavras-chave: Implante Mamário; Mamoplastia; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Rotina em abdominoplastia do serviço de residência médica da equipe de cirurgia plástica e microcirurgia da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

FLAVIO MACIEL DE FREITAS; LEONARDO MILANESI POSSAMAI; CAROLINE BATTISTI; MARCIA RODRIGUES TERRES; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):191-192 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

As pacientes atendidas pelo Serviço de Cirurgia Plástica e Microcirurgia da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre são encaminhadas via Sistema Único de Saúde (SUS) e têm como principal indicação adbome em avental secundária a grande perda de peso ou gestação. Entre janeiro e dezembro de 2018, realizaram abdominoplastia um total de 28 pacientes, todas operadas pelo mesmo médico residente e mesmo orientador do Serviço de Cirurgia Plástica. Todas eram mulheres com idades que variaram entre 25 a 69 anos (média de 42,29 anos) e apresentavam índice de massa corporal (IMC) inferior a 30. Destas, cinco pacientes (17,86%) haviam realizado cirurgia bariátrica. Nessa revisão, os dados obtidos pelo Serviço de Cirurgia Plástica e Microcirurgia da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre se mostraram de acordo com a literatura médica.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Obesidade abdominal; Cirurgia plástica

 

ABSTRACT

The patients treated by the Plastic Surgery and Microsurgery Department of the Santa Casa de Misericórdia in Porto Alegre are referred via the Unified Health System (SUS) and have as main indication adbome in an apron secondary to the great loss of weight or gestation. Between January and December 2018, a total of 28 patients underwent abdominoplasty, all of them operated by the same resident doctor and the same advisor of the Plastic Surgery Service. All were women aged 25-69 years (mean 42.29 years) and had a body mass index (BMI) of less than 30. Of these, five patients (17.86%) had undergone bariatric surgery. In this review, the data obtained by the Department of Plastic Surgery and Microsurgery of the Santa Casa de Misericórdia of Porto Alegre were shown according to the medical literature.

Keywords: Abdominoplasty; Abdominal obesity; Plastic surgery

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons