ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 13 de 13 resultado(s)

Busca por : Alessandra Grassi Salles

A sincinesia no paciente com paralisia facial: estudo de sete anos

Alessandra Grassi Salles, Adelina Fátima do Nascimento Remigio, Diana Pinheiro Cruz, Guilherme Cardinali Barreiro, Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):4 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Tratamento de sequelas de queimadura de face com laser de CO2 fracionado em pacientes com fototipos III a VI

Alessandra Grassi Salles; Adelina Fátima do Nascimento Remigio; Valéria Berton Liguori Zacchi; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):9-13 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Relatos sobre melhora em cicatrizes pós-traumáticas ou patológicas com o uso do laser de CO2 fracionado (CO2F) concluem tratar-se de tecnologia segura e efetiva, apesar de utilizado apenas em pacientes com fototipos II a III. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia do CO2F em pacientes com sequela de queimadura facial com fototipos III a VI. MÉTODO: No total, 14 pacientes, com média de idade de 29 anos, portadores de sequela de queimadura facial e fototipos III a VI, foram submetidos a uma aplicação do laser de CO2F. Após dois meses, a queimadura foi avaliada por meio de escala com 6 parâmetros: cor, textura, hidratação, irregularidades de superfície, volume e distensibilidade. RESULTADOS: A duração média da dor foi de 19 horas; do edema, 1,3 dia; e da hiperemia, 6,5 dias. A queda das crostas finalizou entre 5 dias e 36 dias, com média de 13,4 dias. Dois meses após a sessão, 5 pacientes evoluíram com hipocromia puntiforme no padrão quadriculado correspondente aos pontos de ablação do laser. A satisfação subjetiva dos avaliadores (pacientes e médicos) com o tratamento foi de 84,6%. Para os pacientes, houve melhora das irregularidades de superfície, da distensibilidade e da textura da pele (57% dos casos), da hidratação (43%), do volume (28%) e da cor (14%). Para os médicos, houve melhora das irregularidades de superfície e da distensibilidade (43%). CONCLUSÕES: O tratamento com laser de CO2F com parâmetros suaves foi bem tolerado e apresentou alto índice de satisfação em pacientes com sequela de queimadura facial, com melhora de textura, distensibilidade e irregularidades de superfície. A alta incidência de hipopigmentação é um fator a ser considerado na indicação do laser de CO2F em pacientes com fototipos IV a VI.

Palavras-chave: Queimaduras/complicações. Dióxido de carbono. Terapia a laser/métodos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Reports on improvement in post-traumatic or pathological scars with the use of fractional CO2 laser (CO2F) conclude that it is a safe and effective technology, though used only in patients with phototypes II to III. The aim of this study was to evaluate the effectiveness of CO2F in patients with facial burn sequelae with phototypes III to VI. METHODS: A total of 14 patients (average age, 29 years) with facial burn sequelae and phototypes III to VI were subjected to a CO2F laser treatment. After 2 months, the burns were evaluated using a 6-parameter scale, including color, texture, hydration, surface irregularities, volume, and distensibility. RESULTS: The average durations of pain, edema, and hyperemia were 19 hours, 1.3 days, and 6.5 days, respectively. The fall of crusts was completed between 5 and 36 days with an average of 13.4 days. Two months after the session, 5 patients developed punctiform hypochromia in a checkerboard pattern corresponding to the points of laser ablation. The subjective satisfaction of the evaluators (i.e., both patients and physicians) with the treatment was 84.6%. The patients reported improvements in surface irregularities, distensibility, and skin texture (57% of the cases); hydration (43%); volume (28%); and color (14%). Meanwhile, the doctors reported improvements in surface irregularities and distensibility (43%). CONCLUSIONS: The treatment with CO2F laser with mild parameters was well tolerated and resulted in high satisfaction rates for patients with facial burn sequelae as well as improved skin texture, distensibility, and surface irregularities. The high incidence of hypopigmentation must be considered while prescribing CO2F laser treatment to patients with phototypes IV to VI.

Keywords: Burns/complications. Carbon dioxide. Laser therapy/methods.

 

Adenoma Pleomórfico de Glândula Lacrimal - Relato de Caso

Henri Friedhofer, Fernanda Priscila Pasello de Mendonça, Alessandra Grassi Salles, Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 1997;12(3):69-74 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O adenoma pleomórfico da glândula lacrimal é uma entidade rara, freqüentemente confundida com outras patologias benignas desta glândula, sendo erroneamente biopsiado. A fim de diminuir o índice de recorrência e transformação maligna, a ressecção deve ter como objetivo a remoção completa da cápsula. Uma história clínica detalhada e exame físico completo são fundamentais no diagnóstico tumoral. Este relato descreve um caso de adenoma pleomórfico da glândula lacrimal e revisão bibliográfica de seu diagnóstico e conduta cirúrgica.

Palavras-chave: Adenoma pleomórfico, tumor misto, glândula lacrimal, tratamento cirúrgico

 

ABSTRACT

Pleomorphic adenoma of the lachrymal gland is a rare clinical entity and frequently mistaken with other benign pathologies arising in this gland, being erroneous biopsied. In order to reduce the risk of recurrence and malignant transformation, resection of pleomorphic adenoma of the lachrymal gland must be directed toward its intact removal. A detailed clinical history and a careful physical examination are helpful in tumor diagnosis. This report describes a case of pleomorphic adenoma of the lachrymal gland and an up-to-date surgical approach.

Keywords: Pleomorphic adenoma, mixed tumor, lachrymal gland, surgical approach

 

Mastoplastia redutora associada a implante de silicone: quando indico?

Osvaldo Ribeiro Saldanha; Alessandra Grassi Salles; Marcus Castro Ferreira; Francis Llaverias; Luis Humberto Uribe Morelli; Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho; Cristianna Bonetto Saldanha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):511-516 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Insatisfação dos pacientes com resultado de mamoplastia redutora pode ser identificado em alguns casos, especialmente quando apresentam ptose acompanhada de flacidez excessive, estrias, e ainda, componente mamário mais gorduroso que glandular. Nesses tipos de pacientes, é muito difícil conseguir bons resultados por longo período. Implantes mamários de pequeno volume, podem ser colocados no mesmo tempo da mamoplastia redutora com o objetivo de se obter melhor forma, contorno e projeção das mamas, com maior satisfação a longo prazo. MÉTODO: No período de 1997 a 2012, duzentos e sessenta e quatro pacientes com idade entre 27e 55 anos (idade média de 38), foram submetidas à mamoplastia redutora com imediata colocação de implante mamário. RESULTADOS: Foram obtidos resultados satisfatórios, com adequado preenchimento do pólo superior, mamas firmes e reduzida estatística de ptose pós-operatória. Foram identificados dois casos de carcinoma in sito, como achados no anátomo-patológico. CONCLUSÃO: Mastoplastia redutora associada a implantes de silicone é um procedimento seguro para casos selecionados.

Palavras-chave: Mamoplastia redutora; Hipertrofia mamária; Implantes de silicone; Carcinoma in situ; Ptose de mamas.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Patient dissatisfaction with reduction mammoplasty outcomes can occur, especially in cases of ptosis accompanied by excessive flaccidity, striations, and a higher fat than glandular content. In such cases, achieving long-lasting results is very difficult. Small-volume breast implants can be placed during the reduction mammoplasty with the purpose of obtaining better breast shape, contour, and projection as well as greater long-term satisfaction. METHOD: Between 1997 and 2012, 264 patients aged 27-55 years (mean, 38) underwent reduction mammoplasty with immediate placement of breast implants. RESULTS: Satisfactory results were obtained, with adequate filling of the upper pole, increased breast firmness, and statistical reduction in postoperative ptosis. Two cases of carcinoma in situ were identified in the pathological exam. CONCLUSION: Reduction mastoplasty associated with silicone implants is safe for selected cases.

Keywords: Reduction mammoplasty; Breast hypertrophy; Silicone Implants; Carcinoma in situ; Breast ptosis.

 

Trabalho Premiado - Prêmio Raul Couto Sucena 2005 - Efeitos da Luz Intensa Pulsada em Seqüelas Cicatriciais Hipercrômicas Pós-Queimadura

Cesar Isaac, Alessandra Grassi Salles, Maria Fernanda Dematte Soares, Cristina Pires Camargo, Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(3):175-179 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Cicatrizes exuberantes são muito freqüentes nas seqüelas de queimadura. Estudos empregando o sistema de Luz Intensa Pulsada (LIP) têm mostrado efetividade no tratamento de cicatrizes exuberantes. O objetivo do presente estudo foi determinar parâmetros de segurança na utilização de LIP em seqüelas hipercrômicas pós-queimadura, avaliando-se o grau de satisfação comparativamente à presença de complicações locais a cada sessão. Participaram 19 portadores de seqüelas de queimadura há mais de dois anos, de ambos os sexos e ampla faixa que foram submetidos a nove sessões de LIP a intervalos mensais, utilizando-se filtro de corte de 590 -12000nm e fluências variadas, segundo o resultado de cada sessão. A satisfação dos pacientes foi avaliada utilizando-se escala de notas por eles atribuídas que variou de -1 (piora) a 3 (grande melhora). A avaliação dos observadores médicos foi baseada em documentação fotográfica e utilizou a mesma escala. A análise estatística utilizou o coeficiente de Spearman (rs) e a prova de Kruskal-Wallis. A média global de satisfação foi 0,9±0,198 (pacientes) e 0,8±0,186 (observadores médicos), com coeficiente de Spearman (rs = -0,0013). A prova de Kruskal-Wallis demonstrou aumento no grau de satisfação dos pacientes à medida que o tratamento era realizado (p < 0,02). Sugerimos que: inicialmente, um teste seja realizado com filtro de 590nm - 16,25J/cm2 - 30ms - 1pL, as primeiras sessões sejam realizadas com fluência de 21,1±5,22J/ cm2 e, à medida que o paciente não apresente complicações locais, esta fluência pode ser aumentada para 26±2,29J/cm2.

Palavras-chave: Hiperpigmentação. Fototerapia. Queimaduras, complicações

 

ABSTRACT

Abnormal scarring is very common in post burn scars sequelae. Studies using Intense Pulsed Light (ILP) as a treatment for abnormal scarring demonstrated effective results. The objective of our study was to evaluate the satisfaction rates and local complications of ILP as a treatment of post burn scars hyperpigmentation. The rationale for choosing the patient satisfaction rate as the study parameter lies in the elective cosmetic nature of the procedure. Nineteen patients (9M / 10F, mean age 25.95 years) with post burn hyperpigmentation for more than two years were enrolled on this study. They were submitted to nine monthly treatments of IPL 590nm cutoff and adjusted fluencies. The patient assessment of satisfaction rate was graded from -1 to 3 points: -1, worse; 0, no improvement; 1, mild improvement; 2, good result; and 3, excellent result. The medical observers evaluation was based on photographic documentation and used the same graded scale. Statistical analysis used Spearman coefficient (rs) and Kruskal-Wallis test. The global satisfaction mean were 0.9±0.198 for patients and 0.8±0.186 for medical observers. The calculated Spearman coefficient was (rs = -0.0013) and Kruskal-Wallis test showed that patients were significantly more satisfied as the treatment was going on (p< 0.02). After this study, authors were able to suggest: an initial test with ILP - 590nm - 16,25J/cm2 - 30ms - 1pL. The first sections should be done with 21,1±5,22J/cm2 fluency that could be enhanced to 26±2,29J/cm2 as no side effects are observed.

Keywords: Hyperpigmentation. Phototherapy. Burns, complications

 

Protocolo de aplicação bilateral de toxina botulínica tipo A para evitar assimetria no tratamento de espasmo hemifacial

Alessandra Grassi Salles; Nuberto Hopfgartner Teixeira; Fabio Teixeira Belfort Mattos; Marcio Paulino da Costa; Marcus Castro Ferreira; Rolf Gemperli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):228-234 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O espasmo hemifacial (EHF) caracteriza-se por movimento tônico-clônico involuntário da musculatura de uma hemiface. O tratamento tem sido realizado com aplicação de toxina botulínica (TxB). A aplicação unilateral classicamente descrita resulta em assimetria semelhante à paralisia facial. O objetivo desse trabalho foi normatizar o tratamento do EHF bilateralmente com TxB, a fim de prevenir a ocorrência de assimetria facial iatrogênica. MÉTODO: Foram analisadas 66 aplicações em 15 pacientes, seguindo o protocolo do serviço para paralisia facial, acrescentado de pontos pré-tarsais no lado com EHF. Foi feita dose complementar na reavaliação após 15 dias nos pacientes que apresentavam algum grau residual de espasmo ou assimetria, buscando-se a dose necessária para alcançar controle satisfatório do espasmo sem causar assimetria facial. RESULTADOS: A dose média total foi 20,2 U do lado não acometido e 28,4 U do lado acometido, totalizando 48,6 U por aplicação. Houve diferença significante entre as hemifaces na dose para os músculos zigomático, orbicular da boca e orbicular dos olhos. CONCLUSÕES: A técnica proposta de aplicação bilateral de TxB controlou adequadamente o EHF e evitou assimetria iatrogênica. Como regra geral, a aplicação deve ser feita na proporção de 1:1,5 U no orbicular dos olhos (porção lateral) e 1:2 U no orbicular da boca. Nos demais músculos, a dose nos dois lados deve ser a mesma, realizando-se dose de reforço em 15 dias caso permaneça algum grau de espasmo. O único local com pontos exclusivos do lado acometido é a região pré-tarsal do músculo orbicular do olho.

Palavras-chave: Toxina botulínica Tipo A; Paralisia facial; Assimetria facial/terapia; Espasmo hemifacial.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Hemifacial spasm (HFS) is characterized by the involuntary tonic-clonic movement of the muscles of the hemiface. It is usually treated with botulinum toxin (BTX). The classically described unilateral application of BTX results in an asymmetry similar to facial paralysis. The aim of this study was to standardize the treatment of HFS by applying BTX bilaterally to prevent the occurrence of iatrogenic facial asymmetry. METHODS: The outcomes of 66 applications in 15 patients were analyzed according to the protocol of the facial paralysis service, to which pretarsal sites were added on the HFS side. On reassessment 15 days later, a complementary dose was administered to patients who exhibited some residual degree of spasm or asymmetry with the aim of determining the dose required to achieve satisfactory spasm control without causing facial asymmetry. RESULTS: The total mean dose was 20.2 U at the contralateral side and 28.4 U at the spasm side (a total dose of 48.6 U per application). There was a significant difference between the doses applied to the zygomaticus, orbicularis oris, and orbicular oculi muscles on each hemiface. CONCLUSIONS: The proposed bilateral BTX application technique was effective in controlling HFS and prevented iatrogenic asymmetry. In general, application should be performed at a ratio of 1:1.5 U in the orbicularis oculi (lateral portion) and 1:2 U in the orbicularis oris. In the remaining muscles, the same dose should be administered on both sides and an additional dose can be applied 15 days later if some degree of spasm is present. The pretarsal region of the orbicularis oculi muscle is the only area for which BTX application on the healthy side is unnecessary.

Keywords: Botulinum toxin type A; Facial paralysis; Facial asymmetry/therapy; Hemifacial spasm

 

Análise retrospectiva das alterações das rugas faciais após aplicações seriadas de toxina botulínica tipo A

Rodrigo Pinto Gimenez, Rolf Gemperli, Alessandra Grassi Salles, Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(2):297-303 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Método: Foram avaliadas as rugas das regiões frontal e glabelar da face em pacientes submetidas a aplicações seriadas da toxina botulínica tipo A com finalidade estética, analisando-se os intervalos entre as aplicações e as doses utilizadas. Vinte e quatro pacientes do sexo feminino receberam de 5 a 7 aplicações da toxina botulínica tipo A no terço superior da face. O tempo médio de acompanhamento foi de 42,2 ± 4 meses e o intervalo médio entre as aplicações de 8 ± 0,51 meses. As rugas frontais e glabelares foram avaliadas segundo escala padronizada, comparando-se fotografias previas à primeira e à ultima aplicação, em repouso e em movimentos da mímica facial. Resultados: No longo prazo, as rugas estáticas da região frontal foram amenizadas em 62,5% das pacientes e inalteradas em 37,5%, enquanto as rugas estáticas da região glabelar foram amenizadas em 47,2% das pacientes, inalteradas em 50% e pouco acentuadas em 2,8%. As dinâmicas da região frontal foram amenizadas em 84,7% das pacientes e inalteradas em 15,3%, enquanto as dinâmicas verticais da região glabelar (corrugadores) foram amenizadas em 63,9% das pacientes, inalteradas em 26,4% e pouco acentuadas em 9,7%. As rugas dinâmicas horizontais da região glabelar (prócero) foram amenizadas em 57% das pacientes, inalteradas em 32% e pouco acentuadas em 11%. A média da dose total de toxina botulínica utilizada por sessão foi de 43,83 ± 1,25 U, e a dose total cumulativa foi de 272,08 ± 20,42 U.

Palavras-chave: Toxina botulínica tipo A. Face. Estética. Rejuvenescimento.

 

ABSTRACT

Methods: Wrinkles in the frontal and glabellar regions of the face were evaluated in patients submitted to a series of cosmetic botulinum toxin applications, with analysis of the intervals between applications and doses used. Twenty-four female patients who received 5 to 7 botulinum toxin applications to the upper third of the face were evaluated. Mean follow-up time was 42.2 ± 4 months and the mean interval between applications was 8 ± 0.51 months. The forehead and glabellar wrinkles were evaluated by a standardized scale comparing photos taken prior to the first application, at rest and during facial expressions. Results: Over time, static wrinkles in the frontal region were reduced in 62.5% of the patients and remained the same in 37.5%, while static wrinkles in the glabellar region were reduced in 47.2% of the patients, remained the same in 50% and were slightly accentuated in 2.8%. Dynamic wrinkles of the frontal region were reduced in 84.7% of the patients and remained the same in 15.3%, while the vertical dynamic wrinkles in the corrugator region were reduced in 63.9% of the patients, remained the same in 26.4% and were slightly accentuated in 9.7%. Horizontal dynamic wrinkles in the procerus region were reduced in 57% of the patients, remained the same 32% and were slightly accentuated in 11%. The mean total dose of toxin used per session was 43.83 ± 1.25 U, and the total cumulated dose was 272.08 ± 20.42 U.

Keywords: Botulinum toxin type A. Face. Esthetics. Rejuvenation.

 

Avaliação clínica e da espessura cutânea um ano após preenchimento de ácido hialurônico

Alessandra Grassi Salles; Adelina Fátima do Nascimento Remigio; Valeria Berton Liguori Zacchi; Osmar Cássio Saito Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):66-69 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Poucos estudos avaliam a durabilidade dos produtos de preenchimento facial de forma objetiva e não-invasiva. O objetivo deste estudo foi avaliar a durabilidade de formulação de ácido hialurônico (Derma Hyal®) no preenchimento de sulco nasogeniano, comparando percepção do efeito clínico e espessura de partes moles medida por ultrassonografia. Método: Dez mulheres foram tratadas. Avaliação foi realizada após um, três, seis, nove e doze meses, clinicamente e por ultrassonografia. Resultados: A média da espessura à ultrassonografia foi 0,38 ± 0,14 no pré, 0,69 ± 0,19 após 1 mês, 0,65 ± 0,17 após 3 meses, 0,61 ± 0,22 após 6 meses, 0,57 ± 0,23 após 9 meses e 0,55 ± 0,14 após 12 meses. Os dados analisados pelo teste Friedman não se mostraram estatisticamente significativos. Em relação à satisfação, aos 6 meses, 3 pacientes consideraram o resultado insatisfatório, 5, pouco satisfatório e 2, satisfatório. Apenas uma paciente considerou o resultado satisfatório aos 9 meses. Aos 12 meses, uma considerou pouco satisfatório e as demais, insatisfatório. Todas responderam que realizariam novamente o procedimento. Conclusões: A ultrassonografia demonstrou ser método objetivo e não-invasivo na avaliação da durabilidade de preenchimento, desde que avaliado com correlação clínica. Demonstrou-se aumento da espessura cutânea até 12 meses após injeção em sulco nasogeniano (SNG), com decréscimo progressivo. Embora exista diferença dos valores da ultrassonografia ao longo do tempo, essas não foram estatisticamente significantes. Clinicamente, o efeito percebido pelas pacientes se deu até o nono mês após aplicação do produto avaliado.

Palavras-chave: Ácido hialurônico. Ultrassonografia. Face.

 

ABSTRACT

Introduction: Few studies have evaluated the durability of tissue filler products in an objective and non-invasive manner. The aim of this study was to evaluate the durability of a formulation of hyaluronic acid (Derma Hyal®) for filling nasolabial folds by comparing perceptions of clinical effect and soft tissue thickness as measured by ultrasound. Methods: Ten women were treated. Clinical and ultrasound evaluation were performed after 1, 3, 6, 9, and 12 months. Results: The average thickness of the nasolabial folds as measured by ultrasound was 0.38 ± 0.14 mm at pretreatment, 0.69 ± 0.19 mm after 1 month, 0.65 ± 0.17 mm after 3 months, 0.61 ± 0.22 mm after 6 months, 0.57 ± 0.23 mm after 9 months, and 0.55 ± 0.14 mm after 12 months. Data analyzed using Friedman's test were not statistically significant. Regarding satisfaction, at 6 months, 3 patients considered the result unsatisfactory; 5, barely satisfactory; and 2, satisfactory. Only 1 patient considered the result satisfactory at 9 months. After 12 months, 1 patient considered the result barely satisfactory and the other patients, unsatisfactory. All patients stated that they would undergo the procedure again. Conclusions: Ultrasound proved to be an objective and non-invasive method of evaluating filling durability, provided that it is correlated with clinical parameters. An increase in skin thickness was demonstrated up to 12 months after injection of the product into the nasolabial fold, followed by a progressive decrease after this period. Although differences among the values as measured by ultrasound were observed over time, these were not statistically significant. Patients perceived a clinical effect up to 9 months after the product was applied.

Keywords: Hyaluronic acid. Ultrasonography. Face.

 

Fatores preditivos de complicações em procedimentos da cirurgia plástica - sugestão de escore de segurança

Osvaldo Ribeiro Saldanha; Alessandra Grassi Salles; Francis Llaverias; Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho; Cristianna Bonetto Saldanha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(1):105-113 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O objetivo deste estudo foi analisar, em nosso meio, a associação entre a ocorrência de complicações em procedimentos de cirurgia plástica e os fatores de risco presentes nessa população, e apresentar uma Escala de Segurança para planejamento do ato cirúrgico em Cirurgia Plástica. MÉTODOS: Estudo do tipo caso-controle, com pacientes submetidos à cirurgia plástica no período de 2010-2011, em vários centros de cirurgia plástica e que apresentaram algum tipo de complicação pós-operatória. Os controles foram pacientes submetidos a procedimentos semelhantes de cirurgia plástica no mesmo período, e que não tiveram complicações. Foi realizada análise descritiva por meio de frequências absoluta e relativa e medidas de tendência central (média e mediana) e dispersão (desvio padrão e valores mínimo e máximo). A análise da associação foi realizada pelo Teste da Associação pelo x2 e modelos de regressão logística univariada e múltipla. Em todas as análises foi considerado estatisticamente significativo quando p<0,05. RESULTADOS: Foram analisados 168 pacientes, sendo 75 casos com complicações (Grupo I, 44,64%) e 93 controles (Grupo II). Houve associação estatisticamente significativa entre a presença de complicação com duas variáveis, ter realizado procedimento associado (p=0,049), e o tempo de cirurgia maior que 240 minutos (p=0,049). CONCLUSÃO: A literatura demonstra aspectos multifatoriais de risco nos procedimentos da cirurgia plástica. A seleção adequada do paciente, o planejamento pré-operatório e os cuidados profiláticos no trans e pós-operatório têm contribuído para diminuição de incidência de complicações graves. Os principais fatores de risco relacionados a complicações no pós-operatório foram tempo cirúrgico maior que 4 horas e associação cirúrgica.

Palavras-chave: Segurança em Cirurgia Plástica; Escore de Segurança em Cirurgia Plástica; Fatores Preditivos de Segurança em Cirurgia Plástica.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: This study analyzed the association between plastic surgery complications and risk factors in the study population, and presents a safety scale for planning plastic surgery procedures. METHODS: A case-control study was performed, including patients who underwent procedures at various plastic surgery centers from 2010-2011 and who had some type of postoperative complication. The control group consisted of patients who underwent similar procedures during the same period without complications. Descriptive analysis was performed using absolute and relative frequency and measures of central tendency (mean and median) and dispersion (standard deviation and minimum and maximum value). Associations were analyzed using the chi-squared test of association and univariate and multiple logistic models. In all analyses, statistical significance was defined as p-values <0.05. RESULTS: A total of 168 patients were analyzed: 75 cases with complications (Group I, 44.64%) and 93 controls (Group II). There was a statistically significant association between the presence of a complication and two variables: undergoing an associated procedure (p = 0.049) and surgery duration greater than 240 minutes (p = 0.049). CONCLUSION: The literature shows multifactorial risks for plastic surgery procedures. Proper patient selection, preoperative planning, and intra- and postoperative prophylactic care have contributed to decreased incidence of serious complications. The main risk factors associated with post-surgical complications were surgery durations longer than 4 hours and associated procedures.

Keywords: Safety in Plastic Surgery; Safety Score in Plastic Surgery; Predictive Safety Factors in Plastic Surgery.

 

Fator de Impacto da Revista Brasileira de Cirurgia Plástica

Alessandra Grassi Salles
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):292 - Carta ao Editor

PDF Português PDF Inglês

Escala para avaliação de resultados de cirurgia estética do abdome

Alessandra Grassi Salles; Marcus Castro Ferreira2; Adelina Fátima do Nascimento Remigio; Rolf Gemperli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):147-150 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A padronização da avaliação de resultados após cirurgia estética é uma dificuldade em Cirurgia Plástica, por ser baseada em critérios geralmente subjetivos. Objetivo: O objetivo deste artigo é apresentar uma escala de uso clínico simples, de fácil reprodução e que forneça critérios objetivos para a avaliação de resultados estéticos de cirurgias plásticas no abdome. Método: A escala foi desenvolvida pela Disciplina de Cirurgia Plástica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. O avaliador dá uma nota (0 = insatisfatório, 1 = regular, 2 = bom e/ou cicatriz inexistente) para cada um de cinco parâmetros: volume do abdome, contorno lateral, excesso de pele, aspecto do umbigo e qualidade da cicatriz em parede abdominal. Um quadro orienta a pontuação para cada parâmetro. Discussão: A escala é sensível na identificação de diferentes alterações anatômicas no abdome, pode ser utilizada no pré e pós-operatório para comparação de variadas técnicas cirúrgicas, seja abdominoplastia, lipoaspiração e suas variações, ou mesmo para padronizar resultados a serem apresentados em Congressos Médicos ou publicações. A avaliação pode ser feita por fotografias ou pela própria paciente, nas consultas de pré e pós-operatório, documentando de forma objetiva em prontuário a melhora proporcionada pelo procedimento cirúrgico, ferramenta útil como defesa em processos médico-legais.

Palavras-chave: Avaliação de Resultados (Cuidados de Saúde). Lipectomia. Cirurgia Plástica. Abdome/cirurgia.

 

ABSTRACT

Introduction: The standardization of outcomes assessment after aesthetic surgery is difficult in Plastic Surgery, as the assessment is based on criteria that are generally considered to be subjective. Objective: This paper aims to introduce a simple clinical score scale for outcomes assessment after aesthetic surgery of the abdomen that is easily reproducible and is based on objective criteria. Methods: The scale was developed by the Discipline of Plastic Surgery of the Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo. The evaluator assigns a score (0 = unsatisfactory, 1 = fair, 2 = good and/or absent scar) for each of five parameters: abdomen volume, contour, skin excess, appearance of the navel, and scar quality on the abdominal wall. A framework guides the score for each parameter. Discussion: The scale is sensitive for identifying different anatomical abnormalities in the abdomen. It can be used pre-and postoperatively for comparison of various surgical techniques of abdominoplasty and liposuction, as well as to standardize outcomes for presentation at scientific conferences or in publications. The assessment can be made by means of photographs or during pre- and postoperative visits to objectively document the improvement achieved by the surgical procedure in medical records. It could also be a useful defense tool in medical-legal lawsuits.

Keywords: Outcome Assessment (Health Care). Lipectomy. Surgery, Plastic. Abdomen/surgery.

 

Cartas ao Editor

Alessandra Grassi Salles
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):328 - Cartas ao Editor

PDF Português PDF Inglês

Escala para avaliação de resultados de cirurgia estética do abdome

Guilherme Cardinali Barreiro, Diana Pinheiro Cruz, Alessandra Grassi Salles, Adelina Fatima do Nascimento Remigio, Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):50 - Tórax e Tronco

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons