ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 12 de 12 resultado(s)

Busca por : Adriana Sayuri Kurogi

Galactorreia: como abordar essa complicação incomum após mamoplastia de aumento

Adriana Sayuri Kurogi Ascenço; Ruth Graf; Ivan Maluf Junior; Priscila Balbinot; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):143-147 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Galactorreia e formação de galactocele após mamoplastia de aumento é uma complicação descrita na literatura, porém a causa permanece desconhecida. MÉTODOS: Apresentamos um caso de uma paciente de 28 anos que foi submetida à cirurgia de mamoplastia de aumento via sulco inframamário, com implante colocado no plano subfascial, que evoluiu, no 7º dia pós-operatório, com galactorreia exteriorizada pela incisão, e propomos um algoritmo para diagnóstico e tratamento de galactorreia após mamoplastias. RESULTADOS: A complicação foi tratada com o uso de agente supressor da lactação, a cabergolina, apresentando boa evolução. CONCLUSÃO: Galactorreia é uma complicação incomum após mamoplastias de aumento, que deve ser sempre lembrada em casos de drenagem de secreção pela incisão por tratar-se de um diagnóstico diferencial com infecção.

Palavras-chave: Galactorreia; Mamoplastia; Implante mamário; Ergolinas.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Galactorrhea and galactocele formation after breast augmentation are complications reported in the literature, but the cause remains unknown. METHODS: We present a case of a 28-year-old patient who underwent breast augmentation surgery via the inframammary fold with an implant placed in the subfascial plane, which developed galactorrhea from the incision on the seventh postoperative day, and we propose an algorithm for the diagnosis and treatment of galactorrhea after mammoplasties. RESULTS: The complication was treated with the use of a lactation suppressor, cabergoline, presenting good outcomes. CONCLUSION: Galactorrhea is an uncommon complication after augmentation mammoplasties, which should always be considered in cases of secretions from an incision because it is a differential diagnosis for infections.

Keywords: Galactorrhea; Mammoplasty; Breast implant; Ergolines.

 

Síndrome de Romberg: uma série de casos

Isis Juliane Guarezi Nasser; Priscilla Balbinot; Adriana Sayuri Kurogi Ascenço; Ivan Maluf Junior; Dirlene Taysa Berri; Marlon Câmara Lopes; Patrícia Bigolin; Willian Itikawa; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):201-204 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A síndrome de Romberg é uma moléstia descrita há mais de um século e, nesse período, recebeu várias denominações. É caracterizada por lenta e progressiva atrofia dos tecidos de uma hemiface, podendo acometer todos os tecidos e apresentar, também, manifestações neurológicas e oculares. O objetivo deste estudo é relatar série de casos de pacientes com atrofia hemifacial progressiva, abordando as opções terapêuticas individualizadas para cada caso. MÉTODO: Foi realizado estudo retrospectivo, descritivo e analítico de pacientes atendidos nos ambulatórios de Cirurgia Plástica no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná e no Centro de Atendimento Integral ao Fissurado Lábio Palatal (CAIF), em Curitiba, PR, Brasil. RESULTADOS: Foram analisados 13 pacientes, sendo 10 (76,9%) do sexo feminino e 3 (23,1%) do sexo masculino. A idade de início dos sintomas variou de 2 anos a 15 anos. A primeira consulta ocorreu, em média, aos 11,7 anos. A hemiface mais frequentemente afetada foi a esquerda. Sete (53,8%) pacientes foram submetidos a cirurgia. CONCLUSÕES: A síndrome de Romberg é uma entidade rara, devastadora na aparência facial, que tem sido muito estudada. Apesar dos grandes avanços da medicina, a definição de sua etiologia e um tratamento direcionado a sua causa ainda são apenas um desejo.

Palavras-chave: Hemiatrofia facial. Face/cirurgia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The Romberg's syndrome is a disease that was first described more than a century ago, and during this period had several names. It is characterized by a slow and progressive atrophy of the tissues of a hemiface, can affect all tissues and can also display neurological and ocular manifestations. The aim of this study is to report a series of patients with progressive hemifacial atrophy, addressing treatment options for each individual case. METHODS: Was conducted a retrospective, descriptive and analytic study of the patients treated in our service, Plastic Surgery at the Hospital de Clinicas - Universidade Federal do Paraná, and the Centro de Atendimento Integral ao Fissurado Lábio Palatal (CAIF), at Curitiba, PR, Brazil. RESULTS: Were analyzed 13 patients, 10 (76.9%) female and 3 (23.1%) male. The age of onset of symptoms ranged from 2 to 15 years. The first medical consultation with an specialist occurred at 11.7 years. The left hemiface was most commonly affected. Seven (53.8%) patients underwent surgery. CONCLUSIONS: The Romberg's syndrome is a rare disorder, devastating to facial appearance, and it has been widely studied. Despite great advances in medicine, its etiology definition and the treatment directed to its cause is still only a wish.

Keywords: Facial hemiatrophy. Face/surgery. Reconstructive surgical procedures.

 

Braquio-dorso-mamoplastia: cirurgia do contorno corporal da região superior do tronco após grandes perdas ponderais

Alexandre Elias Contin Mansur; Priscila Balbinot; Paula Giordani Colpo; Adriana Sayuri Kurogi Ascenço; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(3):339-346 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: No Brasil foram realizadas 88 mil cirurgias bariátricas em 2014. Após o emagrecimento, ocorre desinsuflação de todo o tronco, com flacidez e dobra de excesso cutâneo das mamas à região dorsal posterior. Por isso, propomos procedimento cirúrgico que trate a região superior toda do tronco, incluindo mamas, dorso lateral e posterior e braços. OBJETIVO: Mostrar a experiência pessoal em cirurgias de braquio-dorso-mamoplastia. MÉTODO: Foram operados 13 pacientes no período de 2007 a 2014, sendo 11 mulheres e dois homens. RESULTADOS: A média de idade foi de 41,9 anos. A braquio-dorso-mamoplastia foi realizada em todos os pacientes. Em três casos, foi realizada braquio-dorso-mamoplastia em L, devido à menor deformidade latero-posterior. A duração média das cirurgias foi de 4 horas e 30 minutos. O Índice de Massa Corporal (IMC) médio, antes da cirurgia bariátrica, foi de 53,5 kg/m2. As perdas ponderais variaram de 47 a 114 kg. O IMC pré-operatório variou de 23 a 39 kg/m2. Não houve casos de infecção, grandes deiscências ou seroma. Duas pacientes evoluíram com hematoma, necessitando de nova intervenção para drenagem. CONCLUSÃO: As deformidades da região torácica no paciente com perda ponderal maciça são variáveis, sendo necessários diversos tratamentos cirúrgicos que deverão abordar o tórax inteiro como área anatômica única. É importante compreender a deformidade que cada paciente apresenta e adequar a abordagem cirúrgica em conformidade. A indicação principal para uma braquio-dorso-mamoplastia é a queda lateral do sulco inframamário.

Palavras-chave: Tronco; Cirurgia bariátrica; Perda de peso; Mamoplastia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: In Brazil, 88000 bariatric surgeries were performed in 2014. After weight loss, deflation occurs around the trunk, with sagging and folding of excess skin of the breasts in the posterior dorsal region . We, therefore, propose a surgical procedure to treat upper region of the entire trunk, including breasts, side and rear back, and arms. OBJECTIVE: To present a personal experience in brachial-dorsal mammoplasty surgeries. METHOD: We operated 13 patients from 2007 to 2014, 11 women and two men. RESULTS: The average age was 41.9 years. The brachial-dorsal mammoplasty was performed in all patients. In three cases, L-brachial-dorsal mammoplasty was performed, due to lower latero-posterior deformity. The average surgery duration was 4 hours and 30 minutes. The average Body Mass Index (BMI), before bariatric surgery, was 53.5 kg/m2. Weight loss ranged from 47 to 114 kg. The pre-surgery BMI ranged from 23 to 39 kg/m2. There were no cases of infection, large dehiscence or seroma. Two patients developed hematoma, requiring a new intervention for drainage. CONCLUSION: Deformities of the thoracic region in patients with large weight loss are variable, requiring several surgical treatments that should address the entire chest as a single anatomical area. It is important to understand the deformity that each patient presents and adapt the surgical approach accordingly. The main indication for a brachial-dorsal mammoplasty is lateral drop of the inframammary fold.

Keywords: Torso; Bariatric surgery; Weight loss; Mammoplasty.

 

Opções terapêuticas no manejo do nevus congênito gigante, experiência do Serviço de Cirurgia Plástica e Reaparadora HC-UFPR

Renato da Silva Freitas; Gilvani Azor de Oliveira e Cruz; Isis Scomação; Adriana Sayuri Kurogi; Ivan Maluf Junior; Paula Giordani Colpo; Priscila Balbinot
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):277-281 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O nevus congênito gigante (NCG) possui diversas modalidades de tratamento. A abordagem cirúrgica inclui a ressecção parcial seriada ou excisão total. Objetivo: Demonstrar as principais modalidades terapêuticas utilizadas para o tratamento do NCG e avaliar a incidência da localização, idade e tamanho destas lesões no Serviço de Cirurgia Plástica e Reparadora do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. MÉTODOS: Estudo retrospectivo dos pacientes submetidos a tratamento cirúrgico do NCG no período de janeiro de 2004 a janeiro de 2010. Foram coletados dados como: idade, gênero, tratamento realizado, número de cirurgias realizadas, evolução e complicações. RESULTADOS: Foram avaliados 11 pacientes, sendo 8 mulheres e 3 homens. A média de idade foi de 12,4 anos (3 a 25 anos). O subtipo mais encontrado foi o nevus melanocítico intradérmico correspondendo a 90,9% dos casos e 9,1% com nevus melanocítico composto. Não foram identificados casos de melanoma. A localização mais comum foi a região da cabeça e pescoço. O diâmetro médio das lesões foi de 9,1 cm.As técnicas utilizadas para reconstrução foram: sutura primária, retalhos locais, enxerto de pele e uso de expansores. No seguimento, 63,6% dos pacientes apresentavam ainda nevus residual, 27,3% apresentaram ressecção completa e 9,1% perderam seguimento. CONCLUSÃO: Foi observada maior incidência de NCG na faixa etária de 3 a 25 anos, sendo a localização mais comum na face e com tamanho médio de 9,1cm. O principal tratamento instituído para os pacientes com NCG foi a ressecção parcelada, com bons resultados.

Palavras-chave: Nevo; Tratamento; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Several modalities are available for the treatment of giant congenital nevus (GCN). The surgical approach includes partial serial resection or total excision. Objective: To demonstrate the main therapeutic modalities in the treatment of GCN and to assess the incidence of location, age, and size of this lesion at the Plastic and Reconstructive Surgery Service of the Hospital de Clínicas, Federal University of Paraná. METHODS: This retrospective study included patients who had undergone surgical treatment for GCN between January 2004 and January 2010. We collected data such as age, sex, treatment performed, number of surgeries carried out, evolution, and complications. RESULTS: We evaluated 11 patients (8 female and 3 male). The average age was 12.4 years (range, 3-25 years). The GCN subtype most commonly found was intradermal melanocytic nevus, which accounted for 90.9% of cases, with melanocytic nevus accounting for the remaining 9.1%. No cases of melanoma were identified. The most common location was the head and neck. The average diameter of the lesions was 9.1 cm. The techniques used for the reconstruction included primary suture, local flaps, skin graft, and the use of expanders. In the follow-up period, 63.6% of the patients still presented a residual nevus, 27.3% underwent complete resection, and 9.1% were not monitored. CONCLUSION: A higher incidence of GCN was observed in patients aged 3-25 years. The most common location was the face, and the average size was 9.1 cm. The main treatment of patients with GCN was splitting resection, which resulted in satisfactory outcomes.

Keywords: Nevus; Treatment; Reconstructive surgical procedures.

 

Incisão periareolar em zigue-zague modificada: técnica alternativa para mastoplastia de aumento

Ruth Graf; Adriana Sayuri Kurogi Ascenço; Ivan Maluf Junior; Marlon Camara Lopes; Isis Juliane Guarezi Nasser; Priscila Balbinot; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):297-300 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Mastoplastia de aumento é uma das cirurgias mais realizadas em todo o mundo. Variáveis como tamanho e localização do implante, bem como o tipo de incisão, influenciam o resultado final. A abordagem periareolar é bem conhecida e difundida, porém sua cicatriz pode, muitas vezes, ser motivo de insatisfação da paciente. Uma modificação da técnica periareolar é apresentada, com incisão em zigue-zague, para mamoplastias de aumento, permitindo a obtenção de cicatrizes imperceptíveis. A técnica descrita é uma excelente alternativa para mastoplastia de aumento, proporcionando resultado estético satisfatório, com cicatriz camuflada na transição da pele periareolar com o complexo areolopapilar, que é naturalmente irregular.

Palavras-chave: Mamoplastia. Implantes mamários. Cicatriz.

 

ABSTRACT

Augmentation mammaplasty is one of the most common surgeries worldwide. Variables such as implant size and location as well as incision type influence the final result. The periareolar approach is well known and disseminated; however, the resulting scar is a common reason for patient dissatisfaction. We present a modified periareolar technique using a zigzag incision that results in invisible scars after augmentation mammaplasty. The technique described here is an excellent alternative for augmentation mammaplasty and has an esthetic satisfactory result with imperceptible scars in the periareolar skin of the nipple-areola complex, which is naturally irregular.

Keywords: Mammaplasty. Breast implantation. Cicatrix.

 

Síndrome de Proteus: relato de casos

Ivan Maluf Junior; Flávia Thaiana Bonato; Carolina Borralho Gobbato; Luiza Lopes; Wagner Allan Bertolotte; Isis Scomação; Marlon Augusto Camara Lopes; Adriana Sayuri Kurogi; Ruth Maria Graf; Gilvani Azor de Oliveira e Cruz; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):303-310 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A síndrome de Proteus é uma doença complexa e rara, classificada nos grupo das hamartoses. Foi primeiramente descrita em dois pacientes, em 1979, por Cohen e Hayden. Existe dificuldade no diagnóstico, sendo comum a confusão com síndromes de Klippel-Trenaunay-Weber, neurofibromatose ou Stuge-Weber. Apresentamos dois casos tratados no Serviço de Cirurgia Plástica e Reparadora da Universidade Federal do Paraná. MÉTODO: Paciente masculino (caso 1), que chegou ao serviço aos 6 anos de idade, tendo como principais apresentações lipomatoses e assimetrias. A segunda paciente (caso 2) deu entrada no serviço com 20 anos de idade e diagnóstico de síndrome de Klippel-Trenaunay-Weber, que posteriormente mostrou se tratar de síndrome de Proteus. CONCLUSÃO: A hipótese etiológica mais aceita para a doença é genética. Acredita-se que exista mosaicismo somático e que a doença seja letal no estado não mosaico. Morte prematura é bastante frequente. Entretanto, a sequela mais comum é a ocorrência de tumores incomuns. O cuidado dos pacientes portadores da síndrome é um desafio devido às suas consequências médicas e psicossociais.

Palavras-chave: Síndrome de Proteus; Hamartoma; Lipoma.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Proteus syndrome is a complex and rare disorder classified as a hamartomatous disease. It was first described in two patients in 1979, by Cohen and Hayden. Proteus syndrome is difficult to diagnose, and is often confused with Klippel-Trenaunay-Weber syndrome, neurofibromatosis, or Sturge-Weber syndrome. In this study we describe two patients who were treated at the Plastic and Reconstructive Surgery Service of the Federal University of Paraná. METHOD: A 6-year-old male patient (case 1) presented to the Service with lipomatosis and asymmetry, as the primary findings. A 20-year-old (case 2) was admitted to the Service with a diagnosis of Klippel-Trenaunay-Weber syndrome, which later was shown to be Proteus syndrome. CONCLUSION: The etiological hypothesis that is most accepted for this disease is genetic. It is believed that somatic mosaicism may occur during pathogenesis, which can be lethal in the mosaic state. Premature death is common. However, the most common sequelae are the occurrence of unusual tumors. The care of patients with this syndrome is a challenge due to medical and psychosocial consequences.

Keywords: Proteus syndrome; Hamartoma; Lipoma.

 

Técnica da iguana para estabilização de cânula endotraqueal ou nasotraqueal para trauma facial

Adriana Sayuri Kurogi; Gilvani Azor de Oliveira e Cruz; Ivan Maluf Junior; Guilherme Berto Roca; Isis Scomação; Dirlene Taysa Berri
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):27 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português PDF Inglês

Síndrome de Fournier: Reconstrução de bolsa testicular com retalho fasciocutâneo de região interna de coxa

Priscilla Balbinot; Adriana Sayuri Kurogi Ascenço; Isis Juliane Guarezi Nasser; Dirlene Thaisa Berri; Ivan Maluf Junior; Marlon Camara Lopes; Tiago Bodanese; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):329-334 - Artigo Especial

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A síndrome de Fournier é uma infecção multibacteriana de rápida progressão em região perineal. Seu tratamento inclui desbridamento, antibioticoterapia de amplo espectro e terapia com oxigênio em câmara hiperbárica. O desbridamento agressivo tipicamente resulta em perda da cobertura cutânea de toda bolsa escrotal, expondo ambos os testículos. No tratamento, é necessária a utilização de retalhos bem vascularizados para o reestabelecimento das funções. MÉTODO: Apresentamos a aplicação de um retalho fasciocutâneo, aproveitando a rica rede arterial da região interna da coxa para a reconstrução perineal, proposto por Ferreira et al., o qual permite o tratamento de amplos defeitos. CONCLUSÃO: O retalho descrito para reconstrução perineal é bastante versátil. Suas vantagens incluem a possibilidade de ser utilizado em diversas situações clínicas, baixo acometimento de gangrena na região doadora, reconstrução em único estágio e a espessura do retalho adequada para reconstrução desta região.

Palavras-chave: Gangrena de Fournier; Fasciite necrotizante; Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Fournier gangrene is a rapidly progressing multi-bacterial infection in the perineal region. The treatment of this condition includes debridement, broad-spectrum antibiotic therapy, and oxygen therapy in a hyperbaric chamber. Aggressive debridement typically results in the loss of skin coverage of the entire scrotal sac, and the exposure of both testes. During treatment, it is essential to use well-vascularized flaps to ensure the recovery of function. METHOD: We describe the application of a fasciocutaneous flap-which takes advantage of the rich arterial network of the internal region of the thigh-in the perineal reconstruction method proposed by Ferreira et al. that allows for the treatment of large defects. CONCLUSION: The flap is quite versatile. Its advantages include its utility in various clinical situations, low risk of gangrene in the donor area, single-stage reconstruction, and adequate flap thickness for reconstruction.

Keywords: Fournier gangrene; Necrotizing fasciitis; Surgical flaps.

 

Avaliação das variáveis fotográficas em pacientes com indicação de cirurgia do rejuvenescimento facial

Ivan Maluf Junior; Isis Raulino Scomacão; Renato da Silva Freitas; Ruth Maria Graf; Priscila Balbinot; Adriana Sayuri Kurogi
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):28 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Fraturas nasoetmoideorbitais: experiência de 37 anos do Serviço de Cirurgia Craniofacial do Hospital de Cajuru e Hospital do Trabalhador

Gilvani Azor de Oliveira e Cruz; Ivan Maluf Junior; Rafaela Cesario Pereira Maluf; Adriana Sayuri Kurogi; Dirlene Taisa Berri; Marlon Augusto Camara Lopes; Priscila Balbinot; Isis Nasser; Maria Cecilia Closs Ono; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):507-510 - Artigo Especial

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A fratura do complexo nasoetmoideorbital (NEO) permanece como uma das tarefas mais desafiadoras no trauma facial. Corresponde a 2,1% dos casos de trauma de face. Achados clínicos clássicos das fraturas NEOs são telecanto e deformidade com retroposicionamento da pirâmide nasal. O estudo com tomografia computadorizada é imprescindível para determinar detalhes e procurar localizar deslocamentos ósseos e fístulas. O tratamento é direcionado à reconstrução da relação intercantal, da projeção nasal e das estruturas internas da órbita.

Palavras-chave: Osso etmoide/lesões. Osso nasal/lesões. Fraturas orbitárias/cirurgia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

Fractures of the naso-orbitoethmoid complex (NOE) remain one of the most challenging tasks in facial reconstruction and account for 2.1% of facial trauma cases. Clinical analyses of NOE fractures showed that they usually affect the telecanthus and cause deformities that would then require retropositioning of the nasal pyramid. Therefore, computed tomography is an essential technique for further assessment and to identify bone dislocations and fistulas. Treatment involves reconstruction of the intercanthal distance, nasal projection, and internal orbital structures.

Keywords: Ethmoid bone/injuries. Nasal bone/injuries. Orbital fractures/surgery. Reconstructive surgical procedures.

 

Síndrome de Romberg: uma série de casos

Isis Juliane Guarezi Nasser; Dirlene Taysa Berri; Priscila Balbinot; Adriana Sayuri Kurogi Ascenço; Ivan Maluf Junior; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):37 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Fissura facial número 4 de Tessier: expansão tecidual não deve ser a primeira opção

Adriana Sayuri Kurogi; Renato da Silva Freitas; Isis Scomação; Guilherme Berto Roca; Dirlene Taysa Berri; Gilvani Azor de Oliveira e Cruz
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):51 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português PDF Inglês

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons