ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 357 result(s)

Search for : Vírus da SARS; Cirurgia plástica; Coronavírus; Ferimentos e lesões; Desbridamento

Epidemiological profile of scalping victim-patients treated at the Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará

Caio Bacellar Cunha; Raquel de Maria Maués Sacramento; Bernardo Porto Maia; Renan Petta Marinho; Hilton Lobato Ferreira; Dov Charles Goldenberg; Maria Lastenia Chagas Primo Menezes
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):3-8 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: Scalping is a trauma caused by partial or total avulsion of the scalp. It is primarily due to accidental contact of long hair with the rotary shaft of a motor. Rotary shafts suck in the victim's hair, causing traction and abruptly pulling the scalp off. METHODS: A longitudinal, observational, retrospective, and descriptive study of 62 scalping victim-patients treated at Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará was conducted. RESULTS: The most commonly affected patients were children between 7 and 16 years of age (56.4%) and women (93.5%); 59.7% were students and 43.5% were Catholics. CONCLUSIONS: Prophylactic campaigns about the risks of traveling in and maintaining a vessel without motor shaft protection are essential because scalping is primarily caused by hair twisting around the motor shaft.

Keywords: Scalp. Wounds and injuries. Accident prevention.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Escalpelamento é trauma causado por avulsão parcial ou total do couro cabeludo, decorrente, principalmente, de contato acidental dos cabelos longos com motor de eixo rotativo. A alta rotação desses motores gera uma força que suga os cabelos da vítima, tracionando e arrancando o couro cabeludo de forma abrupta. MÉTODO: Foi realizado um estudo observacional transversal, retrospectivo, descritivo, incluindo 62 pacientes vítimas de escalpelamento tratados na Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará. RESULTADOS: Os pacientes mais acometidos foram crianças de 7 anos a 16 anos (56,4%), do gênero feminino (93,5%), sendo 59,7% estudantes e que, predominantemente, praticavam a religião católica (43,5%). CONCLUSÕES: Campanhas profiláticas sobre os riscos de se viajar e manter uma embarcação sem proteção no eixo do motor são fundamentais, uma vez que a tragédia do escalpelamento é causada principalmente pelos cabelos que se enrolam no eixo do motor.

Palavras-chave: Couro cabeludo. Ferimentos e lesões. Prevenção de acidentes.

 

Distant flap transfer with the vascular pedicle section in second stage

RODRIGO PIMENTA SIZENANDO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(4):412-419 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Occasionally, there is no possibility of covering a wound with local grafts or flaps. This study aimed to evaluate the capacity of the distant flap transfer with the vascular pedicle section in second stage to cover the region that suffered substance loss.
Methods: Five patients with substance loss, with no reconstruction option using grafts or local flaps, had their wounds covered by distant flap transfer with the vascular pedicle section in second stage.
Results: The transferred flaps were useful in covering the wounds.
Conclusion: distant flap transfer with the vascular pedicle section in second stage is a simple and effective procedure. Every plastic surgeon must master that.

Keywords: Multiple trauma; Wounds and injuries; Plastic surgery; Wound closure techniques; Autologous transplantation.

 

RESUMO

Introdução: Ocasionalmente não há possibilidade de se cobrir uma ferida com enxertos ou retalhos locais. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resolutividade da transferência de retalho à distância com secção do pedículo vascular em segundo tempo para cobertura de região que sofreu perda de substância.
Métodos: Cinco pacientes com perda de substância, sem opção de reconstrução com enxertos ou retalhos locais, tiveram suas feridas cobertas por retalhos transferidos à distância, com secção dos pedículos vasculares em segundo tempo.
Resultados: Os retalhos transferidos foram eficazes na cobertura das feridas.
Conclusão: A transferência de retalho à distância com secção do pedículo vascular em segundo tempo é procedimento simples e eficaz, que deve ser dominado por todo cirurgião plástico.

Palavras-chave: Traumatismo múltiplo; Ferimentos e lesões; Cirurgia plástica; Técnicas de fechamento de ferimentos; Transplante autólogo

 

Treatment of leprosy-induced plantar ulcers

Katia Torres Batista; Gabriela Bernarda Monteiro; Ulises Prieto Y-Schwartzman; Ana Flavia Saraiva De Sa Aureliano Roberti; Adelaine Gomes Rosa; Carolina Zampronha Correia; Camila Freire Parente Alves da Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(4):497-503 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Leprosy-induced plantar ulcers result from a lack of plantar sensitivity. Objective: This study aimed to describe the treatment provided to patients with leprosy-induced plantar ulcers.
Methods: We retrospectively reviewed the medical records of patients with plantar ulcers treated at Sarah Hospital in Brasilia from 2006 to 2016 and collected information about sex, age, etiology, location, and treatment.
Results: A total of 27 patients (17 [62.96%] men, 10 [37.04%] women; 40.74% were aged 41-60 years) were treated from Goiás and the Federal District. All required ≥1 surgical procedure.
Conclusion: A higher frequency of advanced grade was observed in men, primarily on the first toe. All needed surgical and non-surgical procedures and achieved complete wound healing. Transtibial amputation was required in 1 case and toe amputation in 7 cases; 90% patients developed ulcer recurrence after 1 year.

Keywords: Foot ulcer; Wounds and injuries; Leprosy; Treatment outcome; Therapeutics.

 

RESUMO

Introdução: A úlcera plantar por hanseníase é uma lesão no pé resultante da falta de sensibilidade plantar. O objetivo é descrever o tratamento realizado em portadores de úlceras plantares por hanseníase.
Métodos: Estudo de prontuários de portadores de úlcera plantar atendidos no Hospital Sarah em Brasília, de 2006 a 2016, quanto ao sexo, idade, etiologia, localização e tratamento.
Resultados: Foram atendidos 27 pacientes, 17(62,96%) homens e 10 (37,04%) mulheres, procedentes de Goiás e DF, na faixa etária de 41 a 60 anos (40,74%). Todos necessitaram de um ou mais procedimentos cirúrgicos.
Conclusão: Observou-se maior frequência no sexo masculino, grau avançado, localizadas no primeiro artelho. Todos necessitaram de procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos, evoluindo com cicatrização completa da ferida, amputação transtibial em um caso e de artelhos em sete casos, e 90% dos casos apresentaram recorrência da úlcera após um ano.

Palavras-chave: Úlcera do pé; Ferimentos e lesões; Hanseníase; Tratamento avançado; Terapêutica

 

Fio de sutura elástico

Eduardo Nigri; Elvio Bueno Garcia; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(3):384-390 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Closing large and medium wounds is challenging for surgeons and often leads to the use of graft or flap surgical techniques. These procedures can leave sequelae and even mutilations. An "elastic suture" technique was developed to promote wound healing in a short time span with minor sequelae; however, improvised materials have been used in this procedure.
Objective: To develop a surgical elastic suture thread that can be manufactured and sterilized following the standards of surgical medical products.
Methods: We conducted a patent search, compared the findings with the study device, and researched materials with necessary characteristics such as elasticity and tension. Testing these characteristics in specialized laboratories.
Results: The developed device is a double-needled elastic suture made of silicone that presents tensile strength. Conclusion: Here, we developed a double-needled elastic suture for medium and large wounds.

Keywords: Sutures; Wound closure techniques; Healing; Wounds and injuries; Suture techniques; Plastic surgery.

 

RESUMO

Introdução: O tratamento de grandes e médias feridas é um desafio para os cirurgiões quando precisam fechá-las e, normalmente, são utilizadas técnicas cirúrgicas de enxertias ou retalhos, que podem deixar sequelas e até mesmo mutilações. Ao longo do tempo desenvolveu-se a técnica de "sutura elástica" que promove a cicatrização em curto espaço de tempo com sequelas menores, entretanto o procedimento tem sido realizado com material improvisado.
Objetivo: Desenvolver um fio de sutura elástico cirúrgico que possa ser esterilizado e confeccionado nos moldes dos produtos médicos cirúrgicos.
Métodos: Revisão das patentes existentes por meio da busca de anterioridade e comparação com o dispositivo do estudo. Pesquisa de materiais com as características necessárias como elasticidade e tensão. Teste destas características em laboratórios especializados.
Resultados: O produto desenvolvido é um fio elástico com duplo agulhamento para suturas, com matéria prima de silicone que apresenta elasticidade e resistência a tensão.
Conclusão: O fio de sutura elástico, com duplo agulhamento, para feridas de médio e grande porte foi desenvolvido.

Palavras-chave: Suturas; Técnicas de fechamento de ferimentos; Cicatrização; Ferimentos e lesões; Técnicas de sutura; Cirurgia plástica

 

Comparison between surgical sutures and Prineo® in terms of esthetic result and scar formation

Marcela Caetano Cammarota; Luciano Gomes Moura; Ismar Ribeiro Junior; Rafael Quaresma de Lima; Conrado Miranda de Almeida; Leonardo Martins Costa Daher; Daniel Augusto dos Santos Soares; Milena Carvalho Almeida Galdino; Fabricio Tavares Mendonça; José Carlos Daher
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(1):101-108 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Wound healing is a well-organized, directed process of tissue repair. The process can be expedited using topical glues and adhesives, which offer a non-invasive, easily removable alternative to suturing. Furthermore, such products have good tensile strength and involve lower application time. In particular, the Prineo® adhesive is applied to a polyester mesh that covers the wound. METHOD: We carried out a retrospective, cross-sectional study, with subsequent statistical analysis , involving 101 surgical procedures in which wound closure was performed using either nylon sutures or Prineo®. All the procedures were performed between 2012 and 2014. RESULTS: Six patients had contact dermatitis after Prineo® was used, with statistical significance (p = 0.042). Furthermore, Prineo® decreased the rate of scar enlargement (p < 0.05) . There was no statistical difference between the Prineo® and suture groups in terms of scar quality (p = 0.068); in both groups, the scar result was mostly excellent (87 %) to good (27%). CONCLUSION: Patients whose wounds were closed using Prineo® a system involving octyl-2-cyanoacrylate and an associated polyester mesh displayed lower rates of scar enlargement, which depended on whether the thickness of the dermis was satisfactory. However, the same patients had higher rates of contact dermatitis than those whose wounds were closed using surgical sutures. Both groups showed excellent to good scar quality, with no significant difference in terms of esthetic scar results.

Keywords: Healing; Wounds and injuries; Sutures; Nylons; Tissue adhesives.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Cicatrização de ferida é um processo bem organizado que tem como finalidade a reparação tecidual completa. Colas e adesivos tópicos oferecem uma alternativa não invasiva, de retirada fácil e espontânea; boa força tênsil; menor tempo de aplicação, sendo o Prineo® uma cola adesiva associada a uma malha de poliéster aplicados sobre a ferida. MÉTODO: Trata-se de um estudo transversal retrospectivo com análise de 101 procedimentos cirúrgicos no período de 2012 a 2014, nos quais a síntese da ferida operatória ocorreu com fios cirúrgicos de náilon ou Prineo®, sendo aplicada análise estatística. RESULTADOS: Neste estudo, seis pacientes apresentaram dermatite de contato ao uso do Prineo® com significância estatística (p = 0,042). O uso desse sistema diminuiu a taxa de alargamento cicatricial (p < 0,05). O presente trabalho não apresentou diferença estatística (p = 0,068) na qualidade da cicatriz entre os pacientes que utilizaram Prineo® em relação ao grupo controle, demonstrando que em ambos os grupos o resultado cicatricial foi de excelente (87%) a bom (27%) na sua maioria. CONCLUSÃO: Conclui-se no estudo que os pacientes que utilizaram o sistema de octil-2-cianocrilato associado a malha, Prineo®, apresentaram menores índices de alargamento cicatricial, dependentes de uma espessura de derme satisfatória, e maiores taxas de dermatites por contato em relação àqueles em que a ferida foi encerrada com fios cirúrgicos. Os dois grupos demonstraram qualidades cicatriciais excelentes a bons, sem diferença estatística em tais resultados estéticos cicatriciais.

Palavras-chave: Cicatrização; Ferimentos e lesões; Suturas; Nylons; Adesivos teciduais.

 

Microneedling: a review

Adriana Da Silva Ferreira; Daniella Leiros Aita; Meire Aparecida Muneratto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(2):228-234 - Review Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Microneedling, also called percutaneous collagen induction therapy (PCIT), is a technique applied with an equipment called roller. It is suitable for rejuvenation, alopecia, all types of scars, acne, photo rejuvenation, stretch marks, skin flaccidity, melasma, expression wrinkles, and improvement of the general aspect of the skin.
Objective: Perform a literature review to identify the major clinical applications of microneedling.
Methods: The research was done from 2009 to 2018, in electronic databases PubMed and Scielo. The studies recovered were described and analyzed.
Results: We selected 12 articles and two books for their relevant content.
Conclusion: Microneedling is a simple technique, an innovative treatment that has been used for different dermatological pathologies. This method acts by naturally stimulating collagen by responding to the inflammatory process and also by activating the transdermal ingredient access system (TIAS), known as Drug Delivery.

Keywords: Collagen; Wound healing; Rejuvenation; Striae distensae; Wounds and injuries.

 

RESUMO

Introdução: O microagulhamento também denominado como terapia de indução percutânea de colágeno (TIPC), consiste numa técnica aplicada através de um equipamento chamado roller. A técnica é indicada para rejuvenescimento, alopecia, todos os tipos de cicatrizes, acne, foto rejuvenescimento, estrias, flacidez de pele, melasma, rugas de expressão e melhora do aspecto geral da pele.
Objetivo: Realizar revisão da literatura para identificar as principais aplicabilidades clinicas no uso do microagulhamento.
Métodos: A pesquisa foi realizada no período de 2009 a 2018, em bases de dados eletrônicas PubMed e Scielo. Os estudos assim recuperados foram descritos e analisados.
Resultados: Foram selecionados 12 artigos e 2 livros por apresentar conteúdo relevante.
Conclusão: O microagulhamento é uma técnica simples, tratamento inovador e vem sendo utilizado para diferentes patologias dermatológicas. A técnica age pela estimulação natural de colágeno através da resposta ao processo inflamatório e outra facilitando o sistema de acesso transdermal de ingredientes (SATI), conhecido como Drug Delivery.

Palavras-chave: Colágeno; Cicatrização; Rejuvenescimento; Estrias de distensão; Ferimentos e lesões

 

O uso de retalhos microcirúrgicos em cirurgia reparadora do pé: revisão de literatura e série de casos

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Lucas Machado Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.2):49-51 - 33ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Patients with complex foot injuries were often amputated until 1981 when reconstructive microsurgery began in Fortaleza. The greater anatomy and advanced surgical techniques knowledge made possible a master's work in 2001, proposing the latissimus dorsi free flap as a way to change this reality. In these 17 years, advances and new options in microsurgical flaps management have led the authors to question what are the most commonly used flaps nowadays.
Objective: To review in literature the microsurgical flaps currently used in foot repair and to present results of nine patients operated in 2017.
Methods: We selected eight cases with foot injury in a weight bearing region operated in a tertiary hospital in 2017, excluding those with lesions in other regions of foot and lower limb and it was carried out bibliographic research selecting 14 works on the subject in last 6 years in Capes Journal.
Results: In 14 articles selected, 356 patients underwent foot reconstruction by microsurgery and the anterolateral thigh part was the most used, accounting for 55.61% of flaps. The nine cases operated by the authors were reconstructed with this flap.
Discussion: Surgical flap choice should consider, among several factors, total surgical time, and ability to tolerate pressure while walking, donor site morbidity, possibility of wearing shoes and the need for secondary refinements. In literature and in the series observed in the study, anterolateral thigh flap proved to be versatile and with many advantages among the cited ones.
Conclusion: Calcaneal and foot tissues are difficult to recover because there is no substitute that is completely adequate, which ultimately requires constant training by the plastic surgeon to be prepared for increasingly complex reconstructions, and in these, microsurgical flaps are strong allies.

Keywords: Microsurgery; Foot deformities, Acquired; Surgery, plastic; Perforator flap; Wounds and injuries.

 

RESUMO

Introdução: Pacientes portadores de lesões complexas do pé eram muitas vezes amputados até 1981 quando se iniciaram em Fortaleza as microcirurgias reparadoras. O maior conhecimento da anatomia e de técnicas cirúrgicas avançadas possibilitou trabalho de mestrado no ano 2001 propondo o retalho livre de músculo grande dorsal como forma de mudar essa realidade. Nesses 17 anos, os avanços e as novas opções no manejo dos retalhos microcirúrgicos levaram os autores a questionar quais os retalhos mais utilizados atualmente.
Objetivo: Revisar na literatura os retalhos microcirúrgicos utilizados atualmente na reparação do pé e apresentar resultados de oito pacientes operados em 2017.
Métodos: Foram selecionados 8 casos com lesão do pé em região de suporte de peso operados em hospital terciário em 2017 sendo excluídos aqueles com lesões de outras regiões do pé e membro inferior e realizada pesquisa bibliográfica selecionando 14 trabalhos sobre o tema nos últimos 6 anos no Periódicos Capes.
Resultados: Nos 14 artigos selecionados foram contabilizados 356 pacientes submetidos a reconstrução do pé por microcirurgia sendo o anterolateral da coxa o mais utilizado perfazendo 55,61% dos retalhos. Os 8 casos operados pelos autores foram reconstruídos com este retalho.
Discussão: A escolha pelo retalho adequado para a cirurgia deve considerar, dentre diversos fatores, o tempo cirúrgico total, a capacidade de tolerar pressão na deambulação, a morbidade da zona doadora, a possibilidade de usar calçados e a necessidade de refinamentos secundários. Na literatura e na série observada no estudo, o retalho anterolateral da coxa se mostrou versátil e com muitas vantagens dentre as citadas.
Conclusão: O tecido do calcâneo e do pé é de difícil recuperação pois não há um substituto totalmente adequado, o que acaba por exigir do cirurgião plástico constante formação e preparo para reconstruções cada vez mais complexas e nestas, os retalhos microcirúrgicos, são fortes aliados.

Palavras-chave: Microcirurgia; Deformidades adquiridas do pé; Cirurgia plástica; Retalho perfurante; Ferimentos e lesões.

 

Epidemiological analysis and evolution of patients undergoing reconstructive plastic surgery in a trauma referral hospital

FABIEL SPANI VENDRAMIN; FERNANDA ARAÚJO SANTOS; ADRIA NATUANE NOGUEIRA FONSECA; JUAN PABLO DE SÁ; LETICIA SAYUMI MORIKAWA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(1):101-107 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Trauma injuries are sudden aggravations to health that may lead to temporary disabilities and interfere with the victim's quality of life. The reconstructive plastic surgery (RPS) unit of the Urgency and Emergency Metropolitan Hospital (Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência - HMUE) is a referral unit for the treatment of trauma patients in the state of Pará, Brazil.
Methods: This was an observational, analytical, and cross-sectional prospective study. The study population was composed of 78 patients treated from December 2015 to December 2016.
Results: The study population was predominantly male, autonomous, and aged between 21 and 30 years. Traffic accidents were the most frequent cause of trauma. The most affected area was the lower limbs, and the most common type of surgery performed was grafting. Viability was in the range of 90-100% in both patients undergoing graft and flap surgery. No significant association was found between the age range of patients and the degree of viability. However, there was a relationship between the number of days from the accident until the medical intervention and the degree of graft viability.
Conclusion: Patients admitted to the hospital on the same day of the accident were six times more likely to present graft viability above 80%, and therefore, to have a favorable outcome.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Epidemiology; Wounds and injuries; Clinical Evolution

 

RESUMO

Introdução: Lesões decorrentes de trauma são agravos súbitos à saúde que podem levar a deficiências temporárias e interferir na qualidade de vida das vítimas. O serviço de Cirurgia Plástica Reparadora (CPR) do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) atua como a unidade de referência no tratamento de feridas dos pacientes vítimas de trauma no Estado do Pará.
Métodos: Estudo observacional analítico, do tipo transversal prospectivo. A população foi composta por 78 pacientes atendidos no período de dezembro de 2015 até dezembro de 2016.
Resultados: A população predominante foi de pacientes do sexo masculino, autônomos, entre 21 a 30 anos. Os acidentes automobilísticos foram os mais prevalentes. A área corporal mais afetada foi a dos membros inferiores e o tipo de cirurgia mais realizada foi enxerto. Tanto entre os pacientes submetidos à cirurgia de enxerto quanto os de retalho, predominou a viabilidade no intervalo de 90-100%. Não foi verificada associação significativa da faixa etária dos pacientes sob o grau de viabilidade. Houve relação entre o número de dias do acidente até a intervenção com o grau de viabilidade do enxerto.
Conclusão: Os pacientes internados no hospital no mesmo dia do acidente têm seis vezes mais chance de apresentar viabilidade do enxerto acima de 80% e, portanto, desfecho favorável.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Epidemiologia; Ferimentos e lesões; Evolução clínica

 

Reconstructive surgery in the context of Covid-19: complications in the treatment of an inguinal complex wound

Vinícius Gomes Da Silveira; Pedro Soler Coltro; Henrique Ovidio Coraspe Gonçalves; Diogo Hummel Hohl; Gabriel Maziero Alves Silva; Jayme Adriano Farina-Junior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(3):353-357 - Case Reports

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: At the end of 2019, the world saw the emergence of a new respiratory syndrome called Covid-19, caused by a new type of coronavirus, Sars-CoV-2. Classified as a pandemic, it has caused impacts of considerable magnitude.
Case Report: A 57-year-old man developed a right inguinal wound after surgical exploration for infection of a prosthesis used in a femur-popliteal bypass. The Plastic Surgery team opted for treatment with surgical debridement associated with negative pressure therapy to prepare the wound bed. In the postoperative period, he had severe acute respiratory syndrome and suspected Covid-19, requiring intubation and intensive care. A sample for RT-PCR of Sars-CoV-2 was collected, and the medications chloroquine and azithromycin were associated with the treatment. Despite intensive treatment, the patient died. The result of the RT-PCR test for the new coronavirus was positive, being released two days after death.
Discussion: The analysis of this report allows us to suppose that the patient probably contracted the new coronavirus at the hospital, as he was hospitalized for 35 days before the evolution of respiratory failure. This fact, together with its unfavorable evolution, corroborates the orientation of minimizing hospitalizations and surgical procedures as much as possible to promote more safety for the patient and the health team.
Conclusion: Inpatients are susceptible to infection with the new coronavirus and can set up a group at higher risk since many of them are already weakened.

Keywords: SARS virus; Plastic surgery; Coronavirus; Wounds and injuries; Debridement.

 

RESUMO

Introdução: No final de 2019, o mundo viu surgir uma nova síndrome respiratória denominada Covid-19, causada por um novo tipo de coronavírus, o Sars-CoV-2. Classificada como uma pandemia, ela tem causado impactos de magnitude ainda imensuráveis.
Relato de caso: Homem de 57 anos desenvolveu ferida inguinal direita, após exploração cirúrgica por infecção de prótese usada em bypass femoro-poplíteo. A equipe de cirurgia plástica optou pelo tratamento com desbridamento cirúrgico, associado com terapia por pressão negativa para preparo do leito da ferida. No pós-operatório, apresentou síndrome respiratória aguda grave e suspeita de Covid-19, com necessidade de intubação e de cuidados intensivos. Foi colhido amostra para RT-PCR do Sars-CoV-2 e associado ao tratamento as medicações cloroquina e azitromicina. Apesar do tratamento intensivo, o paciente foi a óbito. O resultado do exame RT-PCR para o novo coronavírus foi positivo, sendo liberado dois dias após a morte.
Discussão: A análise deste relato permite supor que o paciente provavelmente contraiu o novo coronavírus dentro do próprio hospital, pois o mesmo encontrava-se internado pelo período dos 35 dias anteriores à evolução para insuficiência respiratória. Esse fato, juntamente com sua evolução desfavorável, corrobora a orientação de minimizar ao máximo as internações e os procedimentos cirúrgicos a fim de promover maior segurança ao paciente e à equipe de saúde.
Conclusão: Pacientes internados estão susceptíveis à infecção pelo novo coronavírus e podem configurar grupo de maior de risco, uma vez que muitos deles já se encontram debilitados.

Palavras-chave: Vírus da SARS; Cirurgia plástica; Coronavírus; Ferimentos e lesões; Desbridamento

 

Covid-19 and Plastic Surgery: a case report of complex wound treatment

HENRIQUE OVIDIO CORASPE GONÇALVES; PEDRO SOLER COLTRO; VINÍCIUS GOMES DA SILVEIRA; DIOGO HUMMEL HOHL; GABRIEL MAZIERO ALVES SILVA; JAYME ADRIANO FARINA-JUNIOR
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(4):483-486 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The Covid-19 pandemic significantly changed the routine and work of medical specialties. We report the case of a patient treated by Plastic Surgery who contracted the Sars-CoV-2 virus.
Case report: A 66-year-old man with a complex wound on his ankle was treated with surgical debridement and negative pressure therapy, and subsequently underwent cutaneous wound coverage with a partial skin graft. In the immediate postoperative period, a dry cough started. That same day a positive examination of the new coronavirus was confirmed in another patient who was in the same room. Therefore, we requested PCR testing, which was also positive for the presence of Sars-CoV-2. The patient evolved well, being discharged on the 5th postoperative day, after the removal of Brown's dressing, and returning after the recommended isolation period (14 days).
Discussion: The management of patients who need surgical procedures during a viral pandemic must consider the adoption of preventive measures that reduce the possibility of transmission of the virus. As an example, we mention the reduction in hospital stay, the use of therapies that speed up the therapeutic process, the isolation of the patient on confirmed cases, and the use of personal protective equipment.
Conclusion: Despite the infection of this patient by Sars-CoV-2, we emphasize that the Plastic Surgery team must act early during the treatment process. Such actions reduce the possibility of spreading the new coronavirus to other patients and the healthcare team.

Keywords: SARS virus; Plastic surgery; Coronavirus; Wounds and Injuries; Debridement

 

RESUMO

Introdução: A pandemia decorrente da Covid-19 modificou de forma significativa a rotina e o trabalho das especialidades médicas. Relatamos o caso de um paciente tratado pela cirurgia plástica que contraiu o vírus Sars- CoV-2.
Relato de caso: Homem de 66 anos, com ferida complexa em tornozelo, foi tratado com desbridamento cirúrgico e terapia por pressão negativa, sendo posteriormente submetido à cobertura cutânea da ferida com enxerto de pele parcial. No pós-operatório imediato, iniciou quadro de tosse seca, sendo que nesse mesmo dia havia sido confirmado um exame positivo do novo coronavírus em outro paciente que estava no mesmo quarto. Diante disso, solicitamos testagem com PCR que também resultou positiva para presença de Sars-CoV-2. O paciente evoluiu bem, com alta hospitalar no 5º dia de pós-operatório, após a retirada do curativo de Brown, e com retorno após o período de isolamento preconizado (14 dias).
Discussão: O manejo de pacientes que necessitam de procedimentos cirúrgicos em meio a uma pandemia viral deve considerar a adoção de medidas preventivas que reduzam a possibilidade de transmissão do vírus. Como exemplo, citamos a redução do tempo de internação hospitalar, o uso de terapias que aceleram o processo terapêutico, o isolamento do paciente em casos confirmados e o uso de equipamentos de proteção individual.
Conclusão: Apesar da infecção deste paciente pelo Sars-CoV-2, enfatizamos que a equipe de cirurgia plástica deve atuar de maneira precoce durante o processo de tratamento. Tais ações reduzem a possibilidade de disseminação do novo coronavírus para outros pacientes e para equipe de saúde.

Palavras-chave: Vírus da SARS; Cirurgia plástica; Coronavírus; Ferimentos e lesões; Desbridamento

 

The medial plantar flap: a case series

Jefferson Lessa Soares de Macedo; Simone Corrêa Rosa; Altino Vieira de Rezende Filho Neto; Adilson Alves da Silva; Alex Corcino Silva de Amorim; Izabelle Montanha Barbosa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):256-261 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Reconstructive coverage of foot defects, especially those of the calcaneus region, is a unique technical challenge for the surgeon due to the high degree of specialization of the tissues involved and the relative immobility of the proximal tissues. METHODS: In the present study, we present our experience with the use of the flap based on the medial plantar artery to cover tissue defects in the foot, especially in the region of the calcaneal fat pad. Twelve medial plantar artery flaps constructed from 2001 to 2013 at the As a Norte Regional Hospital, Brasília, DF, were included. RESULTS: Of the 12 patients with the medial plantar artery flaps, 10 were men and 2 were women. The indications were traumatic tissue loss of the plantar fat pad in 10 patients and of the dorsum of the foot in two cases. All flaps were elevated as fasciocutaneous pedicle flaps based on the medial plantar artery. All the flaps healed without major complications, except one case that involved partial loss . The donor area was covered with a partial skin graft and there was one case of partial graft loss. The flap displayed a slightly lower protective sensitivity than the normal side. CONCLUSION: According to the results, the medial plantar flap is a good option for covering traumatic foot defects, especially those affecting the calcaneus. The versatility of the flap allows the coverage of defects of the calcaneus (e.g., the Achilles tendon and plantar fat pad regions), as well as those affecting the dorsum of the foot. The coverage of the plantar fat pad region with skin of similar texture and protective sensitivity confers to the medial plantar flap a large advantage over other flaps for reconstruction of this region.

Keywords: Calcaneus; Wounds and injuries; Reconstructive surgical procedures; Foot trauma.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A cobertura do pé e especialmente da região do calcâneo são desafios técnicos para o cirurgião devido ao alto grau de especialização dos tecidos envolvidos e à relativa imobilidade dos tecidos próximos. MÉTODOS: No presente estudo, apresentamos nossa experiência com uso do retalho baseado na artéria plantar medial para cobertura de defeitos teciduais no pé, especialmente na região de apoio plantar no calcâneo. Doze retalhos da artéria plantar medial feitos de 2001 a 2013 no Hospital Regional da Asa Norte, Brasília, DF, foram incluídos. RESULTADOS: Dos 12 pacientes, 10 eram homens e dois eram mulheres. As indicações foram perda traumática do coxim do calcâneo em 10 pacientes e dorso do pé em dois casos. Todos os retalhos foram elevados como retalhos pediculados fasciocutâneos baseados na artéria plantar medial. Todos os retalhos cicatrizaram sem maiores complicações, exceto um caso com perda parcial. A área doadora foi coberta com enxerto de pele parcial e houve um caso de perda parcial do enxerto. Os retalhos apresentaram uma sensibilidade protetora levemente inferior ao lado normal. CONCLUSÃO: De acordo com os resultados, o retalho plantar medial é uma boa opção para cobertura do pé, especialmente do calcâneo. A versatilidade do retalho permite a cobertura de defeitos no calcâneo sobre o tendão de Aquiles e apoio plantar, assim como o dorso do pé. A cobertura da região de apoio plantar com pele de textura similar e sensibilidade protetora confere a esse retalho uma grande vantagem sobre outros retalhos para reconstrução dessa região.

Palavras-chave: Calcâneo; Ferimentos e lesões; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Traumatismos do pé.

 

A profile of patients with lower limb trauma treated by the Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência reconstructive surgery team

Thamy Harumi Cardoso Motoki; Karen Costa Carvalho; Fabiel Spani Vendramin
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):276-281 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: In the area of medical emergency services, the incidence of trauma to the lower limbs is growing, and excessive damage may result in incapacity and physical disabilities. The aim of this study was to evaluate the epidemiological profile of patients with lower limb trauma who were treated by the reconstructive surgery team of Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência. METHODS: This prospective cohort study included patients with lower limb trauma who were under the care of the reconstructive surgery team. RESULTS: The study mainly included young male road accident victims (primarily motorcycle) with dark complexions who were single and had not completed their elementary education. Ninety percent of the subjects had a paid occupation with a per capita mean monthly income of R$290.76 [122.76 USD]. Sixty-five percent of these subjects were alcohol consumers and 35% were smokers. The majority of the patients came from interior areas of Pará. The most commonly sustained injuries were contused lacerated wounds of the leg with exposure of the underlying structures. The median length of time between the trauma occurrence and surgery was 32.5 days. The principal reasons for postponing surgery included delays in approval for patient assessment by the plastic surgery team and waiting for the wound condition to improve. Reconstruction with flaps was used in 65% of cases with or without grafts, with the most common procedure using reverse-flow sural flaps. A cutaneous graft alone was used in 35% of the patients. CONCLUSIONS: Young, low-income, motorcycle-riding males with poor education levels, dark complexions, and alcohol consuming and smoking habits are the most involved in accidents that cause injuries to the lower limbs and require surgical reconstruction.

Keywords: Plastic surgery. Lower extremity. Reconstructive surgical procedures. Surgical flaps. Wounds and injuries.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Nos serviços de urgências médicas, é crescente a incidência de lesões traumáticas de membros inferiores com perda de substância, que podem ocasionar deficiências e incapacitação física. O objetivo deste estudo foi avaliar o perfil epidemiológico das vítimas de trauma em membro inferior, atendidas pela equipe de cirurgia reparadora do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência. MÉTODO: Foi realizado um estudo de coorte prospectivo com pacientes que sofreram trauma de membro inferior e que se encontravam sob os cuidados da equipe de cirurgia reparadora. RESULTADOS: A amostra foi majoritariamente composta por homens jovens, vítimas de acidente de trânsito (principalmente por motocicletas), pardos, solteiros e com ensino fundamental incompleto. Noventa por cento dos pesquisados exerciam alguma atividade remunerada e apresentavam renda per capita mensal média de R$ 290,76. Sessenta e cinco por cento dos pesquisados eram etilistas, dos quais 35% eram tabagistas. A maioria dos pacientes era proveniente do interior do Pará. As lesões mais comuns eram as lacerocontusas, localizadas na perna e com exposição de estruturas nobres. O tempo decorrido entre o trauma e a cirurgia apresentou mediana de 32,5 dias. Os principais motivos de retardar a cirurgia foram atrasos na solicitação para que a equipe da cirurgia plástica avaliasse o paciente e espera para melhorar as condições da ferida. Retalhos foram utilizados em 65% dos casos, acompanhados ou não de enxertos, sendo o mais frequente o sural de fluxo reverso. Em 35% dos pacientes, realizou-se enxerto cutâneo isoladamente. CONCLUSÕES: Homens jovens, de baixa renda, com pouca escolaridade, pardos, etilistas, tabagistas e usuários de motocicletas são os mais envolvidos em acidentes que ocasionam lesões em membros inferiores que necessitam de reparo cirúrgico.

Palavras-chave: Cirurgia plástica. Extremidade inferior. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Retalhos cirúrgicos. Ferimentos e lesões.

 

Prototyping: applications in craniomaxillofacial surgery at the Brazilian National Institute of Traumatology and Orthopedics (INTO)-RJ

Pablo Maricevich; Eduardo Pantoja; André Mansur; Acrysio Peixoto; Julia Amando; Philip Yin Vieira Borges; André Braune; José Augusto Nasser; Ricardo Lopes da Cruz
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):626-632 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Prototyping is a process of construction in order to obtain physical prototypes from 3D digital models. The introduction of prototyping in medicine is a recent event. Case 1: An 18-year-old patient with a 192 cm2 cranial defect secondary to a decompressive craniectomy. A cranioplasty was performed using a customized prosthesis manufactured by prototyping. Case 2: A 34-year-old patient with a panfacial fracture sequelae. This patient had a relevant defect in the zygomatico-orbital complex, with great zygoma dislocation. Surgical planning was performed using the prototype, which was taken to the surgery room to support the surgery. Case 3: A 29-year-old patient with a mandibular ameloblastoma from the subcondylar region to the right parasymphysis. Prototyping of the craniofacial skeleton and fibula were carried out in addition to a model surgery that was performed on the previous day. Discussion: Prototyping can be applied to craniofacial surgery in many ways, such as customized prosthesis manufacturing, surgical planning, and education of residents and patients. In case 1, a customized prosthesis had the advantage of not requiring a donor area and resulted in excellent esthetic results. In case 2, the presence of the prototype during surgery helped identify the zygoma more quickly in order to reposition it. In case 3, the model surgery helped decrease morbidity of the donor area, define fibular osteotomy and the resection margins, mold the plate, select the screws, ensure the condylar prosthesis fit in the temporomandibular joint (TMJ ), achieve the best occlusion possible, and reduce the surgical time, anesthesia, and hospital-associated costs.

Keywords: Three-dimensional printing; Craniotomy; Injuries and lesions/complications; Mandible/abnormalities.

 

RESUMO

A prototipagem é um processo de construção para obter protótipos físicos a partir de modelos 3D digitais. A introdução da prototipagem na medicina é recente. Caso1 - Paciente de 18 anos portador de defeito craniano de 192 cm2 secundário a uma craniotomia descompressiva. Foi feita uma cranioplastia com prótese customizada confeccionada a partir da prototipagem. Caso 2 - Paciente de 34 anos portador de sequela de fratura panfacial. Apresentava importante defeito do complexo zigomático-orbitário, com grande deslocamento do zigoma. O plano cirúrgico foi feito com o protótipo; e o protótipo foi levado à sala de cirurgia para auxiliar o ato operatório. Caso 3 - Paciente 29 anos portadora de um ameloblastoma de mandíbula da região subcondilar até parassínfise direita. Foi feita a prototipagem do esqueleto craniofacial e fíbula, e uma cirurgia de modelo 1 dia antes. Discussão: A prototipagem pode ter aplicação na cirurgia craniofacial de várias maneiras: confecção de próteses customizadas, planejamento cirúrgico e educação dos residentes e pacientes. No caso 1, a prótese customizada tem como vantagens a ausência de área doadora e o excelente resultado estético. No caso 2, a presença do protótipo na sala de cirurgia ajudou a identificar com mais rapidez o zigoma para resposicioná-lo. No caso 3, a cirurgia de modelo diminuiu a morbidade da área doadora; definiu a osteotomia da fíbula e as margens de ressecção; moldou a placa; escolheu os parafusos; encaixou a prótese de côndilo na ATM; alcançou a melhor oclusão possível; e diminuiu tempo cirúrgico, anestesia, e custo hospitalar.

Palavras-chave: Impressão tridimensional; Craniotomia; Ferimentos e lesões/complicações; Mandíbula/anormalidades.

 

Elastic suture as an alternative for the initial wound care in the emergency room

Antonio Petraglia Neto; João Medeiros Tavares Filho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(1):118-122 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

This is a case report of a 44-year-old male patient who was admitted to the emergency room on November 17, 2013, after an accident with a Makita Disc. The patient presented with an extensive wound throughout the dorsal surface of the left thumb, with tendon exposure. The use of elastic suture is demonstrated as the initial care in the emergency department. We present satisfactory resolution in a single surgical procedure of traumatic wounds in a patient presenting with loss of tissue. The chosen surgical approach presented adequate aesthetic result and functional preservation.

Keywords: Sutures; Ambulatory care; Wounds and injuries; Emergency.

 

RESUMO

Relato do caso de um paciente do sexo masculino, 44 anos, que deu entrada pelo Serviço de Emergência, no dia 17 de novembro de 2013, vítima de acidente com disco de Makita, apresentando ferida extensa em toda face dorsal do primeiro quirodáctilo esquerdo e exposição tendínea. Demonstra a utilização de sutura elástica, em atendimento inicial na urgência, e a possibilidade de tratamento de ferida traumática com perda de substância, com resolução satisfatória em único tempo cirúrgico. A opção cirúrgica apresentou resultado funcional adequado e preservação estética.

Palavras-chave: Suturas; Assistência ambulatorial; Ferimentos e lesões; Urgência.

 

Pyoderma gangrenosum after trauma to the dorsum of the hand

Altino Vieira de Rezende; Jefferson Lessa Macedo; Simone Correa Rosa; Heloiza Gutierrez Yamamoto; Thaiane da Guia Rosa Fioravante; Jorge Emílio França Garcia; Guilherme Debiazi Cordini; Flavio Freitas Gondim
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(1):121-128 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Cullen’s postoperative gangrene, also called pyoderma gangrenosum (PG) or sterile neutrophilic abscess, was first described in the medical literature by Cullen in 1924. Later Brusting et al., in 1930, described PG in more detail.
Objective: To report a rare case of pyoderma gangrenosum (PG) in an extraneous limb that was triggered by blunt trauma to the dorsum of the hand.
Discussion: A histopathological exam is not sufficient to diagnose PG, Therefore, a PG diagnosis is based on clinical evidence. The clinical presentation is variable and includes rare bullous, pustular and vegetative forms. Other rare forms of PG occur at sites of pathergy (20-30%), periostomal skin, the dorsum of the hand, the head and neck. PG can also be multisystemic and paraneoplastic.
Conclusion: The appearance of sudden-onset PG is rare in the dorsum of the hand. It is important to classify PG’s clinical forms, and to establish associations between PG and underlying pathologies. It is also very important to avoid surgery during early PG. The many drugs used to treat PG, and the multiple patient responses, demonstrate the difficulty of standardizing treatment. Physicians may have to use an empirical approach to select the appropriate drug for each patient.

Keywords: Pyoderma gangrenosum; Wounds and injuries; Multiple trauma; Upper extremity; autoimmune diseases.

 

RESUMO

Introdução: A gangrena pós-operatória de Cullen, também denominada de pioderma gangrenoso (PG) ou abscesso neutrofílico estéril, pelo fato das lesões cutâneas não conterem micro-organismos patogênicos teve sua primeira aparição na literatura médica no ano de 1924, pelo relato feito por Cullen, segundo Schofer e Baur. Mais tarde Brusting et al., em 1930, acrescentaram maiores detalhes a descrição inicial.
Objetivo: Relatar um caso raro de pioderma gangrenoso (PG) em extremidades de membros desencadeado por um trauma contuso em dorso de mão.
Discussão: O exame histopatológico do PG não é diagnóstico, portanto, a elucidação do quadro se baseia em evidências clínicas. A apresentação clínica é variável: a bolhosa, pustulosa e vegetante. Outras formas raras incluem o PG em locais de patergia (20-30%), periostomal, dorso da mão, PG maligno ou da cabeça e pescoço, multisistêmico e paraneoplásico.
Conclusão: O aparecimento do PG é de início súbito e raro em dorso de mão. É importante classificar sua forma clínica, estabelecer associações com patologias de base. A diversidade de drogas para a terapêutica demonstra a dificuldade de padronização de tratamento com variadas respostas, que pode ser empírico e evitar abordagem cirúrgica precoce.

Palavras-chave: Pioderma gangrenoso; Ferimentos e lesões; Traumatismo múltiplo; Extremidade superior; Doenças

 

Elastic suture: a treatment option for extensive skin loss

DOUGLAS SEVERO FRAGA; AMANDA LESZCZYNSKI PRETTO; YASMIN PODLASINSKI DA SILVA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(1):148-150 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Extensive skin loss presents major challenges for plastic surgeons, making it necessary to develop different techniques to close extensive wounds. In this context, the elastic suture technique was performed in two patients at the Independência Hospital of the Divina Providência Group in Porto Alegre. This alternative technique was fast and effective and had a low cost. The technique is divided into two stages: the elastic suture itself, which consists of the approximation of the wound edges with the aid of an elastic band; and closure of the skin already approximated in the previous stage. The elastic suture is a highly safe and simple closure technique with the ability to approximate the edges of extensive wounds, avoiding the use of more complex techniques in some cases.

Keywords: Suture techniques; Bottom edge; Wounds and injuries; Rubber; Healing

 

RESUMO

Em meio a tantos desafios aos quais os cirurgiões plásticos são impostos quando se trata de grandes perdas cutâneas, faz-se necessário o desenvolvimento de diferentes métodos de fechamento de grandes feridas. Assim sendo, foi realizada a técnica da sutura elástica em dois pacientes do Hospital Independência do grupo Divina Providência em Porto Alegre, uma alternativa que se demonstrou rápida, eficaz e de baixo custo. A técnica é dividida em duas etapas, a primeira com a sutura elástica propriamente dita - na qual consiste na maior aproximação dos bordos com auxílio de um elástico -, e a segunda com o fechamento da pele já aproximada pela fase anterior. Assim sendo, com o uso da técnica nesses dois pacientes, foi possível concluir que a sutura elástica é uma técnica de fechamento simples, com grande segurança e funcionalidade para aproximação de bordos de grandes feridas, evitando, em alguns casos, o uso de técnicas mais complexas.

Palavras-chave: Técnicas de sutura; Extremidade inferior; Ferimentos e lesões; Borracha; Cicatrização

 

Reinsertion of traumatic avulsion of the superficial and deep flexor tendons of the little finger using the pull-out technique

HENRIQUE MANSUR; CESAR GONÇALVES; ISNAR CASTRO; JOÃO LUIZ DURIGAN
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(4):599-604 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Simultaneous closed traumatic avulsion of both the deep flexor tendon and the superficial flexor tendon of the fingers is rare, and only nine cases have been reported in the literature since 1984. Several surgical procedures for repairing flexor tendon lesions have been described, but there is no consensus on the best approach to reinsert the tendon. We report the case of a patient who suffered a traumatic avulsion of the superficial flexor tendon and the deep flexor tendon of the fifth finger, which was surgically treated using the pull-out technique.

Keywords: Wounds and injuries; Tendons; Rupture; Reconstructive surgical procedures; Hands

 

RESUMO

A lesão fechada simultânea por avulsão do tendão flexor profundo e do tendão flexor superficial dos dedos é rara, tendo sido relatados somente nove casos na literatura desde 1984. Foram descritas diversas técnicas para o reparo cirúrgico da lesão dos tendões flexores, todavia, sem um consenso sobre a melhor forma de reinserção do tendão. Relatamos o caso de um paciente que sofreu avulsão traumática do tendão flexor superficial e do tendão flexor profundo do 5º dedo, que foi tratado cirurgicamente pela técnica de Pull-Out.

Palavras-chave: Ferimentos e lesões; Tendões; Ruptura; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Mãos

 

Eponychium flap for nail lengthening: series of cases

ANA LAURA CUNHA; TANIA LENA; LUCIA D OLIVEIRA; MATIAS CRAVIOTTO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):67-69 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: The eponychium flap for nail lengthening has been shown to improve the aesthetic result in partial fingertip amputations. The aim of this work is to describe our experience using a modification of the eponychium flap described by Bakhach, at the University Hospital.
Method: We included 6 patients from the Chair of Plastic Surgery of the University Hospital assisted in 2018, with fingertip injuries treated with eponychium flap for nail lengthening, with modified Bakhach technique.
Results: Good to very good results were achieved in all cases, with a nail lengthening of 3 to 5 mm. There was one complication (infection).
Conclusions: The eponychium flap achieves very good esthetic results in fingertip defects with partial compromise of the nail bed. It is an easily reproducible technique, which can be performed in the same act as the reconstruction of soft parts with local flaps.

Keywords: Hand; Reconstruction; Amputation; Wounds and injuries; Nail diseases

 

RESUMO

Introdução: O retalho do eponíquio para alongamento ungueal tem provado melhorar notavelmente o resultado estético em amputações parciais da ponta do dedo. O objetivo deste estudo é descrever a nossa experiência utilizando uma modificação do retalho do eponíquio descrito por Bakhach, no Hospital Universitário.
Método: Foram incluídos 6 pacientes da Cátedra de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário assistidos em 2018, com feridas da ponta do dedo tratadas com retalho do eponíquio para alongamento ungueal, com técnica de Bakhach modificada.
Resultados: Resultados bons a muito bons foram obtidos em todos os casos, com um alongamento ungueal de 3 a 5 mm. Surgiu uma complicação (infecção).
Conclusão: O retalho de eponíquio alcança resultados estéticos muito bons em defeitos na ponta do dedo, com compromisso parcial do leito ungueal. É uma técnica facilmente reprodutível, que pode ser realizada no mesmo ato que a reconstrução de partes moles com retalhos locais.

Palavras-chave: Doenças da unha; Mãos; Reconstrução; Ferimentos e lesões; Amputação traumática

 

Reconstruction of pelviperineal injuries with perforator flaps: clinical experience with 22 cases

Guilherme Cardinali Barreiro; Lincoln Saito Millan; Hugo Nakamoto; Eduardo Montag; Paulo Tuma Jr.; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(4):680-684 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Plastic surgery consultation is commonly sought for the treatment of pelviperineal injuries in general hospitals. The objective of this study was to present the experience acquired in the treatment of perineal, sacral, and hip injuries with the use of perforator flaps. METHODS: Patients referred to the Plastic Surgery Division of the Clinical Hospital of Medicine College of Universidade de São Paulo for evaluation of pelviperineal and hip wounds from February to May 2009 were retrospectively evaluated. A total of 22 patients underwent reconstruction with skin and fasciocutaneous flaps based on the perforator vessels, according to the inclusion criteria. The average follow-up period was 6 months. RESULTS: Pelviperineal injuries consisted of pressure ulcers in 20 cases (91%), deep infection in 1 case (45%), and perineal hidradenitis in 1 case (4.5%). The choice of flap for reconstruction was dependent on the local wound: 15 cases (68.2%) of sacral ulcers were repaired with a superior gluteal artery perforator flap; 3 cases (13.6%) of ischial ulcers were repaired with an inferior gluteal artery perforator flap; and 2 cases (9.1%) of trochanteric ulcers were repaired using a tensor fascia lata perforator flap. A fasciocutaneous gluteofemoral flap was selected for reconstruction of post Fournier' syndrome in 1 patient and was used after resection of perineal hidradenitis in 1 patient. A new suture for late primary closure was necessary in 3 (13.6%) cases in which the suture line dehiscence was < 10% of the injury perimeter during the first 15 post-operative days. There were no cases of > 3% necrosis of the flap surface. These results were maintained during the follow-up evaluation period. CONCLUSIONS: The results of the study were satisfactory, and the utility of surgical flaps without the incorporation of muscle for pelviperineal reconstruction was demonstrated. This treatment alternative decreases donor site morbidity and preserves the muscular tissue for future interventions.

Keywords: Perineum. Wounds and injuries. Pressure ulcer. Surgical flaps. Plastic surgery.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: As lesões pelveperineais representam grande parcela das interconsultas para o cirurgião plástico em hospitais gerais. O objetivo do presente trabalho é apresentar a experiência obtida no tratamento de pacientes com lesões perineais, sacrais e de quadril com o uso de retalhos com vasos perfurantes. MÉTODO: Foram estudados, retrospectivamente, os pacientes submetidos a avaliação pela equipe da Divisão de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, nos meses de fevereiro a maio de 2009, que apresentavam feridas em região pelveperineal e no quadril. No total, 22 pacientes foram submetidos a reconstrução com retalhos cutâneos e fasciocutâneos baseados em vasos perfurantes, de acordo com os critérios de inclusão. O período de seguimento médio foi de 6 meses. RESULTADOS: A lesão pelveperineal foi úlcera por pressão em 20 (91%) casos, infecção profunda em 1 (4,5%), e hidradenite perineal em 1 (4,5%). A opção dos retalhos foi previamente estabelecida, dependendo do local da ferida: úlceras sacrais, retalho baseado nas perfurantes da artéria glútea superior em 15 (68,2%) casos; úlceras isquiáticas, retalho baseado nos vasos perfurantes da artéria glútea inferior em 3 (13,6%) casos; e úlceras trocantéricas, retalho tensor da fascia lata perfurante em 2 (9,1%) casos. Retalho fasciocutâneo inervado gluteofemoral foi a opção para a reconstrução pós-síndrome de Fournier em um paciente e após ressecção de hidradenite perineal em outro. Houve necessidade de nova sutura para fechamento primário tardio em deiscência < 10% do perímetro da lesão em 3 (13,6%) casos, durante os primeiros 15 dias de pós-operatório. Não houve casos de necrose > 3% da superfície do retalho. Os resultados foram mantidos no período de seguimento avaliado. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos no presente estudo foram satisfatórios e ficou demonstrada a utilidade de retalhos cirúrgicos sem incorporação de músculo para reconstruções pelveperineais. Essa alternativa para tratamento é menos mórbida para as áreas doadoras e preserva o tecido muscular para possível intervenção futura.

Palavras-chave: Períneo. Ferimentos e lesões. Úlcera de pressão. Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica.

 

Systematization of dressings for clinical treatment of wounds

Pedro Henrique de Souza Smaniotto; Marcus Castro Ferreira; Cesar Isaac; Rafael Galli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(4):623-626 - Special Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The treatment of cutaneous wounds includes both medical and surgical methods; dressing is one of the most commonly used clinical treatments. An extensive therapeutic toolkit comprising passive dressings or dressings with active principles can help repair wounds in various situations. Dressings are used to improve the conditions of the wound bed and may occasionally be considered the definitive treatment, whereas in some cases, they may be considered an intermediate step to surgical treatment. Intelligent and biological wound dressings are currently classified as dermal substitutes and will not be discussed in this article. Dressings should be selected on the basis of knowledge of the pathophysiology of wound healing and tissue repair while keeping the systemic problems of the patient in mind.

Keywords: Bandages. Wound healing. Wounds and injuries.

 

RESUMO

O tratamento das feridas cutâneas inclui métodos clínicos e cirúrgicos, sendo o curativo um dos tratamentos clínicos mais frequentemente utilizados. Um vasto arsenal terapêutico composto por curativos passivos ou com princípios ativos é capaz de auxiliar na reparação do tegumento em diversas situações. Curativos visam a melhorar as condições do leito da ferida, podendo ser, em algumas ocasiões, o próprio tratamento definitivo, mas em muitas situações constituem apenas uma etapa intermediária para o tratamento cirúrgico. Curativos inteligentes e biológicos são hoje mais bem classificados como substitutos cutâneos e não serão considerados neste artigo. A escolha do curativo a ser utilizado deve ser baseada no conhecimento das bases fisiopatológicas da cicatrização e da reparação tecidual, sem nunca esquecer o quadro sistêmico do paciente.

Palavras-chave: Bandagens. Cicatrização. Ferimentos e lesões.

 

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license