ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 20 de 64 resultado(s)

Busca por : Reconstrução mamária; Hérnia abdominal; Tela sintética; Retalho TRAM; Mastectomia

Lipoma Mamário Gigante - Relato de Caso

José Horácio Costa Aboudib, Maria Gattorno Cardoso Giaquinto, Érisson José Chagas Carvalho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2002;17(2):11-22 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

É relatado um caso pouco freqüente de lipoma mamário gigante, com evolução lenta desde a adolescência, em uma paciente adulta jovem, enfatizando-se os aspectos clínicos, patológicos, diagnósticos e terapêuticos.

Palavras-chave: Lipoma; mama; mamoplastia; reconstrução mamária; cirurgia

 

ABSTRACT

The manuscript describes a quite infrequent giant breast lipoma progressing slowly since adolescence, in a young female adult. Clinical, pathology, diagnosis and therapeutic aspects are emphasized.

Keywords: Lipoma; breast; mammaplasty; breast reconstruction; surgery

 

Reconstrução Mamária: Princípios Geométricos dos Retalhos Cutâneos em Duplo V

Ewaldo Bolivar De Souza Pinto, Adriane da Costa Muniz, Patrícia Erazo I, Eugênio Gonzalez Cação, Priscila Chiarello de Souza Pinto Abdalla
Rev. Bras. Cir. Plást. 1998;13(3):19-42 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores descrevem os Princípios Geométricos para realização de Reconstrução Mamária com utilização dos Retalhos Cutâneos em Duplo V, associados à Implantação de Prótese de Mama, técnica desenvolvida e usada em 10 pacientes desde 1996. De fácil execução, os retalhos se caracterizam pela facilidade de transposição e rotação, boa viabilidade circulatória e por garantirem adequada forma e posicionamento da neo mama, cujo volume é garantido pelo implante mamário. Além dos bons resultados estéticos obtidos e cicatrizes dissimuladas, do ponto de vista funcional, os retalhos também oferecem maior mobilidade à região axilar outrora retraída. A técnica permite, ainda, a "adequação' da mama contralateral e a reconstrução do complexo aréolo-mamilar, em um único tempo, permitindo menor número de intervenções cirúrgicas, minimizando, desta forma, os traumas da esfera psico-emocional às pacientes portadoras de neoplasia mamária, vítimas das mutilações físico-psíquicas decorrentes das mastectomias.

Palavras-chave: reconstrução mamária; retalhos cutâneos; geometria cirúrgica; zetaplastia; implantes mamários

 

ABSTRACT

The authors describe the Geometric Principles to perform the Mammary Reconstruction utilizing Cutaneous Flaps in Double V, associated with the Implantation of Mammary Prosthesis. This technique has been developed and used in 10 patients since 1996. Easy to be executed, the flaps are characterized by the facility of transposition and rotation, good vascularization viability and by the fact that they assure an adequate shape and positioning of the breast, which volume is assured by the mammary implant. Besides the good aesthetic results and almost unseen scars, by the functional point of view, they achieve a greater mobility to the axillary area, formerly retracted. The technique allows as well the reshaping of the other side breast, nipple and areola complex, in one time surgery, lessening the psycho-emotional traumas to the patients with mammary cancer, victims of physical and psychological mutilations caused by mastectomies.

Keywords: breast reconstruction; cutaneous flaps; surgical geometry; z-plasty; mammary implant.

 

Reconstrução mamária com loja de retalho retropeitoral superior e subcutâneo misto inferior

Ognev Meireles Cosac; Ismar Ribeiro; Luciano Gomes Moura; Daniel Augusto dos Santos Soares; Leonardo Martins Costa Daher; Milena Carvalho Almeida Galdino; Gabriel Campelo dos Santos; Leonardo David Pires Barcelos; Pablo Juarez Calieron; Marcus Vinicius Serra de Oliveira; Lucas Correia Evangelista
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(2):166-173 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) de 2016, estima-se em 57.960 novos casos de câncer de mama no Brasil, o que corresponde a 25% dentre todos os tipos de cânceres no país (excluindo-se os tumores de pele não melanoma). O presente artigo visa apresentar uma forma de abordagem para as reconstruções mamárias imediatas com loja retropeitoral superior e subcutânea mista inferior.
Métodos: Os autores descrevem da técnica de reconstrução mamária com retalho do músculo peitoral e pedículo cutâneo inferior, associado à inclusão de implante mamário de silicone. Foi realizada análise retrospectiva de prontuários das pacientes operadas entre os anos 2012 e 2016 no Serviço de Cirurgia Plástica da clínica privada do autor sênior, no Hospital Daher e no Hospital das Forças Armadas.
Resultados: Os resultados são satisfatórios, com baixos índices de complicações e com satisfação elevada para os pacientes e os autores. Trinta e seis pacientes foram submetidas à reconstrução mamária com a técnica descrita, com média de idade de 59 anos. As complicações apresentadas foram necrose de complexo areolopapilar, deiscência, seroma, hematoma, liponecrose, deslocamento do implante e trombose venosa profunda. Nenhuma paciente teve necessidade de resgate da reconstrução ou apresentou recidiva da neoplasia mamária durante o período do estudo.
Conclusão: Trata-se de técnica que preserva a pele da mama em sua parte inferior, com baixa possibilidade de deiscência ou extrusão do implante nesta região, proporcionando uma dupla proteção deste implante com o músculo peitoral maior nos dois terços superiores e o retalho cutâneo-dermogorduroso no terço inferior, caracterizando um "dual-plane".

Palavras-chave: Mastectomia; Neoplasias da mama; Mamoplastia

 

ABSTRACT

Introduction: A total of 57,960 new cases of breast cancer were expected in Brazil in 2016 according to data from the National Cancer Institute, corresponding to 25% of cancers in the country (excluding non-melanoma skin tumors). This study aims at presenting a surgical approach for immediate breast reconstructions with upper retropectoral and lower mixed subcutaneous cavities.
Methods: The authors performed breast reconstruction using flaps of the pectoral muscle and inferior cutaneous pedicle associated with insertion of silicone breast implants. The medical records of patients operated between 2012 and 2016 at the Plastic Surgery Service of the senior author's private clinic at Daher Hospital and Armed Forces Hospital were retrospectively analyzed.
Results: The results were satisfactory, with low complication rates and high patient and author satisfaction. Thirty-six patients, with a mean age of 59 years, underwent breast reconstruction using the described technique. The complications were nipple-areola complex necrosis, dehiscence, seroma, hematoma, liponecrosis, implant displacement, and deep venous thrombosis. No patient needed salvage surgery or had recurrence of mammary neoplasia during the study period.
Conclusion: The present technique preserves the skin located at the lower portion of the breast, with a low risk of dehiscence or extrusion of the implant in this region, providing a double protection of the implant, with the pectoralis major muscle in the upper two thirds and the cutaneous-dermis-fat flap in the lower third, characterizing a "dual-plane" positioning.

Keywords: Mastectomy; Breast neoplasms; Mammoplasty

 

Reconstrução Mamária com Reinervação Sensitiva do Retalho Tram

Léo Doncatto, MD, Maira Caleffi, MD
Rev. Bras. Cir. Plást. 1997;12(2):35-46 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A reconstrução mamária com o TRAM flap (retalho miocutâneo de músculo reto abdominal) precisa do retorno da sensibilidade para ficar uma cirurgia completa. Uma nova técnica cirúrgica posposta por Doncatto e Hochberg sutura ambos os décimo-primeiros nervos intercostais do TRAM flap com nervos intercostais torácicos. Foram avaliados cinquenta e quatro pacientes submetidas a reconstrução mamária com TRAM flap. Foram vinte e sete pacientes reinervadas cirurgicamente e vinte e sete no grupo controle. A recuperação de tato superficial foi a grande conquista desta cirurgia em vinte e duas pacientes reinervadas no 8º mês após a cirurgia duas pacientes (81,5%) (teste qui-quadrado P< 0,05). No grupo controle o tato superficial esteve presente apenas em três casos (11,2 %). O retorno do tato ocorreu em toda a superfície cutânea do TRAM flap. Houve aumento de resposta aos testes com o passar do tempo pós-cirúrgico. Os testes de pressão profunda e vibração foram positivos em todas as pacientes. A dor superficial e a temperatura estiveram presentes em oito casos do grupo reinervado e três casos do grupo controle.

Palavras-chave: Reconstrução Mamária, Ressensibilização Mamária, Câncer de Mama, Cirurgia Plástica, Mama

 

ABSTRACT

Breast reconstruction with TRAM flap (a myocutaneous flap of the rectus abdominis muscle) needs the return of the sensibility to become a complete surgery. A new surgical technique, proposed by Doncatto and Hochberg sutures both the eleventh intercostal nerves of the TRAM flap to thoracic intercostal nerves. Fifty four patients submitted to breast reconstruction with TRAM flap were evaluated. Twenty seven patients were reinnervated and twenty seven were in a control group. The recuperation of the superficial feeling was the big conquest of this surgery, and it was present in all the twenty two (81,5%) (chi square test p < O,05) patients reinnervated on the 8th month after the surgery. In the control group the superficial feeling was present only in three case (11,2%). The return of the feeling occurred in all the cutaneous surface of the TRAM flap. There was an increase in the response to the tests some time after the surgery. Deep pressure and vibration tests were positive in all the twenty patients. Superficial pain and temperature were present in eight cases of reinnervated group and one case of control group.

Keywords: Breast Reconstruction, Mammary Sensibility, Breast Cancer, Plastic Surgery, Breast.

 

Retalho Bilobulado: Uma Nova Opção na Reconstrução Parcial da Mama

Rodrigo Otávio Gontijo Tostes, Washington Cançado de Amorim, Aloma de Fátima Campos Morici, Leandro Cruz Ramires da Silva, João Carlos Cisneiros Guedes de Andrade Júnior, Albert Christian Corrêa Mendonça
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(2):88-96 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

No tratamento cirúrgico do câncer de mama, as quadrantectomias, quando reparadas por meio da simples aproximação das bordas da área cruenta resultante, podem levar a seqüelas de difícil solução. Os autores apresentam uma nova opção para reconstrução parcial imediata do quadrante súpero-medial da mama por meio do uso de retalho bilobulado com tecido da região torácica lateral. Analisam o resultado da reconstrução em 36 pacientes, com seguimento a curto, médio e longo prazos, levando em consideração a idade dessas pacientes, o volume de mama ressecado por ocasião da quadrantectomia, a lateralidade, tipo histológico e estadio do tumor, avaliando o resultado estético alcançado, tempo operatório para realização da reconstrução e tolerância à radioterapia e à quimioterapia. Concluem que o retalho bilobulado surge como uma boa alternativa na reconstrução mamária dos quadrantes superiores.

Palavras-chave: Neoplasias mamárias, cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Mastectomia segmentar

 

ABSTRACT

In the treatment of breast cancer, the quadrantectomies, when repaired through the simple approximation of the ressected area borders, may lead to sequelae of difficult solution. The authors introduce a new option to immediate partial reconstruction of the superomedial breast quadrant by the use of bilobulated flap with lateral thoracic tissue. They evaluate the result of the reconstruction in thirty six patients in short, medium and long time follow-up, considering the age of these patients, the volume of ressected breast in each occasion, the side of incidence, histological type and stage of the tumor, as well as the aesthetical result achieved, operative time and the reconstruction tolerance to radiotherapy and chemotherapy. The bilobulated flap technique, in conclusion, appears as a good new alternative in the mammary reconstruction of the upper quadrants.

Keywords: Breast neoplasms, surgery. Mastectomy, segmental. Surgical flaps

 

Retalho Trapezóide Nova Técnica para Reconstrução da Papila

Dr. Mauricio Chveid
Rev. Bras. Cir. Plást. 1997;12(1):47-56 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O autor apresenta sua experiência pessoal, com uma nova forma de retalho para a confecção da neopapila nas reconstruções mamárias. A casuística apresentada consta de 50 casos, com observação por quatro anos de pós-operatório. O princípio da técnica baseia-se no fato de que o desenho do retalho tem a dimensão horizontal predominante sobre a vertical, na proporção de 3:1, sendo que o terço central do eixo maior corresponde ao pediculo vascular dérmico, garantindo maior viabilidade ao mesmo. A forma trapezóide do retalho determina ao final do fechamento uma estrutura cônica ou cilíndrica para a neopapila, dependendo da maneira como o desenhamos e como o suturamos. As principais vantagens desse retalho estão no fato de que a área doadora pode ser fechada primariamente por avanço, e o retalho depois de ser modelado pode ser implantado sobre um leito dérmico onde também será enxertada a futura aréola, constituindo-se, assim, num reforço vascular. Essa plataforma dérmica serve de contenção para a neopapila, impedindo seu desabamento. Quando o fechamento do retalho é feito borda a borda, observamos perda de altura de mais ou menos 30% em seis meses. Porém, se a sutura é feita em torsão, essa perda é bastante reduzida e o resultado mais significativo e definitivo. Por essas observações recomendamos seja feita uma hipercorreção em relação ao lado oposto. Até o momento, tivemos apenas dois casos de necrose total e um parcial, o que corresponde a aproximadamente 0,5% de complicações. As indicações se estendem a todas as formas de reconstruções, incluindo as peles que tenham sido irradiadas. A desvantagem estética é que a pele de cor mais clara pode ser perfeitamente eliminada através da enxertia imediata de pele igual à da neo-aréola ou da pigmentação.

Palavras-chave: Papila, Mama, Complexo Aréolo-papilar, Reconstrução Mamária

 

ABSTRACT

The author reports his experience witlr a newjlap for railoring a neo-nipple in breast reconstructions. Aseries of 50 cases with a four year post-operative follow-up is presented. The teclrnique is based on the foct that tire design of tire jlap is predaminalllly horizolllal with a 3: I ratio over the vertical size. The central 1/3 of the greater axis corresponds to tire dermal vascular pedicle, which ensures its greater viability. At closure, the trapezoidjlap determines a conical or cylindrical structure for the neo-nipple, depending on the design and hall' it is sutured. The main advantages oftlris jlap are tlrat tire donor site can be closed primarily by advancemelll and after fashioning, thejlap can be implanted on a dermal bed where thefuture areola will also be grafted. A vascular reinforcement is achieved through this procedure. This dermal platform serves to contain the neonipple. prevellling its collapse. When the jlap is closed margin to margin, a loss is observed in height of about 30% in six months. However, ifthe Slllure is made in a twisted manner, it is substantially reduced with a more significant and definitive result. Because ofthese observations, a hypercorrection compared 10 the opposite side is recommended. Up to the present, only two cases ofcomplete and one ofpartial necrosis have occurred, which corresponds to a complication rate of about 0.5%. It is indicated for all reconstructions, including for irradiated skins. The esthetic disadvantage ofa lighter colored skin can be eliminated by immediate grafting of skin like the neoareola or by pigmentation.

Keywords: Abdominal Flap, Breast Reconstruction, Tram-flap

 

Uso de duas telas de polipropileno na área doadora do TRAM para reconstrução mamária: avaliação na incidência de hérnia e abaulamento abdominal

Ricardo Eustachio de Miranda; Juliana Bottas Pereira; Alfredo Gragnani Filho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):560-566 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O retalho transverso do músculo reto abdominal (TRAM) é um método bem estabelecido para reconstrução mamária. Apresenta como principal desvantagem o grande defeito da área doadora, podendo causar fraqueza da parede abdominal, hérnias e abaulamentos. Diversas táticas de fechamento do defeito da área doadora foram descritas, incluindo fechamento direto da aponeurose do músculo reto abdominal e uso de telas de polipropileno. O objetivo deste estudo foi avaliar os índices de abaulamento e hérnia no pós-operatório de TRAM utilizando a tática cirúrgica de fechamento da área doadora com duas telas de polipropileno. MÉTODOS: Estudo prospectivo em 24 pacientes submetidos à reconstrução mamária unilateral com TRAM monopediculado ou bipediculado e reparo da área doadora com duas telas de polipropileno. Os pacientes foram avaliados quanto à incidência de hérnia e abaulamento no pós-operatório de 3, 6 e 12 meses. RESULTADOS: Ocorreu um caso (4,16%) de abaulamento abdominal e nenhum caso de hérnia. Não houve casos de infecção ou extrusão da tela. CONCLUSÃO: O uso de duas telas de polipropileno na área doadora do TRAM propiciou baixa incidência de hérnias e abaulamentos abdominais.

Palavras-chave: Mamoplastia; Hérnia abdominal; Retalhos cirúrgicos; Retalho miocutâneo; Polipropilenos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The transverse rectus abdominis myocutaneous flap is a well stablished surgery for breast reconstruction. Its main disadvantage is a large defect in its donor site, leading to weakness in the abdominal wall. Many surgical tactics has been described to address the donor site defect, including direct closure of the muscular aponeurotic and use of polypropylene mesh. The purpose of this study was to assess abdominal hernia and bulge after TRAM flap breast reconstruction using two layers of polypropylene mesh in the donor site defect. METHODS: Prospective study in 24 patients who had unilateral TRAM flap breast reconstruction with two layers of polypropylene mesh to close the donor site defect. The patients were evaluated in 3.6 and 12 months of postoperative time for incidence of abdominal hernia and bulge. RESULTS: It was observed one case of abdominal bulge (4.16%) and no case of abdominal hernia. There were no cases of mesh infection or extrusion. CONCLUSION: The use of two layers of polypropylene mesh in the donor site defect of TRAM flap breast reconstruction resulted in low incidence of abdominal hernia and bulge.

Keywords: Mammaplasty; Hernia, abdominal; Surgical flaps; Myocutaneous flap; Polypropylenes.

 

Reconstrução de parede abdominal: série de casos

Kelson Kawamura; Igor Chaves Gomes Luna; Rafael Anlicoara; Priscila da Silva Lopes; Marcel Fernando Miranda Batista Lima
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(1):56-63 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os pacientes com defeitos de parede abdominal chegam ao consultório do cirurgião plástico em situações muitas vezes complexas, necessitando de abordagem cirúrgica avançada. MÉTODOS: Estudo primário, retrospectivo e descritivo de pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos de reconstrução de parede abdominal pelo Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC-UFPE). RESULTADOS: Foram revisados e incluídos os prontuários de 18 pacientes, 15 (83,3%) do sexo feminino e 3 (16,7%) do masculino, com idade variando de 16 a 79 anos (média de 41 anos). Dezessete pacientes possuíam histórico de cirurgia prévia (94,4%), sendo a cesárea presente em 8 dos casos (44,4%), seguida de cirurgia oncológica com 6 (33,3%), cirurgia do trauma com 2 (11,1%) e bariátrica com 2 (11,1%). Em relação à etiologia do defeito, 8 (44,4%) eram decorrentes de fasciite necrosante, 4 (22,2%) de hérnia incisional, 2 (11,1%) por trauma, 2 (11,1%) por infecção de ferida operatória e 2 (11,1%) por neoplasia de parede abdominal, sendo somente um (5,5%) paciente com defeito de espessura total. A técnica cirúrgica de separação dos componentes foi realizada em 7 dos casos (38,9%), seguida de retalho de avanço simples em 6 (33,3%), fechamento com tela associado à abdominoplastia em 3 (16,7%), e expansor tecidual em 2 (11,1%). Quanto às complicações, houve 4 casos (22,2%). CONCLUSÕES: Defeitos de parede abdominal são casos desafiadores para o cirurgião plástico, seu tratamento se mostra árduo, porém com resultados satisfatórios mesmo nos casos mais severos.

Palavras-chave: Parede abdominal; Reconstrução; Fasciite necrosante; Hérnia abdominal; Hérnia ventral.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Patients with abdominal wall defects present challenging complications that require the use of advanced surgical approaches. METHODS: This primary, retrospective, and descriptive study evaluated patients who underwent abdominal wall reconstruction at the Plastic Surgery Service of the Clinics Hospital of the Federal University of Pernambuco. RESULTS: The medical records of 18 patients were reviewed, including 15 women (83.3%) and 3 men (16.7%), with a mean age of 41 years (range, 16-79 years). Seventeen patients (94.4%) had a history of previous surgery. The causes of abdominal injury were cesarean section in eight cases (44.4%), oncologic surgery in six (33.3%), trauma surgery in two (11.1%), and bariatric surgery in two (11.1%). The etiology of the defect was necrotizing fasciitis in eight cases (44.4%), incisional hernia in four (22.2%), trauma in two (11.1%), surgical wound dehiscence in two (11.1%), abdominal wall neoplasia in two (11.1%), and total thickness defect in one (5.5%). The surgical interventions included the component separation technique in seven cases (38.9%), simple VY advancement flap in six (33.3%), closure with abdominoplasty in three (16.7%), and tissue expander in two (11.1%). Four patients (22.2%) presented complications. CONCLUSIONS: Abdominal wall defects are challenging cases for plastic surgeons, as their treatment is difficult, but the results are satisfactory even in the most severe cases.

Keywords: Abdominal wall; Reconstruction; Necrotizing fasciitis; Abdominal hernia; Ventral hernia.

 

Reconstrução mamária com TRAM: uma técnica alternativa para o fechamento do defeito abdominal

Marcela Caetano Cammarota; Conrado Miranda de Almeida; César Augusto Daher Ceva Faria; José Carlos Daher; João Pedro Pontes Camara Filho; Bruno Peixoto Esteves; Dhyego Molinari Di Castro Curado; Rafael Quaresma Lima
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):531-537 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O retalho do músculo reto abdominal, descrito por Drever em 1977, foi posteriormente modificado e, desde então, se tornou rapidamente uma importante alternativa para reconstrução da mama. Dentre as complicações do TRAM, citam-se os abaulamentos e hérnias abdominais na área doadora. Este estudo vem propor uma técnica alternativa de reparo do defeito abdominal, com o objetivo de minimizar tais inconvenientes e proporcionar melhores resultados. MÉTODO: O estudo é de caráter retrospectivo, totalizando 120 mulheres submetidas à reconstrução mamária com TRAM com colocação de tela abdominal, e seguimento mínimo de seis meses, entre Maio de 2003 e Novembro de 2012. As pacientes foram divididas em dois grupos: Grupo 1 (53 casos) reconstruídos com tela de polipropileno posicionada entre os folhetos aponeuróticos dos músculos oblíquo externo e interno, e Grupo 2 (67 casos) realizado fechamento da linha arqueada de Douglas e o remanescente inferior da aponeurose do músculo reto abdominal e reforço com tela. RESULTADOS: As pacientes foram avaliadas pelo mesmo cirurgião, obedecendo aos mesmos critérios. Os resultados obtidos foram 18,9% de abaulamentos no grupo 1 e 3% no grupo 2, estatisticamente significativo. Abaulamentos e hérnias no hipogástrio variam de 20% a 44% e 12,5% a 20% respectivamente, quando fechados primariamente. Quando associado a aplicações de telas sintéticas, esses percentuais diminuem para 1,5% a 6%. O aprimoramento técnico e a comparação de resultados têm a finalidade de minimizar tais complicações. CONCLUSÃO: A técnica descrita mostra-se vantajosa, pois permitiu significativa diminuição da complicação mais comum, permitindo satisfação estética e funcional das pacientes.

Palavras-chave: Reconstrução mamária; Retalho transverso do músculo reto abdominal; Reconstrução da parede abdominal; abaulamentos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The transverse rectus abdominis muscle (TRAM) flap, described by Drever in 1977, was subsequently modified and since then, has rapidly become an important alternative for breast reconstructions. However, bulges and abdominal hernias in the donor area are some of the complications arising from the TRAM flap. This study proposes an alternative technique for the repair of the abdominal defect that minimizes complications and provides better results. METHOD: The retrospective included 120 women who underwent breast reconstruction with TRAM with placement of an abdominal mesh between May 2003 and November 2012, with follow-up of at least six months. Patients were divided into two groups: Group 1 (53 cases) underwent reconstruction with polypropylene mesh positioned between the aponeurotic layers of the external and internal oblique muscles and Group 2 (67 cases) underwent closure of the arcuate Douglas' line and the remaining lower aponeurosis of the rectus abdominis muscle and reinforcement with mesh. RESULTS:  The patients were evaluated by the same surgeon, according to the same criteria. The rate of bulging was 18.9% in group 1 and 3% in group 2, a statistically significant difference. Bulges and hernias in the hypogastrium varied from 20% to 44% and 12.5% to 20% respectively, when closed primarily. When synthetic mesh was used, these percentages decreased to 1.5% to 6%. The technical improvement and comparison of results aims to minimize such complications. CONCLUSION: The technique described is advantageous in that, it significantly reduced the occurrence of the most common complication, and increased the aesthetic and functional satisfaction of the patients.

Keywords: Breast reconstruction; Transverse rectus abdominis muscle Flap; Reconstruction of the abdominal wall; Bulging.

 

Correção cirúrgica de múltiplas hérnias abdominais associada à abdominoplastia: relato de caso

Leonardo Milanesi Possamai*; Mariana Zancanaro; Flávio Maciel de Freitas Neto; Eduardo Zanin; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):26-27 - Contorno Corporal

PDF Português

RESUMO

O abdômen possui importância estética e funcional de extrema importância no ser humano. O reparo da hérnia abdominal muitas vezes causa cicatrizes em posições indesejadas E alterações morfológicas em região abdominal. Relato de caso de paciente submetida à abdominoplastia com posterior surgimento de hérnias abdominais. Para a correção cirúrgica, foi realizada incisão em cicatriz prévia e dissecção ampla de parede abdominal, com suturas de sacos herniários e colocação de tela de polipropileno abrangendo toda área de descolamento. Paciente evolui satisfatoriamente, com melhora da dor abdominal e com resultado estético abdominal satisfatório. Procedimentos não estéticos combinados, como quando associados com hernioplastia, carregam um risco maior do que o procedimento isolado. Nenhum caso semelhante foi encontrado na literatura.

Palavras-chave: Hérnia abdominal; Abdominoplastia; Cicatriz; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Reparação da parede abdominal com tela dupla de polipropileno e poliglecaprone pós-retalho TRAM em reconstrução mamária

Evelyne Gabriela Schmaltz Chaves Marques; João Luis Gil Jorge; Camila Zirlis Naif de Andrade; Marcelo Felix da Silva; Jayme Adriano Farina Junior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):544-549 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reparação da parede abdominal após reconstrução mamária com retalho TRAM representa um desafio para o cirurgião, ainda sem consenso na literatura em relação à melhor técnica. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência da tela Ultrapro® em dois planos anatômicos distintos para reparação da parede abdominal pós-retalho TRAM. MÉTODO: Um estudo retrospectivo foi realizado por meio da revisão de prontuários de 24 pacientes submetidas à reconstrução de mama com retalho TRAM pediculado e reparo da área doadora abdominal com tela dupla de polipropileno e poliglecaprone - Ultrapro® pela Divisão de Cirurgia Plástica do HCFMRP-USP. Foram avaliados fatores de risco para hérnias ou abaulamentos abdominais, momento da reconstrução de mama; complicações pós-operatórias, incluindo hérnias ou abaulamentos abdominais, e tempo de seguimento pós-operatório. RESULTADOS: Do total de 24 pacientes com idade média de 51 anos, 10 (41,6%) apresentavam alguma comorbidade. Em 95,8% das pacientes a reconstrução mamária foi tardia e o retalho TRAM foi unipediculado em 58,4% dos casos. As complicações pós-operatórias mais frequentes foram deiscência de sutura (25%) e seroma (21%). Duas pacientes (8,4%) tiveram diagnóstico de hérnia abdominal e três pacientes (12,5%) apresentaram abaulamento abdominal. O tempo de seguimento pós-operatório variou de 5 a 48 meses (média 23,4 meses, DP: 13,28). CONCLUSÃO: O uso da tela híbrida Ultrapro® em dois planos anatômicos demonstrou ser mais uma alternativa para o reparo da parede abdominal pós retalho TRAM em reconstrução mamária, com baixa morbidade da área doadora abdominal e índices de complicações semelhantes aos dados da literatura.

Palavras-chave: Reconstrução mamária; Hérnia abdominal; Tela sintética; Retalho TRAM; Mastectomia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The repair of the abdominal wall after breast reconstruction with a transverse rectus myocutaneous (TRAM) flap is a challenge for the surgeon, and there is still no consensus in the literature about which is the best technique. The objective of this study is to evaluate the efficiency of the Ultrapro® mesh in two different anatomical planes for the repair of the abdominal wall after TRAM flap surgery. METHOD: This is a retrospective study conducted through a medical records review of 24 patients who underwent breast reconstruction with a pedicle TRAM flap, and repair of abdominal donor site with a dual mesh of polypropylene and polyglecaprone - Ultrapro, at the Plastic Surgery Division of the Clinics Hospital of the Medicine Faculty of Ribeirão Preto - University of São Paulo. We evaluated the risk factors for abdominal hernias or bulges, time of breast reconstruction, postoperative complications (including abdominal hernias or bulges), and postoperative follow-up. RESULTS: Of the 24 patients with a mean age of 51 years, 10 (41.6%) had a comorbidity. In 95.8% of the patients, breast reconstruction was late; the TRAM flap was a single pedicle in 58.4% of cases. The most frequent postoperative complications were suture dehiscence (25%) and seroma (21%). Two patients (8.4%) were found to have abdominal hernia, and three patients (12.5%) had abdominal bulging. The postoperative follow-up ranged from 5 to 48 months (average, 23.4 months, SD = 13.28). CONCLUSION: The use of the Ultrapro hybrid mesh at two anatomical planes proved to be an alternative for the repair of the abdominal wall after TRAM flap surgery for breast reconstruction, with low morbidity of the abdominal donor site and complication rates similar to literature data.

Keywords: Breast reconstruction; Abdominal hernia; Synthetic mesh; TRAM flap; Mastectomy.

 

Aplicação estética e reconstrutora da mamoplastia com pedículo areolado

Marcela Caetano Cammarota; João Pedro Pontes Camara Filho; José Carlos Daher; Alberto Benedik Neto; César Augusto Daher Ceva Faria; Marina de Souza Borgatto; Bruno Peixoto Esteves; Dhyego Molinari di Castro Curado
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(2):237-242 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A mamoplastia redutora é uma das mais frequentes cirurgias realizadas no âmbito da cirurgia plástica, sendo que diversas técnicas são descritas. A técnica do pedículo inferior areolado é uma técnica pouco difundida no Brasil, que pode ter aplicação tanto em cirurgias estéticas quanto reconstrutoras. O objetivo deste estudo foi analisar os resultados de mamoplastias realizadas com esta técnica. MÉTODOS: Análise retrospectiva de prontuários, contato telefônico com as pacientes e análise fotográfica, identificando perfil das pacientes, finalidade da cirurgia, complicações, grau de satisfação e grau de sensibilidade do complexo aréolo-papilar (CAP). RESULTADOS: No período analisado, 74 pacientes foram submetidas à mamoplastia com a técnica do pedículo inferior areolado (42 mamoplastias redutoras estéticas, 13 mamoplastias para reconstrução imediata de mama pós-ressecções segmentares, e 19 mamoplastias de simetrização pós-reconstrução com outras técnicas). Complicações ocorreram em 20 pacientes. Em relação à avaliação da satisfação pelas pacientes, o resultado foi considerado ótimo em 62,16% dos casos, bom em 25,67%, e regular em 12,17%. Quanto à sensibilidade do CAP, 72,97% das pacientes referiram não haver perda da sensibilidade, 20,27% referiram pequena diminuição, 6,76% referiram diminuição significativa e nenhuma relatou perda total da sensibilidade. CONCLUSÕES: A técnica de mamoplastia redutora com pedículo inferior areolado apresenta boa aplicabilidade, tanto em cirurgias estéticas quanto reconstrutoras, seja em reconstruções imediatas (quadrantectomias superiores) ou em simetrizações, principalmente pós TRAM. Apresenta alto grau de satisfação com o resultado, baixa taxa de complicações, alta preservação da sensibilidade do CAP e boa manutenção do resultado.

Palavras-chave: Mamoplastia; Mamoplastia redutora; Reconstrução mamária; Técnica do pedículo inferior.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Reduction mammaplasty is one of the most common surgeries performed in the field of plastic surgery, and several techniques have been described. The inferior dermal pedicle technique, which is relatively unknown in Brazil, may have applications in both aesthetic and reconstructive surgery. The aim of the current study was to analyze the results of mammaplasty performed with this technique. METHODS: Data were collected from a retrospective analysis of medical records. Study data also included data obtained through telephone contact with patients, photographic analysis, and patient profiles, as well as data on the purpose of the surgery, complications, satisfaction with results, and degree of sensitivity of the nipple-areolar complex (NAC). RESULTS: During the study period, 74 patients underwent mammaplasty with the inferior pedicle technique (42 aesthetic reduction mammaplasties, 13 mammaplasties for immediate breast reconstruction following segmental resections, and 19 post-reconstruction symmetrization mammaplasties with other techniques). Complications occurred in 20 patients. Regarding the assessment of satisfaction by the patients, the outcome was rated as excellent in 62.16% of cases, good in 25.67%, and fair in 12.17%. In terms of the sensitivity of the NAC, 72.97% of patients reported no loss of sensitivity, 20.27% reported a small loss, 6.76% reported significant loss, and no patients reported a total loss of sensitivity. CONCLUSIONS: The inferior pedicle reduction mammaplasty technique has good applicability both in aesthetic reconstructive surgeries and in immediate reconstructions (upper quadrantectomies) or symmetrizations, especially after the use of a transverse rectus abdominis myocutaneous flap. The technique offers a high degree of satisfaction with the results, a low rate of complications, a high degree of preservation of the sensitivity of the NAC, and good maintenance of the results.

Keywords: Mammaplasty; Reduction mammaplasty; Breast reconstruction; Inferior pedicle technique.

 

Dermolipectomia e correção de múltiplas hérnias abdominais com reforço da parede abdominal: relato de caso

LINDA MAR PARADA ROBERTS MUNIZ; HERALDO CARLOS BORGES INFORZATO; PEDRO ANTONIO CORDOVA ROCHA; ADAMO KATSUHIRO DE ANDRADE YOSHIKI; EWALDO BOLIVAR DE SOUZA PINTO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):40-42 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Fazemos relato de caso de uma paciente com uma alteração abdominal grande na qual a correção da hérnia unicamente traria resultados não estéticos, comprometendo o psicológico, e preservaria as doenças de pele, assim como as queixas da paciente. No tratamento das hérnias abdominais é realizado um fechamento simples do defeito8. Esse fechamento simples, na maioria dos casos, precisa ser abordado por uma incisão mediana infra e supraumbilical. Esse tipo de cirurgia é pouco aceitado pelos pacientes, já que muitas vezes o resultado são cicatrizes inestéticas e pacientes insatisfeitos. As primeiras abdominoplastias foram realizadas com o intuito de corrigir grandes hérnias ventrais3.

Palavras-chave: Hérnia abdominal; Lipodistrofia; Abdominoplastia; Umbigo; Parede abdominal

 

ABSTRACT

We report a case of a patient with a large abdominal alteration in which hernia repair would only bring non-esthetic results, compromising the psychological aspect, and maintaining the skin diseases, as well as the patient's complaints. In the treatment of abdominal hernias, a simple closure of the defect is performed8. In most cases, this simple closure needs to be addressed by a medial below and supra-umbilical incision. This type of surgery is little accepted by patients, since the results are often unsightly scars and dissatisfied patients. The first abdominoplasties were performed in order to correct large ventricular hernias3.

Keywords: Lipodystrophy; Abdominal wall; Abdominal hernia; Abdominoplasty; Umbilicus

 

Quimioterapia neoadjuvante e reconstrução mamária imediata: uma boa opção?

Marcela Caetano Cammarota; Bruno Peixoto Esteves; José Carlos Daher; Jefferson Di Lamartine; Dhyego Molinari Di Castro Curado; João Pedro Pontes Câmara Filho; Marina de Souza Borgatto; Alberto Benedik
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(4):612-618 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A combinação de quimioterapia neoadjuvante e reconstrução mamária imediata é um campo em discussão. Há dúvidas se a associação dos eventos poderia resultar em um aumento de complicações pós-operatórias nas pacientes submetidas ao procedimento cirúrgico. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de pacientes submetidas à reconstrução mamária imediata entre janeiro de 2010 e janeiro de 2012. As pacientes submetidas à quimioterapia neoadjuvante foram comparadas com as que não receberam qualquer forma de quimioterapia e com as que receberam quimioterapia adjuvante. RESULTADOS: Cinquenta e quatro pacientes foram selecionadas, totalizando 71 reconstruções mamárias imediatas. Treze pacientes receberam quimioterapia neoadjuvante (15 reconstruções), vinte e três pacientes não receberam quimioterapia (33 reconstruções) e dezoito receberam quimioterapia adjuvante (23 reconstruções). Complicações menores ocorreram em 33,3% das reconstruções mamárias no grupo submetido à neoadjuvância. Houve 6,7% de complicações maiores no mesmo grupo. Não houve diferenças estatísticas no número de complicações menores e maiores entre os grupos. CONCLUSÃO: Na série analisada, o emprego da quimioterapia neoadjuvante não resultou em aumento do número de complicações pós-operatórias nas pacientes submetidas à reconstruções mamárias imediatas.

Palavras-chave: Câncer de mama. Mastectomia. Reconstrução mamária imediata. Quimioterapia neoadjuvante. Complicações pós-operatórias.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The combination of neoadjuvant chemotherapy and immediate breast reconstruction is a field under discussion. There are doubts whether the association of events could result in an increase of postoperative complications in patients undergoing the surgical procedure. METHODS: Retrospective study of patients who underwent immediate breast reconstruction from January 2010 to January 2012. Patients submitted to neoadjuvant chemotherapy were compared with those who had not receive any form of chemotherapy and those who received adjuvant chemotherapy. RESULTS: Fifty-four patients were selected, totalizing 71 immediate breast reconstructions. Thirteen patients received neoadjuvant chemotherapy (15 reconstructions) twenty-three patients did not receive chemotherapy (33 reconstructions) and eighteen received adjuvant chemotherapy (23 reconstructions). Minor complications occurred in 33.3% of breast reconstruction in the group undergoing neoadjuvant therapy. There were 6.7% major complications in the same group. There was no statistical differences in the number of minor and major complications between groups. CONCLUSION: In the series analyzed, the use of neoadjuvant chemotherapy did not increase the number of postoperative complications in patients undergoing immediate breast reconstruction.

Keywords: Breast cancer. Mastectomy. Mammaplasty. Chemotherapy. Postoperative complications. Reconstructive.

 

Uso do retalho toracodorsal para tratamento de hidradenite supurativa

Thaís Gomes Casali; Rui Lopes Filho; Jose Mauro de Oliveira Squarisi; Julia Loyola Ferreira; Henrique Dal Fior Figueiredo; Diogo Petroni Caiado Fleury; Fernanda Zanatta Freitas Santos; Paulo Henrique Santos Laia
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):594-598 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A hidradenite é uma doença cutânea crônica, que acomete as regiões que abrigam as glândulas apócrinas. Tem uma prevalência estimada de 1% da população, com predileção pelo sexo feminino. MÉTODO:LMN, 48 anos, sexo feminino. Ao exame, a paciente apresentava nodulações palpáveis, coalescentes, dolorosas e uma área de fibrose e retração cicatricial circunjacente em ambas as axilas, principalmente em axila esquerda. Submetida a exérese ampla das lesões em axila e região torácica esquerda, sendo necessária a realização de um retalho fasciocutâneo de rotação, habitualmente usado em pacientes submetidas à quadrantectomia lateral. RESULTADOS: Obteve-se um resultado estético satisfatório associado à preservação dos movimentos. CONCLUSÃO:Apesar de existirem poucos casos relatando o uso do retalho fasciocutâneo toracodorsal lateral, essa técnica mostrou ser excelente alternativa na reconstrução axilar, devido à facilidade de ressecção, boa cobertura da área receptora além de um resultado estético satisfatório.

Palavras-chave: Hidradenite; Glândulas sudoríparas; Mastectomia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION:Hidradenitis suppurativa is a chronic skin disease that affects the regions harboring the apocrine sweat glands. It has an estimated prevalence of 1% of the population and a preference for the female sex.  METHOD: LMN, a 48-year-old female patient, presented, on examination, palpable, coalescent, painful nodules and a circumjacent area of fibrosis and scar retraction in both axillae, mainly in the left axilla. She was subjected to wide excision of the lesions at the axilla and left thoracic region, with a need for a rotational fasciocutaneous flap, usually used in patients who undergo lateral quadrantectomy. RESULTS: A satisfactory aesthetic result was attained, together with the preservation of movements. CONCLUSION: Although there are few reported cases of the use of the lateral thoracodorsal fasciocutaneous flap, this technique is an excellent alternative in axillary reconstruction, owing to the ease of resection, good coverage of the receiving area, and the satisfactory aesthetic result.

Keywords: Hidradenitis suppurativa; Sweat glands; Mastectomy.

 

Gigantomastia gestacional: como abordar essa situação clínica

Ivan Maluf Junior; Renato da Silva Freitas; Vinicius Milani Budel; Luciana Chamone Amaro; Isis Scomação; Guilherme Berto Roca; Dirlene Thaisa Berry
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(1):134-137 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A gigantomastia gestacional é uma desordem rara, na qual ocorre o crescimento excessivo e rápido das mamas, culminando com edema e congestão venosa das mesmas, além de ocasionar dor, ulceração da pele e infecção local. Estas complicações, em alguns casos, levam à necessidade de mastectomia de emergência ou abortamento induzido. A hipótese etiológica mais aceita é a de que exista uma estimulação anormal do tecido mamário, que pode ser desencadeada por níveis excessivos de hormônios ou por uma hipersensibilidade deste tecido a níveis hormonais normais. Apesar de a mama regredir após a gestação, raramente volta ao estado original; portanto, a redução da mama através de mastectomia ou mamoplastia geralmente é necessária. Além disso, é grande o risco de recorrências em gestações futuras. Os autores relatam o caso de gigantomastia em uma primigesta, com necessidade de interrupção da gravidez, devido ao risco de morte materna, e posterior intervenção cirúrgica com mamoplastia redutora.

Palavras-chave: Gravidez; Mama; Gigantomastia; Mamoplastia; Mastectomia.

 

ABSTRACT

Gestational gigantomastia is a rare disorder characterized by an excessive and rapid enlargement of the breasts, resulting in edema and venous congestion of breast tissue. It is a painful condition that causes skin ulceration and local infection. In some cases, these complications lead to an emergency mastectomy or induced abortion. The most probable etiology is an abnormal stimulation of breast tissue that is probably triggered by an abnormally elevated level of hormones or by the hypersensitivity of breast tissue to normal hormone levels. Although the breast volume decreases after pregnancy, it rarely returns to its original state; therefore, breast reduction through mastectomy or mammaplasty is usually necessary. Moreover, there is a high likelihood of recurrence in subsequent pregnancies. The authors report a case of gigantomastia in a primigravida that required pregnancy termination, because of the risk of maternal death, and a subsequent breast reduction surgery.

Keywords: Pregnancy; Breast; Gigantomastia; Mammaplasty; Mastectomy.

 

Hiperplasia estromal pseudoangiomatosa: caso raro em menina de 11 anos

Rafael Alves Tumeh; Miguel Sabino Neto; Ana Lúcia Cunha; Mayara Mytzi de Aquino Silva; Henrique Ribeiro de Paula; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):295-298 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A Hiperplasia Estromal Pseudoangiomatosa (PASH) é uma doença benigna caracterizada pela proliferação excessiva de fibroblastos e miofibroblastos, podendo levar a um crescimento mamário importante. A apresentação é rara, em especial ocasionando necessidade de mastectomia em pacientes jovens. O estudo apresentou o relato de caso raro de uma paciente de 11 anos de idade, com hipertrofia mamária de rápida progressão, com necessidade de mastectomia e posteriormente mamoplastia de aumento para completa reinserção social.

Palavras-chave: Mama; Mamoplastia; Mastectomia; Criança.

 

ABSTRACT

Pseudoangiomatous stromal hyperplasia is a benign disease characterized by excessive proliferation of fibroblasts and myofibroblasts, which can lead to significant breast growth. The presentation is rare, especially among young women and cases requiring mastectomy. This report describes a rare case of an 11-year-old female patient with rapidly progressing mammary hypertrophy, who needed mastectomy and then mammoplasty for complete social integration.

Keywords: Breast; Mammoplasty; Mastectomy; Child

 

Tração cutânea intraoperatória para fechamento de ferida após mastectomia bilateral higiênica: relato de caso

Jason César Abrantes de Figueiredo; Rodrigo Gouvea Rosique; Patricia Jackeline Maciel
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):164-166 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: As sequelas da parede torácica após mastectomia requerem reconstrução por meio de conduta segura e eficiente. Nos casos de recidiva local, sobretudo bilateral, a intervenção cirúrgica deverá ser indicada considerando o estado geral do paciente e a expectativa de vida. A tração intraoperatória é uma técnica de baixa morbidade e rápida execução, reduzindo as cicatrizes decorrentes da utilização de retalhos. Relato do Caso: Paciente do sexo feminino, 45 anos que, após diagnóstico de recidiva tumoral em mama direita e novo tumor em mama esquerda, foi submetida à mastectomia bilateral higiênica com esvaziamento axilar à esquerda. Optou-se pela realização de tração cutânea intraoperatória dos bordos da ferida para fechamento primário da parede torácica devido ao estado geral da paciente. A tração foi realizada conforme a técnica de Góes et al., utilizando-se fios de prolene 2, tracionando a pele por dez minutos, com descanso de dois minutos, até que se obtivesse proximidade suficiente dos bordos das lesões para realização de sutura primária, o que foi alcançado após três ciclos de tração e relaxamento. O procedimento teve duração de duas horas, e foi colocado dreno portovac 3.2, que foi retirado após 7 dias. A paciente evoluiu sem queixas álgicas, sem deiscência ou qualquer outra complicação. Conclusão: A tração intraoperatória demonstrou ser uma técnica segura, funcionalmente eficaz, com menores custo e morbidade, para fechamento de ferida resultante de mastectomia bilateral higiênica.

Palavras-chave: Pele. Tração. Mastectomia. Mama/cirurgia.

 

ABSTRACT

Introduction: Post-mastectomy chest wall defects require reconstruction using a safe and efficient procedure. In cases of local relapse, especially bilateral relapse, the surgical intervention indicated should be based on assessment of the patient's general condition and life expectancy. One such intervention, intraoperative skin traction, has been found to offer the benefits of rapid execution and low morbidity while reducing the scar formation associated with the use of skin flaps. Case Report: Hygienic bilateral mastectomy with dissection of the left axillary lymph nodes was performed on a 45-year-old woman after diagnosis of a relapsed tumor in the right breast and a new tumor in the left one. Based on the assessment of the general state of the patient, intraoperative skin traction of the wound edges was chosen for primary closure of the chest wall. Traction was performed according to the procedure described by Góes et al., which involved using Prolene 2-0 sutures, stretching the skin for 10 minutes, relaxation of the skin for two minutes, until the wound edges are sufficiently proximate to each other to perform primary suturing. This was achieved after three cycles of tension and relaxation. The procedure lasted two hours, and aspiratory drainage was performed with a Portovac 3.2 drain, which was removed after 7 days. The patient did not report pain or experience suture dehiscence or any other complications. Conclusion: In traoperative skin traction is a safe, functionally efficient, low-cost, and low-morbidity technique for wound closure following hygienic bilateral mastectomy.

Keywords: Skin. Traction. Mastectomy. Breast/surgery.

 

Uso de matriz sintética e biológica em reconstrução mamária imediata

Evandro Luiz Mitri Parente; Carlo Mognon Mattiello; Miguel Angel Rodriguez Silva; Jorge Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):141-144 - Membro Superior e Inferior

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: No Brasil e no mundo, o câncer de mama é o mais incidente em mulheres. De todos os casos, aproximadamente, 20 são submetidos à reconstrução imediata. Desde que foi realizada pela primeira vez, a reconstrução mamária teve aprimoramentos, variando de uso de tecidos autólogos, expansores, implantes mamários e mais recentemente o uso de matrizes dérmicas e sintéticas. OBJETIVO: Relatar a experiência do autor com uso de matriz sintética e biológica na reconstrução mamária imediata. MÉTODOS: Análise descritiva dos dados por meio de revisão de prontuário; foi avaliado o perfil epidemiológico das pacientes e os resultados estético-funcionais, além das complicações. RESULTADOS: Foram analisadas 4 pacientes que foram submetidas à mastectomia por câncer de mama e reconstrução imediata em estágio único com uso de implantes mamários e matriz dérmica. A idade de 37,25 ± 8,53 anos, o tipo de câncer de mama prevalente foi carcinoma ductal invasor 2 (66,6%), em todos 3 casos com neoplasia foi realizada mastectomia radical (skin sparing), todas pacientes pós-mastectomia foram submetidas à colocação de prótese submuscular, uma delas colocou expansor e 2 implante mamário, perfil moderado, cujo tamanho variou de 330ml a 475ml. Do total, 3 pacientes usaram a matriz dérmica sintética absorvível (Gore®) e 1 paciente a matriz biológica de origem porcina (Strattice®); a indicação do uso da matriz foi principalmente para compor o revestimento e dar sustentação ao polo inferior da prótese. Apenas 1paciente fez radioterapia pós-operatória como terapia adjuvante devido a características patológicas da neoplasia que aumentavam risco de recorrência local; 2 delas fizeram quimioterapia perioperatória. Uma paciente apresentou seroma pós-operatório (subgrupo da tela sintética Gore®), que foi resolvido com punção simples. Não houve outras complicações como hematoma, extrusão ou infecção da prótese e matriz dérmica. Em todas pacientes, foram obtidos resultados satisfatórios (avaliação subjetiva). CONCLUSÃO: O uso de matriz dérmica do Brasil é incipiente, porém promissor. Acreditamos que o uso dessa tecnologia é importante num grupo de pacientes cuidadosamente selecionado para que o custo-benefício seja favorável. A experiência do autor mostra bons resultados. Para avaliação da incidência/complicação, necessitamos mais casos e maior seguimento.

Palavras-chave: Reabilitação; Mamoplastia; Mastectomia.

 

Mamoplastia com montagem multiplanar centrípeta baseada na proporção áurea

Osvaldo João Pereira Filho; Jorge Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):150-152 - Membro Superior e Inferior

PDF Português

RESUMO

O propósito desse estudo é planejar a mastopexia e a redução mamária baseado na proporção divina, representada pela letra phi, com a montagem multiplanar centrípeta convergente em múltiplas camadas. Essa estratégia baseia-se na constância do sulco submamário, orienta-se pelos ramos de um triângulo com vértice no umbigo abrindo-se em direção à articulação acrômio-clavicular. Esse triângulo funciona como um ponto de fuga que orienta a ressecção horizontal e vertical da mama, bem como a montagem convergente. A estratégia foi investigada em 265 pacientes (n = 530 mamas). A média de idade dos pacientes foi de 36 anos. O período do segmento pós-operatório variou de 6 meses a 3 anos.

Palavras-chave: Mamoplastia; Reconstrução Mamária; Cirurgia Plástica; Proporção Áurea

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons