ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 20 de 288 resultado(s)

Busca por : Microcirurgia; Capacitação; Anastomose microvascular; Cirurgia plástica

O estudo da representação anatômica do músculo latíssimo do dorso e a sua aplicação em cirurgia plástica

Fernando Antonio Gomes de Andrade; Luciano Ornelas Chaves; Claudio Eduardo de Oliveira Cavalcante; Ivanadja Jatobá; Rafhael Martins Cunha; Ricardo Nogueira Bezerra; Maurício Calzado; Laís Clark de Carvalho Barbosa; Luís Henrique Alves Salvador Filho; Jamisson Garrote Teixeira; Simone Vicente Dias da Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):345-351 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O músculo latíssimo do dorso (MLD) é um importante elemento da parede látero-posterior do tórax. A aplicabilidade do MLD em cirurgia plástica é reconhecida por sua anatomia constante, sendo indicado, na reconstrução mamária, na microcirurgia, nas reconstruções de membros superiores, entre outros, tornando-se um retalho versátil em cirurgia reconstrutora. Sua representação em livros e estudos anatômicos apresentam controvérsias. Mathes & Nahai expressam que a posição do MLD é configurada em uma localização onde o músculo encontra-se em segmento torácico látero-posterior, mas com uma representação mais posterior que lateral. Um grande número de anatomistas escreve da mesma forma. O objetivo é o de discutir e descrever a real posição do MLD por meio do estudo da sua anatomia e comparação com imagens publicadas em livros. MÉTODOS: Estudou-se a descrição e representação anatômica do MLD em desenhos publicados em livros e artigos de autores clássicos. Os desenhos foram comparados com o estudo da anatomia vásculo-nervosa e muscular do MLD durante a dissecção, na posição de Decúbito Dorsal (DD), de 47 cadáveres frescos. RESULTADOS: O estudo da descrição e representação anatômica do MLD em livros de autores consultados, comparada com a dissecção em DD de cadáveres frescos, permitiu conhecer que estes autores identificam o MLD em uma posição mais posterior do que a encontrada na anatomia. CONCLUSÃO: Este estudo identifica a posição do MLD com uma representação mais anterior do que os desenhos dos livros estudados. A rotação e individualização do MLD com o paciente em decúbito dorsal é uma abordagem segura.

Palavras-chave: Anatomia; Cirurgia plástica; Microcirurgia; Músculos superficiais do dorso; Decúbito dorsal.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The latissimus dorsi muscle (LDM) is an important element in the lateroposterior wall of the thorax. The LDM is valued in plastic surgery for its constant anatomy, and its use is recommended for mammary reconstruction, microsurgery, and upper limb reconstruction among other procedures, which makes it a versatile flap for reconstructive surgery. However, its representation in books and anatomical studies is controversial. Mathes & Nahai described that the position of the LDM is configured in a location where the muscle is found in the lateroposterior thoracic segment but with a more posterior than lateral representation. A great number of anatomists share the same opinion. The objective of this study was to discuss and describe the real position of the LDM through study of its anatomy and comparison with images published in books. METHODS: We studied the anatomical description and representation of the LDM in drawings published in books and articles by classical authors. The drawings were compared with the neurovascular and muscular anatomy of the LDM during its dissection from 47 fresh cadavers in the dorsal decubitus (DD) position. RESULTS: Study of the anatomical description and representation of the LDM in the revised books compared with the dissection of fresh corpses in the DD position revealed that the published authors described the LDM in a more posterior position than that found in the body. CONCLUSION: This study identified the LDM position as being more anterior than that described by drawings in published books. LDM rotation and individualization with the patient in a DD position is a safe approach.

Keywords: Anatomy; Plastic surgery; Microsurgery; Superficial muscles of the back; Dorsal decubitus.

 

Reconstrução oromandibular complexa com dois retalhos microcirúrgicos

Anne Karoline Groth, Alfredo Benjamim Duarte da Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(1):11-21 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O tratamento cirúrgico de tumores localmente avançados de cabeça e pescoço deixa como sequelas defeitos extensos e complexos. Retalhos microcirúrgicos são a primeira opção para reconstrução. Objetivo: Determinar a segurança e o impacto na sobrevida em pacientes submetidos a dois retalhos microcirúrgicos. Método: Vinte e três pacientes foram submetidos a reconstrução oromandibular entre 2006 e 2007 e divididos em 2 grupos, de acordo com o número de retalhos. Idade, sexo, tabagismo, desnutrição, tipo histológico, radioterapia, recidiva, complicações e sobrevida foram avaliados. Resultados: Dezessete pacientes foram submetidos a retalho microcirúrgico único (grupo I) e seis pacientes, a dois retalhos microcirúrgicos simultâneos (grupo II). Carcinoma epidermóide foi o tumor mais comum (83,3% grupo II versus 47,1% grupo I). No grupo I, o retalho mais utilizado foi o retalho de fíbula em 8 (47,1%) casos. No grupo II, os retalhos mais utilizados foram fíbula + ântero-lateral da coxa em 4 casos. Recidivas ocorreram em 3 pacientes do grupo I e 1 paciente do grupo II (17,6% versus 16,7%; p = 0,928). Tempo médio de sobrevida livre de doença foi de 11,8 + 6,8, no grupo I, versus 10,8 + 8,4, no grupo II (p = 0,77). Houve três perdas totais do retalho (90,3% sobrevida do retalho), sendo uma perda de retalho fibular no grupo II e perda de um retalho fibular e ântero-lateral da coxa no grupo II, com sobrevida no grupo II de 86,4%. Conclusão: Acreditamos que o uso de dois retalhos microcirúrgicos é seguro, com sobrevida do retalho semelhante ao grupo que realizou apenas um retalho microcirúrgico.

Palavras-chave: Microcirurgia. Cirurgia plástica. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Carcinoma de células escamosas. Neoplasias mandibulares/cirurgia.

 

ABSTRACT

Introduction: Ablative surgery for locally advanced head and neck tumors can lead to devastating sequels. Free flaps are the gold standard in reconstruction. Aim: To determine safety and survival impact in patients submitted to double free flaps procedures. Method: Twenty three patients were submitted do oromandibular reconstruction between 2006 and 2007. For comparison purposes they were divided in two groups: group I - single free flap, and group II - double free flap. Data such as age, sex, smoking history, malnutrition, histological type, radiotherapy, recurrence, complications and survival were collected. Results: Seventeen patients were distributed in group I and 6 patients in group II. Squamous cell carcinoma was the most common histological type (83.3% group II versus 47.1% group I). Fibular free flap was the most used flap in group I (8 cases - 47.1%). The most common flap combination in group II was fibular free flap+anterolateral thigh flap in 4 cases. Recurrence was observed in three patients from group I and one patient from group II (17.6% versus 16.7%; p = 0.928). Mean survival time free from disease was 11.8 months + 6.8 in group I versus 10.8 + 8,4 in group II (p = 0.77). There were three total flap loss (90.3% flap survival), one fibular flap from group I and one fibular and one anterolateral thigh flap in group II. Flap survival in group II was 86.4%. Conclusion: We believe that double free flap reconstruction in head and neck is safe, reliable and has similar flap survival as single free flap procedures.

Keywords: Microsurgery. Plastic surgery. Reconstructive surgical procedures. Squamous cell carcinoma. Mandibular neoplasms/surgery.

 

Mudança Etiológica do Trauma de Face de Pacientes Atendidos no Pronto Socorro de Cirurgia Plástica do Distrito Federal

Jefferson Lessa Soares de Macedo, Larissa Macedo de Camargo, Pedro Fragoso de Almeida, Simone Correa Rosa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(4):209-212 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O trauma permanece como uma das principais causas de morbidade e mortalidade no mundo ocidental, especialmente entre os adultos jovens. A prevalência de lesões traumáticas na face é alta devido à enorme exposição e à pouca proteção da região. Objetivo: Avaliar a etiologia, a idade, o gênero e a localização dos traumas de face dos pacientes atendidos no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), Brasília, Distrito Federal. Método: Trata-se de um estudo retrospectivo, realizado no pronto socorro do HRAN-DF, visando a avaliar o perfil epidemiológico dos pacientes atendidos pela equipe da Unidade de Cirurgia Plástica, vítimas de trauma de face no período de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2004. Resultados: O estudo compreendeu 711 pacientes, destacando- se o sexo masculino (72,8%). Quanto à causa, predominou a agressão física, seguida por acidente com veículos/motos. As quedas foram a causa predominante das lesões em crianças, mas se verificou a participação cada vez maior da agressão física como mecanismo de trauma facial com o aumento da idade. A relação de homem:mulher foi de 3:1. A principal faixa etária foi de 21 a 40 anos, representando 52% dos pacientes. As fraturas foram encontradas em 24,9% das lesões faciais. O nariz foi o local mais acometido nas fraturas de face (76,8%). Conclusão: A violência interpessoal foi a principal causa de trauma de face. A queda da própria altura mostrou-se como importante mecanismo de trauma nos extremos de idade.

Palavras-chave: Cirurgia plástica. Traumatismos faciais. Violência

 

ABSTRACT

Background: Trauma remains one of the principal causes of morbidity and mortality in the western world, especially among young adults. The prevalence of traumatic injuries located in the maxillofacial region is higher than injuries in other body areas. The Hospital Regional da Asa Norte is reference to the attendance of the victims of facial traumas in Brasília, Distrito Federal. Objective: This study aims to evaluate the etiology, age, gender and location of the lesions of facial trauma of all patients diagnosed in our hospital. Method: The data were evaluated through retrospective analysis of patient charts from 1 January to 31 December 2004. Results: The sample comprised 711 patients with facial trauma. Blunt assaults were the most common cause followed by motor vehicle crashes. Falls were by far, the predominant cause of injury in children, but with increasing age, assaults become more common. It was observed a male:female ratio of 3:1. The most frequent age group was of the 21-40 years with 52%. Facial fractures were found in 24.9% of facial injuries. The most frequent fracture was nasal. Most of the patients had a low social status and a bad oral care. Conclusion: Aggressions or interpersonal violence were the main cause of facial trauma in our population. The causes of facial trauma were directly related to the age.

Keywords: Plastic surgery. Facial injuries. Violence

 

Treinamento inicial em microcirurgia

Iana Silva Dias; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; André Nunes Benevides; José Everardo Macêdo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(4):595-599 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

A técnica microcirúrgica que até a década de 80 do século passado se constituiu um procedimento de exceção, somente utilizada em casos extremos, devido aos avanços facilmente observados em diversas publicações atuais, tornou-se em muitos procedimentos a primeira opção cirúrgica, fazendo com quase que, de maneira obrigatória, todos os médicos que exerçam a especialidade de Cirurgia Plástica tenham que realizar treinamento na citada técnica operatória. O presente artigo se propõe a apresentar um modelo de fácil execução como treinamento básico em microcirurgia.

Palavras-chave: Cirurgia plástica. Microcirurgia. Educação médica.

 

ABSTRACT

The microsurgical technique witch until the 1980's was an exclusion procedure, only chosen in extreme cases, due to easily observed advances seen in innumerous current publications, has become in various procedures the first surgical option, practically compelling all doctors who practice in the field of Plastic Surgery to perform training in the referred technique. The current article presents an easy executed model of microsurgery basic training.

Keywords: Surgery, plastic. Microsurgery. Education, medical.

 

Novo modelo animal para treinamento de rinoplastia

Gal Moreira Dini; Hamilton Aleardo Gonella; Leandro Fregadolli; Bruno Nunes; Ricardo Gozzano
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):201-205 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A rinoplastia apresenta um conjunto único de desafios para o cirurgião plástico. Destreza cirúrgica exige longa curva de aprendizado, que pode trazer resultados, por vezes, problemáticos, especialmente para o iniciante em um procedimento tão complexo. Entender as bases anatômicas e as propriedades mecânicas dos componentes nasais é fundamental para obter resultados satisfatórios na rinoplastia. Para melhorar o treinamento do cirurgião iniciante em rinoplastia, grande variedade de modelos tem sido descrita, como nariz de porco ou coelho, cartilagem do esterno de frango, modelos de silicone e, até mesmo, modelo virtual tridimensional do nariz humano gerado por computador. Neste artigo é proposto o uso da cabeça de ovelha como modelo para reprodução dos passos técnicos da rinosseptoplastia, constituindo uma ferramenta para educação e pesquisa cirúrgica. MÉTODO: Várias cabeças de ovelha foram dissecadas de forma reprodutível e as cartilagens nasais foram modeladas em diferentes formas, tal como descrito na literatura para modelo humano. Suturas foram colocadas nas cartilagens para simular os passos da rinoplastia estruturada. RESULTADOS: O modelo de caprinos reproduziu estruturas similares, incluindo as cruras medial e lateral e os ângulos domais, além de proporcionar orientação cefálica apropriada. A cartilagem septal é abundante para simulação de enxertos e vários ossos estão disponíveis para fratura e raspagem. CONCLUSÕES: Com um número estimado de mais de um bilhão de ovelhas domésticas no mundo, esse modelo tem o potencial de melhorar os resultados na rinoplastia, proporcionando maior oportunidade de treinamento em um procedimento que requer precisão, conhecimento e arte.

Palavras-chave: Rinoplastia. Nariz/cirurgia. Cirurgia plástica. Capacitação.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Rhinoplasty poses a unique set of challenges to the plastic surgeon. Surgical dexterity is associated with a long learning curve; this sometimes causes undesirable results, especially in the case of surgeons who are beginners at performing such a complex procedure. Understanding the anatomic basis and mechanical properties of its components is fundamental for achieving satisfactory results in rhinoplasty. To enhance surgical training for those learning the principles of rhinoplasty, a wide variety of models has been described. Among these are the nose of the pig and rabbit, chicken sternal cartilage, nasal silicone models, and even a virtual computer-generated 3-dimensional model of the human nose. OBJECTIVE: The authors propose the use of a sheep head as a model to replicate the technical steps involved in rhinoseptoplasty for surgical education and research. METHODS: Several fresh domestic sheep heads were obtained from a local butcher shop, dissected according to a predetermined set of steps, and modeled in different shapes as described in the literature for human models. Sutures were placed in the cartilage to simulate the steps of a structured rhinoplasty. RESULTS: The caprine model presents anatomical structures similar to those found in humans, including the medial and lateral crura, with appropriate cephalic orientation and domal angles. Septal cartilage was sufficient to simulate several grafts, and bones were available for fracture and rasping. CONCLUSIONS: With an estimated more than 1 billion domestic sheep worldwide, this model has the potential to improve outcomes in rhinoplasty by providing wider opportunities for training in a procedure that requires knowledge, precision, and artistry.

Keywords: Rhinoplasty. Nose/surgery. Plastic surgery. Training.

 

Blefaroplastia Superior Ascendente ou Lifting Palpebral Superior

Luiz Alberto Soares Pimentel
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(1):30-39 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O autor relata sua experiência com uma técnica pessoal que, inicialmente, foi utilizada para correção de ptose da pele da reborda orbitária (pele subsuperciliar) sobre a pálpebra, a qual é resultado insatisfatório de blefaroplastia superior, executada isoladamente em pacientes com indicação de ritidoplastia frontotemporal. Inicialmente, o autor faz algumas considerações históricas sobre os acessos utilizados na blefaroplastia. A via de acesso da técnica também facilita o acesso às regiões frontal e glabelar e pode, em certos pacientes, ser utilizada para blefaroplastia primária. É uma incisão em ziguezague ou W, junto aos pêlos inferiores do supercílio, seguida de descolamento supra-orbicular e, por este campo, são realizados os demais tempos para o tratamento de bolsas, excessos de gordura retro-orbicular (Roof), levantamento do canto lateral e ressecção do excesso cutâneo, fazendo um verdadeiro lifting da pálpebra superior. Ao longo dos últimos 6 anos, foram operados 42 pacientes por esta técnica e, durante o período estudado, o autor ampliou as indicações. Estas estão relacionadas na seleção dos pacientes para o método utilizado. Os resultados iniciais foram altamente satisfatórios, com baixo índice de complicações e, no acompanhamento tardio, todos os pacientes obtiveram melhora estética importante. O autor conclui que esta nova abordagem representou uma solução simples e segura para correção de maus resultados em cirurgia palpebral e uma nova alternativa para a blefaroplastia superior.

Palavras-chave: Pálpebras, cirurgia. Blefaroplastia. Cirurgia plástica

 

ABSTRACT

The author presents his experience with a personal technique used, in the initial cases, for correction of sub-eyebrow skin ptosis over the upper eyelid, a frequent occurrence after an upper blepharoplasty performed without a concomitant temporal and frontal lifting. Initially, the author makes a brief historical report about the incisions in blepharoplasty. The access way for this procedure is a sub-eyebrow zigzag incision that can be used for frontal and glabelar procedures and also for primary blepharoplasties in some patients. It is a zigzag or W sub-eyebrow incision, below and between the inferior eyebrow hairs, followed by a subcutaneous undermining and orbicularis muscle incisions to treat the fat pads and Roof excesses, to ascend the eyelid's lateral corner and to perform a resection of the skin excess, making a true upper eyelid lifting. In the studied period along the past 6 years, 42 patients were submitted to this technique and the author extended the indications, listed in a selection of patients. High satisfaction levels with the initial results and few complications were observed. All the patients had important aesthetic improvement. The author concludes that this new method is a simple and safe solution for correction of bad results in eyelid surgery and a new alternative to upper blepharoplasty.

Keywords: Eyelids, surgery. Blepharoplasty. Surgery, plastic

 

O uso da internet como fonte de informação sobre cirurgia plástica na Bahia, Brasil

Eduardo Valente Cronemberger; Mariana Lima Portocarrero; Aline Rocha Donato; Marcelo Sacramento Cunha; Thais Fagundes Barreto; José Valber Lima Meneses
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(4):531-535 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A internet se tornou uma das mais importantes fontes de informação sobre saúde. Poucos estudos avaliam as características do acesso à internet pelos pacientes e a influência das informações obtidas na decisão em realizar uma cirurgia. O objetivo deste estudo é descrever as características do acesso à internet pelos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e da rede privada que pretendem se submeter a uma cirurgia plástica, bem como avaliar o impacto do acesso na confiança do paciente em realizar o procedimento. MÉTODO: Realizado estudo observacional de corte transversal com uso de dados coletados por meio de 200 questionários respondidos por pacientes ainda não operados, sendo 100 dirigidos aos pacientes atendidos no ambulatório de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário Professor Edgard Santos (SUS) e 100, aos pacientes atendidos em consultório da rede privada de saúde, na cidade de Salvador, BA. RESULTADOS: A frequência do acesso à internet na busca por informação sobre cirurgia plástica foi significativamente diferente entre o SUS (n = 24; 24%) e a rede privada (n = 64; 64%). A maioria dos pacientes (n = 48; 54,5%) acessou um a três sites. Os sites de clínicas de cirurgia plástica foram os mais procurados (n = 74; 84,1%), seguidos pelo site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Cinquenta por cento dos pacientes afirmaram ter encontrado informações contrárias sobre um mesmo assunto. Ainda assim, 71 (80,7%) dos entrevistados afirmaram se sentir seguros em realizar a cirurgia. CONCLUSÕES: A internet foi significativamente utilizada na busca de informações sobre cirurgia plástica. Independentemente da contradição entre as informações encontradas nos sites, a maioria dos pacientes sentiu-se segura em realizar o procedimento cirúrgico desejado.

Palavras-chave: Internet. Informação. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The Internet has become one of the most important sources of health information. However, few studies have assessed the characteristics of Internet usage by patients or how the information obtained affects decisions to undergo surgery. This study describes the characteristics of Internet usage by patients who intended to undergo plastic surgery at the Unified Health System (SUS) and private networks and how it affected their confidence. METHODS: A cross-sectional observational study was performed using data collected by 200 surveys filled out by patients before the operation. One hundred surveys were sent to patients attending the outpatient clinic of Plastic Surgery of Professor Edgard Santos University Hospital (SUS), and the remaining 100 to patients treated in private health clinics in Salvador, BA. RESULTS: The frequency of Internet use to seek health information on plastic surgery differed significantly between the SUS (n = 24; 24%) and private health services (n = 64; 64%). Most of the patients (n = 48; 54.5%) visited 1 to 3 sites. The websites of plastic surgery centers were the most sought (n = 74; 84.1%), followed by the Brazilian Society of Plastic Surgery website. Half of the patients reported the existence of contradictory information. Moreover, 71 (80.7%) of the respondents reported feeling that undergoing surgery was safe. CONCLUSIONS: The Internet was widely used to seek information on plastic surgery. Although visited sites contained contradictory information, most patients felt safe before undergoing their desired surgery.

Keywords: Internet. Information. Plastic surgery.

 

Transplantes microcirúrgicos: experiência de 5 anos do Serviço de Cirurgia Plástica da Universidade Federal da Bahia

Marcelo Sacramento Cunha; André Leal Gonçalves Torres; Jorge Cabral dos Anjos Neto; Lívia Leal Monteiro; José Válber Meneses
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):305-309 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A microcirurgia reconstrutiva tem sido aplicada à cirurgia plástica desde a década de 70, com várias possibilidades de reconstruções. Objetivo: Relatar a experiência inicial de um serviço de cirurgia plástica ao implantar um grupo de microcirurgia, analisando as complicações e resultados da casuística. Método: Foram realizados 48 transplantes microcirúrgicos (reconstruções de cabeça e pescoço, mama e membros inferiores). As complicações foram divididas em imediatas (intra-operatórias), recentes (até 21 dias) e tardias (após 21 dias). Foram analisadas as complicações relacionadas às reconstruções: menores (perda parcial do retalho e/ou satisfação parcial do plano pré-operatório) e maiores (perda total do retalho e/ou não satisfação do plano pré-operatório). Em relação às áreas doadoras, foram divididas em menores (com necessidade de reintervenção cirúrgica) e maiores (deformidade não satisfatória ao cirurgião ou não aceitável ao paciente). Os resultados foram classificados como bons, satisfatórios ou maus resultados. Resultados: Quarenta e três retalhos sobreviveram (89,58% de sucesso) e em 5 houve perda total. Os resultados da reconstrução foram classificados em bons (72,91%), satisfatórios (16,67%) e ruins (10,42%). Os resultados das áreas doadoras foram classificados em bons (87,5%), satisfatórios (12,5%) e ruim (0%). Conclusão: As taxas de complicações e resultados da casuística sedimentaram a microcirurgia como opção cirúrgica no Serviço em estudo.

Palavras-chave: Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

Introduction: Microsurgery has been successfully applied to plastic surgery in the last three decades. Objective: The experience of the microsurgical group of Federal University of Bahia is reported and the results and complications are analyzed. Methods: Forty-eight microsurgical procedures (head and neck, breast and inferior limb reconstructions) were done. The complications were divided into immediate (operative period), recent (until 21 days) and delayed (after 21 days). Complications related to reconstruction itself were divided into minor (partial necrosis or partial satisfaction) or major (total necrosis or no satisfaction). Complications related to donor sites were divided into minor (surgical repair) or major (deformity not acceptable). Results were divided into good, acceptable and bad. Results: The results related to reconstruction were classified into good (72.91%), acceptable (16.67%) and bad (10.42%). The results related to donor site were classified into good (87.5%) and acceptable (12.5%) and no bad result. Conclusion: Good and acceptable results are important to credibility and sedimentation of microsurgery procedures.

Keywords: Microsurgery. Surgical flaps. Plastic surgery.

 

Reconstruções craniofaciais: ainda há espaço para os retalhos locorregionais?

Rafael Anlicoara; Marco Aurélio de Freitas Cabral; Jairo Zacché de Sá; Guilherme Torreão de Sá; Antonio Carlos Corte Real Braga
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):603-608 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os tumores avançados de cabeça e pescoço ainda têm elevada prevalência no Brasil. A reconstrução de um defeito resultante de ressecção craniofacial é um desafio para o cirurgião plástico. Os retalhos livres são a primeira escolha para essas reconstruções e os retalhos locorregionais têm sido utilizados em casos selecionados. O objetivo deste estudo é avaliar uma série de reconstruções com retalhos locorregionais em pacientes submetidos a ressecções oncológicas craniofaciais, demonstrando a aplicabilidade desses retalhos e o resultado final das reconstruções. MÉTODOS: Foram avaliadas, retrospectivamente, quatro reconstruções craniofaciais com retalhos locorregionais de fronte e couro cabeludo. Os pacientes foram operados no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC-UFPE) e assinaram termo de consentimento permitindo a publicação científica de suas fotos e casos clínicos. RESULTADOS: Todas as reconstruções foram bem sucedidas. Não ocorreram casos de infecção local ou meningite, necrose do retalho, fístulas liquóricas ou deiscências. As reconstruções com retalhos locorregionais apresentadas foram seguras e simples para reconstruir defeitos extensos em região craniofacial. CONCLUSÕES: Os cirurgiões plásticos podem realizar reconstruções complexas com estes retalhos, demonstrando que ainda há espaço para este tipo de reconstrução.

Palavras-chave: Neoplasias de cabeça e pescoço; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Microcirurgia; Face; Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Advanced tumors of the head and neck still have a high prevalence in Brazil. Reconstructing a defect resulting from a craniofacial resection is a challenge for the plastic surgeon. Free flaps are the first choice for these reconstructions, and locoregional flaps have been used in selected cases. The objective of this study was to evaluate a number of reconstructions with locoregional flaps in patients undergoing craniofacial oncologic resection, to demonstrate the applicability of these flaps and the end result of the reconstructions. METHODS: We retrospectively studied four craniofacial reconstructions with locoregional flaps on the forehead and scalp. The patients were operated at the Clinical Hospital of the Federal University of Pernambuco. They signed a consent form allowing the scientific publication of their photographs and clinical case records. RESULTS: All reconstructions were successful. There were no cases of local infection or meningitis, flap necrosis, liquor fistula, or dehiscence. Reconstructions with locoregional flaps were safe and simple to perform for extensive defects in the craniofacial region. CONCLUSIONS: Plastic surgeons can perform complex reconstructions with locoregional flaps, demonstrating that there is still room for this type of reconstruction.

Keywords: Head and neck neoplasms; Reconstructive surgical procedures; Microsurgery; Face; Plastic surgery.

 

A cirurgia plástica na mídia: o conceito da especialidade veiculado pelos meios de comunicação impressos no Brasil

Daniel Santos Corrêa Lima; Felipe Simões da Rocha Mata; Fernando César Câmara de Oliveira; Paula Veriato Zenaide; Alexandre Azevedo Ziomkowski; José Valber Lima Meneses
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(1):93-100 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO A cirurgia plástica, apesar das diversas situações em que atua, tem o caráter estético difundido na sociedade, associado aos ideais de beleza e à busca das pessoas pela perfeição corporal. Atualmente, as medidas corporais são cada vez mais detalhadas, exibidas pela mídia como sucesso nos mais diversos âmbitos sociais. O objetivo do presente estudo será identificar o conceito de cirurgia plástica vinculado aos meios de comunicação impressos do Brasil e disponíveis virtualmente, analisando e descrevendo o tipo de informação veiculada ao público leigo. MÉTODO: Para a coleta de dados, foi realizada busca sistemática de todas as notícias publicadas em meios de comunicação impressos do Brasil e disponíveis virtualmente. Para a busca, utilizamos o descritor "cirurgia plástica" no Portal Interjornal®. Foram incluídas no estudo todas as notícias publicadas entre janeiro de 2008 e dezembro de 2011, que contêm o termo "cirurgia plástica". As notícias selecionadas foram lidas e submetidas a um protocolo previamente definido. RESULTADO: Foram analisadas 1983 notícias. Deste total, 1367 (68,94%) foram classificadas como estéticas; 423 (21,33%) como reparadoras; 47 (2,37%) como estéticas e reparadoras, e 146 (7,36%) como não classificáveis. CONCLUSÃO: O conceito da cirurgia plástica veiculado pela mídia está geralmente associado à realização de procedimentos estéticos. Tanto o conteúdo quanto a qualidade das informações disponibilizadas pela mídia são insuficientes para esclarecer o público de forma adequada sobre o verdadeiro papel da especialidade e os cuidados que devem ser tomados ao se submeter a qualquer tipo de procedimento cirúrgico.

Palavras-chave: Cirurgia plástica; Jornalismo; Mídia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION Besides the diverse situations in which plastic surgery is performed, the procedure has an aesthetic character associated with societal issues, related to the ideals of beauty and to the search for body perfection. Currently, specific body measurements are increasingly being given importance, and shown by the media as being associated with success at diverse social levels. The objective of this study was to identify the concept of plastic surgery, as reported by the print media in Brazil and available in the virtual environment, by analyzing and describing the type of information that is reported to the general public. METHOD: For the data collection, a systematic search was performed on all news articles published by the print media in Brazil and available in the virtual environment. For the search, the descriptor used was "cirurgia plástica" ("plastic surgery" in English) in Portal Interjornal®. All news articles containing the term "plastic surgery" published between January 2008 and December 2011 were included in the study. The selected news articles were read and subjected to a previously established protocol. RESULTS: A total of 1983 news articles were analyzed. From this total, 1367 (68.94%) were classified as aesthetic related, 423 (21.33%) as being associated with reparative surgery, 47 (2.37%) as aesthetic and reparative, and 146 (7.36%) as undetermined. CONCLUSION: The concept of plastic surgery reported by the media was generally associated with aesthetic surgery. Both the content and the quality of information provided by the media are not enough to adequately clarify to the public the real role of the specialty and the care that should be taken when undergoing any type of surgical procedure.

Keywords: Plastic surgery; Journalism; Media.

 

O uso de retalhos microcirúrgicos em cirurgia reparadora do pé: revisão de literatura e série de casos

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Lucas Machado Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.2):49-51 - 33ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: Pacientes portadores de lesões complexas do pé eram muitas vezes amputados até 1981 quando se iniciaram em Fortaleza as microcirurgias reparadoras. O maior conhecimento da anatomia e de técnicas cirúrgicas avançadas possibilitou trabalho de mestrado no ano 2001 propondo o retalho livre de músculo grande dorsal como forma de mudar essa realidade. Nesses 17 anos, os avanços e as novas opções no manejo dos retalhos microcirúrgicos levaram os autores a questionar quais os retalhos mais utilizados atualmente.
Objetivo: Revisar na literatura os retalhos microcirúrgicos utilizados atualmente na reparação do pé e apresentar resultados de oito pacientes operados em 2017.
Métodos: Foram selecionados 8 casos com lesão do pé em região de suporte de peso operados em hospital terciário em 2017 sendo excluídos aqueles com lesões de outras regiões do pé e membro inferior e realizada pesquisa bibliográfica selecionando 14 trabalhos sobre o tema nos últimos 6 anos no Periódicos Capes.
Resultados: Nos 14 artigos selecionados foram contabilizados 356 pacientes submetidos a reconstrução do pé por microcirurgia sendo o anterolateral da coxa o mais utilizado perfazendo 55,61% dos retalhos. Os 8 casos operados pelos autores foram reconstruídos com este retalho.
Discussão: A escolha pelo retalho adequado para a cirurgia deve considerar, dentre diversos fatores, o tempo cirúrgico total, a capacidade de tolerar pressão na deambulação, a morbidade da zona doadora, a possibilidade de usar calçados e a necessidade de refinamentos secundários. Na literatura e na série observada no estudo, o retalho anterolateral da coxa se mostrou versátil e com muitas vantagens dentre as citadas.
Conclusão: O tecido do calcâneo e do pé é de difícil recuperação pois não há um substituto totalmente adequado, o que acaba por exigir do cirurgião plástico constante formação e preparo para reconstruções cada vez mais complexas e nestas, os retalhos microcirúrgicos, são fortes aliados.

Palavras-chave: Microcirurgia; Deformidades adquiridas do pé; Cirurgia plástica; Retalho perfurante; Ferimentos e lesões.

 

ABSTRACT

Introduction: Patients with complex foot injuries were often amputated until 1981 when reconstructive microsurgery began in Fortaleza. The greater anatomy and advanced surgical techniques knowledge made possible a master's work in 2001, proposing the latissimus dorsi free flap as a way to change this reality. In these 17 years, advances and new options in microsurgical flaps management have led the authors to question what are the most commonly used flaps nowadays.
Objective: To review in literature the microsurgical flaps currently used in foot repair and to present results of nine patients operated in 2017.
Methods: We selected eight cases with foot injury in a weight bearing region operated in a tertiary hospital in 2017, excluding those with lesions in other regions of foot and lower limb and it was carried out bibliographic research selecting 14 works on the subject in last 6 years in Capes Journal.
Results: In 14 articles selected, 356 patients underwent foot reconstruction by microsurgery and the anterolateral thigh part was the most used, accounting for 55.61% of flaps. The nine cases operated by the authors were reconstructed with this flap.
Discussion: Surgical flap choice should consider, among several factors, total surgical time, and ability to tolerate pressure while walking, donor site morbidity, possibility of wearing shoes and the need for secondary refinements. In literature and in the series observed in the study, anterolateral thigh flap proved to be versatile and with many advantages among the cited ones.
Conclusion: Calcaneal and foot tissues are difficult to recover because there is no substitute that is completely adequate, which ultimately requires constant training by the plastic surgeon to be prepared for increasingly complex reconstructions, and in these, microsurgical flaps are strong allies.

Keywords: Microsurgery; Foot deformities, Acquired; Surgery, plastic; Perforator flap; Wounds and injuries.

 

Padronização técnica no treinamento em microcirurgia do serviço de cirurgia plástica e microcirurgia reconstrutiva do hospital universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará (HUWC/UFC)

Caio Alcobaça Marcondes; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Iana Silva Dias; Maria Gabriela Motta Guimarães
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(2):283-288 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTODUÇÃO: A técnica microcirúrgica foi introduzida por Jacobsen e Suarez em 1960, é definida como procedimentos aplicados na manipulação de pequenas estruturas com o auxílio de lentes de aumento. A microcirurgia tem atuação em diferentes especialidades médicas, na cirurgia plástica a microcirurgia reconstrutiva, esta em continua expansão. Portanto, exige cada vez mais cirurgiões habilitados para este complexo procedimento. O artigo propõe a apresentar a padronização e os conceitos técnicos do treinamento realizado no serviço de cirurgia plástica e microcirurgia reconstrutiva do Hospital Universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará. MÉTODO: O treinamento em microcirurgia é realizado através de quatro fases com níveis crescentes de dificuldade, com uma carga horária de 120h para as três etapas iniciais. RESULTADO: Os residentes de cirurgia plástica do HUWC/UFC foram submetidos ao treinamento em microcirurgia, tendo sido contemplado todos os objetivos propostos com resultado satisfatório. CONCLUSÃO: O Treinamento em microcirurgia deverá ser iniciado em laboratórios de microcirurgia reconstrutiva, somente após desenvolver habilidades necessárias, o cirurgião plástico deverá iniciar a prática cirúrgica supervisionada.

Palavras-chave: Microcirurgia; Capacitação; Anastomose microvascular; Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The microsurgery technique was introduced by Jacobsen and Suarez in 1960, and is defined as the procedure applied in handling small structures with the aid of magnifying glasses. Microsurgery has expanding applications in different medical specialties such as plastic surgery and reconstructive microsurgery, and this complex procedure requires increasingly skilled surgeons. This article aims to present the standardization and technical concepts of the training carried out at the Plastic Surgery and Reconstructive Microsurgery Service of Walter Cantídio University Hospital of the Federal University of Ceará (HUWC/UFC). METHOD: The microsurgery training consists of four phases with increasing levels of difficulty and a workload of 120 h for the first three stages. RESULT: Plastic surgery residents at HUWC/UFC underwent the microsurgery training. All of the proposed objectives of the training were accomplished with satisfactory results. CONCLUSION: Microsurgery training should start in reconstructive microsurgery laboratories, and the plastic surgeon should begin supervised surgical practice only after acquiring the skills required.

Keywords: Microsurgery; Training; Microvascular anastomosis; Plastic surgery.

 

Transplante de grande omento para reconstrução de lesão complexa na mão

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Lucas Machado Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):482-486 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O grande omento, uma larga prega de peritônio, pode ser usado como retalho livre em numerosos procedimentos devido à vasta e calibrosa rede de seu pedículo vascular e à sua versatilidade para ser manipulado. Neste relato de caso, nós apresentamos um paciente vítima de complexa lesão de desenluvamento, cujo retalho de grande omento se provou como a melhor opção para a reconstrução da mão dentre as outras opções terapêuticas. O retalho de grande omento é uma opção viável para lesões complexas da mão, oferecendo boa cobertura da lesão e bom resultado funcional e estético.

Palavras-chave: Traumatismos da mão; Cirurgia plástica; Microcirurgia.

 

ABSTRACT

The greater omentum, a large fold of the peritoneum, can be used as a free flap in numerous procedures due to the extensive network of its broad vascular pedicle and its versatility when manipulated. In this case report, we present a patient with a complex degloving injury, in which an omental flap was the best therapeutic option for reconstruction of the hand. The greater omental flap is a viable option for complex lesions of the hand, and provides good coverage of the lesion and good functional and aesthetic results.

Keywords: Hand injuries; Plastic surgery; Microsurgery.

 

Rotina de treinamento laboratorial em microcirurgia do Instituto Nacional do Câncer

Diogo Almeida Lima; Mário Sérgio Lomba Galvão; Marcelo Moreira Cardoso; Paulo Roberto de Albuquerque Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):141-149 - Artigo Especial

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A microcirurgia é uma técnica na qual se realiza cirurgia sob magnificação óptica em vasos de diâmetro < 3 mm. Jacobson e Suarez, em 1960, foram os primeiros a utilizar o termo microcirurgia para descrever anastomoses experimentais de vasos com calibre entre 1 mm e 2 mm, sendo a origem da moderna prática microvascular creditada a eles. Desde então, foram desenvolvidos e publicados diversos tipos de transferência microvascular de tecidos para reparo de grandes defeitos corporais e ocorreu intensa modernização do poder óptico e do design dos instrumentos. Apesar dessa evolução, a prática laboratorial é indispensável e permite ao cirurgião alcançar a habilidade necessária à realização da técnica de microanastomoses. Nesse contexto, este artigo apresenta a rotina de treinamento em microcirurgia realizada no Laboratório de Microcirurgia Experimental do Instituto Nacional do Câncer (Rio de Janeiro, RJ, Brasil).

Palavras-chave: Microcirurgia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Capacitação. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

Microsurgery is a technique in which the surgery is performed under optical magnification in vessels with a diameter of less than 3 mm. In 1960, Jacobson and Suarez first used the term "microsurgery" to describe the experimental anastomosis of vessels with a caliber between 1 and 2 mm, which is considered as the origin of the modern microvascular practice. Since then, several types of microvascular tissue transfer techniques for the repair of large body defects have been developed and published, accompanied by significant advances in optical imaging technologies and instrument design. Despite this technical progress, laboratory practice is essential and enables the surgeon to acquire the ability to master the microanastomosis technique. The present study describes the microsurgery training program of the Laboratory of Experimental Microsurgery of the National Cancer Institute (Rio de Janeiro, RJ, Brazil).

Keywords: Microsurgery. Reconstructive surgical procedures. Training. Plastic surgery.

 

Reconstrução do complexo aréolo-papilar: modelo de treinamento em zona IV do retalho TRAM

Allysson Antonio Ribeiro Gomes, Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa, Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(2):379-380 - Ideias e Inovações

PDF Português

RESUMO

Introdução: A reconstrução mamária está completa quando é realizada a reconstrução do complexo aréolo-papilar (CAP). Modelos de treinamento têm agregado benefícios, sendo exercícios de simulação. Apresenta-se um modelo para treinamento em reconstrução do CAP. Método: Selecionou-se dez pacientes, nos quais a zona IV do retalho miocutâneo transverso do músculo reto abdominal (TRAM) foi utilizada para instrução em duas técnicas de retalhos para confecção do CAP. Resultados: O modelo de treinamento foi aplicado em todos os casos, tendo os residentes adquirido habilidades e domínio da técnica, demonstrando segurança na reconstrução dos casos clínicos. Conclusão: A reconstrução do CAP com zona IV do retalho TRAM é um modelo de treinamento útil.

Palavras-chave: Mamilos/cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Capacitação. Cirurgia plástica/educação.

 

ABSTRACT

Background: Breast reconstruction is complete when the nipple-areola complex (NAC) is reconstructed. Models can be used to train young surgeons, it been a simulator exercise. A model of NAC reconstruction training is the purpose of the this paper. Methods: Ten zone IV TRAM flaps were utilized to the purpose of the study. First, the trainee executes the NAC reconstruction using the flaps techniques supervised by a teacher. Afterwards, the technique skills are used on real situation in the operation room. Results: The model was used by all trainees who acquire technique skills, which was used on real situation. Conclusion: The NAC reconstruction in zone IV TRAM flap is feasible.

Keywords: Nipples/surgery. Surgical flaps. Training. Surgery, plastic/education.

 

Modelo prático para treinamento de anastomose microvascular

Murillo Francisco Pires; Fraga Luis Fernando Perin; Alexandra Conde Green ; Rafael Zacarias; José Carlos Faes; Thiago Tenório; Américo Helene Jr.
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):325-327 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A técnica de anastomose microcirúrgica é desafiadora e requer treinamento extenso, dedicação e tempo. Os autores descrevem um modelo de treinamento acessível, prático e fácil, que utiliza retalho abdominal proveniente de abdominoplastias. O calibre dos vasos epigástricos superficiais encontrados nos retalhos abdominais excisados variou de 1,2 mm a 2 mm, dependendo do índice de massa corporal da paciente no préoperatório. Esse retalho permitiu o treinamento de anastomoses microcirúrgicas em vasos de diferentes calibres. Esses vasos permaneciam com pequena quantidade de sangue em seu lúmen, o que permitia testar a qualidade e a patência das anastomoses. Esse modelo de treinamento em vasos abdominais humanos, quando comparado aos modelos animais ou inanimados, permite transição mais rápida e real aos pacientes. A prática de dissecção e de anastomoses terminoterminais e terminolaterais de uma maneira efetiva e prática aperfeiçoa a destreza cirúrgica.

Palavras-chave: Anastomose cirúrgica. Microcirurgia. Abdome/cirurgia. Capacitação.

 

ABSTRACT

The microsurgical anastomosis technique is practically challenging and requires extensive training, dedication, and time for inexperienced surgeons to perfect. In the present report, we describe an accessible, practical, and simple training model, which involves the use of an abdominal flap obtained from abdominoplasties. The caliber of the superficial epigastric vessels found in the excised abdominal flaps ranged from 1.2 mm to 2.0 mm, depending on the preoperative body mass index of the patient. This flap facilitated the training of microsurgical anastomosis in blood vessels with different calibers. These vessels had a small amount of remnant blood within the lumen, which enabled the testing of the quality and patency of the anastomosis. This training model involving human abdominal vessels allows for a quicker transition to actual operative situations, compared to the use of animal or inanimate models. Moreover, effective practice of dissection and endtoend and endtoside anastomoses using our model helps in the development of skill and surgical dexterity.

Keywords: Anastomosis, surgical. Microsurgery. Abdomen/surgery. Training.

 

Modelo de treinamento em palatoplastia

Allysson Antonio Ribeiro Gomes; Flavius Vinícius Cabral Soares; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(4):691-695 - Artigo Especial

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A fissura labiopalatina é o defeito facial mais facilmente encontrado e implica diversos problemas estéticos e funcionais. O uso de modelos de treinamento é uma opção recomendável no treinamento de jovens cirurgiões, principalmente em cirurgias da cavidade oral, em que o acesso cirúrgico e o manejo dos instrumentos são dificultados. O objetivo deste artigo é descrever um modelo reprodutível de treinamento em fechamento de fendas palatinas, desenvolvendo segurança e habilidade técnica nos jovens cirurgiões para realização da palatoplastia. O modelo de treinamento é constituído de cinco etapas, incluindo aulas teóricas, vivência do ato operatório e confecção do modelo de treinamento. O modelo de treinamento proposto neste artigo permite que o cirurgião se familiarize com o trabalho em cavidade pequena e profunda, aprenda a utilizar lentes de aumento e/ou microscópio, e treine incisões, dissecção e sutura em profundidade, podendo ser confeccionado manualmente e com baixo custo. O simulador proposto permite treinamento realístico em palatoplastia, podendo ser usado para o ensino da técnica cirúrgica, sendo facilmente reprodutível.

Palavras-chave: Palato/cirurgia. Capacitação. Simulação.

 

ABSTRACT

Cleft lip and palate is the most common facial defect and causes several aesthetic and functional problems. The use of training models is recommended for training new surgeons, especially for surgeries in the oral cavity where surgical access and instrument handling are difficult. This paper describes a replicable training model of cleft palate closure that helps new surgeons acquire the technical skills required to carry out safe palatoplasty surgeries. The training model is composed of 5 steps, including theoretical classes, monitoring of real surgery procedures, and the preparation of the training model. The training model proposed here allows the surgeon to become familiar with surgery in the small and deep oral cavity; to learn how to use magnifying glasses and/or microscopes; and to perform incisions, dissection, and suturing at a depth. The model can be made manually and inexpensively, and is easy to replicate. The proposed simulator provides realistic training in palatoplasty and can be used to teach surgical techniques.

Keywords: Palate/surgery. Training. Simulation.

 

Indicações de neo-onfaloplastia em pacientes submetidos a abdominoplastia

JULIAN ANDRES ZUÑIGA RESTREPO; CAIO PUNDEK GARCIA; CARLO MOGNON MATTIELLO; NATALIA BIANCHA RENDON; FELIPE OLIVEIRA DUARTE; JORGE BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):86-89 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: O umbigo é a única cicatriz natural aceita pelo ser humano. Em condições normais, o umbigo localiza-se na linha média da parede abdominal anterior, cerca de 18 a 23 cm da comissura vulvar, com variação de 4 cm acima a 2 cm abaixo de uma linha horizontal que passa pelas duas espinhas ilíacas anterossuperiores, apresenta uma depressão variável e tem forma circular ou discretamente alongada.
Método: Realização de um protocolo com seis indicações para neo-onfaloplastia em pacientes submetidos a procedimento cirúrgico de abdominoplastia. Apresentação da técnica: Foi realizada a técnica cirúrgica de neo-onfaloplastia com incisão em X, descrita pelo Dr. Ticiano Cesar Teixeira.
Resultados: De maneira geral, foram obtidos bons resultados, tanto na opinião dos cirurgiões plásticos do serviço como dos pacientes.
Conclusão: Consideramos que a realização de neo-onfaloplastia deve ser indicada em casos selecionados.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Umbigo; Cirurgia plástica

 

ABSTRACT

Introduction: The navel is the only natural scar accepted by the human being. Under normal conditions, the navel is located in the midline of the anterior abdominal wall, about 18 to 23 cm from the vulvar commissure, varying from 4 cm up to 2 cm below a horizontal line passing through the two anterior superior iliac spines, it has a variable depression and it is circular or discreetly elongated.
Method: A protocol with six indications for neo-omphaloplasty was performed in patients submitted to surgical abdominoplasty procedure. Presentation of the technique: The surgical technique of neo-omphaloplasty with incision in X was performed, as described by Dr. Ticiano Cesar Teixeira.
Results: In general, good results were obtained, both in the opinion of the plastic surgeons of the service and the patients.
Conclusions: We believe that neo-onfaloplasty should be performed in selected cases.

Keywords: Abdominoplasty; Plastic Surgery; Navel

 

Treinamento em cirurgia utilizando cadáver: transferência de tendão do abdutor do dedo mínimo (oponenplastia)

THIAGO MELO DE SOUZA; POSSAMAI LEONARDO MILANESI; FLAVIO MACIEL DE FREITAS; JOÃO VITOR PEIXOTO LEAL ZANIRATI; ANDRÉIA OXLEY DA ROCHA; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):179-180 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: O abdutor do dedo mínimo (ADM) é um dos músculos utilizados na cirurgia para restauração da função de oponência do polegar. Treinamento em cadáver vem demonstrando ser eficaz no aprendizado anatômico e da técnica operatória para aquisição de competências cirúrgicas em ambientes controlados. O objetivo do trabalho é a experimentação cirúrgica para o aprendizado anatômico de estruturas da mão.
Materiais e Método: Foi utilizado membro superior do Laboratório de Anatomia da UFCSPA.
Resultados e Conclusões: Como resultado final, obtivemos uma peça anatômica na qual foram reproduzidos, de maneira fiel, todos os passos do procedimento cirúrgico. Esse tipo de simulação proporciona experiência realista, livre de riscos, em que temos a possibilidade de revisar conceitos anatômicos mais relevantes em cada etapa do procedimento, além de aprimorar as suas habilidades em técnica operatória.

Palavras-chave: Capacitação; Cirurgia plástica; Anatomia

 

ABSTRACT

Introduction: The minimum finger abductor (ADM) is one of the muscles used in surgery to restore the opposing function of the thumb. Training in corpse has been shown to be effective in anatomical learning and the surgical technique for acquiring surgical skills in controlled environments. The objective of this work is the surgical experimentation for the anatomical learning of hand structures.
Materials and Method: Top member of the UFCSPA Anatomy Laboratory was used.
Results and Conclusions: As a final result, we obtained an anatomical piece in which all the steps of the surgical procedure were faithfully reproduced. This kind of simulation provides realistic, risk-free experience in which we have the possibility of reviewing more relevant anatomical concepts at each stage of procedure, in addition to improving their skills in operative technique.

Keywords: Trainning; Plastic surgery; Anatomy

 

Rotina em otoplastia do Serviço de Residência Médica da Equipe Cirurgia Plástica e Microcirurgia da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

FLAVIO MACIEL DE FREITAS; THIAGO MELO SOUZA; AUGUSTO FALLER; ALICE FISCHER; CIRO PAZ PORTINHO; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):204-205 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

A correção das orelhas proeminentes tem papel importante na melhora da autoestima e no convívio social, em especial nas crianças. De janeiro a dezembro de 2018, foi realizado um total de 38 correções de orelhas proeminentes, no Hospital da Criança Santo Antônio, pela equipe do Serviço de Cirurgia Plástica e Microcirurgia da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Todos esses procedimentos foram realizados pelo Sistema Único de Saúde, com crianças entre 9 e 17 anos. Entre janeiro e dezembro de 2018, foram operadas 31 crianças por orelhas proeminentes, sendo 58,06% do sexo masculino e 41,93% do sexo feminino, com uma idade que variou de 8 a 17 anos (média de 14,13 anos). A otoplastia é um procedimento de pequena complexidade, baixo índice de complicações e elevada taxa de satisfação por parte dos pacientes; auxiliando na melhora da autoestima e aceitação social nessa faixa etária.

Palavras-chave: Cirurgia plástica; Orelha

 

ABSTRACT

Correction of prominent ears plays an important role in improving self-esteem and social interaction, especially in children. From January to December 2018, a total of 38 prominent ear corrections were performed at the Hospital of the Child Santo Antônio, by the team of the Service of Plastic Surgery and Microsurgery of the Santa Casa de Misericórdia of Porto Alegre. All these procedures were performed by the Unified Health System, with children between age 9 and 17. Between January and December 2018, 31 children were operated on with prominent ears, 58.06% male and 41.93% female, ranging from 8 to 17 years (mean of 14.13 years). Otoplasty is a procedure of small complexity, with a low rate of complications and a high rate of patient satisfaction; helping to improve self-esteem and social acceptance in this age group.

Keywords: Plastic surgery; Ear

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons