ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 8 de 8 resultado(s)

Busca por : Hernia, Spiegel's Linea Semilunaris Plication, Abdominoplasty

Hérnia de Spiegel após Abdominoplastia

Vitor Hugo Moreira Guimarães, Carlos Fabian Idrovo Andrade, Guido Monteiro da Cunha Magalhães, Sebastião Nelson Edy Guerra
Rev. Bras. Cir. Plást. 1997;12(1):57-64 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores, após análise de 690 hernioplastias no período entre 1960 e 1994, encontraram três casos de Hérnia de Spiegel, todos diagnosticados em pacientes que já haviam se submetido a abdominoplastia prévia. Com isso, sugerem que a plicatura da linha semilunar de Spiegel associada à abdominoplastia clássica possa contribuir como método preventivo no aparecimento da hérnia, uma vez que a plicatura reforça um ponto débil da parede ântero-lateral do abdome.

Palavras-chave: Hérnia, Plicatura da Linha Semilunar de Spiegel, Abdominoplastia

 

ABSTRACT

After analyzing 690 hernioplasties performed during the period between 1960 and 1994, the authors found three cases of Spiegel's hernia, all diagnosed in patients that had undergone prior abdominoplasty. They suggest that plication of Spiegel's "linea semilunaris" associated with classical abdominoplasry may comribllle to the prevention ofSpiegeliall Hernia, since this plication reinforces a weak point in the anterolateral abdominal wall.

Keywords: Hernia, Spiegel's Linea Semilunaris Plication, Abdominoplasty

 

Uso de duas telas de polipropileno na área doadora do TRAM para reconstrução mamária: avaliação na incidência de hérnia e abaulamento abdominal

Ricardo Eustachio de Miranda; Juliana Bottas Pereira; Alfredo Gragnani Filho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):560-566 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O retalho transverso do músculo reto abdominal (TRAM) é um método bem estabelecido para reconstrução mamária. Apresenta como principal desvantagem o grande defeito da área doadora, podendo causar fraqueza da parede abdominal, hérnias e abaulamentos. Diversas táticas de fechamento do defeito da área doadora foram descritas, incluindo fechamento direto da aponeurose do músculo reto abdominal e uso de telas de polipropileno. O objetivo deste estudo foi avaliar os índices de abaulamento e hérnia no pós-operatório de TRAM utilizando a tática cirúrgica de fechamento da área doadora com duas telas de polipropileno. MÉTODOS: Estudo prospectivo em 24 pacientes submetidos à reconstrução mamária unilateral com TRAM monopediculado ou bipediculado e reparo da área doadora com duas telas de polipropileno. Os pacientes foram avaliados quanto à incidência de hérnia e abaulamento no pós-operatório de 3, 6 e 12 meses. RESULTADOS: Ocorreu um caso (4,16%) de abaulamento abdominal e nenhum caso de hérnia. Não houve casos de infecção ou extrusão da tela. CONCLUSÃO: O uso de duas telas de polipropileno na área doadora do TRAM propiciou baixa incidência de hérnias e abaulamentos abdominais.

Palavras-chave: Mamoplastia; Hérnia abdominal; Retalhos cirúrgicos; Retalho miocutâneo; Polipropilenos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The transverse rectus abdominis myocutaneous flap is a well stablished surgery for breast reconstruction. Its main disadvantage is a large defect in its donor site, leading to weakness in the abdominal wall. Many surgical tactics has been described to address the donor site defect, including direct closure of the muscular aponeurotic and use of polypropylene mesh. The purpose of this study was to assess abdominal hernia and bulge after TRAM flap breast reconstruction using two layers of polypropylene mesh in the donor site defect. METHODS: Prospective study in 24 patients who had unilateral TRAM flap breast reconstruction with two layers of polypropylene mesh to close the donor site defect. The patients were evaluated in 3.6 and 12 months of postoperative time for incidence of abdominal hernia and bulge. RESULTS: It was observed one case of abdominal bulge (4.16%) and no case of abdominal hernia. There were no cases of mesh infection or extrusion. CONCLUSION: The use of two layers of polypropylene mesh in the donor site defect of TRAM flap breast reconstruction resulted in low incidence of abdominal hernia and bulge.

Keywords: Mammaplasty; Hernia, abdominal; Surgical flaps; Myocutaneous flap; Polypropylenes.

 

Reconstrução de parede abdominal: série de casos

Kelson Kawamura; Igor Chaves Gomes Luna; Rafael Anlicoara; Priscila da Silva Lopes; Marcel Fernando Miranda Batista Lima
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(1):56-63 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os pacientes com defeitos de parede abdominal chegam ao consultório do cirurgião plástico em situações muitas vezes complexas, necessitando de abordagem cirúrgica avançada. MÉTODOS: Estudo primário, retrospectivo e descritivo de pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos de reconstrução de parede abdominal pelo Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC-UFPE). RESULTADOS: Foram revisados e incluídos os prontuários de 18 pacientes, 15 (83,3%) do sexo feminino e 3 (16,7%) do masculino, com idade variando de 16 a 79 anos (média de 41 anos). Dezessete pacientes possuíam histórico de cirurgia prévia (94,4%), sendo a cesárea presente em 8 dos casos (44,4%), seguida de cirurgia oncológica com 6 (33,3%), cirurgia do trauma com 2 (11,1%) e bariátrica com 2 (11,1%). Em relação à etiologia do defeito, 8 (44,4%) eram decorrentes de fasciite necrosante, 4 (22,2%) de hérnia incisional, 2 (11,1%) por trauma, 2 (11,1%) por infecção de ferida operatória e 2 (11,1%) por neoplasia de parede abdominal, sendo somente um (5,5%) paciente com defeito de espessura total. A técnica cirúrgica de separação dos componentes foi realizada em 7 dos casos (38,9%), seguida de retalho de avanço simples em 6 (33,3%), fechamento com tela associado à abdominoplastia em 3 (16,7%), e expansor tecidual em 2 (11,1%). Quanto às complicações, houve 4 casos (22,2%). CONCLUSÕES: Defeitos de parede abdominal são casos desafiadores para o cirurgião plástico, seu tratamento se mostra árduo, porém com resultados satisfatórios mesmo nos casos mais severos.

Palavras-chave: Parede abdominal; Reconstrução; Fasciite necrosante; Hérnia abdominal; Hérnia ventral.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Patients with abdominal wall defects present challenging complications that require the use of advanced surgical approaches. METHODS: This primary, retrospective, and descriptive study evaluated patients who underwent abdominal wall reconstruction at the Plastic Surgery Service of the Clinics Hospital of the Federal University of Pernambuco. RESULTS: The medical records of 18 patients were reviewed, including 15 women (83.3%) and 3 men (16.7%), with a mean age of 41 years (range, 16-79 years). Seventeen patients (94.4%) had a history of previous surgery. The causes of abdominal injury were cesarean section in eight cases (44.4%), oncologic surgery in six (33.3%), trauma surgery in two (11.1%), and bariatric surgery in two (11.1%). The etiology of the defect was necrotizing fasciitis in eight cases (44.4%), incisional hernia in four (22.2%), trauma in two (11.1%), surgical wound dehiscence in two (11.1%), abdominal wall neoplasia in two (11.1%), and total thickness defect in one (5.5%). The surgical interventions included the component separation technique in seven cases (38.9%), simple VY advancement flap in six (33.3%), closure with abdominoplasty in three (16.7%), and tissue expander in two (11.1%). Four patients (22.2%) presented complications. CONCLUSIONS: Abdominal wall defects are challenging cases for plastic surgeons, as their treatment is difficult, but the results are satisfactory even in the most severe cases.

Keywords: Abdominal wall; Reconstruction; Necrotizing fasciitis; Abdominal hernia; Ventral hernia.

 

Tratamento das hérnias incisionais nas abdominoplastias multifuncionais

Carlos Del Pino Roxo; Ana Claudia Weck Roxo; Luciana Labanca; Christiano Ricardo Pinto Martins
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(3):184-188 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Os pacientes que são submetidos a cirurgias bariátricas freqüentemente evoluem com hérnias de parede abdominal, sejam estas imperceptíveis ao exame físico ou mesmo grandes eventrações com perda de domicílio. Método: Neste artigo, os autores relatam suas experiências com o tratamento destas hérnias durante a abdominoplastia multifuncional, por meio do isolamento e redução do saco herniário e síntese primária da falha aponeurótica com posterior plicatura desta, sem o uso de materiais aloplásticos. Foi realizado um estudo retrospectivo abrangendo um total de 44 pacientes, num período de cinco anos e meio, onde a eficácia e segurança da técnica foram analisadas.

Palavras-chave: Hérnia ventral. Abdome/cirurgia. Cirurgia bariátrica/efeitos adversos. Gastroplastia/efeitos adversos. Obesidade mórbida/cirurgia.

 

ABSTRACT

Introduction: Abdominal wall hernias frequently occur after open bariatric surgical procedures, which may be imperceptible during physical examination or very remarkable as big eventrations with loss of domain. Methods: In this article, the authors report their experience with the treatment of these hernias during the multifunctional abdominoplasty, thru the isolation and reduction of the herniary sac, primary synthesis of the defect and plicature of the aponeurosis, without using aloplastic materials. The authors made a retrospective study with 44 patients, over five and a half year's period, where the effectiveness and safety of the technique were analized.

Keywords: Hernia, ventral. Abdomen/surgery. Bariatric surgery/adverse effects. Gastroplasty/adverse effects. Obesity, morbid/surgery.

 

Correção cirúrgica de múltiplas hérnias abdominais associada à abdominoplastia: relato de caso

Leonardo Milanesi Possamai*; Mariana Zancanaro; Flávio Maciel de Freitas Neto; Eduardo Zanin; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):26-27 - Contorno Corporal

PDF Português

RESUMO

O abdômen possui importância estética e funcional de extrema importância no ser humano. O reparo da hérnia abdominal muitas vezes causa cicatrizes em posições indesejadas E alterações morfológicas em região abdominal. Relato de caso de paciente submetida à abdominoplastia com posterior surgimento de hérnias abdominais. Para a correção cirúrgica, foi realizada incisão em cicatriz prévia e dissecção ampla de parede abdominal, com suturas de sacos herniários e colocação de tela de polipropileno abrangendo toda área de descolamento. Paciente evolui satisfatoriamente, com melhora da dor abdominal e com resultado estético abdominal satisfatório. Procedimentos não estéticos combinados, como quando associados com hernioplastia, carregam um risco maior do que o procedimento isolado. Nenhum caso semelhante foi encontrado na literatura.

Palavras-chave: Hérnia abdominal; Abdominoplastia; Cicatriz; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Reparação da parede abdominal com tela dupla de polipropileno e poliglecaprone pós-retalho TRAM em reconstrução mamária

Evelyne Gabriela Schmaltz Chaves Marques; João Luis Gil Jorge; Camila Zirlis Naif de Andrade; Marcelo Felix da Silva; Jayme Adriano Farina Junior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):544-549 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reparação da parede abdominal após reconstrução mamária com retalho TRAM representa um desafio para o cirurgião, ainda sem consenso na literatura em relação à melhor técnica. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência da tela Ultrapro® em dois planos anatômicos distintos para reparação da parede abdominal pós-retalho TRAM. MÉTODO: Um estudo retrospectivo foi realizado por meio da revisão de prontuários de 24 pacientes submetidas à reconstrução de mama com retalho TRAM pediculado e reparo da área doadora abdominal com tela dupla de polipropileno e poliglecaprone - Ultrapro® pela Divisão de Cirurgia Plástica do HCFMRP-USP. Foram avaliados fatores de risco para hérnias ou abaulamentos abdominais, momento da reconstrução de mama; complicações pós-operatórias, incluindo hérnias ou abaulamentos abdominais, e tempo de seguimento pós-operatório. RESULTADOS: Do total de 24 pacientes com idade média de 51 anos, 10 (41,6%) apresentavam alguma comorbidade. Em 95,8% das pacientes a reconstrução mamária foi tardia e o retalho TRAM foi unipediculado em 58,4% dos casos. As complicações pós-operatórias mais frequentes foram deiscência de sutura (25%) e seroma (21%). Duas pacientes (8,4%) tiveram diagnóstico de hérnia abdominal e três pacientes (12,5%) apresentaram abaulamento abdominal. O tempo de seguimento pós-operatório variou de 5 a 48 meses (média 23,4 meses, DP: 13,28). CONCLUSÃO: O uso da tela híbrida Ultrapro® em dois planos anatômicos demonstrou ser mais uma alternativa para o reparo da parede abdominal pós retalho TRAM em reconstrução mamária, com baixa morbidade da área doadora abdominal e índices de complicações semelhantes aos dados da literatura.

Palavras-chave: Reconstrução mamária; Hérnia abdominal; Tela sintética; Retalho TRAM; Mastectomia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The repair of the abdominal wall after breast reconstruction with a transverse rectus myocutaneous (TRAM) flap is a challenge for the surgeon, and there is still no consensus in the literature about which is the best technique. The objective of this study is to evaluate the efficiency of the Ultrapro® mesh in two different anatomical planes for the repair of the abdominal wall after TRAM flap surgery. METHOD: This is a retrospective study conducted through a medical records review of 24 patients who underwent breast reconstruction with a pedicle TRAM flap, and repair of abdominal donor site with a dual mesh of polypropylene and polyglecaprone - Ultrapro, at the Plastic Surgery Division of the Clinics Hospital of the Medicine Faculty of Ribeirão Preto - University of São Paulo. We evaluated the risk factors for abdominal hernias or bulges, time of breast reconstruction, postoperative complications (including abdominal hernias or bulges), and postoperative follow-up. RESULTS: Of the 24 patients with a mean age of 51 years, 10 (41.6%) had a comorbidity. In 95.8% of the patients, breast reconstruction was late; the TRAM flap was a single pedicle in 58.4% of cases. The most frequent postoperative complications were suture dehiscence (25%) and seroma (21%). Two patients (8.4%) were found to have abdominal hernia, and three patients (12.5%) had abdominal bulging. The postoperative follow-up ranged from 5 to 48 months (average, 23.4 months, SD = 13.28). CONCLUSION: The use of the Ultrapro hybrid mesh at two anatomical planes proved to be an alternative for the repair of the abdominal wall after TRAM flap surgery for breast reconstruction, with low morbidity of the abdominal donor site and complication rates similar to literature data.

Keywords: Breast reconstruction; Abdominal hernia; Synthetic mesh; TRAM flap; Mastectomy.

 

Neo-onfaloplastia com enxerto cutâneo

Pedro Celso de Castro Pita; Rafael Anlicoara; Juan Pablo Maricevich; Kelson Kawamura; Priscila da Silva Lopes
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):237-240 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A cicatriz umbilical é decorrente da queda do coto umbilical, que ocorre alguns dias após o nascimento. Sua presença, formato e localização na parede abdominal fornecem ao indivíduo uma conotação estética e sensual. MÉTODOS: Estudo primário, prospectivo, de intervenção. A casuística foi de conveniência, no período de fevereiro de 2006 a junho de 2016, incluindo pacientes de ambos os gêneros, alocados do ambulatório do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC-UFPE) e clínica privada. Os critérios de inclusão foram pacientes com indicação de abdominoplastia e que apresentavam um comprometimento da irrigação da pele da região umbilical e periumbilical devido a defeitos herniários da região. O estudo seguiu os critérios de Helsinki e os pacientes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. RESULTADOS: Foram operados 28 pacientes, sendo observada uma boa integração da pele enxertada, resultando em uma cicatriz umbilical de aparência natural e sem complicações. CONCLUSÕES: A neo-onfaloplastia com enxerto cutâneo é de fácil execução e que, a longo prazo, tem demonstrado um bom resultado estético, principalmente nos retalhos abdominais espessos, demonstrando ser mais uma opção técnica na realização de neo-onfaloplastias.

Palavras-chave: Umbigo; Abdominoplastia; Hérnia umbilical; Abdome; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The umbilical scar is due to the fall of the umbilical stump that occurs a few days after birth. Its presence, shape, and location on the abdominal wall provide the individual with an aesthetic and sensual connotation. METHODS: A primary prospective interventional study. The sample was of convenience, from February 2006 to June 2016, and included patients of both sexes attending the outpatient clinic of the Hospital das Clínicas of the Federal University of Pernambuco (HC-UFPE), a private clinic . The inclusion criteria were patients with abdominoplasty indications presenting with compromised circulation to the skin of the umbilical and periumbilical region caused by hernia defects in this area. The study followed the criteria of Helsinki and the patients signed an Informed Consent Form. RESULTS: Twenty-eight patients underwent surgery and good integration of the grafted skin was observed. This resulted in an umbilical scar with a natural appearance and without complications. CONCLUSIONS: Neoomphaloplasty with a cutaneous graft is easy to perform and, in the long term, has shown to provide good aesthetic results, especially in thick abdominal flaps, thus proving to be an additional technical option for neoomphaloplasty procedures.

Keywords: Navel; Abdominoplasty; Umbilical hernia; Abdomen; Reconstructive surgical procedures.

 

Dermolipectomia e correção de múltiplas hérnias abdominais com reforço da parede abdominal: relato de caso

LINDA MAR PARADA ROBERTS MUNIZ; HERALDO CARLOS BORGES INFORZATO; PEDRO ANTONIO CORDOVA ROCHA; ADAMO KATSUHIRO DE ANDRADE YOSHIKI; EWALDO BOLIVAR DE SOUZA PINTO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):40-42 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Fazemos relato de caso de uma paciente com uma alteração abdominal grande na qual a correção da hérnia unicamente traria resultados não estéticos, comprometendo o psicológico, e preservaria as doenças de pele, assim como as queixas da paciente. No tratamento das hérnias abdominais é realizado um fechamento simples do defeito8. Esse fechamento simples, na maioria dos casos, precisa ser abordado por uma incisão mediana infra e supraumbilical. Esse tipo de cirurgia é pouco aceitado pelos pacientes, já que muitas vezes o resultado são cicatrizes inestéticas e pacientes insatisfeitos. As primeiras abdominoplastias foram realizadas com o intuito de corrigir grandes hérnias ventrais3.

Palavras-chave: Hérnia abdominal; Lipodistrofia; Abdominoplastia; Umbigo; Parede abdominal

 

ABSTRACT

We report a case of a patient with a large abdominal alteration in which hernia repair would only bring non-esthetic results, compromising the psychological aspect, and maintaining the skin diseases, as well as the patient's complaints. In the treatment of abdominal hernias, a simple closure of the defect is performed8. In most cases, this simple closure needs to be addressed by a medial below and supra-umbilical incision. This type of surgery is little accepted by patients, since the results are often unsightly scars and dissatisfied patients. The first abdominoplasties were performed in order to correct large ventricular hernias3.

Keywords: Lipodystrophy; Abdominal wall; Abdominal hernia; Abdominoplasty; Umbilicus

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons