ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 8 de 8 resultado(s)

Busca por : Depressão; Transtorno depressivo; Psicopatologia; Cirurgia estética

Cirurgia Plástica Estética - Avaliação dos Resultados

Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2000;15(1):61-66 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A cirurgia plástica estética tem tido importante divulgação nos últimos anos. A expectativa dos pacientes quanto aos resultados dos procedimentos é freqüentemente irreal, demostrando a falta de correta divulgação de seus limites e possibilidades. O presente trabalho tem como finalidade discutir a avaliação dos resultados da cirurgia estética, exemplificando com os critérios utilizados para a ritidoplastia e mastoplastia.

Palavras-chave: Cirurgia plástica; cirurgia estética; avaliação; rejuvenescimento facial; mastoplastias

 

ABSTRACT

Aesthetic plastic surgery has been greatly divulged in the last new years. Patient's expectations as to procedure outcomes are frequently unreal, showing lack of correct divulging of its limits and possibilities. This paper aims at discussing evaluation of results in aesthetic surgery, with the criteria for rhytidoplasty and mastoplasty as examples.

Keywords: Plastic surgery; aesthetic surgery; evaluation; face rejuvenescence; mastoplasty

 

Mamoplastias redutoras e mastopexias realizadas no HC-UNICAMP: análise comparativa entre duas técnicas

Ivana Leme de Calaes; Marco Antonio de Camargo Bueno; Paulo Kharmandayan; Bruna Borghese Augustini; Herberti Rosique Aguiar; Luis Fernando Deo Trevisolli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(1):64-75 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Diferentes técnicas para mamoplastia redutora e mastopexia são descritas na literatura, visando a resultados que reconstituam o polo superior, ofereçam melhor projeção e proporcionem tratamento adequado para a ptose mamária. No entanto, devemos nos atentar para a segurança da técnica, com manutenção da vascularização, inervação dos tecidos e possibilidade de amamentação. Análise comparativa com pacientes operadas pela técnica com retalho de pedículo inferior e pacientes operadas pela técnica com sutura circular em bolsa. MÉTODOS: Análise de 85 pacientes submetidas à mamoplastia redutora ou mastopexia sem implantes, entre janeiro de 2011 e dezembro de 2012, no Hospital de Clínicas da Unicamp. Foram excluídos 31 pacientes, as quais foram submetidas apenas à mamoplastia redutora pela técnica de Pitanguy (sem utilização de retalhos ou sutura circular). Dentre as 54 pacientes restantes, cinco foram posteriormente excluídas devido ao não comparecimento à consulta ou à não realização da ultrassonografia pós-operatória. Foram agrupadas 16 pacientes submetidas à sutura circular contínua e 33 pacientes operadas pela técnica de pedículo inferior. RESULTADOS: Dados demográficos foram semelhantes nos dois grupos. Maior número de pequenas complicações e resultados insatisfatórios foi observado no grupo submetido à técnica de pedículo inferior, bem como maior índice de achados ultrassonográficos relevantes no pós-operatório. CONCLUSÃO: A técnica de sutura circular contínua apresentou elevado índice de satisfação, menor número de complicações e resultados mais duradouros quando comparados com a técnica de pedículo inferior, durante o período analisado.

Palavras-chave: Mamoplastia redutora; Mastopexia, Redução de mamas; Retalho de pedículo inferior; Sutura circular contínua; Cirurgia estética.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Several reduction mammoplasty and mastopexy techniques are described in the literature, with the aim of reconstituting the upper pole, offering better projection, and providing adequate treatment for breast ptosis. However, particular attention should be devoted to the safety of the technique, with maintenance of vascularization, tissue innervation, and the capability of breastfeeding. Female patients operated on with the inferior pedicle flap technique were compared with those operated on with purse-string circular suturing. METHODS: Eighty-five patients who had undergone reduction mammoplasty or mastopexy without implants, between January 2011 and December 2012 at Unicamp's Clinical Hospital, were evaluated. Thirty-one patients who only underwent reduction mammoplasty by Pitanguy's technique (without the use of flaps or circular sutures) were excluded. Of the remaining 54 patients, five were subsequently excluded for not attending medical appointments or failure to have postoperative ultrasonography. A group of 16 patients who had undergone circular suturing and a group of 33 operated on by the inferior pedicle technique were considered. RESULTS: Demographic data were similar for both groups. A higher number of minor complications and unsatisfactory results were observed in the group that underwent the inferior pedicle technique, who also had a higher rate of relevant post-operative ultrasonography events. CONCLUSION: The circular suturing technique resulted in a high satisfaction rate, lower number of complications, and longer lasting results than the inferior pedicle technique, during the period analyzed in this study.

Keywords: Reduction mammoplasty; Mastopexy; Breast reduction, Inferior pedicle flap; Continuous circular suture; Cosmetic surgery.

 

Depressão e bem-estar em individuo idoso com úlcera venosa

Rita de Cássia Pereira; Elizabete Ferreira dos Santos; Maria Aparecida Queiroz; Marcelo Renato Massahud Junior; Maiume Roana Ferreira de Carvalho; Geraldo Magela Salomé
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):567-574 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A úlcera venosa assume grande importância na vida dos pacientes, pois a ocorrência de deformidade causada por este tipo de ferida pode gerar consequência advensas as causais inclui distúrbios psicossocial. Avaliar bem-estar subjetivo e depressão em pessoas idosas com úlcera venosa. MÉTODOS: Estudo clínico, primário, descritivo, analítico e multicêntrico. Participaram 55 indivíduos idosos com úlcera venosa, atendidos no Núcleo de Assistência e Ensino em Enfermagem do Hospital das Clínicas Samuel Libânio, no Ambulatório São João da Universidade do Vale do Sapucaí e nas Unidades Básicas de Saúde da cidade de Pouso Alegre. Foram incluídos pacientes com idade acima de 60 anos, ambos os sexos, índice tornozelo/braço entre 0,8 e 1,0. Os dados foram coletados no período compreendido entre dezembro de 2012 a maio de 2013, após aprovação Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Ciências da Saúde Dr. José Antônio Garcia Coutinho sob parecer 3.090.46. Os instrumentos utilizados foram: dado sócio demográfico, Escala de Depressão Geriátrica em versão reduzida de Yesavage e Escala de Bem-estar Subjetivo. Para análise estatística foi realizado os testes: Qui-Quadrado, t de Student. RESULTADOS: A Maioria, dos indivíduos, era do sexo feminino, 22(40%) tinham entre 60 e 65 anos, 27(49,10%) entre 66 e 70 anos, tinham de 1 a 2 salários mínimos e viúvo. Foram identificados 23 (41,82%) idosos com úlcera venosa nível da depressão leve ou moderada, e 26(47,28%) depressão severa. Relacionado à Escala Bem-estar Subjetivo a maioria dos participantes do estudo apresentaram alteração nos domínios: 43(78,20%), satisfação com a vida, e 40 (72,70%). CONCLUSÃO: Através deste estudo concluímos que os indivíduos que participaram da pesquisa apresentam depressão entre leve a severa e queda na qualidade de vida. Sentem-se infelizes, e insatisfeitos com a vida.

Palavras-chave: Úlcera venosa; Úlcera de perna; Depressão; Qualidade de vida; Idoso.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Venous ulcers play an important role in patients' lives, as the deformities caused by this type of wound can lead to various adverse effects, including psychosocial disorders. OBJECTIVE: To evaluate subjective wellness and depression in elderly patients with venous ulcers. METHODS: This is a primary, descriptive, analytical, and multicenter clinical study involving 55 elderly patients with venous ulcers, undergoing treatment at the Nursing Assistance and Training Center of Clínicas Samuel Libânio Hospital, at the São João Outpatient Clinic of the University of Vale do Sapucaí and at the Primary Healthcare Units of Pouso Alegre city. The study included male and female patients, aged 360 years, and with an ankle-brachial index between 0.8 and 1.0. Data were collected between December 2012 and May 2013, after approval by the research ethics committee of the Faculty of Health Sciences Dr. José Antônio Garcia Coutinho, under recommendation 3.090.46. Sociodemographic data, Yesevage's reduced version of the Geriatric Depression Scale, and the Subjective Wellness Scale were used. Statistical analyses were carried out with the chi-square and Student's t tests. RESULTS: Most of the study participants were female; 22 (40%) of the patients were aged 60-65 years and 27 (49.10%) were aged 66-70 years. Their income ranged between 1 and 2 minimum wages, and most of them are widowers. Twenty-three (41.82%) elderly patients with venous ulcers had mild to moderate depression levels, and 26 (47.28%) showed severe depression. In the Subjective Wellness Scale, most study participants revealed changes in items 43 (satisfaction with life; 78.20%) and 40 (72.70%). CONCLUSION: This study revealed that study participants had mild to severe depression and decreased quality of life.

Keywords: Venous ulcer; Leg ulcer; Depression; Quality of life; Elderly.

 

Depressão em indivíduos com lesão traumática de medula espinhal com úlcera por pressão

Sergio Aguinaldo de Almeida; Patrícia Ferreira do Espírito Santo; Maiko Moura Silveira; Diego Guimarães Openheimer; Rosimar Aparecida Alves Dutra; Maria de Lourdes Guarnieri Barbosa Bueno; Geraldo Magela Salome; Maria Teresa de Jesus Pereira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):282-288 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O trauma raquimedular é um fator de risco para o desenvolvimento de úlcera por pressão, em decorrência das várias alterações sensitivas e motoras que o acompanham. O objetivo deste estudo foi avaliar o nível de depressão em indivíduos com lesões medulares portadores de úlcera por pressão. MÉTODO: Trata-se de estudo exploratório, descritivo e analítico, que incluiu 50 pacientes com lesão medular com úlcera por pressão. Os dados foram coletados no período compreendido entre fevereiro de 2010 e maio de 2011. Para avaliação do nível de depressão, foi utilizado o Inventário de Depressão de Beck. RESULTADOS: Trinta e dois (64%) pacientes tinham idade entre 21 anos e 30 anos, 34 (68%) não tinham ocupação, 29 (58%) eram casados ou em união estável e 31 (62%) não praticavam atividades desportivas. Dezoito (36%) pacientes foram vítimas de acidente de trânsito e 22 (44%), de arma de fogo. Com relação ao tempo de lesão medular, 10 (20%) pacientes sofreram a lesão havia 2 anos e 9 (18%), 5 anos. Quanto à categoria/estágio da úlcera por pressão, 23 (46%) pacientes eram da categoria/estágio III e 18 (36%), da categoria/estágio II. Trinta (60%) pacientes apresentavam úlceras por pressão com presença de exsudato e odor. No que se refere ao nível de depressão, 14 (28%) dos pacientes apresentaram depressão considerada leve a moderada, 8 (16%), depressão moderada a grave e 3 (6%), depressão grave. No que concerne aos sintomas de depressão, 48 (96%) pacientes apresentaram distorção da imagem corporal, 31 (62%), autodepreciação, 30 (60%), retração social e 48 (96%), distúrbio do sono. CONCLUSÕES: A maioria dos indivíduos com lesão medular com úlcera por pressão apresentou depressão, tendo como principais sintomas: distorção da imagem corporal, autodepreciação, retração social e ideia suicida.

Palavras-chave: Paraplegia. Traumatismos da medula espinal. Qualidade de vida. Depressão. Úlcera por pressão.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Spinal cord trauma is a risk factor for the development of pressure ulcers owing to various sensory and motor changes associated with this condition. This study aimed to assess the level of depression in patients with spinal cord injuries and pressure ulcers. METHODS: This was an exploratory, descriptive, and analytical study, which included 50 patients with spinal cord injuries and pressure ulcers. The data were collected between February 2010 and May 2011. In these individuals, the level of depression was assessed using the Beck Depression Inventory. RESULTS: Among the patients, 32 (64%) were aged between 21 and 30 years, 34 (68%) were unemployed, 29 (58%) were married or in stable relationship, and 31 (62%) did not practice sports activities. In all, 18 (36%) patients developed spinal injuries owing to traffic accidents and 22 (44%) developed these owing to firearms. In all, 10 (20%) patients had developed spinal cord injuries since 2 years and 9 (18%) patients since 5 years. Category/stage III pressure ulcers were detected in 23 (46%) patients, and category/stage II pressure ulcers were noted in 18 (36%). Further, in 30 (60%) patients, pressure ulcers were associated with the presence of exudate and odor. In all, 14 (28%) patients had mild-to-moderate depression, 8 (16%) had moderate-to-severe depression, and 3 (6%) patients had severe depression. Depressive symptoms were noted in 48 (96%) patients with body image issues, 31 (62%) with self-deprecation, 30 (60%) with social withdrawal, and 48 (96%) with sleep disorders. CONCLUSIONS: Most individuals with spinal cord injuries and pressure ulcers had depression, and their main symptoms included body image issues, self-deprecation, social withdrawal, and suicidal thoughts.

Keywords: Paraplegia. Spinal cord injuries. Quality of life. Depression. Pressure ulcer.

 

Transtornos depressivos em pacientes que buscam cirurgia plástica estética: uma visão ampla e atualizada

Paulo Renato de Paula; Ruffo Freitas-Júnior; Marcelo Prado; Carlos Gustavo Lemos Neves; Fabiano Calixto Fortes de Arruda; Vladmir Eduardo Bermudes Vargas; Fábio Silva Fernandes
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):261-268 - Artigo de Revisão

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A cirurgia estética pode melhorar a qualidade de vida de pacientes, porém alguns que se apresentam para o procedimento são portadores de transtornos depressivos (TD) e podem evoluir, no pós-operatório, de forma desastrosa do ponto de vista psicológico e até mesmo evoluir para o suicídio. A prevalência de TD em pacientes de cirurgia plásticaestética é em média de 20%, podendo chegar até 70%. Este artigo tem por objetivo fazer uma revisão sobre depressão e cirurgia estética bem como alertar e conscientizar os cirurgiões plásticos sobre o crescente aumento destes pacientes nos consultórios. Objetiva, ainda, orientar os cirurgiões quanto a abordagem adequada e condutas específicas perante estes. MÉTODOS: Realizou-se busca nos bancos de dados MEDLINE/PubMed e Embase e cruzamento de palavras chaves, incluindo "cirurgia plástica estética", "depressão"; "transtornos de humor", "transtorno depressivo", "sintomas depressivos", "suicídio e cirurgia plástica". RESULTADOS: O sucesso de uma cirurgia plástica depende em muito da seleção dos pacientes para o procedimento. Pacientes suspeitos, pacientes com sintomas depressivos elevados nos questionários (como o BDI) e pacientes com "marcadores" de psicopatologia deverão ser encaminhados ao psiquiatra para avaliação adequada. CONCLUSÃO: Pela elevada prevalência de TD em cirurgia plástica estética, todo paciente de cirurgia plástica deverá ser avaliado adequadamente para identificação daqueles com possíveis TD no pré-operatório e encaminhado ao psiquiatra, para assim tentar se evitar evolução psicológica desfavorável pós-operatória.

Palavras-chave: Depressão; Transtorno depressivo; Psicopatologia; Cirurgia estética

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Aesthetic surgery can improve the quality of life of patients, but some candidates for the procedure have depressive disorders (DDs) that may develop, in the postoperative period, in a disastrous manner from a psychological point of view and even progress to suicide. The prevalence of DDs in cosmetic surgery patients is 20% on average and reaches 70%. This article aims to review depression and aesthetic surgery as well as to alert and educate plastic surgeons on the growing number of these patients in clinical settings. It also aims to guide surgeons to the appropriate approach and specific behaviors with these patients. METHODS: A search was performed in MEDLINE/PubMed and Embase, and key words were entered, including "cosmetic surgery," "depression," "mood disorders," "depressive disorder," "depressive symptoms," and "suicide and plastic surgery." RESULTS: The success of plastic surgery depends a great deal on the selection of patients for the procedure. Suspect patients, patients with elevated depressive symptoms in questionnaires (such as the BDI), and patients with psychopathology "markers" should be forwarded to a psychiatrist for proper evaluation. CONCLUSION: Due to the high prevalence of DDs in aesthetic plastic surgery patients, every plastic surgery patient should be evaluated properly to identify those with possible DDs in the preoperative period, and those should be forwarded to a psychiatrist, thus avoiding an unfavorable postoperative psychological evolution.

Keywords: Depression; Depressive Disorder; Psychopathology; Aesthetic Surgery.

 

Complicações em abdominoplastia

ROLF GEMPERLI; ROGÉRIO RAFAEL DA SILVA MENDES
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.2):53-56 - Suplemento Simpósio Mineiro de Intercorrências 13º SIMPÓSIO - 2019

PDF Português

RESUMO

Abdominoplastia configura entre os procedimentos mais realizados em Cirurgia Plástica Estética e Reparadora. Embora seja um procedimento considerado seguro não é isento de complicações, sejam elas locais (seroma, hematoma, necrose, infecção, assimetrias) ou sistêmicas (doença tromboembólica, insuficiência respiratória). Neste artigo foram revisadas e detalhadas as principais complicações em abdominoplastias, com ênfase na frequência de ocorrência, apresentação clínica, fatores de risco, prevenção e tratamento.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Lipoaspiração; Cirurgia plástica; Cirurgia estética; Cirurgia reparadora; Complicações

 

Avaliação de sintomas depressivos em pessoas com úlcera venosa

Geraldo Magela Salomé; Leila Blanes; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):124-129 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A úlcera venosa assume grande importância na vida dos pacientes, pois a ocorrência de deformidades causadas por esse tipo de ferida pode gerar consequências adversas, as quais incluem distúrbios psicossociais. O objetivo deste estudo é avaliar o nível de ocorrência de sintomas depressivos apresentados pelos pacientes com úlcera venosa. MÉTODO: Estudo exploratório, descritivo, analítico e transversal, realizado no Ambulatório de Feridas de um Conjunto Hospitalar, localizado no interior do estado de São Paulo. Os dados foram coletados por meio de entrevistas, no período compreendido entre dezembro de 2008 e abril de 2009, após aprovação do projeto de investigação pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (CEP-1611/08). Foi utilizado o Inventário de Avaliação de Depressão de Beck. RESULTADOS: Participaram da pesquisa 60 pacientes. A maioria (91,66%) apresentou algum nível de depressão. Houve maior frequência de sintomas no nível leve a moderado (n = 39; 65%). Todos os níveis apresentaram diferença estatística. Os cinco sintomas mais encontrados foram: tristeza, distorção da imagem corporal, autodepreciação, diminuição da libido e retração social. Os sintomas menos representados foram ideia suicida e perda do apetite, sendo referidos por um paciente em cada aspecto. Quanto à idade, 43 pacientes tinham mais de 61 anos, dos quais 38 (88,4%) apresentavam sintomas depressivos no nível leve a grave. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos por meio do Inventário de Avaliação de Depressão de Beck permitiram concluir que pacientes com úlcera venosa apresentam níveis diferentes de sintomas depressivos.

Palavras-chave: Depressão. Auto-imagem. Qualidade de vida. Úlcera varicosa.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Venous ulcers play an important role in patients' lives, as the incidence of deformities caused by this type of wound might produce adverse consequences, including psychosocial disorders. The objective of this study is to evaluate the occurrence of depressive symptoms presented by patients with venous ulcers. METHODS: An exploratory, descriptive, analytical, and cross-sectional study was conducted at the Outpatient Wound Clinic of the Hospital Set within the State of São Paulo. The data were collected by interviews between December 2008 and April 2009 after approval of the research project by the Research Ethics Committee of the Federal University of São Paulo (CEP-1611/08). The Beck Depression Inventory was the instrument of the study. RESULTS: Sixty patients participated in the survey. The majority (91.66%) showed some level of depression. There was a higher frequency of symptoms ranging from mild to moderate (n = 39; 65%). All levels of depression showed statistical differences. The five symptoms most commonly found were sadness, distorted body image, self-depreciation, decreased libido, and social withdrawal. Symptoms less represented were suicidal ideation and loss of appetite, each mentioned by only one patient. Forty-three patients were over 61 years old. Of these, 38 (88.4%) had depressive symptoms ranging from mild to severe. CONCLUSIONS: The data obtained and evaluated by the Beck Depression Inventory allow the conclusion that patients with venous ulcers present different levels of depressive symptoms.

Keywords: Depression. Self concept. Quality of life. Varicose ulcer.

 

Avaliação do nível de depressão em indivíduos com feridas crônicas

Patrícia Ferreira do Espírito Santo; Sergio Aguinaldo de Almeida; Maria Teresa de Jesus Pereira; Geraldo Magela Salomé
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(4):665-671 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Avaliar a intensidade e osníveis de sintomas de depressão nos pacientes com feridas crônicas. MÉTODO: Estudo exploratório e analítico. Participaram do estudo 25 pacientes com úlceras venosas, 30 com úlceras por pressão e 18 diabéticos com pé ulcerado. Para mensurar a intensidade de sintomas e o nível de depressão foi utilizado o Inventário de Avaliação de Depressão de Beck. RESULTADOS: Dentre os pacientes com úlcera venosa, sete (28%) apresentaram depressão leve a moderada e três (12%) depressão moderada a grave. Dezesseis (53,3%) pacientes com úlceras por pressão manifestaram depressão leve a moderada, e cinco (16,7%), depressão de moderada a grave. Dez (55,6%) pacientes diabéticos com pé ulcerado apresentaram depressão leve a moderada e, quatro (22,20%)sem depressão ou depressão mínima. CONCLUSÃO: Os autores concluíram que os pacientes do estudo apresentaram entre depressão leve a moderada e grave.

Palavras-chave: Diabetes Mellitus. Qualidade de vida. Depressão. Pé diabético. Úlcera Por Pressão. Úlcera Venosa.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The Hyperbaric Oxygen Therapy-HOT, is a non-invasive therapeutic method in which patient breaths 100% oxygen (pure oxygen) through masks, while remain in a pressurized chamber to a pressure higher than atmospheric. Its act as an accelerator of recovery process, by increasing the oxygen saturation in the body that allows to speed up cicatrization and engagement to infection. The aim of this study was to determine the epidemiological profile of hyperbaric oxygen therapy patient of Mato Grosso do Sul state. OBJECTIVE: To demonstrate the Epidemiological Profile of patients treated with the aid of hyperbaric oxygen in the State of Mato Grosso do Sul May 2007 to October 2012. METHODS: We conducted a restrospective study of HOT patients admitted to Santa Casa de Campo Grande Hospital from May 2007 to October 2012. RESULTS: Among 600 patients who underwent HOT, there was a predominance for males (71% - 425 patients); Plastic surgery is the medical speciality which most request HOT associated with conventional treatment for their patients (71% of the total patients), and most of these are due to burn injury (82%). Most of the patients were aged between 31 and 60 years old. (the range with highest prevalence were 31 to 60 years). The mean number of hyperbaric sessions among the burn patients was between 6 and 10 sessions (66.19% of burn patients). CONCLUSIONS: The majority of our service to patients requiring hyperbaric oxygen therapy was male because of moderate to severe burns, and the Plastic Surgery specialty that most used this tool as adjuvant treatment.

Keywords: Hyperbaric Oxigenation. Therapeutics. Wound Healing.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons