ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 45 result(s)

Search for : Deformidades adquiridas da orelha; Orelha; Cartilagem da orelha; Orelha externa; Otopatias

Epicranial aponeurosis in the second stage of ear reconstruction

Talita Franco, Diogo Franco, Pedro Faveret
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(1):1-7 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The authors analyze the routine employed at the Hospital Clementino Fraga Filho of the Universidade Federal do Rio de Janeiro in the treatment of microtic ears, calling attention to details in the positioning and sculpturing of the new ear and recommending the use of the epicranial aponeurosis (galea) to protect the grafted cartilage, during the retroauricular sulcus construction.

Keywords: Ear external, abnormalities. Ear external, surgery. Surgical flaps. Cartilage, transplantation

 

RESUMO

Os autores apresentam a sistematização adotada no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro na correção das microtias. Mostram a importância dos detalhes de posicionamento e modelagem da neo-orelha e a conveniência de se usar a aponeurose epicraniana (gálea), no segundo tempo da reconstrução, para proteger a cartilagem enxertada.

Palavras-chave: Orelha externa, anormalidades. Orelha externa, cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Cartilagem, transplante

 

Evaluation of ear sensibility after otoplasty

Pedro Soler Coltro; Hélio Ricardo Nogueira Alves; Patrícia Yuko Hiraki; Samuel Terra Gallafrio; Klaus Werner Fels; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):254-262 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Objective: To compare the ear tactile sensibility before and after otoplasty to correct prominent ears, through measurement of cutaneous pressure and movement threshold by Pressure Specified Sensory DeviceTM (PSSD). Methods: Prospective study, evaluating 15 patients with prominent ears, which were treated with bilateral otoplasty through a combination of techniques based on the type of anatomic deformity. Tactile ear sensibility was tested by the same observer on preoperative and after 6 months from surgery by PSSD. Each ear was tested in 7 areas, 5 on the anterior face: crux of helix (1.OARH), middle helix (2.OAHM), antihelix (3.OAA), concha (4.OAC), lobe (5.OAL); and 2 on the posterior face: retroauricular slot (6.OPSRA), slot between scapha and concha (7.OPSEC). In each area was performed one point static test and one point moving test. Results: The mean of cutaneous pressure thresholds (g/mm2) on 7 static tested areas, at pre and postoperative were respectively: 1.OARH: 0.3767 / 0.3987 / p=0.043; 2.OAHM: 0.374 / 0.4053 / p=0.0007; 3.OAA: 0.37 / 0.3893 / p=0.0138; 4.OAC: 0.388 / 0.41 / p=0.0335; 5.OAL: 0.3373 / 0.372 / p=0.0002; 6.OPSRA: 0.383 / 0.4 / p=0.1; 7.OPSEC: 0.382 / 0.4013 / p=0.0465. The mean of cutaneous pressure thresholds (g/mm2) on seven moving tested areas, at pre and postoperative were, respectively: 1.OARH: 0.3653 / 0.3947 / p=0.0112; 2.OAHM: 0.3547 / 0.3813 / p=0.0041; 3.OAA: 0.382 / 0.4007 / p=0.0402; 4.OAC: 0.3827 / 0.414 / p=0.0002; 5.OAL: 0.3393 / 0.368 / p=0.0009; 6.OPSRA: 0.38 / 0.402 / p=0.0273; 7.OPSEC: 0.3887 / 0.4207 / p=0.0003. Conclusions: The results indicate that there was a reduction of tactile ear sensibility after otoplasty.

Keywords: Ear/surgery. Ear, external/surgery. Sensory thresholds.

 

RESUMO

Objetivo: Comparar a sensibilidade tátil da orelha antes e após otoplastia para correção de orelhas proeminentes, por meio da medida dos limiares cutâneos de pressão e de movimento obtidos pelo Pressure Specified Sensory DeviceTM (PSSD). Método: Estudo prospectivo, avaliando 15 pacientes com orelhas proeminentes, submetidos a otoplastia bilateral por meio de uma combinação de técnicas baseada no tipo de deformidade anatômica. A sensibilidade tátil da orelha foi testada pelo mesmo observador no pré-operatório e após 6 meses da cirurgia por meio do PSSD. Cada orelha foi testada em 7 áreas, 5 anteriores: raiz da hélice (1.OARH), hélice média (2.OAHM), antélice (3.OAA), concha (4.OAC), lóbulo (5.OAL); e 2 posteriores: sulco retroauricular (6.OPSRA), sulco escafo-conchal (7.OPSEC). Em cada área foi realizado o teste de um ponto estático e de um ponto dinâmico. Resultados: A média dos limiares de pressão cutânea (g/mm2) nas 7 áreas do teste estático, no pré e pós-operatório, foi, respectivamente: 1.OARH: 0,3767 / 0,3987 / p=0,043; 2.OAHM: 0,374 / 0,4053 / p=0,0007; 3.OAA: 0,37 / 0,3893 / p=0,0138; 4.OAC: 0,388 / 0,41 / p=0,0335; 5.OAL: 0,3373 / 0,372 / p=0,0002; 6.OPSRA: 0,383 / 0,4 / p=0,1; 7.OPSEC: 0,382 / 0,4013 / p=0,0465. Já a média dos limiares de pressão cutânea (g/mm2) nas 7 áreas do teste dinâmico, no pré e pósoperatório, foi, respectivamente: 1.OARH: 0,3653 / 0,3947 / p=0,0112; 2.OAHM: 0,3547 / 0,3813 / p=0,0041; 3.OAA: 0,382 / 0,4007 / p=0,0402; 4.OAC: 0,3827 / 0,414 / p=0,0002; 5.OAL: 0,3393 / 0,368 / p=0,0009; 6.OPSRA: 0,38 / 0,402 / p=0,0273; 7.OPSEC: 0,3887 / 0,4207 / p=0,0003. Conclusões: Os resultados indicam que houve redução da sensibilidade tátil da orelha após a otoplastia.

Palavras-chave: Orelha/cirurgia. Orelha externa/cirurgia. Limiar sensorial.

 

Comparison of surgical techniques for prominent ear correction: Mustardé versus Converse

Marcel Fernando Miranda Batista Lima; Pablo Maricevich; Kelson Kawamura; Priscila Da Silva Lopes;Amanda Lucas Freire; Rafael Anlicoara
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(2):154-160 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: prominent ears, popularly called "flappy ears," represent the most common congenital deformity of the external ear, affecting approximately 5% of the population.
Methods: Primary, prospective and intervention study comparing the results of patients undergoing the surgical procedure to correct prominent ears using the Converse and the Mustardé techniques, performed at the Plastic Surgery Service of the Hospital das Clínicas, Federal University of Pernambuco (HC) -UFPE).
Results: Twenty patients were evaluated, 10 with the Converse technique, and 10 with the Mustardé technique, from June 2016 to December 2017. Both groups showed a decrease in auricular mastoid distances at the end of the observation period, ranging from 6.67 to 14.6 mm, depending on the surgical technique and the evaluation point, but without statistical significance. Regarding the average auricular mastoid distances at the end of the observation period, a difference of a maximum of 6.3 mm was observed between the evaluated groups, but without statistical significance. Regarding the symmetry of the ears within the same group, the maximum mean level of asymmetry in the Mustardé and Converse groups was 0.9 mm and 0.5 mm, respectively. However, the percentage of loss of correction of the measures obtained surgically during the observation period in both groups ranged between 15 and 19%, without statistical significance. Regarding complications, there was 1 (10%) case of hematoma in the Mustardé group.
Conclusion: Converse and Mustardé techniques did not show statistical differences in the results.

Keywords: Auricular Cartilage; Plastic surgery; Auricle; Outer ear; Otopathies.

 

RESUMO

Introdução: As orelhas proeminentes, popularmente chamadas de "orelhas em abano", representam a deformidade congênita mais comum da orelha externa, atingindo cerca de 5% da população.
Métodos: Estudo primário, prospectivo e de intervenção comparando os resultados de pacientes submetidos ao procedimento cirúrgico de correção de orelhas proeminentes por meio da técnica de Converse e de Mustardé, realizado no Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC-UFPE).
Resultados: Foram avaliados 20 pacientes, 10 por meio da técnica de Converse e 10 por meio de Mustardé, no período de junho de 2016 a dezembro de 2017. Ambos os grupos mostraram diminuição das distâncias mastoideas auriculares ao final do período de observação, variando de 6.67 a 14.6 mm, a depender da técnica cirúrgica e do ponto de avaliação, mas sem significância estatística. Quanto às distâncias mastoideas auriculares médias ao final do período de observação, observou-se diferença de no máximo 6.3mm entre os grupos avaliados, mas sem significância estatística. Em relação a simetria das orelhas dentro do mesmo grupo, o nível máximo de assimetria média nos grupos Mustardé e Converse foi de respectivamente 0.9mm e 0.5mm. A porcentagem da perda de correção das medidas obtidas cirurgicamente ao longo do período de observação em ambos os grupos variaram de 15-19%, no entanto, sem significância estatística. No que se refere as complicações, houve 1 (10%) caso de hematoma no grupo Mustardé.
Conclusão: As técnicas de Converse e Mustardé demostraram não ter diferença estatística nos resultados.

Palavras-chave: Cartilagem articular; Cirurgia plástica; Orelha externa; Pavilhão auricular; Otopatias

 

Analysis of congenital macrotia surgical treatment: the experience of eight cases

Mariana Sisto Alessi, Pedro Soler Coltro, Marcus Castro Ferreira, Julia Peres, Eduardo Kawata Sakae, Fábio Ezo Aki
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(3):269-273 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Macrotia is a rare congenital ear deformity. Macrotic ears are out of proportion to the normal facial features. Few surgical techniques are described on the literature to treat this deformity. Objective: The experience of the Division of Plastic Surgery from University of São Paulo Faculty of Medicine on the correction of macrotia is presented. Methods: On a ten year period, eight patients with bilateral macrotic ears were treated. The technique used was that developed by Bauer. Results: Our results showed that an mean reduction of ear length in 1.37 cm and the width in 0.48 cm was achieved. There were no complications and the aesthetic results were satisfactory. The resection using natural ear creases has reduced both the length and width of the ear, preserving its proportions and positioning incisions and scars in a hidden location. Conclusion: This technique is easily reproducible and it is a good option for the treatment of macrotia.

Keywords: Macrotia. Ear/surgery. Ear deformities, acquired. Surgery, plastic.

 

RESUMO

Introdução: A macrotia é uma rara deformidade congênita da orelha, caracterizada por aumento nas suas dimensões. Há pequeno número de publicações sobre o seu tratamento cirúrgico. Objetivo: Apresentar a experiência da Disciplina de Cirurgia Plástica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) na correção da macrotia. Método: No período de 10 anos, oito pacientes portadores de macrotia congênita bilateral foram submetidos a tratamento cirúrgico, utilizando os princípios descritos por Bauer. Resultados: Os resultados obtidos foram considerados satisfatórios, com redução média de 1,42 cm no comprimento das orelhas e de 0,49 cm em sua largura. Não foram observadas complicações. A técnica utilizada permite correção adequada tanto do comprimento quanto da largura da orelha, mantendo suas proporções. As cicatrizes resultantes posicionam-se em locais pouco aparentes, oferecendo resultado estético satisfatório. Conclusão: A técnica é de fácil reprodutibilidade e uma boa opção para o tratamento da macrotia.

Palavras-chave: Macrotia. Orelha/cirurgia. Deformidades adquiridas da orelha. Cirurgia plástica.

 

Otoplasty using cartilage abrasion and perichondrioplasty and conchamastoide suture

Silvio Frizzo Ognibene, Aymar E. Sperli, José Octavio G. de Freitas, Silvio de Freitas Ognibene
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(2):271-277 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Prominent ear has been treated with many different methods. The surgical correction of the conchoscaphal angle and of the distance between the antihelix rim and temporal scalp has been performed both by Brazilian and foreign surgeons. Methods: This paper describes our experience with the combination of different surgical techniques in the correction of prominent ears of 80 patients. The method includes the abrasion of the antihelix, so as to weaken it, and then its reshaping with perichondrioplasty. Concha was attached to the mastoid after removal of the posterior auricular muscle. Results: All patients were operated in the morning, with local anesthesia and sedation, and were discharged in the same day. The result shows a very natural look due to the weakening of the cartilage by abrasion, not breakage, and its reshaping with adequate sutures.

Keywords: External ear. Plastic surgery. Ear diseases/surgery.

 

RESUMO

Introdução: A deformidade congênita conhecida como orelha proeminente já foi tratada com diferentes técnicas. Diversos métodos utilizados para a correção do ângulo céfalo-auricular e escafo-conchal são utilizados tanto por autores estrangeiros como brasileiros. Método: Este trabalho foi realizado com 80 pacientes, visando demonstrar a experiência do autor sênior na combinação de diversas técnicas. O tratamento da anti-hélix foi feito por meio da raspagem da cartilagem, buscando seu enfraquecimento, e posterior modelação, com a pericondrioplastia, enquanto o tratamento da concha foi feito pela sua fixação na mastóide após esvaziamento. Todos os pacientes foram operados no período da manhã sob anestesia local e sedação, com alta no mesmo dia. Resultados: A técnica resulta em aspecto visual bastante natural, evitando assim o "estigma de orelha operada", já que a cartilagem não é quebrada, sendo somente enfraquecida e posteriormente remodelada com pontos.

Palavras-chave: Orelha externa. Cirurgia plástica. Otopatias/cirurgia.

 

Firmin's surgical classification for ear deformities: critical analisys of a series operated in Brazil

Cesar Augusto Raposo-do-Amaral; Cassio Eduardo Raposodo-Amaral; Françoise Firmin
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(2):243-249 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: The reconstruction to correct microtias and acquired ear deformities is a defying surgery due to clinical variations and many forms of treatment. Rogers and Tanzer described the clinical classification that is the most utilized in the literature and Firmin described a surgical classification to assist the plastic surgeon in the treatment. Objective: Demonstrate that there is no strict indications between the clinical types and types of skin incision and to present the best way to use Firmin's surgical classification. Methods: 12 patients with congenital (microtias) or acquired (burn sequela) ear deformities were evaluated. The patients were categorized clinically and surgically by the senior author. All patients underwent reconstructive surgery and were followed up for one year. It was also evaluated the complication index. Results: The clinical classification was: 3 patients as small anomaly, 4 as lobular type, 3 as conchal type and 2 patients with total defect / burn sequel. The surgical classification of skin incision was: 3 patients as type II, 2 as type IIIa and 4 as type IIIb. For the framework was: 5 patients type I and 4 patients type III. The complication index was low. Conclusion: The Firmin's surgical classification for ear reconstruction demonstrated to be an excellent tool to guide the plastic surgeon in the therapeutic treatment. The Firmin's types of incision utilized in the corrective surgery have a relationship with the size and location of the auricular remanent and are independent of the clinical classification.

Keywords: Ear/surgery. Ear, External/abnormalities. Reconstructive Surgical Procedures. Ear Deformities, Acquired Microtia.

 

RESUMO

Introdução: A reconstrução para corrigir as deformidades auriculares, congênitas ou adquiridas, é uma cirurgia desafiadora devido à grande variabilidade clínica e dos tipos de tratamento. Firmin descreveu uma classificação cirúrgica com a finalidade de auxiliar o cirurgião plástico na realização do tratamento. Objetivo: Demonstrar que não existe uma regra única entre os tipos clínicos e os possíveis tipos de incisão na pele e apresentar a melhor maneira de utilizar a classificação cirúrgica de Firmin. Método: Foram avaliados 12 pacientes, todos portadores de deformidades congênitas ou adquiridas. Os pacientes foram classificados clínica e cirurgicamente pela autora sênior. Foram excluídos do estudo os pacientes submetidos à reconstrução de orelha sem a necessidade de cartilagem costal, utilizando cartilagem conchal da orelha contralateral. Todos os pacientes foram submetidos à reconstrução de orelha e acompanhados por um ano. Foi avaliado também o índice de complicações. Resultados: As classificações cirúrgicas de incisão na pele foram: 3 pacientes tipo II, 2 pacientes tipo IIIa e 4 pacientes tipo IIIb. Os tipos de maquete foram: 5 pacientes tipo I e 4 pacientes tipo III. Não houve mudanças das indicações cirúrgicas. O índice de complicações foi considerado baixo. Conclusão: A classificação cirúrgica de Firmin para reconstrução auricular demonstrou ser uma excelente ferramenta para direcionar o cirurgião plástico no planejamento terapêutico. O tipo de incisão, proposto por Firmin, a ser utilizado na correção cirúrgica tem relação com o tamanho e a localidade do remanescente auricular ou com sua ausência, e é independente da classificação clínica.

Palavras-chave: Orelha/cirurgia. Orelha Externa /anormalidades. Deformidades Adquiridas da Orelha. Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos Microtia.

 

Assessment of the degree of correction of prominent ears using a standardized treatment algorithm

Leonardo Gabeira Secco; Dacio Yoshikasu Ogata; Bruno Henrique Pagnoncelli; Raidel Deucher Ribeiro; Rafael Camargo Paccanaro; Ricardo Eustachio De Miranda; Roberto Luiz Sodré; Alfredo Gragnani; Marcos Eduardo Bercial; José Augusto Calil
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(4):571-577 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: The goal of aesthetic otoplasty is the correction of ear deformities by creating harmonious and symmetrical external ears, without visible scars. Otoplasty techniques based on the excision of postauricular skin are associated with high recurrence rates. Modern otoplasty is based on cartilage-cutting and cartilage-sparing techniques, alone or in combination, which lead to lower recurrence rates. OBJECTIVE: We evaluated the efficacy of otoplasty combined with other techniques in the correction of ear deformities, based on a modified version of the "algorithm for otoplasty at the Craniofacial Center at Texas Children's Hospital". METHODS: Forty patients, who underwent otoplasty for prominent ears in our institution between March and September of 2009, were prospectively assessed. The mastoid-helix distance was measured preoperatively (baseline) and at 1, 3, and 6 months postoperatively. RESULTS: The most common deformities were scaphoconchal angle greater than 90º (51.3%, 41/80 ears) and conchal hypertrophy > 2.5 cm (46.3%, 37/80 ears). Recurrence occurred in 2 (5%) patients and partial stenosis of the ear canal in 1 (2.5%). Significant reductions in the mastoid-helix distance were observed at the three time points compared with baseline (P<0.001); a significant reduction was present in the immediate postoperative period (P<0.001), followed by a small increase 3 months postoperatively (P<0.005), which appeared to stabilize between 3-6 months postoperatively (P=0.520). CONCLUSION: Otoplasty performed according to the modified algorithm resulted in a significant reduction of the mastoid-helix distance, which slightly increased in the early postoperative period, and re-mained unchanged 6 months postoperatively.

Keywords: Otologic surgical procedures. Ear, External. Deformities.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O objetivo da otoplastia estética é a correção de deformidades da orelha, criando orelhas externas harmoniosas e simétricas. As técnicas de otoplastia, baseadas na excisão da pele pós-auricular, estão associados com a recorrência elevada. A otoplastia moderna é baseada nas técnicas de ressecção e/ou modelagem da cartilagem, que levam a menores taxas de recorrência. OBJETIVO Foi avaliada a eficácia da otoplastia com técnica combinada na correção de deformidades da orelha, baseado numa versão modificada do "algoritmo para otoplastia", no Centro Craniofacial do Hospital Infantil do Texas". MÉTODO: Quarenta pacientes submetidos à otoplastia por orelhas proeminentes, entre março e setembro de 2009, foram avaliados prospectivamente. A distância mastoide-hélice foi medida no pré-operatório e após 1, 3 e 6 meses após a cirurgia. RESULTADOS: As deformidades mais comuns foram ângulo escafo-conchal maior que 90º (51,3%, 41/80 orelhas) e hipertrofia de concha> 2,5 cm (46,3%, 37/80 orelhas). Reduções significativas na distância mastoide-hélice foram observadas nos três períodos em comparação com os valores basais (P<0,001). Houve uma redução desta medida no período pós-operatório imediato (P<0,001), seguido por um pequeno aumento após três meses da cirurgia (P<0,005) e subsequente tendência de estabilização entre 3-6 meses após a cirurgia (P=0,520). CONCLUSÃO: Otoplastia, realizada de acordo com o algoritmo citado, resultou em redução significativa da distância mastoide-hélice, com ligeira perda desta redução no início do período pós-operatório, e com tendência a manter-se inalterado após 6 meses de pós-operatório.

Palavras-chave: Orelha externa. Otoplastia. Deformidades.

 

Contricted ear surgical treatment

Diogo Franco, João Medeiros, Denyse Andrade, Alessandro Grossi, Talita Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(3):180-185 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Constricted ears may present as different malformations that share the deformity upper part of ear. Deformity correction may range from a simple technique to a complex reconstruction of all segments, with costal cartilage grafts. Method: Eight patients were operated, with different deformity presentation, in a total of 10 constricted ears, between 2000 and 2004, in Plastic Surgery Division at University Hospital of Federal University of Rio de Janeiro. Patients had a follow-up range from 1 year to 3 years and 6 months. The aim of this study is to describe surgical techniques used according to auricular deformity severity. Results: Retrospective analysis has shown satisfactory results, without complication and relapse. Conclusion: The authors have concluded that surgical treatment of ear congenital malformation, as constricted ear, should be performed by surgeons experienced in several techniques adapting to the different auricular malformations.

Keywords: Ear, external, abnormalities. Ear, external, surgery. Reconstructive surgical procedures, methods

 

RESUMO

Introdução: As orelhas constrictas apresentam-se sob formas variadas, tendo em comum o comprometimento predominante do terço superior. As deformidades podem ser de resolução técnica simples ou até necessitarem de reconstruções complexas de todo o segmento, com enxertia de cartilagem costal. Método: No período de 2000 a 2004, foram operados oito pacientes, totalizando 10 orelhas constrictas, com apresentações diferentes, no Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Os pacientes foram acompanhados por um período que variou de 1 ano a 3 anos e 6 meses. Este trabalho tem como objetivo descrever as técnicas cirúrgicas utilizadas, de acordo com a gravidade da deformidade anatômica. Resultados: Os casos foram analisados de forma retrospectiva, evidenciando-se boa evolução, sem intercorrências ou recidivas. Conclusão: Concluímos que o tratamento das orelhas constritas necessita de um arsenal de técnicas adaptáveis às suas múltiplas formas. Cirurgias mal-sucedidas podem dificultar reconstruções futuras.

Palavras-chave: Orelha externa, anormalidades. Orelha externa, cirurgia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos, métodos

 

Results evaluation of congenital and trauma acquired auricular deformities reconstructions

Guilherme Abbud Franco Lapin
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(1):64-74 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Congenital and acquired auricular deformities present considerable functional and psychological loss to the patient. The Auricular Reconstruction (AR) is a complex procedure that demands high technical skills and brings difficulties in order to obtain acceptable results. Objective: Evaluate the results after AR in congenital and trauma acquired auricular deformities. Method: It was considered 19 patients in two groups: Microtia Group (MG) with 10 cases and Trauma Group (TG) with nine cases. The results were evaluated by three methods: (1) patient self-evaluation graded from 1 to 5 in pre and post operative moments, (2) evaluation graded from 1 to 5 by two plastic surgeons following six technical aspects and (3) incidence of complications. Results: the self-evaluation in pre and post operative moments presented in MG grades 2.4 and 4.3, and in TG grades 1.66 and 3.77, respectively. The evaluation from specialists had a mean grade among all technical aspects of 3.86 in MG and 3.71 in TG. It happened three complications in MG and two complications in TG, with one total failure in each group. Conclusion: AR present complications that can be effectively treated in most occurrences. AR is a complex surgery, but throught rigorous execution of the chosen technique, can offer good technical results, bringing back the patient self-esteem and helping with his social reintegration.

Keywords: Acquired ear deformities. External ear/surgery. Ear auricle.

 

RESUMO

Introdução: As deformidades auriculares congênitas e adquiridas apresentam um grande prejuízo funcional e, sobretudo, psicológico para o paciente. A Reconstrução de Orelha (RO) é um procedimento complexo que exige elevado detalhamento técnico, o que traz dificuldades para obtenção de bons resultados. Objetivo: Avaliar os resultados após RO em defeitos auriculares congênitos e adquiridos por trauma. Método: Foram selecionados 19 pacientes em dois grupos: Grupo Microtia (GM) com 10 casos e Grupo Trauma (GT) com nove casos. A avaliação dos resultados foi feita de três maneiras: (1) auto-avaliação do paciente com notas de 1 a 5 no pré e pós-operatório, (2) avaliação com notas de 1 a 5 por dois cirurgiões plásticos segundo seis critérios técnicos e (3) incidência de complicações. Resultados: A auto-avaliação de pré e pós-operatório apresentou no GM nota de 2,4 e 4,3, e no GT nota de 1,66 e 3,77, respectivamente. A avaliação dos especialistas teve nota média entre todos os quesitos técnicos de 3,86 no GM e de 3,71 no GT. Ocorreram três complicações no GM e duas complicações no GT, com um insucesso total em cada grupo. Conclusão: A RO apresenta complicações que podem ser tratadas efetivamente na sua maior parte. A RO é uma cirurgia complexa, mas com a aplicação rigorosa da técnica escolhida, pode oferecer bons resultados dentro de critérios técnicos, elevando a auto-estima do paciente e ajudando-o na sua reintegração social.

Palavras-chave: Deformidades adquiridas da orelha. Orelha externa/cirurgia. Pavilhão auricular.

 

Correction of prominent ears by the cartilaginous incision technique, definition of the antihelix with Mustardé sutures, and fixation of the ear cartilage at the mastoid

Francisco de Oliveira Goulart; Danilo Santos Vidal de Arruda; Bruno Menezes Karner; Pedro Lopes Gomes; Sérgio Carreirão
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(4):602-607 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: Prominent ear is the most common congenital defect of the ear, with an incidence of 5% in Caucasians. Surgical treatment should correct the auriculocephalic and conchoscaphal angles as well as protrusion of the lobe when present. This paper aims to report the experience of our service in the treatment of prominent ears with a combination of several available techniques. METHODS: Forty-seven patients operated with a combination of previously described techniques were evaluated, and cartilaginous incision, Mustardé sutures for antihelix definition, and concha-mastoid fixation were performed. Patients less than 15 years of age were operated under general and local anesthesia, while the remaining patients underwent only local anesthesia. All patients were reassessed on the first postoperative day. RESULTS: The postoperative results were considered satisfactory by both patients and surgical staff, with no stigma development in the operated ear. CONCLUSIONS: The best treatment of prominent ears is achieved by a combination of techniques. The approach used on the studied patients has produced natural-looking results with low complication rates, satisfying the surgical staff and, most importantly, the patients.

Keywords: External ear/surgery. Plastic surgery/methods. Ear diseases/surgery.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A orelha de abano é o mais comum de todos os defeitos congênitos da orelha, com incidência de 5% em caucasianos. O tratamento cirúrgico deve corrigir os ângulos auriculocefálico e escafoconchal, bem como a protrusão do lóbulo, quando presente. O objetivo deste trabalho é demonstrar a experiência de nosso serviço no tratamento da orelha de abano com a combinação de diversas técnicas disponíveis. MÉTODO: Foram avaliados 47 pacientes, operados com a associação de técnicas já descritas anteriormente, sendo utilizados incisão cartilaginosa, pontos de Mustardé para definição de antélice e fixação da concha na mastoide. Os pacientes com menos de 15 anos de idade foram operados sob anestesias geral e local, e os demais foram submetidos somente a anestesia local. Todos os pacientes foram reavaliados no primeiro dia de pós-operatório. RESULTADOS: Os resultados pós-operatórios foram considerados satisfatórios pelos pacientes e pela equipe cirúrgica, sem o aparecimento do estigma de orelha operada. CONCLUSÕES: O melhor tratamento de orelhas proeminentes é obtido com a associação de diversas técnicas. A abordagem empregada nos pacientes avaliados tem apresentado resultados naturais e com baixos índices de complicação, satisfazendo a equipe cirúrgica e, principalmente, os pacientes.

Palavras-chave: Orelha externa/cirurgia. Cirurgia plástica/métodos. Otopatias/cirurgia.

 

Use of trichloroacetic acid for closure of lesion by extensors in lobules of ears

Juliana Gulelmo Staut; Diego Ovalle Torres; Juliano Pereira; André Coewlho Nepomuceno; Carina Padua; Fernando Giovanetti Morano; Rodrigo Pinto Gimenez
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(2):203-205 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The use of ear lobe extenders causes a circular defect whose closure becomes a challenge for the plastic surgeon. There are multiple techniques with mobilization of local flaps in an attempt to close and return to the natural shape of the lobe. We propose to present trichloroacetic acid (TCA) as an alternative for the correction of these lesions.
Methods: A total of five patients with lesions by ear skin eyelets were selected, and 90% TCA was used to close the defects.
Results: After applying the product, in the first days, there was a hyperemia around the area where the acid was applied. The frosting area was replaced by a crust, which loosened over the days, concomitantly reducing the diameter of the lesion with progressive closure of the defect.
Conclusion: Although more studies are needed, the use of 90% TCA proved to be a simple and practical option for the closure of enlarged ear lobes.

Keywords: Acquired ear deformities; Trichloroacetic acid; Chemical abrasion; External ear; Ear.

 

RESUMO

Introdução: O uso de alargadores de lóbulos de orelhas provoca um defeito circular cujo fechamento se torna um desafio para o cirurgião plástico. Existem múltiplas técnicas com mobilização de retalhos locais na tentativa de promover o fechamento e devolver o formato natural do lóbulo. Nossa proposta é apresentar o ácido tricloroacético (ATA) como alternativa para a correção dessas lesões.
Métodos: Foram selecionados um total de 5 pacientes com lesões por alargadores nos lóbulos das orelhas e utilizado ATA 90% para o fechamento dos defeitos.
Resultados: Após a aplicação do produto, observou-se uma hiperemia ao redor da área onde foi aplicado o ácido nos primeiros dias, a área de frosting foi substituída por uma crosta, que foi se soltando com o passar dos dias, concomitante a redução do diâmetro da lesão com fechamento progressivo do defeito.
Conclusão: Apesar de mais estudos serem necessários, a utilização de ATA 90% se mostrou uma opção simples e eficaz para o fechamento de lóbulos de orelhas alargados.

Palavras-chave: Deformidades adquiridas da orelha; Ácido tricloroacético; Abrasão química; Orelha externa; Orelha

 

Otoplasty using combined techniques: analysis of results and changes in patient quality of life

Alexander Hornos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):406-415 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Prominent ears are relatively frequent and are the most common congenital ear deformity. Numerous otoplasty procedures are described in the literature, including some that recommend the use of combined techniques. Outstanding ears cause considerable aesthetic alteration of the facial symmetry and are associated with psychological and behavioral problems. Thus, it is important to assess the improvement in patient quality of life that this surgical procedure provides. This study aimed to analyze the results of otoplasty procedures using combined techniques and assess the improvement in patient quality of life after the procedure. METHOD: A retrospective analysis of the results of otoplasty procedures conducted between February 2010 and June 2012 using combined Stenstroem, Mustardé, and Furnas techniques was performed. Epidemiological data and incidence of complications were analyzed, and improvement of quality of life was assessed using the Glasgow benefit inventory questionnaire. RESULTS: Forty patients were included in the study, corresponding to a sample of 77 ears subjected to surgery. The patients' mean age was 24.4 years. Of the patients, 80% were women. Seven complications (9%) were observed in 7 patients who underwent surgery. The Glasgow benefit inventory questionnaire was answered by 26 patients. The mean score for overall benefit was 62.45 points (range, 30.5-97.2 points). CONCLUSIONS: The use of the combined techniques in otoplasty showed low incidence of complications and yielded results similar to those described in the literature. Moreover, this study demonstrated that this procedure has the potential to improve the quality of life of patients with prominent ears.

Keywords: Ear, external/surgery. Surgery, plastic/methods. Ear diseases/surgery. Ear cartilage.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Orelhas proeminentes são relativamente frequentes, sendo a alteração congênita mais comum da orelha. Inúmeros procedimentos de otoplastia são descritos na literatura, dentre eles alguns que preconizam a utilização de técnicas combinadas. A orelha de abano, além de proporcionar considerável prejuízo estético para a harmonia facial, está relacionada a problemas psicológicos e de comportamento. Assim, torna-se importante a mensuração da melhora da qualidade de vida proporcionada por esse procedimento cirúrgico. Este estudo teve por objetivo analisar os resultados das otoplastias utilizando técnica combinada e avaliar a melhora na qualidade de vida advinda após esse procedimento. MÉTODO: Análise retrospectiva dos resultados das otoplastias realizadas no período de fevereiro de 2010 a junho de 2012, com técnica combinada de Stenstroem, Mustardé e Furnas. Foram analisados dados epidemiológicos e incidência de complicações, bem como foi avaliada a melhora da qualidade de vida pelo questionário Glasgow Benefit Inventory. RESULTADOS: Quarenta pacientes foram incluídos no estudo, correspondendo a uma amostra de 77 orelhas operadas. A média de idade dos pacientes foi de 24,4 anos, sendo 80% do sexo feminino. Ocorreram 7 complicações na amostra (9%) em 7 pacientes operados. O questionário Glasgow Benefit Inventory foi respondido por 26 pacientes. A pontuação de benefício geral revelou uma média de 62,45 pontos (30,5 pontos a 97,2 pontos). CONCLUSÕES: A utilização de técnicas combinadas na correção da orelha de abano revelou baixa incidência de complicações, com resultados comparáveis aos da literatura. Este estudo demonstrou ainda que a realização desse procedimento apresenta a possibilidade de modificar positivamente a qualidade de vida dos pacientes operados.

Palavras-chave: Orelha externa/cirurgia. Cirurgia plástica/métodos. Otopatias/cirurgia. Cartilagem da orelha.

 

Management of constricted ear: plastic surgery service approach at the Hospital of Clinics in Porto Alegre, Brazil

EDUARDO MADALOSSO ZANIN; ISABEL CRISTINA STENSMANN; LUCAS VARGAS DALBOSCO; DIEGO DULLIUS; CIRO PAZ PORTINHO; ANTONIO CARLOS PINTO OLIVEIRA; MARCUS VINICIUS MARTINS COLLARES
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(4):479-482 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The prevalence of ear malformations reaches 5% when considering the entire world population. Primarily presented in 1975, the constricted ear represents a group of deformities of the upper third of the auricular cartilage with common features. The aesthetic impact and social stigma of these deformities can cause psychological harm to the patient when not corrected.
Methods: We describe below the technique used in the plastic surgery department of the Hospital de Clínicas de Porto Alegre.
Results: Result can be evidenced with 30 days postoperatively.
Conclusion: The described method, cartilage resettlement, is an option for treatment of this deformity with adequate aesthetic result.

Keywords: Multiple trauma; Wounds and injuries; Plastic surgery; Wound closure techniques; Autologous transplantation.

 

RESUMO

Introdução: A prevalência de malformações da orelha chega a 5% quando considerada toda a população mundial. Primariamente descrita em 1975 a orelha constricta representa um grupo de deformidades envolvendo o terço superior da cartilagem auricular com características em comum. O impacto estético e o estigma social dessas deformidades podem levar a danos psicológicos ao paciente quando não corrigidos.
Métodos: Descrevemos a seguir a técnica utilizada no serviço de cirurgia plástica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.
Resultados: O resultado pode ser evidenciado com 30 dias de pós-operatório.
Conclusão: O método descrito, de reacomodação da cartilagem, é uma opção para o tratamento dessa deformidade com adequado resultado estético.

Palavras-chave: Deformidades adquiridas da orelha; Orelha; Cartilagem da orelha; Orelha externa; Otopatias

 

Retroauricular island flap for partial ear reconstruction: case reports

LAURO ARNOLDO FERREIRA KOEHLER; VERENA BENEDICK COIMBRA; MARCUS VINICIUS CUNHA; CRISTIANE CAMARGO FERREIRA; GUILHERME VASCONCELOS SILVEIRA; CAMILA GARCIA SOMMER; JOÃO GUILHERME CAVALCANTI KRIEGER; ANTONIO ROBERTO BOZOLA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(2):283-286 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Partial ear defects can be treated in several ways, including primary closure, healing by secondary intention, or flaps. Several surgical options have been described for reconstruction in order to maintain the natural contour of the ear, without sacrificing healthy tissues or changing the aesthetics and function. In this article, we present two cases of reconstruction of chondrocutaneous defects of the ear after resection of basal cell carcinoma in the central region of the ear, with the production of a retroauricular island flap transposed through a cartilaginous window with the de-epidermized pedicle. The donor area healed following a primary closure. This procedure can be performed in a single stage, yields satisfactory aesthetic and functional results, and is safe because the retroauricular region is richly vascularized.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Acquired deformities of the ear; Surgical flaps; Neoplasms of the ear; External ear

 

RESUMO

Defeitos parciais de orelha podem ser tratados de diversas formas, dentre elas o fechamento primário, cicatrização por segunda intenção ou retalhos. Diversas opções técnicas foram descritas para a sua reconstrução de modo a manter o contorno natural da orelha, sem sacrificar tecido sadio ou alterar sua estética e função. Apresentamos neste artigo dois casos atendidos no Instituto do Câncer do Hospital de Base de São José do Rio Preto de reconstrução de defeitos condrocutâneos de orelha após ressecção de carcinoma basocelular em região central da orelha, com a confecção de retalho retroauricular ilhado transposto através de uma janela cartilaginosa e com o pedículo desepidermizado. Área doadora com fechamento primário. Tal procedimento constitui técnica segura, pois a região retroauricular é ricamente vascularizada, é de fácil execução, em único estágio e com resultado estético e funcional satisfatório.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Deformidades adquiridas da orelha; Retalhos cirúrgicos; Neoplasias da orelha; Orelha externa

 

Association of the Tripier myocutaneous flap to scapha cartilage graft: a surgical resource for reconstruction of full thickness defects of lower eyelids

Carlos Goyeneche Montoya; Mariane Campagnari; Andés Cánchica Cano; Andres Ordenes Evensen; Leonardo Gobetti; Osvaldo Saldanha; Eduard René Brechtbühl
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(1):109-112 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The reconstruction of the secondary lower eyelid to a resection of skin cancer is a challenging surgical procedure that must be carefully planned with regards to issues related to lamella and extension of the resection. We present the case of a 69-year-old male patient who, after oncologic resection, presented a total thickness defect greater than 60% in the lower eyelid. For reconstruction, it was indicated that the use of Tripier's unipedic myocutaneous flap with scapha cartilage graft produced favorable results, which confirms that it is worthwhile using these techniques when planning lower eyelid reconstruction.

Keywords: Basal cell carcinoma; Skin neoplasia; Myocutaneous flap; Ear cartilage; Eyelids.

 

RESUMO

A reconstrução da pálpebra inferior secundária à ressecção de câncer de pele é um desafio cirúrgico e sua abordagem deve ser planejada por lamelas e extensão da ressecção. Apresentamos o caso de paciente do sexo masculino, 69 anos, que após a ressecção oncológica apresentou defeito de espessura total maior de 60% na pálpebra inferior. Para reconstrução foi indicada a associação do retalho miocutâneo unipediculado de Tripier com enxerto de cartilagem da escafa obtendo resultados favoráveis, mostrando que a associação destas técnicas é uma boa prática na hora de planejar a reconstrução da pálpebra inferior.

Palavras-chave: Carcinoma basocelular; Neoplasias cutâneas; Retalho miocutâneo; Cartilagem da orelha; Pálpebras

 

Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(3):410-413 Cryptotia in a Western adult patient: A case report

Jonathan Augusto Vidal Oliveira; Alberto Ferraz de Melo; Luiz Alberto de Souza Leite; Carlos Lacerda De Andrade Almeida; Letícia Kelly Domingos Brito; Evelliny Gomes da Silva; Antônio Lucas do Nascimento Silva; José Igor Moura de Arruda
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(3):410-413 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Cryptotia is a congenital ear deformity common in Easterners and rare in Westerners, with most studies addressing Eastern surgical techniques applied to children. In this pathology, the cartilage of the upper pole of the ear is lodged subcutaneously in the temporal region, which prevents individuals from using glasses due to lack of support and prevents esthetic definition of the upper pole.
Objective: The present study aimed to report the case of an adult patient with cryptotia undergoing surgical treatment using a mastoid subcutaneous pedicle flap and review the main techniques described for the treatment of this involvement.
Conclusion: The subcutaneous pedicle flap described by Yoshimura proved to be adequate for correcting cryptotia in a Western adult patient.

Keywords: Adult; Congenital abnormalities; External ear; Ear cartilage; esthetic

 

RESUMO

Introdução: criptotia é uma deformidade auricular congênita comum em orientais e rara em ocidentais, sendo a grande maioria dos estudos de técnicas cirúrgicas orientais e aplicados em crianças. Nesta patologia, a cartilagem do polo superior da orelha encontra-se alojada embaixo da pele na região temporal, o que impossibilita o uso de óculos, devido à falta de apoio e torna o polo superior sem definição estética.
Objetivo: o presente estudo tem por objetivo relatar o caso de um paciente adulto com criptotia, submetido ao tratamento cirúrgico com retalho de pedículo subcutâneo mastóideo, revisando as principais técnicas descritas para o tratamento deste acometimento.
Conclusão: o retalho de pedículo subcutâneo descrito por Yoshimura, mostrou-se adequado para a correção da criptotia em paciente ocidental e adulto.

Palavras-chave: Adulto; Anormalidades congênitas; Orelha externa; Cartilagem da orelha; Estética

 

Treatment of Auricular Deformity

Luiz Charles-De-Sá; Natale Gontijo-De-Amorim; Alexandre Wagner Silva Dantas; José Horácio Aboudib
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(1):141-144 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

In this paper, we present a case of auricular deformity whose surgical correction is difficult, involving scapha-helical unit associated with prominent ear in a 25-year-old female patient. This is an uncommon congenital malformation of the ear, resulting in a flattened, straightened and folded helical rim over the scapha, compromising the helical appearance. The proposed surgical treatment involved posterior approach and conchal cartilage graft to the restoration of the helical rim contour in a single procedure. This new approach provides a fine result to the ear, particularly because it restores the scapha-helical unit with no scar on the surface of the anterior ear and also effectively treats the prominent ear.

Keywords: Ear; Ear auricle; Ear cartilage; Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

Neste artigo, apresentamos um caso de uma deformidade auricular de difícil correção cirúrgica, envolvendo unidade escafo-helicoidal associada com a orelha proeminente em uma paciente de 25 anos de idade. Esta é uma malformação congênita incomum da orelha, o que resulta em uma borda helicoidal achatada, não curvilínea e dobrada sobre a escafa, comprometendo a aparência helicoidal. Foi proposto um tratamento cirúrgico com abordagem posterior e enxerto de cartilagem conchal à restauração do contorno borda helicoidal em um procedimento único. Esta nova abordagem proporciona um resultado agradável para o ouvido, principalmente por restaurar uma nova unidade escafo-helicoidal sem cicatriz na superfície orelha anterior e tratamento da orelha proeminente.

Palavras-chave: Orelha; Pavilhão auricular; Cartilagem da orelha; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Management of Stahl's ear: a case report

João Maximiliano; Antônio Carlos Pinto Oliveira; Leonardo Milanesi Possamai; João Bombardelli; Marcus Vinicius Martins Collares
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(1):145-147 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Stahl's ear deformity was first described in the 19th century and it consists of a rare auricular deformity characterized by hypoplasia of the antihelix crus with enlargement of its base and a third crus of the antihelix connected to posterior portion of helix crus, which deforms the posterolateral wall of the external auditory canal. Reconstructive surgery is the definitive treatment, however, because of the diversity of clinical presentations, no standard technique exist for all cases. The method described in this report is another treatment option and entails the resection of the third crus and reconstruction of superior crus of the antihelix.

Keywords: Ear deformities acquired; Ear; Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

Descrita no século XIX, a deformidade auricular de Stahl consiste em uma má formação auricular rara, caracterizada por hipoplasia da raiz da anti-hélice com o alargamento de sua base e uma terceira raiz da anti-hélice conectando-a à parte posterior da hélice, deformando a porção posterossuperior do pavilhão auditivo. A correção cirúrgica é o tratamento definitivo, porém, pela diversidade de apresentações clínicas, não há uma técnica padrão para todos os casos. O método descrito neste relato é mais uma opção de tratamento e consiste na ressecção da terceira cruz e confecção da raiz superior da anti-hélice.

Palavras-chave: Deformidades adquiridas da orelha; Orelha; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Cleft earlob repair by use of low cost surgical glue

Sandro Cilindro de Souza; Carlos Henrique Briglia
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(4):715-718 - Case Reports

PDF Portuguese

ABSTRACT

Background: The advantages of the cyanoacrylates in cutaneous synthesis have been frequently shown in the literature. However, these products have not been very used in Brazil due to the high costs of the 2-octilcyanoacrylate. Besides, the form more economically accessible, the 2-etilcyanoacrylate (ECA) has not been much studied as cutaneous adhesive. Case Report: The authors describe the efficiency and the advantages of a laceration closing of a child's earlobe using the low cost ECA as alternative to the suture.

Keywords: Tissue adhesives. Cyanoacrylates. Ear deformities, acquired. Ear, external/injuries.

 

RESUMO

Introdução: As vantagens dos cianoacrilatos em síntese cutânea têm sido sobejamente demonstradas na literatura. Entretanto, estes produtos têm sido subutilizados no Brasil devido aos elevados custos do 2-octilcianoacrilato. Ademais, a forma mais economicamente acessível, o 2-etilcianoacrilato (ECA), tem sido pouco estudada como adesivo cutâneo. Relato do Caso: No caso descrito, os autores relatam a eficiência e as vantagens do fechamento de uma laceração de lóbulo auricular de uma criança usando o ECA de menor custo como alternativa à sutura.

Palavras-chave: Adesivos teciduais. Cianoacrilatos. Deformidades adquiridas da orelha. Orelha externa/lesões.

 

Reconstrução de orelha pós-amputação traumática: relato de caso

Juliane Ribeiro Mialski; Marcelus Vinicius de Araujo Santos Nigro; Larissa Dalla Costa Kusano; Guilherme Werle Ribeiro; Isabella Mauad Patruni; Ana Paula Trotta
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):93-94 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

A amputação traumática do pavilhão auricular, seja total ou subtotal, acarreta sérios problemas estético-funcionais, de difícil manejo para o cirurgião plástico, e apresenta elevada incidência na última década. Relatamos um caso em que, após sofrer traumatismo com amputação por mordedura humana, é realizada reconstrução total do polo superior da orelha, com enxerto de cartilagem costal, em 3 tempos. Paciente evoluiu bem, com enxerto apresentando completa viabilidade no pós-operatório.

Palavras-chave: Reabilitação; Cartilagem da orelha; Pavilhão auricular.

 

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license