ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 9 de 9 resultado(s)

Busca por : Dedosanormalidades; Dedos do péanormalidades; Deformidades congênitas dos membros; amputação

Uso do pedículo inferior não areolado na amputação mamária: aprimorando resultados

Wellerson Marcos Mattioli; Sergio Augusto Penazzi Júnior; David Silveira Farias de Melo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(3):339-345 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Pacientes com gigantomastia apresentam múltiplos sintomas físicos e psicossociais. Várias técnicas foram propostas para o seu tratamento. A amputação mamária, descrita por Torek em 1922, apresenta com excelente alternativa, porém com prejuízo na funcionalidade mamilar e no formato da mama. Liacyr Ribeiro, em 1975, descreveu o retalho inferior dermoglandular não areolado a fim de proporcionar tecido de segurança para ressecção mamária, facilitar a montagem da mama e melhorar sua projeção. Este trabalho propôs unir estas duas consagradas técnicas, visando aprimorar os resultados das amputações mamárias. MÉTODOS: Foram operadas 11 pacientes com gigantomastia com prole definida, pela técnica de amputação mamária associada ao pedículo inferior não areolado. RESULTADOS: Distância média da fúrcula esternal ao mamilo foi de 35,6 centímetros na mama direita e 35 centímetros na mama esquerda, variando de 30 a 44 centímetros. A ascensão do complexo areolomamilar foi em média de 16,9 centímetros na mama direita e 16,4 centímetros na mama esquerda, variando de 12 a 25 centímetros. A quantidade de ressecção média de tecido mamário por paciente foi de 3559,5 gramas, variando de 1600 a 5890 gramas. A hipopigmentação do complexo areolamamilar esteve presente em três (27%) pacientes. A deiscência do T foi observada em dois (18%) pacientes. A não integração parcial do enxerto ocorreu em três (27%) das pacientes, com perdas estimadas de 10%, 30% e 80% do enxerto. CONCLUSÃO: A associação da amputação mamária com o pedículo dermoglandular inferior não areolado nos oferece um melhor remodelamento da mama, segurança na montagem desta, além de proporcionar uma adequada projeção da mesma.

Palavras-chave: Mama/anormalidades; Mamoplastia; Hipertrofia; Amputação.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Patients with gigantomastia have multiple physical and psychosocial symptoms. Various techniques have been proposed for their treatment. Described by Torek in 1922, mammary amputation was presented as a great alternative, but resulted in reduced mammillary functionality and loss of breast format. In 1975, Liacyr Ribeiro described the use of dermaglandular inferior pedicle as safety tissue to allow for mammary resection, to facilitate breast assembly and to improve projection. The author proposed to unite these two consolidated techniques with the intention of improving breast amputation outcomes. METHODS: Eleven gigantomastia patients were operated on by means of the amputation technique using dermaglandular inferior pedicle. RESULTS: The mean distance between the sternal notch and the nipple was 35.6 cm for the right breast and 35 cm for the left breast, with all measures ranging between 30 cm and 44 cm. Rise of the nipple-areola complex was in average 16.9 cm for the right breast and 16.4 cm for the left breast, varying from 12 to 25 cm. The amount of breast tissue resection per patient was, in average, 3559.5 grams, ranging from 1600 grams to 5890 grams. Hypopigmentation of the nipple-areola complex was present in three patients (27%). Dehiscence of the T was observed in two patients (18%). Partial non-integration of the graft occurred in three patients (27%), with loses estimated at 10%, 30% and 80% of the graft. CONCLUSION: Associating mammary amputation with an inferior dermaglandular pedicle provides good remodeling and safe assembling of the breast, in addition to providing proper projection.

Keywords: Breast/abnormalities; Mammaplasty; Hyperthophy; Amputation.

 

Padronização do tratamento cirúrgico do trauma elétrico na fase aguda

Edmar Maciel Lima Junior; Victor Monteiro Maciel Lima; Ezequiel Aguiar Parente; Guilherme Emilio Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(3):373-379 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: As queimaduras elétricas correspondem de 5 a 15% dos casos de acidentes com queimaduras. A maioria está associada a acidentes do trabalho, nos quais predominam as lesões com alta voltagem (acima de 1.000 Volts), em pacientes do sexo masculino. As taxas de mortalidade variam de 2 a 15%, nos mais diversos centros de queimados. O objetivo é revisar padronização das etapas cirúrgicas na fase aguda de desbridamento (primeiros 15 dias) pela comparação de dosagem de creatofosfoquinase, hidratação venosa e fotografias para a aplicação de uma rotina de etapas cirúrgicas. MÉTODOS: Trata-se de um estudo quantitativo, prospectivo, realizado em um hospital público da cidade de Fortaleza, CE, entre julho de 2013 a dezembro de 2015. A população foi composta por adultos jovens, entre 15 e 50 anos, de ambos os sexos, vítimas de queimaduras por choque elétrico, com lesão de terceiro grau, no mínimo muscular. RESULTADOS: Foram realizados 12 procedimentos cirúrgicos de amputações nos 15 pacientes do estudo (60%). Seis pacientes não sofreram amputação (40%). Um paciente sofreu três procedimentos de amputação no mesmo membro (pododáctilo, pé e coxa esquerdos) e outro, duas amputações em membros superiores distintos. CONCLUSÃO: O tratamento na fase aguda do choque elétrico deve incluir uma imediata e adequada reposição líquida venosa, associada com procedimentos cirúrgicos de desbridamentos e de amputações, o mais precoce possível, em etapas com intervalos de 48 a 72 horas.

Palavras-chave: Queimaduras elétricas; Choque elétrico; Desbridamento; Hidratação; Amputação.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Electrical burns are responsible for 5% to 15% of cases of burn accidents. The majority is associated with workplace accidents, in which high-voltage injuries (>1,000 V) predominate in male patients. The mortality rates vary from 2% to 15% in different burn centers. The objective is to review the standardization of surgical steps in the acute phase of debridement (the first 15 days) by comparison of creatine phosphokinase levels, intravenous hydration, and photographs to implement routine surgical stages. METHODS: This was a quantitative, prospective study performed in a public hospital in the city of Fortaleza, Brazil, between July 2013 and December 2015. The population was composed of young adults between 15 and 50 years, of both sexes, who experienced electrical burns, with third-degree injuries and muscle involvement. RESULTS: Of the 15 patients in the study, 9 (60%) patients underwent 13 surgical amputation procedures and 6 (40%) patients did not undergo amputation. One patient underwent three amputation procedures in the same limb (toe, foot, and thigh) and another patient underwent two amputations in the upper limbs. CONCLUSION: Treatment in the acute phase of electrical shock must include immediate and adequate intravenous fluid replacement, along with surgical procedures of debridement and amputations, as early as possible, in steps with intervals of 48 to 72 hours.

Keywords: Electrical burns; Electrical shock; Debridement; Hydration; Amputation.

 

Versatilidade do uso do retalho do músculo gastrocnêmio medial na reconstrução de lesões de partes moles de membros inferiores

Jefferson Lessa Soares de Macedo; Simone Corrêa Rosa; Adilson Alves da Silva; Altino Vieira de Rezende Filho Neto; Pedro Henrique Silva Ruguê; Cristiano Scartazzini
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(4):527-533 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A cobertura de feridas complexas de membros inferiores é um grande desafio. O retalho muscular do gastrocnêmio medial é comumente indicado para reconstrução de perdas de substância do joelho e terço proximal da perna. O objetivo desse trabalho é avaliar os resultados da utilização do retalho muscular do gastrocnêmio nos casos de ferida em membros inferiores. MÉTODOS: Um total de 28 pacientes com perda de substância de membros inferiores foi tratado com retalho muscular do gastrocnêmio medial. Os dados foram obtidos em registros clínicos dos pacientes operados no período de 2003 a 2012. RESULTADOS: Vinte e oito pacientes foram operados, com idades variando de 4 a 57 anos, e média de 30,6 anos. A etiologia das lesões foi acidente por motocicleta em 16 casos (57,1%), atropelamentos em oito casos (28,6%), acidente automobilístico em dois casos (7,2%), meningococcemia em um caso (3,6%) e acidente ofídico em um caso (3,6%). Depois de um seguimento médio de 15 meses (variação de 6 a 26 meses), todos pacientes mostraram cobertura estável. O número médio de desbridamentos pré-operatórios foi 2,4 (variação de 1 a 8). Em 22 pacientes, os retalhos foram confeccionados sem a liberação da origem muscular e em seis pacientes os retalhos musculares foram separados de sua origem no fêmur. CONCLUSÕES: A transferência do retalho muscular do gastrocnêmio é um procedimento simples e seguro no tratamento de lesões de membros inferiores. Foi demonstrada a aplicação do retalho muscular do gastrocnêmio medial em diferentes situações, com resultados satisfatórios e fácil reprodução.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Músculo esquelético; Pernas; Traumatismos da perna; Ferimentos e lesões; Amputação traumática.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Covering complex lower limb wounds is a major challenge. The medial gastrocnemius muscle flap is usually indicated for reconstruction of loss of substance of the knee and proximal third of the leg. The objective of this study was to evaluate the results using gastrocnemius muscle flaps in lower limb wounds. METHODS: A total of 28 patients with loss of substance in the lower limbs were treated with medial gastrocnemius muscle flaps. Data were obtained from clinical records of patients who underwent surgery from 2003 to 2012. RESULTS: In 28 patients who underwent surgery, the age range was 4 to 57 years, with a mean of 30.6 years. The etiology of the lesions was a motorcycle accident in 16 cases (57.1%), being run over in 8 cases (28.6%), car crash in 2 cases (7.2%), meningococcemia in 1 case (3.6%), and snake bite in 1 case (3.6%). After an average follow-up of 15 months (range: 6 to 26 months), all patients had stable coverage. The mean number of preoperative debridements was 2.4 (range: 1 to 8). In 22 patients, the flaps were made without the release of the muscle origin and in 6 patients the muscle flaps were separated from their origin in the femur. CONCLUSIONS: Transfer of a gastrocnemius muscle flap is a simple and safe procedure in the treatment of lower limb injuries. The application of the medial gastrocnemius muscle flap was demonstrated in different situations, with satisfactory results and easy reproducibility.

Keywords: Surgical flaps; Skeletal muscle; Legs; Leg injuries; Wounds and injuries; Traumatic amputation

 

Fechamento de hemicorporectomia com utilização do retalho subtotal unilateral da coxa: relato de caso

Thomaz Tourinho de Menezes; Fabio de Freitas Busnardo; Victor Augusto Thomé Grillo; Caio Augusto Lima de Araujo; Victor Almeida Peloso; Antonio Rivas Galindo Neto; Rolf Gemperli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(1):130-134 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A hemicorporectomia ou amputação translombar foi primeiramente descrita em 1950 por Kredel como método curativo para neoplasia localmente avançada de pelve. Trata-se de um procedimento cirérgico extenso, que quando bem indicado é capaz de prover a cura oncológica, além de possibilitar a melhora clínica e de qualidade de vida. Os autores apresentam o relato de caso de um paciente de 34 anos, com carcinoma espinocelular em élcera de pressão crônica, acometendo períneo, gléteo e coxa posterior à direita. O paciente foi submetido à hemocorporectomia com reconstrução utilizando retalho subtotal da coxa esquerda. Observou-se boa evolução no pós-operatório e a utilização do retalho subtotal da coxa para fechamento da hemicorporectomia se mostrou como método seguro, eficiente e de técnica reprodutível.

Palavras-chave: Carcinoma de células escamosas; Úlcera por pressão; Retalhos cirérgicos; Procedimentos cirérgicos reconstrutivos; Amputação; Osteomielite.

 

ABSTRACT

Hemicorporectomy or translumbar amputation was first described in 1950 by Kredel to treat locally advanced pelvic neoplasia. This extensive surgical procedure can achieve oncological cure and improve clinical status and quality of life. The authors present a case report of a 34-year-old patient with squamous cell carcinoma in a chronic pressure ulcer affecting the right perineum, gluteus, and posterior thigh. The patient underwent hemicorporectomy with reconstructive surgery using a partial-thickness flap of the left thigh. The postoperative course was good, and the use of a partial-thickness flap of the thigh to close the hemicorporectomy proved to be safe, efficient, and reproducible.

Keywords: Squamous cell carcinoma; Pressure ulcer; Surgical flaps; Reconstructive surgical procedures; Amputation; Osteomyelitis.

 

Amputação digital após liberação de contratura digital: relato de caso

SERGIO ANTONIO SALDANHA RODRIGUES; THALITA EZEQUIEL DE SOUZA; MARCELO MARTINS CASAGRANDE; GILBERTO INÁCIO CARDOSO; GABRIEL HENRIQUE GONTIJO CARNEIRO; FILIPE REIS PEDRA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.2):59-61 - Suplemento Simpósio Mineiro de Intercorrências 13º SIMPÓSIO - 2019

PDF Português

RESUMO

A mão é acometida em até 80% dos casos em grandes queimados, acarretando em perda da capacidade laboral e sequelas psicossociais graves. A presença de contraturas nas faces volares das falanges e nas regiões interfalangeanas podem ser tratadas com enxertos de pele ou retalhos, após liberação das cicatrizes. Isquemia e necrose digitais, dentre outras complicações, são desfechos possíveis neste procedimento, sobretudo em pacientes diabéticos, vasculopatas e aqueles com extensas fibroses profundas, com vascularização errática. O relato apresenta caso de amputação digital após cirurgia para correção de contraturas nas faces flexoras dos quirodáctilos de uma paciente pediátrica.

Palavras-chave: Queimaduras; Contratura; Amputação; Procedimentos cirúrgicos reconstruti- vos; Cirurgia plástica

 

Macrodactilia: estudo retrospectivo de quatro casos

Elson Taveira Adorno Filho; Kleder Gomes de Almeida; Gabriel Rahal Costa; Gustavo de Souza Marques Oliveira; Liva Helena Ferreira Tuluche; Paulete Yuri Mukariya Gomes Almeida
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):278-280 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A macrodactilia é uma anomalia rara e de etiologia desconhecida. Os primeiros casos foram descritos, em 1821, por Klein. Representa aproximadamente 1% de todas as anomalias congênitas. Surge no nascimento e caracteriza-se pelo crescimento dos dedos das mãos, dos pés ou de todo o membro; entretanto, pode se apresentar mais tardiamente, com os sintomas de compressão de nervo, podendo associar-se à síndrome do túnel do carpo. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de quatro casos de macrodactilia atendidos no Hospital da Santa Casa Misericórdia de Campo Grande, MS, nos últimos 10 anos. RESULTADOS: Descrevemos quatro casos de macrodactilia, sendo três em quirodáctilos e um acometendo primeiro pododáctilo. Todos os pacientes tratados com procedimentos cirúrgicos, um dos casos com amputação de falanges e metacarpo. CONCLUSÕES: É recomendada a amputação como opção cirúrgica em alguns casos e o tratamento precoce da síndrome do túnel do carpo quando presente.

Palavras-chave: Dedos/anormalidades; Dedos do pé/anormalidades; Deformidades congênitas dos membros; amputação.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Macrodactyly is a rare anomaly of unknown etiology. The first cases were described in 1821 by Klein. It represents approximately 1% of all congenital anomalies. It appears at birth and is characterized by excessive growth of the fingers, toes, or of the entire limb; however, its appearance may be delayed, with symptoms of nerve compression, and may present with carpal tunnel syndrome. METHODS: Retrospective study of four cases of macrodactyly treated at the Hospital da Santa Casa Misericórdia in Campo Grande, MS, in the last 10 years RESULTS: We describe four cases of macrodactyly: three in the fingers and one affecting the first toe. All patients were treated with surgical procedures, one with amputation of phalanges and metacarpals. CONCLUSIONS: Amputation is a surgical option recommended in some cases, as is the early treatment of carpal tunnel syndrome.

Keywords: Fingers/abnormalities; Toes/abnormalities; congenital deformities of the limbs; amputation.

 

Retalho do eponíquio para alongamento ungueal: série de casos

ANA LAURA CUNHA; TANIA LENA; LUCIA D OLIVEIRA; MATIAS CRAVIOTTO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):67-69 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: O retalho do eponíquio para alongamento ungueal tem provado melhorar notavelmente o resultado estético em amputações parciais da ponta do dedo. O objetivo deste estudo é descrever a nossa experiência utilizando uma modificação do retalho do eponíquio descrito por Bakhach, no Hospital Universitário.
Método: Foram incluídos 6 pacientes da Cátedra de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário assistidos em 2018, com feridas da ponta do dedo tratadas com retalho do eponíquio para alongamento ungueal, com técnica de Bakhach modificada.
Resultados: Resultados bons a muito bons foram obtidos em todos os casos, com um alongamento ungueal de 3 a 5 mm. Surgiu uma complicação (infecção).
Conclusão: O retalho de eponíquio alcança resultados estéticos muito bons em defeitos na ponta do dedo, com compromisso parcial do leito ungueal. É uma técnica facilmente reprodutível, que pode ser realizada no mesmo ato que a reconstrução de partes moles com retalhos locais.

Palavras-chave: Doenças da unha; Mãos; Reconstrução; Ferimentos e lesões; Amputação traumática

 

ABSTRACT

Introduction: The eponychium flap for nail lengthening has been shown to improve the aesthetic result in partial fingertip amputations. The aim of this work is to describe our experience using a modification of the eponychium flap described by Bakhach, at the University Hospital.
Method: We included 6 patients from the Chair of Plastic Surgery of the University Hospital assisted in 2018, with fingertip injuries treated with eponychium flap for nail lengthening, with modified Bakhach technique.
Results: Good to very good results were achieved in all cases, with a nail lengthening of 3 to 5 mm. There was one complication (infection).
Conclusions: The eponychium flap achieves very good esthetic results in fingertip defects with partial compromise of the nail bed. It is an easily reproducible technique, which can be performed in the same act as the reconstruction of soft parts with local flaps.

Keywords: Hand; Reconstruction; Amputation; Wounds and injuries; Nail diseases

 

Reintegração de amputação digital distal com enxerto composto e difusão plasmática ampliada distal no plano dérmico palmar - relato de um caso em criança de 2 anos de idade e revisão da literatura

Chang Yung Chia; Tomaz Nassif
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):495-500 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Nas amputações mais distais da ponta dos dedos, o reimplante microcirúrgico pode não ser praticável. Nestes casos, o enxerto composto oferece os melhores resultados funcionais e estéticos, sendo, porém, incerta a sua reintegração. Várias técnicas foram aventadas para melhorar a sobrevida do enxerto volumoso, basicamente diminuindo o seu volume, associando ou não um retalho cutâneo. Outras técnicas criam uma superfície adicional de contato para difusão plasmática, o "bolso subcutâneo", sem diminuir o volume do enxerto composto, com altas taxas de sucesso. O presente artigo apresenta um caso de amputação da ponta distal do dedo mínimo (zona I de Ishikawa) numa criança de 2 anos de idade. Impossível de reimplante microcirúrgico, a reintegração foi feita com enxerto composto do coto amputado, sem desbridamento, e com a criação de uma nova superfície de contato para difusão plasmática, na extremidade distal do coto enxertado, no plano dérmico da região hipotênar, aumentando assim a área de contato e diminuindo a distância radial da difusão plasmática no enxerto composto. Doze dias após, esse contato adicional foi separado e ambas as superfícies apresentaram sangramento. A reintegração foi total, com mínimas cicatrizes no dedo e na região hipotênar. Uma breve revisão bibliográfica foi feita e discutidos os conceitos cirúrgicos, assim como os fatores que influenciam na sobrevida do enxerto composto. Na área receptora, o plano anatômico mais adequado e melhor vascularizado, para o contato adicional com o enxerto, necessita ser determinado.

Palavras-chave: Amputação; Cotos de amputação; Enxertos compostos; Criança; Traumatismos dos dedos.

 

ABSTRACT

In more-distal amputations of the fingertips, microsurgical replantation is not feasible. For these cases, composite graft provides the best functional and aesthetic results. However, its reintegration is uncertain. Several techniques have been proposed to improve bulky graft survival by basically reducing its volume, regardless of whether a skin flap is connected. Other techniques create an additional contact surface for plasmatic diffusion, the so-called subcutaneous pocket, without reducing the composite graft volume and yielding high success rates. This article presents a case of amputation of the distal tip of the fifth digit (Ishikawa zone I) of a 2-year-old child. Because of the impossibility of microsurgical replantation, a composite graft was used to reintegrate the amputated stump, without debridement, by creating a new contact surface for plasmatic diffusion at the distal end of the grafted stump, on the dermal plane in the hypothenar region, thereby increasing the contact area and decreasing the radial distance for the plasmatic diffusion of the composite graft. Twelve days later, the additional contact was separated and both surfaces presented bleeding. Full reintegration occurred with minimal scarring of the finger and hypothenar region. A brief literature review was conducted, discussing surgical concepts and factors that influence composite graft survival. The most appropriate and best vascularized anatomic plane for additional contact with the graft in the recipient area needs to be determined.

Keywords: Amputation; Amputation stumps; Composite grafts; Child; Finger injuries.

 

Trauma grave em membro inferior

Regis Pietro Acempcion Guiraldo; Cassiana Martins Cabral; Ricardo Thompson Nora; José Álvaro Lourenço Gasques; Antonio Roberto Bozola
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):320-323 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Traumatismos graves de membros inferiores, com grandes perdas cutâneas e comprometimento de estruturas vitais, são casos de difícil resolução. A combinação de vários fatores, como esforço realizado e capacidade de distinguir a gravidade das lesões, ou seja, diferenciar as lesões recuperáveis ou viáveis daquelas que inevitavelmente irão evoluir para amputação, tem importante papel. Para tanto, surgiram índices que buscam estratificar a gravidade da lesão e predizer a necessidade de amputação, como o índice MESS (do inglês, Mangled Extremity Severity Score). Neste artigo, é reportado um caso de trauma grave de membro inferior, com reconstrução baseada no índice MESS, com emprego de múltiplos retalhos musculares e boa evolução funcional.

Palavras-chave: Extremidade inferior. Traumatismos da perna. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Amputação. Retalhos cirúrgicos. Índices de gravidade do trauma.

 

ABSTRACT

Severe trauma to the lower limbs, with major skin loss and the compromise of vital structures, is often difficult to treat. A combination of several factors such as ability and effort made to distinguish lesion severity - that is, to differentiate recoverable traumas from those that will inevitably progress to amputation - plays an important role. Therefore, indices were developed to facilitate the stratification of injury severity and prediction of the need for amputation, such as the Mangled Extremity Severity Score (MESS). In this article, we report a case of severe trauma to the lower limb, where reconstruction was performed based on the MESS index with multiple muscle flaps, and a good functional outcome was achieved.

Keywords: Lower extremity. Leg injuries. Reconstructive surgical procedures. Amputation. Surgical flaps. Trauma severity indices.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons