ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 20 de 511 resultado(s)

Busca por : Blefaroplastia; Cirurgia plástica, Retalhos cirúrgicos

Bases anatômicas para utilização do músculo fibular terceiro em retalhos miocutâneos

Luiz Carlos Buarque de Gusmão; Jacqueline Silva Brito Lima; Felipe Henning Gaia Duarte; Anderson Gonçalves de Farias Souto; Bruno de Melo Veloso Couto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):191-195 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A utilização de retalhos miocutâneos é cada dia mais frequente nas cirurgias plásticas reconstrutoras de membros inferiores, tornando-se essencial a utilização de músculos que denotem menor prejuízo tanto funcional como estético. Foram estudados a frequência e os aspectos anatômicos do músculo fibular terceiro, com o intuito de avaliar, sob esses aspectos, a possibilidade de seu uso nesses procedimentos. MÉTODO: Foram dissecados 64 membros inferiores de cadáveres fixados e verificadas as seguintes características: inserção proximal, inserção distal, sintopia, morfologia e morfometria. RESULTADOS: A presença do músculo foi constatada em 96,9% dos casos, sendo analisados os aspectos supracitados. A inserção proximal mais frequente (96,8%) ocorreu na membrana interóssea, na margem anterior da fíbula, e no septo intermuscular anterior. A inserção distal mais comum (77,4%) foi nas faces dorsal e lateral do 5º metatarsiano. O valor médio do comprimento e da largura do ventre muscular foi, respectivamente, de 17,89 cm e 1,95 cm, enquanto a média do comprimento do tendão distal livre de fibras musculares foi de 1,2 cm e a largura média do tendão distal, de 0,45 cm. CONCLUSÕES: O músculo fibular terceiro é frequente, de morfologia distinta, que, sob aspectos morfométricos, se constitui em opção viável para um estudo mais específico de seu uso no reparo de defeitos no segmento distal do membro inferior.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica. Extremidade inferior.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Myocutaneous flaps have been increasingly used in surgical reconstruction of the lower limbs, requiring the use of muscles that result in less functional and esthetic damage as flaps. This study aimed to evaluate the use of the fibularis tertius muscle (in terms of frequency and anatomy) as flaps in this procedure. METHODS: Sixty-four lower limbs from preserved cadavers were dissected and evaluated based on the following parameters: proximal insertion, distal insertion, syntopy, morphology, and morphometry. RESULTS: The fibularis tertius muscle was detected in 96.9% of the study cases. Most proximal insertions (96.8%) were found at the interosseous membrane, anterior border of the fibula, and anterior intermuscular septum. Most distal insertions (77.4%) were found at the lateral and dorsal sides of the 5th metatarsal. Mean value of muscle belly length was 17.89 cm and width was 1.95 cm. The mean length of the distal tendon with no muscle fibers was 1.2 cm, and the mean width was 0.45 cm. CONCLUSIONS: The fibularis tertius muscle is frequent and has a distinct morphology, making it a viable option for the repair of lower limb (distal segment) defects.

Keywords: Surgical flaps. Plastic surgery. Lower extremity.

 

Tática para evitar complicações em mastoplastia de aumento via sulco submamário

SILVIA HELENA MANDU; BRUNA FERREIRA BERNERT; FABIOLA GRIGOLETTO LUPION; FLÁVIA DAVID JOÃO DE MASI; RUTH MARIA GRAF
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):4-6 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

As técnicas para mamoplastia de aumento apresentaram ao longo do tempo inúmeras adaptações que garantiram refinamentos e melhores resultados. Como adição à técnica já descrita por Graf, em 1998, relatamos aqui uma tática de fechamento de retalho fascial em sulco inframamário. A fim de evitar complicações, como a temida deiscência de ferida operatória e ptose mamária precoce, a estratégia de fechamento descrito garante uma forma natural de proteção ao implante de silicone. De rápida e fácil execução, a técnica do retalho fascial em região de sulco submamário, já rotina em nosso serviço, mostra ser eficaz na proteção do implante.

Palavras-chave: Mama; Mamoplastia; Próteses e implantes; Cirurgia plástica; Retalhos cirúrgicos

 

ABSTRACT

The techniques for augmentation mammoplasty presented over the course of time numerous adaptations that ensure refinements and better results. In addition to the technique already described by Graf, in 1998, we report here a tactic of fascial flap closure in the inframammary groove. In order to avoid complications such as the dreaded operative wound dehiscence and early mammary ptosis, the closure strategy described guarantees a natural form of silicone implant protection. The technique of fascial flap in the region of the submammary sulcus, already a routine in our service, is shown to be effective in implant protection.

Keywords: Breast; Mammoplasty; Prostheses and implants; Plastic surgery; Surgical flaps

 

Importância da preservação da artéria ilíaca circunflexa superficial do abdome na prevenção das necroses da parede abdominal em pacientes submetidas a miniabdominoplastias: estudo anatômico cirúrgico descritivo prospectivo

Carlos Lacerda de Andrade Almeida; Luiz Felipe Duarte Fernandes Vieira; Luiz Alberto de Souza Leite; Jonathan Augusto Vidal de Oliveira; Rafael Figueiredo Ataide; Emanuel José Baptista Oliveira; Carlos Teixeira Brandt
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):178-185 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A abdominoplastia é o terceiro procedimento mais realizado em cirurgia plástica. Na intenção de evitar complicações cirúrgicas, foi feito o estudo da artéria ilíaca circunflexa superficial do abdome (AICS), investigando a importância da sua preservação nestas cirurgias, como um dos fatores de alta importância na prevenção das necroses. MÉTODOS: O presente estudo anatômico prospectivo foi realizado no Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Agamenon Magalhães. Trinta e três pacientes foram submetidos à dermolipectomia abdominal à Pitanguy, com os retalhos cirúrgicos ressecados sendo submetidos a estudos hemodinâmicos para análise do território anatômico irrigado pela AICS. RESULTADOS: Foram operados 82 pacientes, sendo selecionados 33 que preencheram os critérios de inclusão para este estudo, seis (18,9%) foram excluídos por motivos técnicos. O grupo de pacientes em estudo apresentou faixa etária entre 23 e 49 anos (36,6 ± 7,5). O Índice de Massa Corporal variou de 22,0 a 30,5 (24,9 ± 2,1). O peso das peças cirúrgicas ressecadas variou de 450 a 1010 gramas (623,1 ± 141,5), o teste de Pearson entre IMC e peso das peças demonstrou importante correlação r = 0,91 e r2 = 0,83. Trinta e dois eram femininos (97%) e um masculino (3%). Uma paciente era portadora de hipertensão arterial sistêmica (3%). Vinte e sete eram pardos (81,8%), dois brancos (6,1%), três negros (9,1%) e um da raça indígena (3,0%). Nos estudos hemodinâmicos, as imagens e filmes obtidos demonstraram que a injeção do contraste iodado na AICS foi considerada adequada, compatível com o objetivo do trabalho em 25 (92%) pacientes e inadequada em dois (8%) pacientes. CONCLUSÃO: Os resultados hemodinâmicos deste estudo levam à conclusão que a preservação da AICS do abdome nas miniabdominoplastias tem relevante importância na prevenção das necroses da parede abdominal.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Necrose; Hemodinâmica; Artéria ilíaca; Retalhos cirúrgicos; Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Abdominoplasty is the third most performed procedure in plastic surgery. To avoid surgical complications, a study of the superficial circumflex iliac artery of the abdomen (SCIA) was carried out to investigate the importance of this artery preservation in abdominoplasties as one of the high importance factors to prevent necrosis. METHODS: This prospective study was carried out at the Plastic Surgery Service of the Agamenon Magalhaes Hospital. We included 33 patients who underwent abdominoplasty using Pitanguy's technique where the resected surgical flaps underwent hemodynamic studies to analyze the anatomical area irrigated by SCIA. RESULTS: A total of 82 patients underwent surgery, of them 33 met the study inclusion criteria, and 6 (18.9%) were excluded for technical reasons. Patients' age ranged from 23 and 49 years (36.6±7.5), their body mass index (BMI) ranged from 22.0 to 30.5 (24.9 ± 2.1), and weight of resected surgical specimens ranged from 450 to 1010 grams (623.1 ± 141.5). Pearson's test between BMI and weight of surgical specimens showed significant correlation r = 0.91 and r2 = 0,83. We included in the study 32 women (97%) and 1 man (3%). One patient had hypertension (3%). Of the sample, 27 patients were pardo (81.8%), 2 white (6.1%), 3 black (9.1%) and 1 native south American (3.0%). In hemodynamic studies, images and videos obtained showed that injection of iodinated contrast in SCIA were considered adequate, and consistent with the objective of this study in 25 (92%) patients and inadequate for 2 (8%) patients. CONCLUSION: Hemodynamic results of our study indicated that preservation of SCIA of the abdomen in mini-abdominoplasties is important to prevent necrosis of abdominal wall.

Keywords: Miniabdominoplasty, Abdominoplasty, Necrosis, hemodynamic, Anatomy.

 

Uso do retalho médio-frontal na reconstrução do nariz

Henrique P. L. Cintra; Ali Bouchama; Thiago Holanda; Carlos Alberto Jaimovich; Ivo Pitanguy
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):212-217 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Seiscentos anos antes de Cristo, foi descrito o retalho médio-frontal pelo indiano Sushruta Samhita. Até hoje, esse retalho, chamado "retalho indiano", é usado na reconstrução do nariz. O objetivo deste trabalho foi analisar os resultados da 38ª Enfermaria da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro, Serviço do Professor Ivo Pitanguy, na reconstrução nasal com emprego de retalho médio-frontal. MÉTODO: Foi realizado estudo retrospectivo com 10 casos operados no serviço referido para reconstrução nasal com retalho indiano, no período de 21 anos (1991 a 2012). RESULTADOS: O número de subunidades nasais atingidas variou de 4 a 9, com média de 6,5 subunidades. Em 70% dos pacientes foi realizada expansão prévia do retalho médio-frontal e em 90% foram utilizados enxertos cartilaginosos e/ou ósseos. Cinco pacientes apresentaram distorções pós-operatórias, que foram corrigidas por outras cirurgias. Nenhum caso de infecção pós-operatória, de necrose do retalho ou de extrusão de enxertos foi registrado. CONCLUSÕES: Este trabalho permitiu demonstrar que o retalho médio-frontal tem ainda importante papel na reconstrução nasal de grandes defeitos, com resultados satisfatórios, atribuídos a sua segurança vascular, à quantidade de pele que se obtém, e à semelhança de cor, textura e espessura cutâneas.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Nariz/cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Testa/cirurgia. Cirurgia plástica/métodos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Six hundred years before Christ, the mid-forehead flap was described by the Indian Sushruta Samhita. Until today, this flap called "Indian flap", has a major role in the reconstruction of the nose. The aim of this work was to analyze the results of the 38th Infirmary of the Santa Casa da Misericórdia of Rio de Janeiro, Professor Ivo Pitanguy's Service, in nasal reconstruction with the mid-forehead flap. METHODS: We did a retrospective study of 10 cases operated in the service for nasal reconstruction with Indian flap, during a 21 year period (1991-2012). RESULTS: The number of nasal sub-units affected varied from 4 to 9, with an average of 6.5 subunits. In 70% of the patients, was performed a previous expansion of the mid-forehead flap and in 90% were used cartilage grafts and/or bones. Five patients had postoperative distortions, that were corrected with other surgeries. No cases of infection, necrosis of the flap or graft extrusion were recorded. CONCLUSIONS: This study allowed to demonstrate that the mid-forehead flap still have an important role in nasal reconstruction of major defects, showing satisfactory results due to its vascular safety, the amount of skin which is obtained, likeness of color, texture and skin thickness.

Keywords: Reconstructive surgical procedures. Nose/surgery. Surgical flap. Forehead/surgery. Plastic surgery/methods.

 

Blefaroplastia Superior Ascendente ou Lifting Palpebral Superior

Luiz Alberto Soares Pimentel
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(1):30-39 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O autor relata sua experiência com uma técnica pessoal que, inicialmente, foi utilizada para correção de ptose da pele da reborda orbitária (pele subsuperciliar) sobre a pálpebra, a qual é resultado insatisfatório de blefaroplastia superior, executada isoladamente em pacientes com indicação de ritidoplastia frontotemporal. Inicialmente, o autor faz algumas considerações históricas sobre os acessos utilizados na blefaroplastia. A via de acesso da técnica também facilita o acesso às regiões frontal e glabelar e pode, em certos pacientes, ser utilizada para blefaroplastia primária. É uma incisão em ziguezague ou W, junto aos pêlos inferiores do supercílio, seguida de descolamento supra-orbicular e, por este campo, são realizados os demais tempos para o tratamento de bolsas, excessos de gordura retro-orbicular (Roof), levantamento do canto lateral e ressecção do excesso cutâneo, fazendo um verdadeiro lifting da pálpebra superior. Ao longo dos últimos 6 anos, foram operados 42 pacientes por esta técnica e, durante o período estudado, o autor ampliou as indicações. Estas estão relacionadas na seleção dos pacientes para o método utilizado. Os resultados iniciais foram altamente satisfatórios, com baixo índice de complicações e, no acompanhamento tardio, todos os pacientes obtiveram melhora estética importante. O autor conclui que esta nova abordagem representou uma solução simples e segura para correção de maus resultados em cirurgia palpebral e uma nova alternativa para a blefaroplastia superior.

Palavras-chave: Pálpebras, cirurgia. Blefaroplastia. Cirurgia plástica

 

ABSTRACT

The author presents his experience with a personal technique used, in the initial cases, for correction of sub-eyebrow skin ptosis over the upper eyelid, a frequent occurrence after an upper blepharoplasty performed without a concomitant temporal and frontal lifting. Initially, the author makes a brief historical report about the incisions in blepharoplasty. The access way for this procedure is a sub-eyebrow zigzag incision that can be used for frontal and glabelar procedures and also for primary blepharoplasties in some patients. It is a zigzag or W sub-eyebrow incision, below and between the inferior eyebrow hairs, followed by a subcutaneous undermining and orbicularis muscle incisions to treat the fat pads and Roof excesses, to ascend the eyelid's lateral corner and to perform a resection of the skin excess, making a true upper eyelid lifting. In the studied period along the past 6 years, 42 patients were submitted to this technique and the author extended the indications, listed in a selection of patients. High satisfaction levels with the initial results and few complications were observed. All the patients had important aesthetic improvement. The author concludes that this new method is a simple and safe solution for correction of bad results in eyelid surgery and a new alternative to upper blepharoplasty.

Keywords: Eyelids, surgery. Blepharoplasty. Surgery, plastic

 

Versatilidade do retalho bilobado

Luiz Alexandre Lorico Tissiani; Nivaldo Alonso; Marcus Hubaide Carneiro; Khaled Bazzi; Monica Rocco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3):411-417 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O retalho bilobado é um retalho de dupla transposição. Sua estruturação geométrica permite melhor distribuição das forças de tensão ao longo de seu eixo de rotação, evitando distorções e redundâncias cutâneas geradas por outros retalhos ou sutura primária. Pode ser confeccionado com padrão vascular axial e aleatório, dependendo da região anatômica. Métodos: Este trabalho faz uma revisão de 45 casos operados, descrevendo em detalhes a técnica utilizada para confeccionar o retalho bilobado. Os defeitos são classificados em pequenos, médios e grandes e diversos casos clínicos são apresentados, explorando a versatilidade desse retalho em diferentes diagnósticos etiológicos e sítios anatômicos. Resultados: Em 93% dos casos, o retalho bilobado foi empregado em reconstruções oncológicas, sendo o segmento cefálico acometido em 71%. Não houve qualquer intercorrência pós-operatória em 85% dos casos. A taxa de infecção foi de 4,4%; de cicatriz em alçapão, de 4,4%; e de epiteliólise e necrose, de 11,1%. A taxa geral de complicações foi de 15%. Entretanto, tais complicações não comprometeram a evolução clínica dos casos e o retalho bilobado mostrou-se resolutivo em diferentes situações, propiciando bom resultado tanto funcional como estético. Conclusões: O retalho bilobado é versátil, de fácil execução e com ampla aplicabilidade em cirurgia plástica.

Palavras-chave: Pele. Face. Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica/métodos. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

Background: The bilobed flap is a double transposition flap. Its geometric drawing allows a better distribution of tensile forces along its axis of rotation, avoiding distortions and dog ears generated by other flaps and primary closure. It can be harvested in an axial or random pattern depending on where the defect is located on the body. Methods: Retrospectively, this study reviewed 45 consecutive bilobed flaps searching for pathology, anatomical area, clinical evolution and complications. The technique utilized in drawing and harvesting the flap is described in detail. Sizes of the defects were classified as small, moderate and large, taking into account the anatomical sites. A variety of clinical cases is presented exploring the versatility of the flap and etiology of the defects. Results: The bilobed flap was employed in oncological surgery in 93% of the cases while the skin of the head was involved in 71%.The post operative period was free of complications in 85%. Infection rate was 4.4%, trapdoor scaring rate was 4.4% and partial flap loss rate was 11.1%. The overall complication rate was 15%. In spite of all complications there were no compromise in the functional and aesthetic results and the bilobed flaps proved to be resolute and reliable in different clinical presentations and body regions. Conclusions: The bilobed flap is extremely versatile, easily reproducible with wide application in plastic surgery.

Keywords: Skin. Face. Surgical flaps. Plastic surgery/methods. Reconstructive surgical procedures.

 

Reconstrução de grandes defeitos de couro cabeludo e fronte em oncologia: tática pessoal e experiência - análise de 25 casos

Cleyton Dias Souza
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):227-237 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Neoplasias malignas extensas em couro cabeludo e fronte tornam-se um desafio para o cirurgião plástico, em decorrência das particularidades anatômicas da região. Apesar da existência de muitas técnicas para o reparo dos defeitos, a reconstrução ideal depende da avaliação criteriosa de cada caso clínico e tem por finalidade alcançar o melhor resultado, tanto funcional como estético, com mínima morbidade no sítio doador. O objetivo deste estudo é avaliar uma série de pacientes submetidos a reconstrução imediata após ressecção oncológica em couro cabeludo e fronte, demonstrando tática pessoal e experiência do autor. MÉTODO: Trata-se de análise retrospectiva de 25 pacientes operados no período de junho de 2009 a junho de 2011, submetidos a reconstrução de couro cabeludo e da fronte após tratamento de câncer de pele avançado dessa região. Foram estudados os seguintes parâmetros: sexo, idade, diagnóstico, estadiamento clínico, localização e dimensão do defeito, tática de reparo, complicações e estado clínico atual. RESULTADOS: Amostra composta de 25 pacientes, sendo 60% homens, com média de idade de 64,8 anos. O estádio clínico III foi o mais frequente (88%), o diagnóstico de maior incidência foi o de carcinoma espinocelular (84%) e a região biparietal foi a localização mais atingida (20%). O tamanho dos defeitos variou de 3,8 cm x 3,5 cm a 22,9 cm x 15 cm. A técnica de reparo mais utilizada (80%) foi a confecção de retalho local. Ocorreram 2 (8%) casos de necrose parcial do retalho e 1 (4%) caso de perda parcial do enxerto. Todos os pacientes estão vivos, dos quais apenas um apresenta sinais de neoplasia maligna em atividade (recidiva tumoral e fora de possibilidade terapêutica). Quanto aos aspectos funcional e estético, tanto o autor como os pacientes consideram o resultado bom. CONCLUSÕES: Na literatura internacional, são descritas várias técnicas de reconstrução do couro cabeludo. Na maioria dos casos com grande perda de tecidos moles, os retalhos microcirúrgicos são as opções mais aceitas. A reconstrução com retalhos locais de avanço constitui opção bastante segura e apresenta resultados favoráveis, com realização técnica mais simples e taticamente ideal para aqueles casos limítrofes de operabilidade.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica. Couro cabeludo/cirurgia. Neoplasias de cabeça e pescoço. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The anatomical peculiarities of extensive malignant neoplasms of the scalp and forehead remain a challenge for plastic surgeons. Although several procedures for repair of these defects have been described, the ideal reconstruction relies on careful assessment of each clinical case and aims to achieve the best functional and aesthetic outcome with minimal morbidity of the donor area. The aim of this study is to evaluate a series of patients who underwent immediate reconstruction following scalp and forehead tumor resection, in order to demonstrate the personal technique and experience of the author. METHODS: This is a retrospective analysis of 25 patients who underwent scalp and forehead reconstruction between June 2009 and June 2011 following treatment for advanced skin cancer. The following parameters were studied: gender, age, diagnosis, clinical staging, location and size of the defect, repair strategy, complications, and current clinical status. RESULTS: Of the 25 patients, 60% were men; the average age was 64.8 years. Patients most frequently presented in clinical stage III (88%). Squamous cell carcinoma was the most common tumor (84%) and the biparietal region was the most commonly affected area (20%). The size of the defects varied from 3.8 cm × 3.5 cm to 22.9 cm × 15 cm. The reconstructive procedure used most often (80%) relies on the production of a local flap. Two (8%) cases of partial flap necrosis and 1 case (4%) of partial graft loss were noted. All patients are still alive and only one shows signs of proliferative malignant neoplasm (tumor recurrence without treatment options). With regard to functional and aesthetic aspects, both the author and the patients considered the results obtained to be satisfactory. CONCLUSIONS: In the literature, a variety of procedures for scalp reconstruction have already been described. In patients with extensive loss of soft tissues, microsurgical flaps are the most commonly used option. Reconstruction with a local advancement flap is a safe technique, provides satisfactory results, and is performed with a simple technical procedure. It therefore may be ideal for borderline-operable patients.

Keywords: Surgical flaps. Plastic surgery. Scalp/surgery. Head and neck neoplasms. Reconstructive surgical procedures.

 

Retalhos de sustentação nas mamoplastias de aumento

JULIO WILSON FERNANDES
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):30-33 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: A ptose das mamas no pós-operatório das mamoplastias de aumento é preocupante, ocorrendo tanto nas mamoplastias primárias como nas trocas de próteses.
Método: O autor comenta a provável fisiopatologia das ptoses, e especialmente a do polo inferior. Apresenta sua experiência com retalhos musculares e sugere ainda o emprego de um retalho mio-fáscio-capsular em forma de "delta" nas mamoplastias secundárias.
Resultados: Os retalhos musculares são uma contribuição de grande valor para a preservação do formato mamário. O sugerido retalho mio-fáscio-capsular em delta poderá ser uma alternativa nas trocas de próteses.
Conclusão: Esses retalhos preservam o formato pós-operatório das mamoplastias, apesar da inevitável ptose cutânea, que ocorre no polo inferior das mamas de algumas pacientes.

Palavras-chave: Mamoplastia; Próteses e implantes; Retalhos cirúrgicos; Cirurgia plástica

 

ABSTRACT

Introduction: The bottoming out deformity is a matter of concern to patients and surgeons in the primary and secondary augmentation mammoplasty.
Method: The author comments the possible deformity physiopathology and his experience employing muscular flaps in augmentation mammoplasty. A new mio-fascial-capsular flap in "delta" shape is also described as an alternative to be used in secondary mammoplasties.
Results: The muscular flaps are a great contribution to the augmentation mammoplasty and the "delta flap" may be effective in the secondary mammoplasties.
Conclusions: The muscular flaps are highly valuable to preserve the breast shape after mammoplasties, in spite an unavoidable minor skin sagging, observed in particular patients.

Keywords: Plastic surgery; Surgical flaps; Breast implantation; Mammoplasty

 

Transplantes microcirúrgicos: experiência de 5 anos do Serviço de Cirurgia Plástica da Universidade Federal da Bahia

Marcelo Sacramento Cunha; André Leal Gonçalves Torres; Jorge Cabral dos Anjos Neto; Lívia Leal Monteiro; José Válber Meneses
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):305-309 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A microcirurgia reconstrutiva tem sido aplicada à cirurgia plástica desde a década de 70, com várias possibilidades de reconstruções. Objetivo: Relatar a experiência inicial de um serviço de cirurgia plástica ao implantar um grupo de microcirurgia, analisando as complicações e resultados da casuística. Método: Foram realizados 48 transplantes microcirúrgicos (reconstruções de cabeça e pescoço, mama e membros inferiores). As complicações foram divididas em imediatas (intra-operatórias), recentes (até 21 dias) e tardias (após 21 dias). Foram analisadas as complicações relacionadas às reconstruções: menores (perda parcial do retalho e/ou satisfação parcial do plano pré-operatório) e maiores (perda total do retalho e/ou não satisfação do plano pré-operatório). Em relação às áreas doadoras, foram divididas em menores (com necessidade de reintervenção cirúrgica) e maiores (deformidade não satisfatória ao cirurgião ou não aceitável ao paciente). Os resultados foram classificados como bons, satisfatórios ou maus resultados. Resultados: Quarenta e três retalhos sobreviveram (89,58% de sucesso) e em 5 houve perda total. Os resultados da reconstrução foram classificados em bons (72,91%), satisfatórios (16,67%) e ruins (10,42%). Os resultados das áreas doadoras foram classificados em bons (87,5%), satisfatórios (12,5%) e ruim (0%). Conclusão: As taxas de complicações e resultados da casuística sedimentaram a microcirurgia como opção cirúrgica no Serviço em estudo.

Palavras-chave: Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

Introduction: Microsurgery has been successfully applied to plastic surgery in the last three decades. Objective: The experience of the microsurgical group of Federal University of Bahia is reported and the results and complications are analyzed. Methods: Forty-eight microsurgical procedures (head and neck, breast and inferior limb reconstructions) were done. The complications were divided into immediate (operative period), recent (until 21 days) and delayed (after 21 days). Complications related to reconstruction itself were divided into minor (partial necrosis or partial satisfaction) or major (total necrosis or no satisfaction). Complications related to donor sites were divided into minor (surgical repair) or major (deformity not acceptable). Results were divided into good, acceptable and bad. Results: The results related to reconstruction were classified into good (72.91%), acceptable (16.67%) and bad (10.42%). The results related to donor site were classified into good (87.5%) and acceptable (12.5%) and no bad result. Conclusion: Good and acceptable results are important to credibility and sedimentation of microsurgery procedures.

Keywords: Microsurgery. Surgical flaps. Plastic surgery.

 

Retalhos miocutâneos de músculo peitoral maior: resultados e complicações em uma série de 116 casos

Vinícius Silva de Lima; Raul Pruinelli; Vinícius Grando Gava; Vinícius Lopes Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):484-489 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: Os retalhos miocutâneos representam uma importante arma com que conta o cirurgião plástico quando se depara com grandes defeitos a serem cobertos após ressecção de tumores. Objetivo: O presente estudo tem por objetivo relatar a incidência de complicações com o uso de retalhos miocutâneos de músculo peitoral maior para reconstrução em cirurgia oncológica, em especial de cabeça e pescoço. Método: Foi realizado um estudo retrospectivo. Foram estudados pacientes operados por lesões malignas de cabeça e pescoço, nos quais se usou a técnica em discussão. Resultados: Foram avaliados 116 pacientes operados no período entre março de 1994 e julho de 2009. Houve 2 perdas totais de retalho, 14 perdas parciais e formação de 17 fístulas. Conclusão: A incidência de complicações foi relativamente alta, o que relacionamos com o avançado estádio de doença dos pacientes operados e estado nutricional dos mesmos, além do porte das cirurgias. Apesar disso, os autores consideram o retalho miocutâneo de músculo peitoral maior um grande aliado para o cirurgião plástico que trabalha em reconstrução de cabeça e pescoço.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Músculos peitorais. Cirurgia Plástica / métodos.

 

ABSTRACT

Introduction: The myocutaneous flap is an important tool on which the plastic surgeon relies when handling major defects after tumors resection. Purpose: The objective of this study is reporting the incidence of post-operative complications with myocutaneous flap of pectoralis muscle for repairs in oncologic surgery, especially head and neck. Methods: A retrospective survey was performed. Patients with head and neck malignancies submitted to this technique were studied. Results: Between March/1994 and July/2009, 116 patients submitted to oncologic surgery were evaluated. There were 2 total flap losses, 14 partial flap losses and 17 fistulas. Conclusion: The incidence of surgical complications was relatively high, what we believe to be linked with the advanced oncologic disease stage in our population, their nutritional condition and the nature of the surgery. Despite that, the authors consider that the myocutaneous flap of pectoralis muscle is a good choice for plastic surgeons working in head and neck reconstruction.

Keywords: Surgical flaps. Pectoralis muscle. Surgery, Plastic / methods.

 

Aplicações do retalho romboide em reparações cutâneas

Gustavo Steffen Alvarez; Francisco Felipe Laitano; Evandro José Siqueira; Milton Paulo de Oliveira; Pedro Djacir Escobar Martins
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):102-107 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O cirurgião plástico frequentemente defronta-se com a reparação dos mais diversos tipos de defeitos cutâneos; logo, é imprescindível que possua o conhecimento de técnicas versáteis e apropriadas para cada caso. O retalho romboide de transposição, proposto por Alexander Limberg, é um retalho extremamente útil para os mais diversos tipos de reconstrução. O objetivo deste trabalho é demonstrar a versatilidade, a segurança e a aplicabilidade do retalho de Limberg para reconstrução de perdas cutâneas localizadas nos mais diversos segmentos corporais. MÉTODO: Foi realizada análise retrospectiva de 50 pacientes apresentando defeitos cutâneos, dos mais variados tipos, reconstruídos com o retalho romboide. A descrição da técnica cirúrgica e uma análise crítica dos resultados são apresentadas. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes foi de 59,6 anos. As lesões neoplásicas foram responsáveis pela maioria dos casos (84%). A face foi a área mais envolvida nas reconstruções, totalizando 36 (72%) casos, seguida da região lombossacral (8%), e do dorso e da região inguinoscrotal (6%). Complicações foram observadas em 4 (8%) pacientes. CONCLUSÕES: O retalho romboide propicia resultados seguros e previsíveis, sendo a alternativa para a maioria dos defeitos encontrados.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos/métodos. Cirurgia plástica/métodos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The plastic surgeon frequently performs reconstructions of diverse types of cutaneous defects; thus, it is essential to be versatile and have knowledge of appropriate techniques for each case. The rhomboid transposition flap, proposed by Alexander Limberg, is an extremely useful flap for a wide range of reconstructive procedures. This study aims to demonstrate the versatility, safety, and applicability of Limberg's flap for reconstruction of cutaneous losses located in a wide variety of body segments. METHODS: A retrospective analysis of 50 patients with different cutaneous defects that had been reconstructed with the rhomboid flap was performed. A description of the surgical technique and a critical analysis of the results are presented. RESULTS: The average age of the patients was 59.6 years. Neoplastic lesions accounted for most of the cases (84%). The face was the most frequently affected area, accounting for 36 (72%) cases; it was followed by the lumbosacral region (8%) and by the dorsal and inguinoscrotal regions (6%). Complications were observed in 4 (8%) patients. CONCLUSIONS: The rhomboid flap provides safe and predictable outcomes, and is the method of choice for most of the defects found.

Keywords: Surgical flaps. Reconstructive surgical procedures/methods. Surgery, plastic/methods.

 

Melhorando os resultados da blefaroplastia superior: zetaplastia para correção de queda do supercílio lateral

Tammy Hentona Osaki; Carlos Alberto Affonso Ferreira; Midori Hentona Osaki
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(3):398-401 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Um problema estético frequentemente observado no processo de envelhecimento facial é a queda dos supercílios, principalmente na sua porção lateral. MÉTODOS: A fim de obter resultados estéticos satisfatórios e cicatriz menos extensa, apresentamos uma técnica menos invasiva para elevação do supercílio lateral. Esta técnica é indicada para casos selecionados de pacientes com dermatocálaze associada à queda da porção lateral do supercílio. RESULTADOS: A técnica mostrou-se de fácil execução, proporcionando resultados estéticos gratificantes, similares aos da técnica descrita por Castañares, com a vantagem de resultar em cicatrizes limitadas à região lateral do supercílio. CONCLUSÕES. A zetaplastia com transposição de retalhos cutâneos no terço lateral dos supercílios mostrou-se uma boa opção para a elevação desta área. Além de ser pouco invasiva, esta técnica apresenta como vantagens cicatriz pouco evidente, menor custo e proporciona um efeito estético natural nesta importante região da face.

Palavras-chave: Blefaroplastia; Cirurgia plástica, Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: A frequent aesthetic problem that occurs in the aging process is the drooping of the eyebrows, more common and evident in the mid lateral aspect. METHODS: In order to obtain a satisfactory cosmetic result associated with minimal scar extension, we present a less invasive technique, indicated for select patients who present with dermatochalasis and lateral eyebrow sliding. RESULTS: This technique showed to be an easy procedure to execute and resulted in satisfactory aesthetic outcomes, similar to the technique described by Castañares, with the advantage of scar limited to the lateral region. CONCLUSIONS: As another option for the surgical elevation of the eyebrow lateral third segment, an easy Z-type skin flap transposition is a cost-effective procedure that can offer less evident scars with a natural aesthetic effect in this exposed area of the face.

Keywords: Blepharoplasty; Plastic surgery; Surgical flaps.

 

Reconstrução total de pálpebra inferior em hospital universitário: série de casos

LUCAS MACHADO GOMES DE PINHO PESSOA; SALUSTIANO GOMES DE PINHO PESSOA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):45-46 - Artigos

PDF Português

RESUMO

As pálpebras atuam na proteção dos olhos, hidratação da córnea e na manutenção de uma visão adequada. Entretanto, diversos fatores podem contribuir com perda da função protetora das pálpebras, por exemplo, o processo natural de envelhecimento, os traumas ou as neoplasias. Quando em estágios avançados, o câncer pode acometer todas as lamelas da pálpebra, sendo a reconstrução adequada da pálpebra uma prioridade a fim de evitar complicações visuais. O objetivo deste trabalho é apresentar opções cirúrgicas de reconstrução total de pálpebra inferior realizadas em serviço terciário no segundo semestre de 2018. Trata-se de estudo retrospectivo observacional descritivo do tipo série de casos. A reconstrução de todo um segmento anatômico especializado e complexo como as pálpebras é desafiador. O reparo dos planos anatômicos mimetizando as lamelas com estruturação cartilaginosa e dos planos cutâneo e mucoso é essencial para restaurar a função palpebral perdida.

Palavras-chave: Neoplasias cutâneas; Retalhos cirúrgicos; Transplante autólogo; Cirurgia plástica; Carcinoma basocelular

 

Fibro-histiocitoma maligno gigante em região deltoide: relato de caso

Rodolfo Luis Korte; Tiago Costa do Amaral; Raimundo da Silva Maia; Iuri dos Santos Barros Viana; Flávia Lenzi; Leandro Debs Procópio
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.2):75-78 - 33ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: O fibro-histiocitoma maligno (FHM) é considerado um raro tumor cutâneo. O local mais frequente acometido são as extremidades (49%) seguidas pelo retroperitônio (16%). O principal método de tratamento é a cirurgia, entretanto, as taxas de recidiva são elevadas, em cerca de 40% dos casos, com recidivas locais e/ou metátases a distância.
Objetivo: Relato de caso de patologia rara.
Método: Relato de caso de tumor de partes moles (fibro-histiocitoma maligno) de grandes dimensões (15,5 x 11,5 x 10 cm), tratado através de cirurgia.
Resultados: A lesão foi identificada como um fibro-histiocitoma maligno, subtipo histológico pleomórfico, com ulceração presente, e invasão de tecido celular subcutâneo e muscular estriado. Tumoração de característica pouco diferenciada, de alto grau.
Discussão: O FHM é um tumor maligno raro, derivado do tecido mesenquimal de todo o corpo. Os FHMs tipicamente surgem como massas de crescimento rápido nos tecidos moles das extremidades e ossos em pacientes com idade entre 50 e 70 anos. A histogênese desse tumor ainda permanece controversa. Metástases à distância ocorrem em até 40% dos casos, os sítios mais frequentes são pulmão (80-90%), ossos e fígado. O tratamento é essencialmente cirúrgico e consiste na ressecção completa do tumor, devido ao seu potencial maligno. Terapia adjuvante é de pouco ou nenhum benefício.
Conclusão: Por tratar-se de tumor com patogênese e tratamento poucos conhecidos, e sugerindo que a melhor forma de tratamento é a cirurgia, pudemos constatar que o resultado apresentado neste caso foi semelhante aos relatos encontrados na literatura, ainda que seja um caso com período de evolução curto. Até dois meses de pós-operatório o paciente encontra-se sem sinais de recidiva local ou a distância.

Palavras-chave: Histiocitoma Fibroso Maligno; Retalhos Cirúrgicos; Cirurgia Plástica; Oncologia.

 

ABSTRACT

Introduction: Malignant fibro-histiocytoma (MFH) is considered as a rare cutaneous tumor. The most frequent places affected are extremities (49%) followed by retroperitoneum (16%). Main treatment method is surgery, however, relapse rates are high, about 40% of cases, with local relapses and/or distant metastases.
Objective: Case report of rare pathology.
Method: Case report of soft large tissue tumor (fibro-histiocytoma malignant) (15.5 x 11.5 x 10 cm), treated through surgery.
Results: Lesion was identified as malignant fibro-histiocytoma, pleomorphic histological subtype with present ulceration, and subcutaneous and striatal muscle tissue invasion. Low-differentiated and high-grade tumor.
Discussion: MFH is a rare malignant tumor, derived from whole body mesenchymal tissue. MFHs typically appear as rapidly growing masses in soft tissues of extremities and bones in patients aged 50-70 years. Tumor histogenesis remains controversial. Distant metastases occur in up to 40% of cases, most frequent sites are lung (80-90%), bones and liver. Treatment is essentially surgical and consists in complete tumor resection due to its malignant potential. Adjuvant therapy is of little or no benefit.
Conclusion: Because it is a tumor with pathogenesis and treatment not very well known, and suggesting that best treatment way is surgery, we could verify that the result presented in this case was similar to reports found in literature, although it is a case with short evolution period. Up to two months postoperatively the patient remains without signs of local or distant recurrence or resection due to its malignant potential.

Keywords: Histiocytoma, Malignant Fibrous; Surgery, Plastic; Surgical Flaps; Medical Oncology.

 

Reconstrução do complexo aréolo-papilar: modelo de treinamento em zona IV do retalho TRAM

Allysson Antonio Ribeiro Gomes, Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa, Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(2):379-380 - Ideias e Inovações

PDF Português

RESUMO

Introdução: A reconstrução mamária está completa quando é realizada a reconstrução do complexo aréolo-papilar (CAP). Modelos de treinamento têm agregado benefícios, sendo exercícios de simulação. Apresenta-se um modelo para treinamento em reconstrução do CAP. Método: Selecionou-se dez pacientes, nos quais a zona IV do retalho miocutâneo transverso do músculo reto abdominal (TRAM) foi utilizada para instrução em duas técnicas de retalhos para confecção do CAP. Resultados: O modelo de treinamento foi aplicado em todos os casos, tendo os residentes adquirido habilidades e domínio da técnica, demonstrando segurança na reconstrução dos casos clínicos. Conclusão: A reconstrução do CAP com zona IV do retalho TRAM é um modelo de treinamento útil.

Palavras-chave: Mamilos/cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Capacitação. Cirurgia plástica/educação.

 

ABSTRACT

Background: Breast reconstruction is complete when the nipple-areola complex (NAC) is reconstructed. Models can be used to train young surgeons, it been a simulator exercise. A model of NAC reconstruction training is the purpose of the this paper. Methods: Ten zone IV TRAM flaps were utilized to the purpose of the study. First, the trainee executes the NAC reconstruction using the flaps techniques supervised by a teacher. Afterwards, the technique skills are used on real situation in the operation room. Results: The model was used by all trainees who acquire technique skills, which was used on real situation. Conclusion: The NAC reconstruction in zone IV TRAM flap is feasible.

Keywords: Nipples/surgery. Surgical flaps. Training. Surgery, plastic/education.

 

Reconstruções pelveperineais com uso de retalhos cutâneos baseados em vasos perfurantes: experiência clínica com 22 casos

Guilherme Cardinali Barreiro; Lincoln Saito Millan; Hugo Nakamoto; Eduardo Montag; Paulo Tuma Jr.; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(4):680-684 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: As lesões pelveperineais representam grande parcela das interconsultas para o cirurgião plástico em hospitais gerais. O objetivo do presente trabalho é apresentar a experiência obtida no tratamento de pacientes com lesões perineais, sacrais e de quadril com o uso de retalhos com vasos perfurantes. MÉTODO: Foram estudados, retrospectivamente, os pacientes submetidos a avaliação pela equipe da Divisão de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, nos meses de fevereiro a maio de 2009, que apresentavam feridas em região pelveperineal e no quadril. No total, 22 pacientes foram submetidos a reconstrução com retalhos cutâneos e fasciocutâneos baseados em vasos perfurantes, de acordo com os critérios de inclusão. O período de seguimento médio foi de 6 meses. RESULTADOS: A lesão pelveperineal foi úlcera por pressão em 20 (91%) casos, infecção profunda em 1 (4,5%), e hidradenite perineal em 1 (4,5%). A opção dos retalhos foi previamente estabelecida, dependendo do local da ferida: úlceras sacrais, retalho baseado nas perfurantes da artéria glútea superior em 15 (68,2%) casos; úlceras isquiáticas, retalho baseado nos vasos perfurantes da artéria glútea inferior em 3 (13,6%) casos; e úlceras trocantéricas, retalho tensor da fascia lata perfurante em 2 (9,1%) casos. Retalho fasciocutâneo inervado gluteofemoral foi a opção para a reconstrução pós-síndrome de Fournier em um paciente e após ressecção de hidradenite perineal em outro. Houve necessidade de nova sutura para fechamento primário tardio em deiscência < 10% do perímetro da lesão em 3 (13,6%) casos, durante os primeiros 15 dias de pós-operatório. Não houve casos de necrose > 3% da superfície do retalho. Os resultados foram mantidos no período de seguimento avaliado. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos no presente estudo foram satisfatórios e ficou demonstrada a utilidade de retalhos cirúrgicos sem incorporação de músculo para reconstruções pelveperineais. Essa alternativa para tratamento é menos mórbida para as áreas doadoras e preserva o tecido muscular para possível intervenção futura.

Palavras-chave: Períneo. Ferimentos e lesões. Úlcera de pressão. Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Plastic surgery consultation is commonly sought for the treatment of pelviperineal injuries in general hospitals. The objective of this study was to present the experience acquired in the treatment of perineal, sacral, and hip injuries with the use of perforator flaps. METHODS: Patients referred to the Plastic Surgery Division of the Clinical Hospital of Medicine College of Universidade de São Paulo for evaluation of pelviperineal and hip wounds from February to May 2009 were retrospectively evaluated. A total of 22 patients underwent reconstruction with skin and fasciocutaneous flaps based on the perforator vessels, according to the inclusion criteria. The average follow-up period was 6 months. RESULTS: Pelviperineal injuries consisted of pressure ulcers in 20 cases (91%), deep infection in 1 case (45%), and perineal hidradenitis in 1 case (4.5%). The choice of flap for reconstruction was dependent on the local wound: 15 cases (68.2%) of sacral ulcers were repaired with a superior gluteal artery perforator flap; 3 cases (13.6%) of ischial ulcers were repaired with an inferior gluteal artery perforator flap; and 2 cases (9.1%) of trochanteric ulcers were repaired using a tensor fascia lata perforator flap. A fasciocutaneous gluteofemoral flap was selected for reconstruction of post Fournier' syndrome in 1 patient and was used after resection of perineal hidradenitis in 1 patient. A new suture for late primary closure was necessary in 3 (13.6%) cases in which the suture line dehiscence was < 10% of the injury perimeter during the first 15 post-operative days. There were no cases of > 3% necrosis of the flap surface. These results were maintained during the follow-up evaluation period. CONCLUSIONS: The results of the study were satisfactory, and the utility of surgical flaps without the incorporation of muscle for pelviperineal reconstruction was demonstrated. This treatment alternative decreases donor site morbidity and preserves the muscular tissue for future interventions.

Keywords: Perineum. Wounds and injuries. Pressure ulcer. Surgical flaps. Plastic surgery.

 

Reconstrução da porção medial da pálpebra inferior com retalho de Imre

Marina Felca Beirigo, Gabriel Salum D'Alessandro, Denis Oksman, Tatiana Rego Nunes, Fábio de Freitas Busnardo, Walter Soares Pinto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(4):569-572 - Relatos de Caso

PDF Português

RESUMO

Introdução: A reconstrução da pálpebra inferior se constitui em um importante capitulo de reconstrução facial, tanto por seu aspecto estético quanto por sua importância funcional, evitando comprometimentos oculares mais graves. Dissertamos neste artigo sobre uma excelente opção terapêutica para esse tipo de reconstrução, especialmente em casos de defeitos extensos da pálpebra. Relato dos casos: Foram operados dois pacientes, em junho de 2008, que apresentavam defeitos da pálpebra inferior entre 50% e 75% da mesma após ressecção de tumores de pele. Esses pacientes foram submetidos à reconstrução com retalho de Imre, descrito, em 1903, pelo cirurgião Joseph Imre, seguindo sua marcação original, evoluindo com resultado efetivo quanto a sua importância funcional e estética. Os casos operados apresentaram bom posicionamento das pálpebras inferiores, sem ectrópio, apresentando apenas uma leve esclera aparente, porém sem repercussão funcional em um dos casos operados. As cicatrizes resultantes localizaram-se nos sulcos naturais da face. Discussão: Consideramos que a técnica proposta por Imre se adequa às necessidades da reconstrução palpebral inferior, proporcionando bom resultado funcional e estético, com pouca morbidade de área doadora. Conclusão: O retalho de Imre se constitui em mais uma opção para reconstrução da porção medial da pálpebra inferior, sendo de fácil execução e reprodutível, mesmo em grandes defeitos da mesma.

Palavras-chave: Pálpebras/cirurgia. Doenças palpebrais/cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Carcinoma basocelular/complicações. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

Introduction: The inferior eyelid reconstruction is one of the important issues about facial reconstruction. Besides its aesthetical importance, there is its functional one, avoiding ocular problems. In this article we present an excellent option of eyelid reconstruction - the Imre flap - especially in defects greater than 50% of extension. Cases report: In July 2008, two patients were gone under surgery because skin cancer on inferior eyelid. The ejelid defects were about 50 to 75% of the extension of them. The Imre flap was described first by Joseph Imre, in 1903. His original technique was followed and the results were functional and aesthetical effective. Discussion: We considered that the Imre flap is applicable and useful to reconstruct the inferior eyelid, with little morbidity of the donor area and a great final result. Conclusion: The Imre flap is one more option to reconstruct the inferior eyelid portion. It's a reproducible and an easy technique available to reconstruct large defects of inferior eyelid.

Keywords: Eyelids/surgery. Eyelid diseases/surgery. Surgical flaps. Carcinoma, basal cell/complications. Surgery, plastic.

 

Uso do retalho superomedial para reconstrução perineal

PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; MIGUEL ENRIQUE RIVERA GOMEZ; MARIANA RODRIGUES DE SOUSA REBELATO; MARCELO LOPES DIAS KOLLING; FELIPE FERREIRA LARANJEIRA; MILTON PAULO DE OLIVEIRA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):99-101 - Artigos

PDF Português

RESUMO

Introdução: A gangrena de Fournier é uma doença infecciosa de início insidioso, rapidamente progressiva e agressiva. Existem várias técnicas possíveis, como enxertos cutâneos, retalhos miofasciocutâneos e fasciocutâneos, além do fechamento primário da lesão, se viável. O retalho fasciocutâneo superomedial da coxa é uma opção muito utilizada, devido ao fato de apresentar bons resultados estéticos e funcionais, além de simples execução.
Relato de caso: Paciente masculino, 62 anos, encaminhado após desbridamento por gangrena de Fournier. Foi realizado cirurgia para reconstrução de períneo, sendo usado retalho superomedial de coxa bilateral.
Discussão: O retalho fasciocutâneo superomedial da coxa foi descrito por Hirshowitz, et al., como sendo um retalho provavelmente arterial, localizado na curvatura medial da coxa. Possui boa espessura, facilidade de rotação, excelente aspecto estético e complicações como necrose são muito raras, devido à rica vascularização que o torna muito seguro, inclusive em pacientes diabéticos e portadores de vasculopatias.

Palavras-chave: Gangrena de Fournier; Retalhos cirúrgicos; Extremidade inferior; Reconstrução; Cirurgia plástica

 

Mastopexia com retalhos cruzados: uma opção para correção da ptose mamária

LEILANE DROPPA APPEL; RAFAEL RESTON VIANA; EMELYN ALTHOFF FERNANDES; JÚLIO CESAR MAGRI; DAYSON LUIZ NICOLAU DOS SANTOS
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):101-103 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: O tratamento das ptoses mamárias visa readequar o conteúdo mamário no seu continente restaurando seu padrão jovial. A técnica dos retalhos cruzados reposiciona o parênquima por meio do entrecruzamento e fixação dos retalhos reformulando o cone mamário.
Objetivo: O trabalho tem como objetivo descrever a técnica dos retalhos cruzados como uma opção de mastopexia.
Método: Essa técnica foi utilizada em pacientes com ptose pura ou ptose associada a pequenas hipertrofias.
Resultados: As complicações foram as mesmas observadas em outras técnicas de mastopexia.
Discussão: A correção das ptoses mamárias é mais efetiva quando realizada com transposição do parênquima do polo inferior para o polo superior realocando o conteúdo mamário, assim como demostrado na técnica dos retalhos cruzados.
Conclusão: A técnica de mastopexia com retalhos cruzados é de fácil reprodução e representa mais uma opção de mastopexia que se bem indicada traz excelentes resultados em curto e médio prazo.

Palavras-chave: Mama; Mamoplastia; Retalhos cirúrgicos; Cirurgia plástica; Técnicas

 

ABSTRACT

Introduction: The treatment of breast ptosis aims to re-adjust the breast content in your continent restoring its youthful pattern. The cross-flaps technique repositions the parenchyma through intercrossing and fixation of the flaps by reshaping the mammary cone.
Objective: The objective of this is to describe the technique of cross-flapping as a mastopexy option.
Method: This technique was used in patients with pure ptosis or ptosis associated with small hypertrophies.
Results: The complications were the same as those observed in other mastopexy techniques. Discussion: Correction of breast ptosis is more effective when performed with transposition of the parenchyma from the lower pole to the upper pole by relocating the mammary contents as demonstrated in the cross-flap technique.
Conclusions: The mastopexy technique with crossed flaps is easy to reproduce and represents one more option of mastopexy that if well indicated brings excellent results in the short and medium term.

Keywords: Breast; Mammaplasty; Surgical flaps; Plastic surgery; Technical aspects

 

Versatilidade do tarsal strip para correção de diferentes tipos de ectrópio

NATALIA BIANCHA RENDON; CAIO PUNDEK GARCIA; CARLO MOGNON MATTIELLO; JULIAN ANDRES ZUÑIGA RESTREPO; LUIS GUSTAVO FERREIRA DA SILVA; JORGE BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):165-168 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: O ectrópio é o mal posicionamento da pálpebra caracterizado pela eversão da ciliar e a exposição da conjuntiva e da córnea. No caso do ectrópio inferior, reconstrução pode ser realizada por meio de uma variedade de técnicas já padronizadas como a amplamente utilizada técnica de tarsal strip.
Método: Revisão de três casos de ectrópio de diferentes causas corrigidos com a técnica de tarsal strip.
Resultados: É um procedimento eficaz, que encurta a pálpebra inferior, resultando em cicatriz discreta e de execução relativamente fácil.
Conclusão: Embora essa técnica apresente resultados satisfatórios, a escolha da técnica para correção do ectrópio deve levar em conta a extensão da eversão, condições locais e gerais do paciente.

Palavras-chave: Blefaroplastia; Ectrópio; Retalhos cirúrgicos

 

ABSTRACT

Introduction: The ectropion is the eyelid malposition characterized by eversion of ciliary margin and exposure of conjunctiva and cornea. In case of lower ectropion, reconstruction can be fulfilled by a variety of already standardized techniques such as the widely used tarsal strip.
Method: Review of three cases of ectropion of different causes corrected with the tarsal strip technique.
Results: This procedure is effective, shortening the lower eyelid and resulting in a discreet scar and relatively easy execution.
Conclusions: Although this technique presents satisfactory results, the choice of technique should consider the extent of the eversion, local and general conditions of the patient.

Keywords: Blepharoplasty; Ectropion; Surgical flaps

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons