ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 190 result(s)

Search for : Abdominoplastia; Obesidade; Cirurgia bariátrica; Abdome

Mastoplasty with inclusion of prosthesis during abdominoplasty in post-bariatric patients

José Nava Rodrigues Neto; Daniel Augusto dos Santos Soares; Marcela Caetano Cammarota; Leonardo Martins Costa Daher; Rafael Quaresma de Lima; Conrado Miranda de Almeida; Ismar Ribeiro Junior; José Carlos Daher
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(3):308-313 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Augmentation mammaplasty during abdominoplasty reduces surgical time and has a better aesthetic effect as it only leaves a single scar. The authors of this study assessed the results obtained in post-bariatric patients undergoing this procedure in the plastic surgery service at Daher Hospital. METHODS: This was a retrospective longitudinal observational study. Of the 161 post-bariatric patients evaluated, 27 had indications for breast augmentation during abdominoplasty. The surgical technique consisted of classical abdominoplasty and creation of tunnels on the upper and middle abdomen for insertion of implants. RESULTS: The age of the patients ranged from 35 to 50 years, with a mean of 42.4 years. The volume of the prosthesis ranged from 285 to 300 ml. The average body mass index was 22.2 kg/m2.The average surgical time period was 2 hours and 35 minutes. None of the following complications were observed: deep vein thrombosis, pulmonary embolism, skin necrosis, hematoma, capsular contracture and/or event. Two patients (7.4%) presented with seroma in the mammary region and one patient developed infection. CONCLUSION: The aesthetic results were satisfactory, as there was only a single scar for these two procedures in post-bariatric patients. Selecting the ideal patient was crucial for good operative success.

Keywords: Mammaplasty; Breast implantation; Abdominoplasty; Bariatric surgery.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A mastoplastia com inclusão de prótese via abdominoplastia proporciona redução do tempo cirúrgico e um melhor efeito estético, em decorrência da presença de uma única cicatriz. Os autores desse estudo avaliaram os resultados obtidos em pacientes pós-bariátricos submetidos à inserção de prótese mamária pela via abdominal no serviço de cirurgia plástica do Hospital Daher. MÉTODOS: Trata-se de um estudo observacional longitudinal retrospectivo. Dos 161 pacientes pós-bariátricos operados, 27 apresentavam indicação de mamoplastia de aumento pela via abdominal. A técnica cirúrgica consistiu na realização da abdominoplastia clássica e confecção de túneis ao espaço retroglandular para inserção dos implantes. RESULTADOS: A faixa etária das pacientes variou de 35 a 50 anos, com média de 42,4 anos. O volume das próteses variou de 285 a 300 ml. A média do índice de massa corporal foi de 22,2 kg/m2. O tempo médio operatório foi de 2 horas e 35 minutos. Não foram observadas complicações como trombose venosa profunda, embolia pulmonar, necrose de pele, hematoma, contratura capsular e/ou deiscências. Duas pacientes (7,4%) apresentaram seroma na região mamária sendo que uma paciente teve infecção. CONCLUSÃO: Os resultados estéticos obtidos com a confecção de uma única cicatriz para esses dois procedimentos em pacientes pós-bariátricos foram satisfatórios. A escolha do paciente ideal foi fundamental para o bom sucesso operatório.

Palavras-chave: Mastoplastia; Implante mamário; Abdominoplastia; Cirurgia bariátrica.

 

Abdominoplastia convencional em paciente pós-bariátrico

Rolando Mendoza Romero; Amr Arikat; Pedro Salomão Piccinini; Miguel E. Rivera Gomez; Milton Paulo De Oliveira; Marcos Ricardo De Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):7-9 - Contorno Corporal

PDF Portuguese

RESUMO

A perda significativa de peso resulta inevitavelmente em algum grau de flacidez de pele e/ou deformidades do contorno corporal. O número de paciente com perda ponderal significante em aumento, junto com a procura aos cirurgiões plásticos para reparar as deformidades. Dentro do contorno corporal, o abdome é considerado a região que sofre a maior deformidade pós-perda ponderal. Este fato gera um desafio ao cirurgião que deve, além de conhecer as diferentes técnicas, saber identificar a melhor para cada paciente. Apresentamos um relato de caso de paciente após perda importante de peso, a qual, pelo perfil, características físicas e análise pré-operatória, decidiu-se optar por abdominoplastia convencional, com resultados satisfatórios. Demostra-se, assim, que a abdominoplastia convencional quando aplicada nos casos com indicação, resolve a diástase dos músculos retos, flacidez de pele e melhora o contorno corporal de paciente ex-obesos.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Obesidade; Cirurgia bariátrica; Abdome.

 

Body contourning surgery after massive weight loss

Priscila de Oliveira Gerk
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(3):143-152 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Background: The great skin excess resultant after the weight loss of patients submitted to a surgical treatment for morbid obesity is unpleasant and most of the time debilitating. The treatment of these sequelae often needs several surgical interventions. Method: The study presents a series of 11 patients submitted to 20 operations to the correction of skin excess secondary to gastroplasty from December 2004 to December 2006. There were eight female and three male. The average age was 39.6. The mean of weight loss after bariatric surgery was 65 kg. Regarding the operations, there were ten abdominoplasties, eight being anchor and three conventional, with three patients requiring hernioplasty associated. The average of abdominal skin flap and fat was 3.7kg. Still, three mamoplasties were done with silicone prostheses, three brachial lifts, one thoracic lift and two crural lift. Results: Four minor complications have happened after the procedures. Conclusion: The body contour surgery in patients with major weight loss, who underwent gastroplasty, has provided an improvement in life quality, reintegrating them into society, into their jobs and restoring their self esteem.

Keywords: Morbid obesity, surgery. Gastroplasty. Bariatric surgery. Plastic surgery. Abdomen, surgery

 

RESUMO

Introdução: O grande excesso de pele após o emagrecimento dos pacientes submetidos à gastroplastia redutora é desagradável e, às vezes, debilitante. A correção destas seqüelas, freqüentemente, necessita várias intervenções cirúrgicas. Método: Este trabalho apresenta uma série de onze pacientes, totalizando vinte operações para correção de seqüelas cutâneas secundárias à gastroplastia, operados no período de dezembro de 2004 a dezembro de 2006. Foram oito mulheres e três homens, com média de idade de 39,6 anos e média de perda de peso após gastroplastia de 65 kg. Com relação às operações, foram dez abdominoplastias, sendo oito em "âncora" e três clássicas, com três pacientes necessitando herniorrafia incisional associada. A média do peso do tecido abdominal retirado foi de 3,7 kg. Foram ainda realizadas três mastopexias com prótese, três lifting de braços, um lifting de tórax e dois lifting de coxas. Resultados: Ocorreram quatro pequenas complicações após os procedimentos. Conclusão: A cirurgia do contorno corporal nos pacientes com grande perda de peso que realizaram gastroplastia redutora permitiu melhora da qualidade de vida, reintegrando-os ao convívio social e laboral e restabelecendo sua auto-estima.

Palavras-chave: Obesidade mórbida, cirurgia. Gastroplastia. Cirurgia bariátrica. Cirurgia plástica. Abdome, cirurgia

 

Abdominoplasty after bariatric surgery: laboratorial aspect

Ivo Ferreira Andrade, Alexandre Alcides Mattos de Meira, Felipe Pacheco Martins Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(3):158-161 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Background: The increase in frequency of reductive gastroplasty surgery and the increasing aesthetics demand by society, made plastic surgery an important stage in morbid obesity treatment. Beside cutaneous problems and comorbities, these patients present metabolic and nutritional disturbances, that could interfere with trans and postoperative treatment. Methods: Forty-one patients who were submitted to abdominoplasty after reductive gastroplasty were studied by the Fobi and Capella technique, during the period of January of 2004 to July of 2006, with attention to pre and postoperative laboratorial aspects and pre, trans and postoperative care.

Keywords: Morbid obesity, surgery. Gastroplasty. Bariatric surgery. Plastic surgery. Metabolism

 

RESUMO

Introdução: O aumento da freqüência da gastroplastia redutora e a crescente exigência estética da sociedade tornaram a cirurgia plástica uma importante etapa no tratamento da obesidade mórbida. Estes pacientes apresentam, além das alterações cutâneas e comorbidades, distúrbios metabólicos e nutricionais que podem interferir no per e pós-operatório. Método: Foram estudados 41 pacientes submetidos à abdominoplastia pós-gastroplastia redutora pela técnica de Fobi e Capella, no período de janeiro de 2004 a julho de 2006, sendo avaliado o perfil laboratorial pré e pós-operatório e cuidados pré, per e pós-operatórios.

Palavras-chave: Obesidade mórbida, cirurgia. Gastroplastia. Cirurgia bariátrica. Cirurgia plástica. Metabolismo

 

Incisional hernias treatment on multifunctional abdominoplasties

Carlos Del Pino Roxo; Ana Claudia Weck Roxo; Luciana Labanca; Christiano Ricardo Pinto Martins
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(3):184-188 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Abdominal wall hernias frequently occur after open bariatric surgical procedures, which may be imperceptible during physical examination or very remarkable as big eventrations with loss of domain. Methods: In this article, the authors report their experience with the treatment of these hernias during the multifunctional abdominoplasty, thru the isolation and reduction of the herniary sac, primary synthesis of the defect and plicature of the aponeurosis, without using aloplastic materials. The authors made a retrospective study with 44 patients, over five and a half year's period, where the effectiveness and safety of the technique were analized.

Keywords: Hernia, ventral. Abdomen/surgery. Bariatric surgery/adverse effects. Gastroplasty/adverse effects. Obesity, morbid/surgery.

 

RESUMO

Introdução: Os pacientes que são submetidos a cirurgias bariátricas freqüentemente evoluem com hérnias de parede abdominal, sejam estas imperceptíveis ao exame físico ou mesmo grandes eventrações com perda de domicílio. Método: Neste artigo, os autores relatam suas experiências com o tratamento destas hérnias durante a abdominoplastia multifuncional, por meio do isolamento e redução do saco herniário e síntese primária da falha aponeurótica com posterior plicatura desta, sem o uso de materiais aloplásticos. Foi realizado um estudo retrospectivo abrangendo um total de 44 pacientes, num período de cinco anos e meio, onde a eficácia e segurança da técnica foram analisadas.

Palavras-chave: Hérnia ventral. Abdome/cirurgia. Cirurgia bariátrica/efeitos adversos. Gastroplastia/efeitos adversos. Obesidade mórbida/cirurgia.

 

Abdominoplasty following massive weight loss: a critical analysis of complications in 130 consecutive cases

Lady Wilson Canan Junior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):381-388 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: The massive weight losses caused by bariatric surgery have considerably increased the demand for plastic surgery, with abdominoplasty being the most requested procedure. In this study, an analysis of post-abdominoplasty complications was conducted in a consecutive series of 130 patients who experienced massive weight loss. METHODS: One hundred and thirty patients who underwent abdominoplasty were studied, and the differences between the genders, surgery types (anchor-line vs. conventional), drain usage, adhesive sutures, and lost weight during the weight loss phase and at the time of abdominoplasty as well as the occurrence of complications such as seroma, hematoma, and infection were analyzed. RESULTS: Ten men and 120 women underwent surgery (mean age, 38.3 years). The anchor-line abdominoplasty and conventional techniques were performed in 99 and 31 patients, respectively. Seroma was the most prevalent complication in men (P = 0.012) and was more frequent in group A and B patients (with drains and fewer than 30 adhesive sutures, respectively) relative to group C patients (without drains and more than 30 adhesive sutures), with respective P values of 0.001 and 0.075, and in patients who underwent abdominoplasty and weighed more than 70 kg (P = 0.002). Hematoma was more prevalent in men (P = 0.003) and in patients who underwent abdominoplasty and weighed more than 70 kg (P = 0.008). There were no significant differences with respect to the infection incidence between the tested groups or between the anchor-line and conventional abdominoplasty procedures. CONCLUSIONS: Seroma was the main complication and could be avoided by using an appropriate number of adhesive sutures. Male patients weighting more than 70 kg at the time of abdominoplasty developed more complications.

Keywords: Bariatric surgery. Obesity. Abdominoplasty.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: As grandes perdas ponderais causadas pelas cirurgias bariátricas vêm aumentando consideravelmente a demanda por cirurgias plásticas, sendo a abdominoplastia o procedimento mais requisitado. Neste estudo é feita uma análise das complicações posteriores à abdominoplastia em pacientes após grandes perdas ponderais numa série consecutiva de 130 casos. MÉTODO: Foram estudados 130 pacientes submetidos a abdominoplastia, analisando-se diferenças entre gêneros, tipos de cirurgia (em âncora vs. convencional), utilização de drenos, pontos de adesão, peso perdido no emagrecimento e na abdominoplastia, além de complicações ocorridas, como seroma, hematoma e infecções. RESULTADOS: Foram operados 10 homens e 120 mulheres (média de idade de 38,3 anos). A técnica de abdominoplastia em âncora foi realizada em 99 pacientes e convencional, em 31 pacientes. Seroma foi a complicação mais prevalente no gênero masculino (P = 0,012), nos pacientes dos grupos A e B (com dreno e menos de 30 pontos de adesão) em relação aos do grupo C (sem dreno e mais de 30 pontos de adesão), com valores de P = 0,001 e 0,075, respectivamente, e nos pacientes que realizaram abdominoplastia pesando mais de 70 kg (P = 0,002). Hematoma foi mais prevalente nos homens (P = 0,003) e nos pacientes que realizaram abdominoplastia pesando mais de 70 kg (P = 0,008). Não houve diferenças significativas quanto a infecção entre os grupos testados nem entre as abdominoplastias em âncora ou convencional. CONCLUSÕES: O seroma foi a principal complicação, podendo ser evitado com uma quantidade adequada de pontos de adesão. Gênero masculino e pacientes pesando mais de 70 kg no momento da abdominoplastia tiveram mais complicações.

Palavras-chave: Cirurgia bariátrica. Obesidade. Abdominoplastia.

 

Desafiando os limites da cirurgia plástica: abdominoplastia em âncora como recurso para pacientes após grande perda ponderal

Claudia Mariel Herrera Gallardo; Juliana Metzker Oliveira Bergamo; Larissa Dias Silva; Wellerson Rodrigues Caspar; Clelia Maria Meireles Barbosa; Mateus Sobral Pompeu De Campos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.2):32-34 - 33ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Abdominal contour deformities are the main complaint among patients who seek a plastic surgeon after expressive weight loss. Skin redundancy on abdomen anterior wall may have associated vertical and horizontal components, mainly in epigastric region, and the correction oh that region may have limited results with conventional abdominoplasty techniques. This paper aims to report to the scientific community a successful case operated in our service, with Fleur-de-lis abdominoplasty technique, after massive weight loss, focusing on complications and patient satisfaction, in order to demystify risk concept and aesthetic result loss with the vertical scar.

Keywords: Abdominoplasty; Obesity, abdominal; Reconstructive surgical procedures; Abdomen.

 

RESUMO

As deformidades do contorno abdominal são a principal queixa entre os pacientes com perda de peso expressiva que procuram um cirurgião plástico. A redundância de pele em parede anterior do abdome pode ter componente vertical e horizontal associados, principalmente em região epigástrica, e a correção dessa região pode ter resultado limitado com as técnicas convencionais de abdominoplastia. Este trabalho visa relatar à comunidade científica um caso de sucesso operado em nosso serviço, com a técnica de abdominoplastia em flor-de-lis, após grande emagrecimento, enfocando as complicações e a satisfação do paciente, de modo a desmitificar o conceito de risco e perda de resultado estético com a cicatriz vertical.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Obesidade abdominal; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Abdome.

 

Abdominoplasty after bariatric surgery: experience in 315 cases

Alfredo Donnabella; Lívia Neffa; Bárbara Brandão de Barros; Fernanda Parentoni Santos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(4):510-515 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: The abdomen is a critical region and is subjected to body contour deformity after significant weight loss. Knowing the profile of patients who undergo abdominoplasty after bariatric surgery facilitates the choice of the optimal time and surgical technique to restore abdominal contour, which is associated with a minimal rate of complications. METHODS: A cross-sectional, descriptive, analytical, and retrospective clinical study was performed on medical record data of 315 patients who underwent abdominal dermolipectomy following bariatric surgery from January 2013 to December 2014. RESULTS: A total of 265 female and 50 male patients were analyzed, with an average age of 39.9 years and an average body mass index of 27.5 kg/m2 after weight loss. The average time interval between bariatric surgery and dermolipectomy was 3 years and 11 months. Anchor abdominoplasty was used in 252 patients, while suprapubic transverse abdominoplasty was performed in 63 patients. The complication rate was 17.3%, including minor complications such as hematomas, seromas, and pathological scars, in addition to one case of pulmonary embolism. CONCLUSION: The epidemiological profile of patients with deformity of the abdominal contour after bariatric surgery was in agreement with that reported in the current literature, except for earlier hospital discharge in the group studied.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Bariatric surgery; Gastroplasty; Abdominoplasty; Obesity.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O abdome é considerado área crítica de deformidade do contorno corporal após perda ponderal significativa. Conhecer o perfil dos pacientes submetidos à abdominoplastia pós-cirurgia bariátrica facilita a escolha do tempo ideal e da técnica cirúrgica que visa restaurar este contorno com uma taxa mínima de complicações. MÉTODOS: Estudo clínico, transversal, descritivo, analítico e retrospectivo com dados de 315 prontuários de pacientes submetidos à dermolipectomia abdominal pós-cirurgia bariátrica de janeiro de 2013 a dezembro de 2014. RESULTADOS: Foram analisados 265 pacientes do gênero feminino e 50 do gênero masculino, com idade média de 39,9 anos e índice de massa corporal médio de 27,5 Kg/m2 após emagrecimento. O tempo médio de intervalo entre a cirurgia bariátrica e a dermolipectomia foi de 3 anos e 11 meses. A abdominoplastia em âncora foi utilizada em 252 pacientes e em 63 realizou-se abdominoplastia com cicatriz transversal suprapúbica. A taxa de complicações foi de 17,3%, incluindo complicações menores como hematomas, seromas e cicatrizes patológicas e um caso de embolia pulmonar. CONCLUSÃO: O perfil epidemiológico dos pacientes com deformidade de contorno abdominal pós-cirurgia bariátrica estudados assemelha-se ao apresentado na literatura atual, exceto pela alta hospitalar precoce.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Cirurgia bariátrica; Gastroplastia; Abdominoplastia; Obesidade.

 

Comparison of the rate of seroma between conventional and inverted T abdominoplasty in post-bariatric patients

Luciano Sales de Souza; Márcio Naoki Harada; Elisa Maria Capitian Bolognani
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(1):78-86 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: The earliest descriptions of abdominoplasties date back to the early 20th century and have been unchanged over time. However, only within the last three decades have there been major advances and innovations in the technique, largely because of the rising popularity of bariatric surgery. In certain patients, we observed a higher incidence of complications, including seroma development. The objective is to evaluate and compare the incidence of seroma between two abdominoplasty techniques, conventional and inverted T, in post-bariatric patients. METHODS: We retrospectively analyzed the records of 30 patients with a history of bariatric surgery and body mass index (BMI) less than 30 who underwent abdominoplasty by a single surgeon between February 2009 and March 2015. Of these, 15 patients were treated by the conventional technique (conventional group), while the other 15 patients were treated by the inverted T technique (Inverted T group). During the postoperative clinical follow-up, the occurrence of seroma and other complications was assessed. RESULTS: Thirty female patients with a mean age of 36 years, mean weight of 70 kg and a mean BMI of 25 kg/m2, without significant differences between groups, were studied. The overall occurrence of seroma in the study was 23%. A statistically significant difference (p = 0.04) was observed between the conventional group, in which six patients (40%) developed seroma, compared to the anchor group, in which one patient (6.7%) developed seroma. Dehiscence was observed, with no significant difference in occurrence between the two groups. CONCLUSION: The incidence of seroma was higher in patients who underwent conventional abdominoplasty compared to those who underwent inverted T abdominoplasty.

Keywords: Seroma; Abdominoplasty; Abdominoplasty/adverse effects; Bariatric surgery.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: As primeiras descrições de abdominoplastias remontam do início do século XX, sendo pouco modificadas no decorrer do tempo. Porém, somente nas últimas três décadas, devido à popularidade da cirurgia bariátrica, houve grandes avanços e inovações na técnica. Com esse paciente peculiar, notamos uma maior incidência de complicações, dentre elas o seroma. O objetivo é avaliar e comparar a ocorrência de seroma entre duas técnicas de abdominoplastia, convencional e em âncora, nos pacientes pós-bariátricos. MÉTODOS: Estudo retrospectivo, de um único cirurgião, na qual 30 pacientes com história de cirurgia bariátrica e IMC (Índice de Massa Corporal) menor que 30 foram submetidas à abdominoplastia, entre o período de fevereiro de 2009 a março de 2015, sendo 15 pacientes operadas pela técnica convencional (Grupo convencional) e 15 pela técnica em âncora (Grupo em âncora). No seguimento clínico pós-operatório, foi investigada a ocorrência de seroma e outras complicações. RESULTADO: Foram estudadas 30 pacientes do sexo feminino com idade média de 36 anos, peso médio de 70 Kg e IMC médio de 25 Kg/m2, sem diferenças significativas entre os grupos. A ocorrência global de seroma no estudo foi de 23%. Foi observado uma diferença estatisticamente significante (p = 0,04) entre os grupos convencional, seis pacientes (40%), em relação ao grupo em âncora, um paciente (6,7%). Foi observada a ocorrência de deiscência, sem diferença significativa entre os grupos. CONCLUSÃO: A incidência de seroma foi maior naquelas pacientes submetidas à abdominoplastia convencional em relação à abdominoplastia em âncora.

Palavras-chave: Seroma; Abdominoplastia; Abdominoplastia/efeitos adversos; Cirurgia bariátrica.

 

Marking of neo-omphaloplasty flaps using a standardized mold in anchor-line abdominoplasty

Augusto César de Melo Almeida; José Carlos Ribeiro Resende Alves; Aloísio Ferreira da Silva Filho; José Lindomar Delgado; Vitor Pereira de Aquino; Raquel Cristina Fuchs; Thiago Ferreira Delgado; Alfredo Donnabella
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(3):402-409 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Abdominal dermolipectomies have shown to be highly valuable in promoting a better life quality for post-bariatric patients, with the navel being an essential scar for the aesthetics of the abdomen. Several neo-omphaloplasty techniques are described in the literature in patients who undergo anchor-line abdominoplasty, but the systematic use of a mold for preoperative marking has not been reported yet. The objective of this study was to standardize the marking of the flaps for the preparation of the neo-omphaloplasty using a mold and to demonstrate the results of its clinical application. METHODS: A prospective, descriptive, and analytical study was conducted. Between April 2015 and December 2016, 50 patients underwent anchor-line abdominal dermolipectomy with neo-omphaloplasty using a mold to mark the two flaps for the neo-navel. A questionnaire was used to evaluate the satisfaction index regarding the new navel. RESULTS: Forty-eight patients were female. The mean age and body mass index of the patients before abdominoplasty was 40.5 years and 27.9 kg/m2, respectively. The new navels resulted in a smaller, more oval scar, with no scars around and with adequate depth. The rate of complications was low, and none of the patients expressed dissatisfaction. CONCLUSION: The use of the mold in the standardization of the preoperative marking in neo-omphaloplasty was effective, easy and safe to learn, low-cost, fast, and reproducible, with a low index of complications, good surgical results, and excellent patient satisfaction.

Keywords: Navel; Reconstructive surgical procedures; Bariatric surgery; Abdominoplasty.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: As dermolipectomias abdominais têm se mostrado altamente valiosas na promoção de melhor qualidade de vida para pacientes pós-bariátricos, sendo o umbigo uma cicatriz essencial para beleza de um abdome. Várias técnicas de neo-onfaloplastia são descritas na literatura para os pacientes submetidos à abdominoplastia em âncora, porém não há registro do uso sistemático de um molde para marcação pré-operatória. O objetivo é padronizar a marcação dos retalhos para confecção da neo-onfaloplastia com emprego de um molde e demonstrar os resultados da sua aplicação clínica. MÉTODOS: Estudo prospectivo, descritivo e analítico. Entre abril de 2015 e dezembro de 2016, 50 pacientes foram submetidos à dermolipectomia abdominal em âncora com neo-onfaloplastia utilizando molde para marcação dos dois retalhos para confecção do neoumbigo. Foi utilizado um questionário para avaliar o índice de satisfação em relação ao novo umbigo. RESULTADOS: Quarenta e oito pacientes eram do gênero feminino, a idade média foi de 40,5 anos e índice de massa corporal médio de 27,9 kg/m2 antes da abdominoplastia. Os novos umbigos resultaram em uma cicatriz pequena, com formato mais ovalado, sem cicatrizes ao redor e com profundidade adequada. Ocorreu baixo índice de complicações e não houve insatisfação nos pacientes estudados. CONCLUSÃO: O uso do molde na padronização da marcação pré-operatória da neo-onfaloplastia mostra-se eficaz, com aprendizado fácil e seguro, apresenta baixo custo, é rápido, reprodutível, com baixo índice de complicações e bons resultados cirúrgicos, com excelente satisfação dos pacientes.

Palavras-chave: Umbigo; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Cirurgia bariátrica; Abdominoplastia.

 

Uso da terapia de pressão negativa no tratamento de deiscência em abdominoplastia de paciente pós-bariátrico: relato de caso

LÍVIA NEFFA; VALÉRIA ROCHA MAIA; CLÊNIO MARTINS DE SOUZA COELHO; IZABELLA COSTA ARAÚJO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.2):41-44 - Supplement Symposium Miner of Intercurrences 13th SYMPOSIUM - 2019

PDF Portuguese

RESUMO

Introdução: As deiscências são complicações frequentes nas abordagens de contorno abdominal, e os pacientes pós-cirurgias bariátricas possuem riscos maiores de complicações. Na literatura, a grande maioria das deiscências tem conduta conservadora, aguardando uma cicatrização por segunda intenção; porém, a terapia de pressão negativa, já consagrada para tratamento de feridas complexas, pode ser uma boa alternativa para as deiscências abdominais.
Objetivo: Demonstrar o uso de terapia de pressão negativa com fechamento primário retardado como uma alternativa à cicatrização por segunda intenção na abordagem de deiscências pós-dermolipectomia abdominal.
Relato de caso: Paciente, gênero feminino, diabética, tabagista e hipertensa, 53 anos, submetida à cirurgia bariátrica com perda ponderal estável de 30 kg dois anos antes da avaliação para tratamento do contorno corporal. Submetida à dermolipectomia abdominal em âncora com a neo-onfaloplastia sem intercorrências imediatas. Com sete dias, apresentou quadro compatível com seroma de drenagem espontânea com deiscência e posterior infecção de ferida. Após insucesso do tratamento ambulatorial, foi internada e tratada com antibioticoterapia venosa e uso de terapia de pressão negativa em zona de deiscência. Apresentou melhora clínica e laboratorial com o tratamento possibilitando, inclusive, fechamento completo da deiscência apresentada pela paciente.
Discussão: Seroma, infecção e deiscência são complicações frequentes em procedimentos cirúrgicos. O uso da terapia de pressão negativa já é descrita pela literatura como opção em feridas complexas, e se encaixou com uma boa opção do caso relatado.
Conclusão: O caso relatado demonstra que a terapia de pressão negativa pode ser uma alternativa para o tratamento de deiscências pós-dermolipectomias abdominais.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Cirurgia bariátrica; Gastroplastia; Abdominoplastia; Obesidade; Vácuo; Deiscência da ferida operatória; Tratamento de ferimentos com pressão negativa; Contorno corporal

 

Z brachiothoracoplasty for body contouring after massive weight loss

Fabio Lopes Saito; Pedro Henrique de Souza Smaniotto; Patricia Yuko Hiraki; Simone Cristina Orpheu Scopel; Rolf Gemperli; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):282-287 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Brachioplasty treats deformities of the upper limbs. Lateral thoracoplasty treats the upper torso. Brachioplasties, thoracoplasties, and brachiothoracoplasties have been performed with Z-plasty for deformities of the upper limbs and upper third of the chest, in the Sapopemba State Hospital. Objective: We describe modifications of surgical technique for the performance of Z brachiothoracoplasty, and evaluate the results of treatment of deformities of the lateral chest. METHOD: Thirty-one Patients underwent brachiothoracoplasty and lateral thoracoplasty. The demarcation was made with the patient upright, and the upper limbs abducted at 90º. Marking for brachioplasty was performed using a double-ellipse, to lengthen the modified demarcation along the anterior axillary line toward the inframammary crease in a Z shape. RESULTS: All patients reported an improvement in the contour of the region, and there were no complaints regarding the positioning of the scar. DISCUSSION: Z brachiothoracoplasty consists of extending the incision line on the medial aspect of the arm, passing proximally to the axilla, and continuing through the midaxillary line to the inframammary crease. There was an improvement in the contour of the dorsal region and the skin folds of the lateral thoracic region. CONCLUSION: Z brachiothoracoplasty and lateral thoracoplasty have the great advantage of eliminating a circumferential scar on the upper torso, thereby improving the contour of the region through skin resection in both the craniocaudal and anteroposterior directions.

Keywords: Obesity; Upper limbs/surgery; Thoracoplasty; Bariatric surgery.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A braquioplastia trata as deformidades dos membros superiores. A toracoplastia lateral visa o tratamento do torso superior. As braquioplastias, toracoplastias e também as braquiotoracoplastias em Z têm sido utilizadas no Hospital Estadual de Sapopemba no tratamento das deformidades dos membros superiores e terço superior do tórax. Objetivo: Propõe-se descrever as modificações na técnica cirúrgica resultando na braquiotoracoplastia em Z e analisar a casuística e os resultados obtidos, no tratamento das deformidades da região lateral do tórax. MÉTODO: Foram submetidos à braquiotoracoplastia e toracoplastia lateral 31 pacientes. A demarcação foi feita em posição ortostática, e os membros superiores abduzidos em 90o. Iniciou-se pela demarcação da braquioplastia, em duplo fuso, prolongando-se de maneira modificada a demarcação, seguindo pela linha axilar anterior em direção ao sulco inframamário em forma de Z. RESULTADOS: Todos os pacientes referiram melhora do contorno da região e não houve queixas quanto ao posicionamento da cicatriz. DISCUSSÃO: O procedimento da braquiotoracoplastia em Z atual consiste em estender a linha de incisão da face medial do braço, passando proximalmente à axila e continuando pela linha axilar média até o sulco mamário. Ocorreu a melhora do contorno da região dorsal e das dobras cutâneas da região torácica lateral. CONCLUSÃO: A braquiotoracoplastia em Z e a toracoplastia lateral têm a grande vantagem de eliminar a cicatriz circunferencial no torso superior, promovendo a melhoria do contorno dessa região por meio da ressecção cutânea tanto no sentido craniocaudal, como anteroposterior.

Palavras-chave: Obesidade; Membros superiores/cirurgia; Toracoplastia; Cirurgia bariátrica.

 

Comparative analysis of the evolution and postoperative complications of body contouring plastic surgeries after massive weight loss in young and elderly patients

Pedro Henrique de Souza Smaniotto; Fabio Lopes Saito; Fernando Fortes; Simone Orph eu Scopel; Rolf Gemperli; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):441-444 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: Increasing numbers of procedures are being used to treat elderly ex-obese patients after bariatric therapies. However, reliable data regarding the evolution and complications of this population are scarce in the literature. In this study, we aimed to analyze the evolution and complications of abdominoplasty performed in patients with advanced age after massive weight loss and compare them to the corresponding data from younger patients. Methods: We retrospectively reviewed patients who experienced massive weight loss and underwent surgery for abdominal contouring between July 2005 and July 2011 in the State Hospital Sapopemba (HESAP). An age of > 60 years was used as a criterion for advanced age, in order to divide patients into groups to analyze the postoperative period and complications of abdominoplasty performed after massive weight loss. RESULTS: We analyzed 264 patients, 19 of whom were 60-75 years of age (Group I) and 245 of whom were 22-59 years of age (Group J). Group I had a major complication rate of 10.5% (P > 0.999) and a minor complication rate of 41.1% (P = 0.280), whereas Group J had a major complication rate of 10.6% (P > 0.999) and a minor complication rate of 30.2% (P = 0.280). CONCLUSIONS: Patients > 60 years of age do not have a higher rate of complications than younger patients after abdominoplasty.

Keywords: Plastic surgery. Bariatric surgery. Aged. Obesity.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os procedimentos aplicados a pacientes ex-obesos idosos após terapêuticas bariátricas estão em ascensão. Dados fidedignos quanto à evolução e às complicações nesse grupo populacional ainda são escassos na literatura. O objetivo do presente estudo é analisar a evolução e as complicações em abdominoplastias realizadas em pacientes com idade mais avançada após perda ponderal maciça, e compará-las às de pacientes mais jovens. MÉTODO: Foram analisados, retrospectivamente, pacientes com perda ponderal maciça submetidos a cirurgia para contorno da região abdominal, entre julho de 2005 e julho de 2011, no Hospital Estadual Sapopemba (HESAP). Como critério para divisão dos grupos, a fim de analisar o período pós-operatório e as complicações das abdominoplastias realizadas após perda ponderal maciça, foi estabelecida idade > 60 anos. Resultados: Foram analisados 264 pacientes, 19 deles com idade entre 60 anos e 75 anos (grupo I) e 245 entre 22 anos e 59 anos (grupo J). O grupo I apresentou 10,5% de complicações maiores (P > 0,999) e 41,1% de complicações menores (P = 0,280), enquanto o grupo J obteve 10,6% de complicações maiores (P > 0,999) e 30,2% de complicações menores (P = 0,280). CONCLUSÕES: Os pacientes com > 60 anos de idade não apresentaram maior número de complicações que o grupo mais jovem.

Palavras-chave: Cirurgia plástica. Cirurgia bariátrica. Idoso. Obesidade.

 

Vertical abdominoplasty for treatment of excess abdominal skin after massive weight loss

Paulo Tuma Jr.; Bernardo Pinheiro de Senna Nogueira Batista; Lincoln Saito Milan; Gladst one Eustáquio de Lima Faria Dimas André Milcheski; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):445-449 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: Bariatric surgeries are becoming increasingly common in the treatment of morbidly obese patients. The enormous weight loss resulting from these procedures causes excessive skin and subcutaneous tissue throughout the body, especially in the abdominal region. The objective of this study was to present the technique of vertical abdominoplasty as an alternative for resection of excess skin in ex-obese patients. METHODS: We retrospectively evaluated the records of 40 patients who underwent vertical abdominoplasty between 2004 and 2009. The degree of patient satisfaction was assessed through a subjective scale, with scores ranging from 0 to 10. RESULTS: Twenty-five percent of the patients had minor complications (3 seromas, 3 minor dehiscences, and 5 hypertrophic scars), which were all treated on an outpatient basis. Sixty-seven percent of the patients reported high satisfaction and considered their results as good (grades 7 or 8) or excellent (grades 9 or 10). CONCLUSIONS: The vertical abdominoplasty technique appears to be a new option for the treatment of excess abdominal skin in ex-obese patients.

Keywords: Obesity. Bariatric surgery. Weight loss. Abdomen/surgery.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: As cirurgias bariátricas são cada vez mais frequentes no tratamento dos pacientes portadores de obesidade mórbida. A grande perda ponderal decorrente desses procedimentos causa excesso de pele e de tecido subcutâneo em todo o corpo, especialmente na região abdominal. O objetivo deste trabalho é apresentar a técnica de abdominoplastia vertical como alternativa para a ressecção do excesso de pele nesses pacientes. MÉTODO: Foram avaliados, retrospectivamente, os prontuários de 40 pacientes submetidos ao procedimento entre 2004 e 2009. O grau de satisfação dos pacientes foi avaliado através de escala subjetiva, com notas variando de 0 a 10. RESULTADOS: Vinte e cinco por cento dos pacientes apresentaram pequenas complicações, sendo 3 seromas, 3 pequenas deiscências e 5 cicatrizes hipertróficas, todas tratadas ambulatorialmente. Dois terços dos pacientes relataram alto grau de satisfação, considerando seus resultados bons (notas 7 ou 8) ou ótimos (notas 9 ou 10). CONCLUSÕES: A técnica de abdominoplastia vertical aparece como uma nova opção para o tratamento do excesso de pele abdominal em pacientes ex-obesos.

Palavras-chave: Obesidade. Cirurgia bariátrica. Perda de peso. Abdome/cirurgia.

 

Plastic surgery for readjustment of body contours of patients who underwent bariatric surgery during adolescence

Rodrigo Itocazo Rocha; Rolf Gemperli; Miguel Luiz Antonio Modolin; Wilson Cintra Junior; Manoel Carlos Prieto Velhote Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(4):588-593 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: Surgical treatments for obesity in adolescents were introduced in the 1990s, resulting in individuals undergoing bariatric surgery, and exhibiting weight loss and dysmorphic body features. This produced a demand for plastic surgery in order to readjust the body contour. The aim of this study was to identify factors associated with morbidity and mortality for these corrective body contouring plastic surgeries in patients who underwent bariatric surgery during adolescence. METHODS: Between January 2008 and January 2011, 5 adolescent patients underwent gastric bypass surgery, with a consequent loss and stabilization of weight, and then underwent plastic surgery for correcting body contours. The average age of the patients at the time of plastic surgery was 19.7 years; 3 (60%) patients were female. Abdominoplasty was performed in all patients (100%), crural dermolipectomy in 4 (80%) patients, brachial dermolipectomy in 2 (40%) patients, thoracoplasty in 2 (40%) patients, torsoplasty in 2 (40%) patients, and a reverse abdominoplasty in 1 (20%) patient. In addition, mammoplasty with inclusion of silicone implants was performed in 2 (40%) female patients, whereas the other female patient (20%) underwent mastopexy. A male patient (20%) underwent correction of gynecomastia. An average of 3 surgical interventions were performed on each patient (range, 2-5), and the number of surgical sites was 20. RESULTS: Dehiscence occurred in 3 (15% of the surgical sites) cases, and it was necessary to revise the resection because of residual skin laxity in 3 (15% of the surgical sites) patients. CONCLUSIONS: Some factors associated with body contouring plastic surgeries in adolescents were identified and compared with the literature data.

Keywords: Adolescent. Plastic surgery. Bariatric surgery. Obesity. Morbid obesity. Skinfold thickness.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A partir da década de 1990 foram iniciados os primeiros tratamentos cirúrgicos da obesidade em adolescentes, seguindo a sequência cirurgia bariátrica, perda ponderal e dismorfismo corporal, criando demanda por cirurgias plásticas para readequação do contorno corporal. O objetivo deste estudo foi identificar fatores associados a cirurgias plásticas de readequação de contorno corporal (morbidade e mortalidade), realizadas em pacientes submetidos a cirurgia bariátrica durante a adolescência. MÉTODO: Entre janeiro de 2008 e janeiro de 2011, 5 pacientes submetidos a gastroplastia redutora durante a adolescência, com consequente perda e estabilização de peso, foram submetidos a cirurgias plásticas do contorno corporal. A média de idade no início das cirurgias plásticas foi de 19,7 anos, sendo 3 (60%) pacientes do sexo feminino. Foram realizadas dermolipectomias abdominais em todos (100%) os pacientes, dermolipectomias crurais em 4 (80%), dermolipectomias braquiais em 2 (40%), mamoplastia com inclusão de implantes de silicone em 2 (40%) pacientes do sexo feminino, mastopexia na terceira paciente do sexo feminino (20%) e correção de ginecomastia em 1 (20%), toracoplastia em 2 (40%), torsoplastia em 2 (40%) e torsoplastia reversa em 1 (20%). Foram realizadas, em média, 3 intervenções cirúrgicas por paciente, sendo operados 20 sítios cirúrgicos. RESULTADOS: Ocorreram deiscências em 3 (15% dos sítios cirúrgicos) casos e foi necessário revisar a ressecção dermogordurosa por flacidez residual em 3 (15% dos sítios cirúrgicos) casos. CONCLUSÕES: Foram identificados alguns fatores associados às cirurgias plásticas de readequação de contorno corporal na amostra de 5 pacientes submetidos a cirurgia bariátrica durante a adolescência, comparáveis aos da literatura específica.

Palavras-chave: Adolescente. Cirurgia plástica. Cirurgia bariátrica. Obesidade. Obesidade mórbida. Pregas cutâneas.

 

Circumferential abdominoplasty after loss weight

Daniele Helena Tanuri Pace
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(1):179-193 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Background: Obesity is increasing all around the world and for this reason bariatric surgeries are better nowadays and patients are looking for these procedures. After loss weight, patients need plastic surgery to improve the body contouring. Many surgical techniques are available to treat the abdominal area, flanks and buttocks. Purpose: The purpose of this article is to compare our personal technique of circumferential abdominoplasty with the majors surgeons about the place of flap's ressection, zones of adherence's release, scar placement, waist definition and improvement of buttocks. Methods: The circumferential abdominoplasty were performed in 8 patients, between April 2007 and December 2008. Results: The patients showed up with better body contouring, better waist definition and improvement of the buttocks. Conclusion: The better place of flap's ressection is in the lower aspect of the trunk, the partial release of the zones of adherence is important to allow the suspension of trochanteric areas; the most pleased scar's placement is in the superior aspect of buttocks; the waist definition is according with the flap position and it's ressection; and the buttocks improvement is better when autologous flaps are used in these areas.

Keywords: Abdomen/surgery. Plastic surgery. Bariatric surgery. Obesity.

 

RESUMO

Introdução: Em decorrência do aumento da obesidade na população, assim como a melhora nas técnicas cirúrgicas bariátricas, o número de pacientes com histórico de obesidade e perda acentuada de peso cresceu significativamente nos últimos anos. Existem várias técnicas cirúrgicas que visam à reconstrução dos tecidos frouxos da região abdominal, região dos flancos e trocantéricas nestes pacientes. Objetivo: O objetivo deste trabalho é a comparação entre o resultado da nossa técnica de abdominoplastia circunferencial realizada em pacientes após grande perda ponderal em relação às técnicas mais usadas atualmente, considerando-se: localização do retalho circunferencial a ser excisado, liberação das zonas de aderência, localização final da cicatriz, definição da cintura e aumento da região glútea. Método: A abdominoplastia circunferencial foi realizada em 8 pacientes, no período de abril de 2007 a dezembro de 2008. Resultados: Os pacientes operados apresentaram melhora do contorno corporal, melhor definição da cintura, e melhora do contorno da região glútea. Conclusão: A localização mais adequada do retalho circunferencial a ser excisado posteriormente é a região mais inferior do tronco, a liberação parcial das zonas de aderência promove a suspensão dos tecidos das regiões trocantéricas sem permitir a descida tão drástica da cicatriz; a localização final mais adequada da cicatriz é na parte superior do contorno glúteo; a definição da cintura está diretamente relacionada com a posição do retalho a ser ressecado e com a retirada do tecido adiposo desta área; o aumento da região glútea pode ser realizado com emprego de retalhos autólogos.

Palavras-chave: Abdome/cirurgia. Cirurgia plástica. Cirurgia bariátrica. Obesidade.

 

The "Y" pattern postbariatric surgery upper trunk reshaping

Luis Roberto Perez Flores; Francisco Claro de Oliveira Junior; Antonio Gustavo Zampar; José Marcos Mélega
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):540-546 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: After massive weight loss, there is a large amount of undesirable soft-tissue in many parts of the body. The breasts and the abdomen are usually the prioritary regions to be treated. However, the satisfactory treatment of the upper abdomen in postbariatric patients is sometimes a challenge for the surgeons. The reverse abdominoplasty do not satisfactorily correct the residual epigastric laxity in some patients with previously abdominal reshaping surgery, once this technique can not remove undesirable circumferential soft-tissue of the upper trunk. Methods: Six female patients who had undergone massive weight loss were treated with a new technique. This technique consists of a vertical reverse abdominoplasty with horizontal incisions through the submmamary folds and a simultaneous mammaplasty. Results: There were no serious complications. The technique allows satisfactory and simultaneous correction of: (1) the epigastric looseness, (2) the excess of skin of the armpit, (3) the dorsal rolls, (4) breast ptosis and (5) the lower inframammary folds with only a small addition to the mammaplasty scar in the sternal region. All patients reported being completely satisfied with the results obtained in the treated regions. Conclusion: The method described allowed for satisfactory correction of epigastric laxity and breast ptosis and was demonstrated to be a safe procedure for patients who had undergone massive weight loss.

Keywords: Abdomen/surgery. Mammaplasty. Obesiy. Bariatric surgery.

 

RESUMO

Introdução: Após grande perda de peso, observa-se flacidez de pele em várias regiões do corpo. O abdome com grande excesso de pele necessita da combinação de incisões mistas para correção desta flacidez com maior eficiência. Contudo, as incisões clássicas em âncora permitem o tratamento do abdome médio e inferior, entretanto não corrigem satisfatoriamente a flacidez epigástrica residual em alguns pacientes. Método: Seis pacientes previamente operadas de dermolipectomia abdominal em âncora e que mantinham flacidez epigástrica residual e mamária realizaram a mamoplastia com pedículo inferior associada à dermolipectomia reversa em âncora no mesmo ato operatório. Com seguimento mínimo pós-operatório de três meses, foram feitas avaliações desta nova técnica, quanto ao tempo de recuperação do paciente, viabilidade da técnica cirúrgica, complicações intra e pósoperatórias, características das cicatrizes, adequada correção da flacidez epigástrica e da ptose mamária e satisfação do paciente. Resultados: As cirurgias foram realizadas sem complicações intra-operatórias. As incisões utilizadas permitiram exposição adequada do campo operatório e facilidade no tratamento das estruturas abordadas com pequeno acréscimo à cicatriz da mastopexia na região esternal. Os pacientes apresentaram expressiva melhora do contorno corporal na região epigástrica e satisfatória correção da ptose mamária. Todos se mostraram satisfeitos com o resultado. Conclusão: A abordagem permitiu o tratamento da flacidez abdominal em epigástrio e correção da ptose mamária, com resultados satisfatórios, seguros e reprodutíveis para os pacientes com grandes perdas ponderais.

Palavras-chave: Abdome/cirurgia. Mamoplastia. Obesidade. Cirurgia bariátrica.

 

Variantes de técnicas de abdominoplastias: abdominoplastia em âncora e circunferencial em bloco RP: relato de casos

Carolina Takahashi Rodrigues Pinto; Ronaldo Pontes; Gisela Hobson Pontes; Cesar Andres Bastos Plaza; Mariano Ramon Leiva Paredes; Fernando Sergio Mendes Carneiro
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.2):88-92 - 33ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Abdominoplasty presents several variants according to each patient characteristics. Abdominal wall deformities, which may be functional and/or aesthetic, appear due to several factors such as: rectus abdominis muscles diastasis, cutaneous flaccidity, among others. This patient's body dimorphism can culminate with several negative effects on both physical and psychological aspects. In these cases, there are some abdominoplasty variants that aim to restore body contour, shorten surgical time and possible complications. The choice of the technique to be performed should have as main objective the improvement of individual deformity of each patient.
Method: Three case reports of patients who underwent abdominoplasty with specific techniques due to each one characteristics will be presented. The complications present in the patients in question are considered minor, whose predominance was dehiscence in places of greater tension. The aesthetic results were satisfactory.
Results: It is possible to observe satisfactory results in cases of patients with abdominoplasty techniques different indications. The good indication of surgical technique for each case is crucial in abdominal deformities treatment after major weight loss or due to medium scars presence from previous surgeries.
Conclusion: Variants of abdominoplasty techniques cited have the objective of restoring body contour on some specific types of patients, shorten surgical time, reduce morbidity, obtain smaller scars and, consequently, improve aesthetic results.

Keywords: Abdominoplasty; Abdomen; Bariatric surgery; Cicatrix; Lipodystrophy.

 

RESUMO

Introdução: A abdominoplastia apresenta diversas variantes de acordo com as características de cada paciente. As deformidades da parede abdominal, podendo ser funcionais e/ou estéticas, surgem devido a diversos fatores, como: diástase dos músculos reto abdominais, flacidez cutânea, entre outras. Esse dimorfismo corporal do paciente pode culminar com diversos efeitos negativos tanto no aspecto físico quanto psicológico. Nesses casos, existem algumas variantes de abdominoplastias que visam restaurar o contorno corporal, diminuir o tempo cirúrgico e possíveis complicações. A escolha da técnica a ser realizada deve ter como objetivo principal a melhoria da deformidade individual de cada paciente.
Método: Serão apresentados três relatos de casos de pacientes que foram submetidos a abdominoplastia com técnicas específicas devido às características de cada um. As complicações presentes nas pacientes em questão são as consideradas menores, cuja predominância foi deiscência em locais de maior tensão. Os resultados estéticos foram satisfatórios.
Resultados: É possível observar os resultados satisfatórios em casos de pacientes com diferentes indicações de técnicas de abdominoplastias. A boa indicação da técnica cirúrgica para cada caso é crucial no tratamento das deformidades abdominais após grandes emagrecimentos ou devido à presença de cicatrizes medianas por cirurgias prévias.
Conclusão: As variantes das técnicas de abdominoplastias citadas têm o objetivo de restaurar o contorno corporal de alguns tipos específicos de pacientes, encurtar o tempo cirúrgico, diminuir morbidade, obter cicatrizes menores e, consequentemente, melhorar os resultados estéticos.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Abdome; Cirurgia bariátrica; Cicatriz; Lipodistrofia.

 

Extended reverse abdominoplasty

Cecin Daoud Yacoub; Ricardo Baroudi; Mariane Bernardes Yacoub
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):328-332 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Extended reverse abdominoplasty is a procedure that widens reverse abdominoplasty and was first published in 1972. The original technique is selectively used for resection of the excessive skin located in the epigastrium, and involves a single continuous cicatricial line along the inframammary crease, which crosses the sternal region. In the original technique, excess skin in the hypogastrium is resected by using lower pubic transverse abdominoplasty. This second maneuver produces 2 transverse scars, without mobilizing the bellybutton. Extended reverse abdominoplasty aims at improving the aesthetics of the entire inner wall of the abdomen through ample dissection reaching the pubis, with mobilization of the pedicle of the bellybutton. This procedure was used in a young woman who had saggy skin associated with adipose deposits and a vertical scar in the medial line of the epigastrium after bariatric surgery. Ample dissection of the abdominal cutaneous flap with mobilization and reimplantation of the bellybutton allowed aesthetic improvement of the entire anterior abdominal wall, with a single transverse scar along the inframammary crease and elimination of the scar from previous bariatric surgery. The surgery was combined with mastopexy and liposuction in the abdomen.

Keywords: Abdomen/surgery. Bariatric surgery. Weight loss. Obesity. Plastic surgery/methods.

 

RESUMO

A abdominoplastia reversa estendida é um procedimento que amplia a abdominoplastia reversa, publicada pela primeira vez em 1972. A técnica original é seletiva para a ressecção dos excessos cutâneos localizados no epigástrio, que determina uma única linha cicatricial contínua ao longo do sulco inframamário, cruzando a região esternal. Ainda na técnica original, os excessos cutâneos no hipogástrio são ressecados mediante abdominoplastia tipo transversal pubiana baixa. Essa segunda manobra determina duas cicatrizes transversais, sem mobilização do umbigo. A abdominoplastia reversa estendida tem o propósito de determinar melhoria estética de toda a parede anterior do abdome, mediante ampla dissecção, que atinge o púbis, com mobilização do pedículo do umbigo. O procedimento foi utilizado em uma paciente jovem, pós-cirurgia bariátrica, apresentando flacidez associada a depósitos adiposos, com uma cicatriz vertical na linha média do epigástrio. A ampla dissecção do retalho cutâneo do abdome, com mobilização e reimplante do umbigo, determinou melhoria estética de toda a parede abdominal anterior, com uma única cicatriz transversal ao longo do sulco inframamário e eliminação da cicatriz da cirurgia bariátrica prévia. O ato operatório foi combinado com mastopexia e lipoaspiração do abdome.

Palavras-chave: Abdome/cirurgia. Cirurgia bariátrica. Perda de peso. Obesidade. Cirurgia plástica/métodos.

 

Dermolipectomy After Bariatric Surgery: Systematization of the Technique and Complications in a Public Service

DANIEL ONGARATTO BARAZZETTI; LUCAS THOMÉ CAVALHEIRO; PEDRO HENRIQUE ONGARATTO BARAZZETTI; CAIO PUNDEK GARCIA; CARLO MOGNON MATTIELLO; JORGE BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):139-141 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Obesity is considered one of the most serious public health problems. Surgery for obesity has been used for almost 50 years, resulting in skin flaccidity. Thus, as a treatment for cutaneous flaccidity resulting from large body losses, the demand for plastic surgery has been increasing.
Method: Descriptive analysis by means of medical records and hospitalization data of patients submitted to post-bariatric repair surgery between March and December 2018.
Results: 52 patients operated in the period, predominantly female; the most performed surgery was abdominoplasty; low complication rate, being the most common seroma. Discussion: Post-bariatric restorative plastic surgery offers benefits for patients with large weight loss, with abdominoplasty being the most requested. The rate of complications is low, with seroma being the most common, according to the literature.
Conclusions: Plastic surgery is part of the final treatment of obesity, to restore the dignity of patients undergoing bariatric surge

Keywords: Bariatric surgery; Abdominoplasty

 

RESUMO

Introdução: A obesidade é considerada um dos problemas mais graves de saúde pública. A cirurgia para obesidade vem sendo empregada há quase 50 anos, resultando em flacidez cutânea. Assim, como forma de tratamento da flacidez cutânea resultante de grandes perdas corporais, a procura pela cirurgia plástica vem aumentando.
Método: Análise descritiva por meio de avaliação de prontuários e dados de internação, dos pacientes submetidos a cirurgia reparadora pós-bariátrica entre março e dezembro de 2018.
Resultados: 52 pacientes operadas no período, predominantemente do sexo feminino; a cirurgia mais realizada foi abdominoplastia; taxa de complicações baixa, sendo a mais comum seroma. Discussão: A cirurgia plástica reparadora pós-bariátrica traz benefícios para paciente com grandes perdas ponderais, sendo a abdominoplastia a mais solicitada. O índice de complicações é baixo, sendo o seroma o mais comum, o que está de acordo com a literatura.
Conclusão: A cirurgia plástica faz parte do tratamento final da obesidade, para restaurar a dignidade de pacientes submetidos a cirurgia bariátrica.

Palavras-chave: Cirurgia bariátrica; Abdominoplastia

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license